Sempre sonhou dançar tão bem como a famosa Pina Bausch?

Há muita gente em Portugal que anseia alcançar tal técnica e coordenação motora, e nos dias de hoje existem milhares de dançarinos que conseguem fazer da dança a sua principal profissão, dando aulas de zumba, aulas de kizomba e de outros estilos de dança.

Na plataforma Superprof, é possível publicar o seu anúncio como professor e assim começar a dar aulas de dança em muito pouco tempo!

No entanto, alguns docentes mais novos têm alguma dificuldade em organizar as suas aulas nos diferentes tipos de dança uma vez que não estão familiarizados com os métodos pedagógicos usuais dos coreógrafos profissionais.

Neste artigo, dizemos-lhe todas as nossas dicas para dar aulas particulares de dança de forma profissional.

ser professor de dança
Existem muitos professores de dança que têm o ensino desta arte como a sua profissão principal. | Fonte: Unsplash
Os melhores professores de Dança disponíveis
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (13 avaliações)
Sara
20€
/h
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (8 avaliações)
Rui
25€
/h
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (8 avaliações)
Hanna
10€
/h
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
1ª aula grátis!
Marcelo
5
5 (15 avaliações)
Marcelo
15€
/h
1ª aula grátis!
Julisa
Julisa
10€
/h
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (13 avaliações)
Sara
20€
/h
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (8 avaliações)
Rui
25€
/h
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (8 avaliações)
Hanna
10€
/h
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
1ª aula grátis!
Marcelo
5
5 (15 avaliações)
Marcelo
15€
/h
1ª aula grátis!
Julisa
Julisa
10€
/h
1ª aula gratuita>

Onde dar aulas de zumba e outros estilos de dança?

Existem várias instituições no nosso país onde pode ensinar este tipo de arte, de acordo com os objetivos e o nível profissional do professor que é exigido.

Contudo, e antes de começar a lecionar, é preciso definir os estilos de dança que pretende ensinar. Aconselhamos que escolha aquele que mais gosta e tem mais experiência e facilidade.

Existem as danças mais tradicionais, como o ballet clássico, que exigem uma maior preparação, mais certificações e testes, e outros estilos mais populares que costumam exigir menos, como por exemplo, a zumba pois basta fazer um curso de dança de média duração para se tornar instrutor desta modalidade.

Relativamente às estruturas onde pode lecionar, existem as escolas e os estúdios de dança que podem oferecer dois tipos de contratação: como prestador de serviços pontuais, ou como funcionário contratado por um determinado tempo. No entanto, é preciso ter em conta que a maioria das escolas não oferece um emprego em tempo integral. Isto significa que o professor lecionará apenas algumas horas por semana.

Porém, se deseja trabalhar em companhias de dança mais consolidadas, será necessário um curso superior nesta área.

A licenciatura em dança é a formação mais indicada pois as instituições de dança mais conceituadas são extremamente exigentes quanto à experiência e ao conhecimento teórico do profissional. E uma vez que o processo é seletivo e rigoroso, deve estar preparado para enfrentar audições e avaliações nos diferentes estilos de dança.

Por outro lado, e se pretende contribuir com o seu conhecimento sobre a dança para as causas sociais, trabalhar em associações, centro culturais e IPSS's pode ser uma boa alternativa.

Existem associações que acolhem estudantes e oferecem as aulas, reduções nas mensalidades ou ainda bolsas de estudo em função da orçamento familiar, condições socioeconómicas ou localização de residência. Nas associações e instituições em geral o nível gratuito é para dançarinos iniciantes, sendo que pode haver aulas específicas para crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Se tem o desejo de dar aulas em escolas públicas ou particulares de educação infantil, no ensino básico ou no ensino secundário, saiba que é preciso ter uma formação específica na área.

Por fim, pretendemos deixar claro que caso se se quiser tornar um professor particular, terá total liberdade pois este tipo de profissional tem o poder de escolher o conteúdo do seu curso de dança, o preço das suas aulas e ainda os seus horários. Está pronto para ser um Superprof?

