A motivação é a chave para o sucesso no treino. E pode ser definida em duas vertentes. A primeira é o entusiasmo natural, aquele que vem espontaneamente quando sente vontade de realizar uma atividade. A outra é a necessidade, uma vez que pratica a atividade por alguma razão. Afinal, quem, por livre e espontânea vontade, acordaria às 6h da manhã para correr ou fazer exercícios de força? O que motiva neste caso é, normalmente, um evento específico, como a preparação para uma maratona. As pessoas motivam-se quando o seu objetivo é garantir um melhor desempenho na prova.

A partir do momento em que decide contratar um personal trainer online, receberá a ajuda desse profissional para alcançar os seus objetivos. E esse trabalho inclui também a motivação necessária.

Escolher modalidade desportiva
Escolher uma modalidade desportiva que lhe agrada é o primeiro passo para assegurar a motivação. | Fonte: Pixabay

Isto porque, na avaliação inicial, o personal trainer reconhecerá os seus objetivos, planos, necessidades e também a dose de motivação de que precisa. Os exercícios escolhidos têm um papel fundamental nessa parte. Além de ajudar a atingir os objetivos, o treino também deve ser uma fonte de prazer e satisfação. É por isso que a escolha da modalidade é tão importante.

Sabemos que a motivação do treino varia de pessoas para pessoas. Por exemplo, para universitários, a saúde é a principal!

Esta também é uma das razões pelas quais contratar um coach para treinar em casa é mais motivador do que ir ao ginásio, ou simplesmente treinar por conta própria, com a ajuda de sites e aplicações.

Os melhores professores de Personal trainer disponíveis
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (17 avaliações)
Hugo
15€
/h
1ª aula grátis!
Humberto
5
5 (40 avaliações)
Humberto
25€
/h
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (10 avaliações)
Sara
12€
/h
1ª aula grátis!
Sandro
5
5 (14 avaliações)
Sandro
40€
/h
1ª aula grátis!
Humberto
5
5 (8 avaliações)
Humberto
25€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (11 avaliações)
Ricardo
10€
/h
1ª aula grátis!
Ângela
5
5 (22 avaliações)
Ângela
30€
/h
1ª aula grátis!
Alexandra
5
5 (5 avaliações)
Alexandra
15€
/h
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (17 avaliações)
Hugo
15€
/h
1ª aula grátis!
Humberto
5
5 (40 avaliações)
Humberto
25€
/h
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (10 avaliações)
Sara
12€
/h
1ª aula grátis!
Sandro
5
5 (14 avaliações)
Sandro
40€
/h
1ª aula grátis!
Humberto
5
5 (8 avaliações)
Humberto
25€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (11 avaliações)
Ricardo
10€
/h
1ª aula grátis!
Ângela
5
5 (22 avaliações)
Ângela
30€
/h
1ª aula grátis!
Alexandra
5
5 (5 avaliações)
Alexandra
15€
/h
1ª aula gratuita>

Como pode o personal trainer Portugal ajudar a motivar

Quando inicia um programa com um coach desportivo, é muito importante saber quais são as metas que deseja alcançar. E o profissional também precisa de saber. Se não se expressar com clareza neste sentido, o personal trainer Portugal terá dificuldades em ajudar.

Lembre-se de que o profissional é responsável não só por elaborar os exercícios, mas também pela segurança do seu treino, pela garantia da sua evolução e pelas mudanças psicológicas que qualquer transformação física exige.

Por exemplo, algumas pessoas sentem-se mais motivadas quando treinam com um amigo ou familiar (a maioria dos profissionais aceita treinar com pares). Para outras, estar perto de conhecidos traz exatamente o efeito oposto: sentem-se constrangidas e acabam por não apresentar um rendimento satisfatório.

Também é importante tomar atenção para que o entusiasmo inicial não se perca. Há quem inicie os treinos "a todo o vapor" e, um ou dois meses depois, já pensa em desistir.

Para quem tem esse perfil, o intervalo entre os treinos pode ajudar muito. É importantíssimo manter períodos de descanso para a recuperação do organismo. Desta forma, torna-se mais fácil manter a motivação.

Outra atitude importante é dar feedback ao treinador. O profissional precisa de saber como se tem sentido em relação aos treinos e se há algum ponto que deve ser adaptado. As suas reações físicas e psicológicas fazem parte do processo motivacional.

Cada pessoa tem os seus próprios limites e o instrutor fará com que tente excedê-los. Naturalmente, isto será feito de um modo que não coloque a sua saúde em risco.

Dependendo das suas reações, o personal trainer Portugal entenderá se está no caminho certo para a conquista dos seus objetivos. Uma das grandes vantagens do treino individual é que, caso o treino proposto não produza o resultado esperado, é possível ajustá-lo a qualquer altura e observar os efeitos.

Durante as sessões, verificam-se trocas visuais e verbais entre si e o profissional. Há até quem recorra ao uso de bilhetes escritos para dar feedback. O segredo é expressar-se sempre de maneira sincera e transparente.

Trocas visuais e verbais

Durante as sessões, existe um elemento que pode ser chamado de feedback visual. Além do suor, o seu personal trainer vai perceber se está realmente a esforçar-se além dos limites ou se ainda guarda algumas reservas.

De acordo com esse retorno, o profissional procura formas de estimular o atleta a superar as suas barreiras individuais. Isto só pode ser conseguido através de um trabalho motivacional. Pressionar só traz o efeito inverso, e provoca ainda mais desmotivação.

A superação é muito importante
A superação é uma das partes mais importantes para cultivar a motivação. | Fonte: Pixabay

A comunicação verbal também é construída dia após dia. De acordo com o que expressa, é possível que o profissional perceba quais as melhores medidas a tomar.