Ensinar a dançar ballet
Para ensinar a dançar ballet é preciso ter um curso de dança com certificado. | Fonte: Unsplash

Como determinar o preço das minhas aulas de dança?

Devido à falta de conhecimento do mercado ou da concorrência, alguns professores têm dificuldades em definir o preço das aulas de dança e não sabem muito bem como as divulgar.

Em primeiro lugar, devemos saber que o preço médio de uma aula de dança vai variar consoante o custo de vida da cidade onde mora. Na plataforma Superprof, o valor médio da hora de dança para iniciantes, por cidade é:

  • Aulas de dança lisboa: entre 15 e 25 euros, sendo que existem alguns professores que cobram um preço mais baixo e todos eles oferecem a primeira aula;
  • Aulas de dança porto: entre 15 e 25 euros, sendo que existem alguns professores que cobram um preço mais alto ou baixo e todos eles oferecem a primeira aula;
  • Aulas de dança coimbra: entre 5 e 25 euros, sendo que a oferta é mais reduzida, mas todos eles oferecem a primeira aula;
  • Aulas de dança braga: entre 15 e 20 euros e todos eles oferecem a primeira aula;
  • Aulas de dança odivelas: entre 10 e 30 euros, sendo que existem alguns professores que cobram um preço mais alto ou baixo e todos eles oferecem a primeira aula.

Por isso, primeiro, deve verificar qual é o seu custo de vida e pratique um valor coerente com a sua cidade.

Em segundo lugar, as aulas de dança mais populares como a de dança contemporânea, aulas de zumba, de ballet ou aulas de kizomba tem um mercado competitivo e uma variação de preço maior. Por outro lado, disciplinas complexas como as aulas de dança do ventre são mais raras e, portanto, mais bem pagas.

Outro fator a ter em conta no momento em que vai estabelecer o preço das suas aulas é o lugar onde vai lecionar pois isso vai determinar qual vai ser o seu salário. Isto significa que irá ter de escolher se vai dar aulas de dança num ginásio ou numa companhia de dança, como professor autónomo ou se vai fazer parte de uma equipa de docentes numa escola particular.

aprender a dançar
O lugar onde vai dar a aula de dança, deve ser tido em conta no preço das suas aulas. | Fonte: Unsplash

Por fim, devemos deixar claro que a experiência é, sem dúvida, um dos principais fatores que define a escolha de um aluno por um determinado professor de dança. No momento da escolha do aluno temos certeza que irá ser avaliado:

  • A carreira musical;
  • O domínio dos vários estilos de dança;
  • A experiência do professor numa companhia de dança;
  • As opiniões de antigos estudantes;
  • O reconhecimento do professor por parte dos alunos;
  • A carreira profissional enquanto professor em universidades, teatros ou companhias.
Os melhores professores de Dança disponíveis
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (13 avaliações)
Sara
20€
/h
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (8 avaliações)
Rui
25€
/h
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (8 avaliações)
Hanna
10€
/h
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
1ª aula grátis!
Marcelo
5
5 (15 avaliações)
Marcelo
15€
/h
1ª aula grátis!
Julisa
Julisa
10€
/h
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (13 avaliações)
Sara
20€
/h
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (8 avaliações)
Rui
25€
/h
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (8 avaliações)
Hanna
10€
/h
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
1ª aula grátis!
Marcelo
5
5 (15 avaliações)
Marcelo
15€
/h
1ª aula grátis!
Julisa
Julisa
10€
/h
1ª aula gratuita>

Que formação preciso para ser professor de dança?

A formação ideal para ser um brilhante professor de dança é a licenciatura numa faculdade especializada em dança porque irá aprender para além da técnica física, o conhecimento teórico sobre a origem e o significado dos estilos de dança, a anatomia dos movimentos, e ainda dicas importantes relacionadas com a pedagogia.