Caso esse feedback seja fornecido posteriormente, por telefone, por exemplo, a precisão das informações pode sofrer alterações. Isto porque o ideal é que sejam dadas no momento do esforço físico. Após a recuperação, costumam ser menos eficazes.

É por isso que, durante as sessões, a comunicação visual e verbal será sempre estimulada pelo instrutor. O personal trainer vai registar os sinais do seu corpo e as suas palavras para, posteriormente, concluir o que é necessário para manter a motivação e dedicação nos treinos, sempre com a devida segurança.

Trocas escritas

Embora a comunicação visual e verbal seja essencial, também pode estabelecer um sistema de trocas escritas com o seu coach desportivo. Dessa forma, podem emitir-se relatórios com base no seu feedback, oferecido após cada intervalo de tempo pré-definido.

Nesses "bilhetes", não importa se descreve a sua frequência cardíaca e a quantidade de suor, ou se filosofa sobre o que sente enquanto está a treinar. O importante é que o coach conheça o seu ponto de vista e os efeitos que o programa escolhido tem sobre si.

Profissionais usam bilhetes
Alguns profissionais usam bilhetes escritos para comunicar com os clientes. | Fonte: Pixabay

A ênfase está no seu perfil e é importante que o profissional o conheça para poder ajudar com informações adicionais, como dicas nutricionais e hábitos de saúde.

Quanto mais se empenhar para transmitir as suas reações e emoções ao personal trainer, mais recursos o profissional terá para nutrir a sua motivação. Irá acompanhar a sua evolução e incluir elementos que potencializem os efeitos benéficos do programa.

A comunicação com o personal trainer ao domicilio deve ser constante

Não importa se troca bilhetes com o seu personal trainer ao domicilio ou se apenas conversam, o importante é que essa comunicação aconteça de forma constante. No início, é normal que pense que o programa engloba apenas participar na sessão de treino.

Sendo assim, acredita que basta conversar com o profissional para confirmar a próxima sessão, e está tudo resolvido. Porém, com o tempo, a comunicação vai começar a fluir melhor. Não deve ser vista como uma obrigação. Tem que acontecer naturalmente, na tranquilidade do lar.

A confiança vai sendo construída a partir do momento em que recebe dicas para alcançar os seus objetivos e se sente à vontade para falar sobre como se sente em relação aos mesmos. Como cada aluno e cada profissional têm um perfil, certamente encontrará junto com o seu instrutor o meio de comunicação que funciona melhor para ambos.

Dessa forma, as trocas acontecerão de maneira mais espontânea e o treinador sentirá que pode confiar nos elementos (verbais ou não verbais) fornecidos por si. Isto também ajuda a desenvolver um trabalho motivacional, para que nunca perca a vontade de continuar com os treinos.

Um bom exemplo prático da atividade motivacional é comparar-se ao seu modelo desportivo. Vamos imaginar que contratou um personal trainer ao domicilio para se preparar para maratonas. Provavelmente, tem algum maratonista preferido, no qual deseja espelhar-se.

É claro que não pode traçar objetivos inalcançáveis ou difíceis demais para si (isso certamente levaria à frustração e desmotivação). Mas, o seu coach desportivo poderá dar-lhe dicas para caminhar em direção a um modelo parecido com o do atleta que tanto admira.

Outras pessoas procuram alcançar a motivação a partir de um evento importante que está para acontecer nas suas vidas. Um casamento, uma mudança de carreira ou mesmo uma mudança de cidade funcionam como combustível para chegar aos resultados esperados.

Normalmente, quem está a passar por uma fase de transição, ainda que não seja positiva, como uma separação, pode encontrar no treino um refúgio para as dificuldades que está a viver. No entanto, nesse caso, é importante mudar o foco para que o entusiasmo não se perca.

O treino não deve ser visto como uma maneira de "afogar as mágoas", mas sim como uma forma de entrar numa fase de renovação. Dever ser considerado parte do processo de transformação, que dará início a uma nova etapa, certamente mais feliz e plena.

Muitas vezes, o programa ajuda o aluno a encarar esse processo com uma mentalidade mais positiva, e vice-versa. É por isso que é tão importante que o instrutor conheça também os fatores psicológicos e emocionais que está a viver. Assim, torna-se mais fácil prestar ajuda para os superar e transformar.

As mudanças da vida fluem melhor
As mudanças da vida fluem melhor quando acompanham os nossos esforços para evoluir. | Fonte: Pixabay

É por isso que a escolha do instrutor é tão importante. Se uma pessoa, já fragilizada, encontra um profissional que não condiz com o seu perfil, pode acabar por acreditar que o treino individual "não é para si". Quando pesquisa, conversa e analisa antes de fazer a contratação, as probabilidades de encontrar alguém que possa impulsionar a motivação são bem maiores.

Como pode ver, tudo é fonte de motivação! Cada elemento funciona de acordo com o ângulo a partir do qual decide encará-lo, de acordo com as suas próprias opiniões e experiências pessoais. Entretanto, para que as coisas realmente funcionem, a comunicação é essencial.

Acredita que o diálogo é a melhor solução para alinhar objetivos com o seu instrutor e livrar-se de dúvidas e inseguranças? Está à procura de um profissional que combine com o seu perfil? Que tal aceder agora mesmo à nossa plataforma e conhecer ótimos profissionais?

Precisa de um professor de Personal trainer ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Maria

Copywriter e Produtora de Conteúdo. Dirige o projeto dedicado à criação de conteúdo: Maria Escreve. Gosta de criar artigos que esclareçam as dúvidas e acrescentem valor aos leitores.