Depois da licenciatura em dança, poderá ser trabalhar ou ser professor:

  • na educação tradicional pública e privada, do ensino infantil ao ensino secundário;
  • nos ginásios, estúdios, escolas de dança e companhias de dança profissionais;
  • em fundações, empresas, espaços públicos, organizações não-governamentais;
  • em projetos de inclusão social e ações positivas diversificadas;
  • como profissional autónomo e particular;
  • na produção artística, como dançarino-intérprete-criador, coreógrafo, diretor artístico, dramaturgo, em casas e espaços alternativos de espetáculo, teatros e espaços de interação social, lazer e cultura;
  • na produção cultural, na formação e difusão artística;
  • na construção do conhecimento, em pesquisas e estudos sobre dança, em documentação e história da dança, em estudos culturais, entre outros.
audiçoes de dança
Durante a licenciatura, deve estar preparado para enfrentar audições e avaliações nos diferentes estilos de dança. | Fonte: Unsplash

Tudo o que precisa de saber para estruturar uma aula de dança

Alguns bailarinos profissionais decidem transmitir os seus conhecimentos aos estudantes interessados em artes cénicas. No entanto, até mesmo os coreógrafos mais experientes precisam descobrir como é preciso preparar a sua primeira aula de dança.

Aqui fica uma lista das principais dicas para estruturar as suas aulas de dança e assim se tornar um bom professor:

  • Escolha ensinar os tipos de dança onde tem mais experiência e formação;
  • Defina o nível de dança que vai lecionar;
  • Determine os objetivos para as suas aulas de dança;
  • Pratique dança antes da sua primeira aula;
  • Seja um bom docente durante a aula de dança;
  • Faça um acompanhamento regular do futuro dançarino;
  • Identifique as expectativas dos seus alunos;
  • Escolha o lugar mais adequado para as suas aulas de dança;
  • Prepare o material de dança necessário às suas aulas.

Materiais necessários para dar aulas de kizomba e outros tipos de dança

O Superprof enumera as melhores ferramentas para dar uma boa aula de dança:

  • Sites para preparar uma aula de dança: sites como Dance mais online oferecem cursos teóricos e práticos de dança para que se inspire para as suas aulas;
  • Apps de dança para preparar uma aula: existem algumas aplicações úteis que podem ser utilizados em qualquer lugar: como a Dance Fitness Studio Lite e Just Dance Now;
  • Vídeos de dança on-line: nos dias de hoje, basta visitar o Youtube para encontrar vários tutoriais de dança ou até mesmo aulas de dança. Existe uma lista extensa de minicursos que podem ajudá-lo na preparação das suas próprias aulas.
  • Alugue um estúdio de dança: o preço de um estúdio pode variar bastante, dependendo do tamanho do estúdio e da sua localização. E, se optar por esta opção, não se esqueça que o valor do aluguer do espaço deve ser incluído no preço das aulas particulares, sendo que esse valor vai variar de acordo com a quantidade de alunos que o professor tiver no total.
  • Material didático para o aluno utilizar fora das aulas: existem vários recursos que pode sugerir ao seu aluno como livros didáticos de dança, aulas de dança on-line, tutoriais em vídeos de dança, aulas teóricas de dança, aplicações gratuitas de dança e exercícios de dança on-line;
  • Equipamentos para dar uma aula de dança: dar aulas de dança, nomeadamente particulares, implica adquirir equipamentos desportivos de alta qualidade, ou seja, ferramentas profissionais. Porém, o professor não é obrigado a fornecer o material ao aluno mas, se disponibilizar esse material, tem o direito de cobrar um valor mais elevado pela aula ou uma taxa específica referente ao aluguer do equipamento.

Depois de todas estas dicas sobre formação, lugar para lecionar, preços a aplicar e métodos a utilizar nos seus cursos de dança, já se sente preparado para ser um Superprof?

Precisa de um professor de Dança ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Marília

Sou licenciada em História da Arte e Mestre em Estudos Artísticos, na vertente de Teoria e Crítica da Arte. No passado, escrevi também alguns artigos para a revista Umbigo (online) e criei e geri todos os conteúdos da plataforma pensarte.pt.