Atualmente a dança manifesta-se de diversas maneiras e em múltiplos espaços, tais como em celebrações como o carnaval, festas de casamento, teatros e afins.

E, os meios de comunicação social têm contribuído muito para a disseminação da dança nas redes sociais e na televisão pois todos os dias são realizados vídeos no YouTube, documentários e produções de grupos artísticos independentes ou conceituados, o que torna mais fácil ter acesso a materiais que abordam a dança e ensinam como dar os primeiros passos.

Atualmente,  já existem alguns dançarinos que optam por seguir uma carreira profissional de ensino de dança para poder transmitir os seus conhecimentos e a sua experiência adquirida ao longo dos anos a outros alunos, interessados e apaixonados por este meio de expressão artística.

No entanto, sabe-se que, ter um bom nível técnico de dança não é o suficiente para ser selecionado como professor numa academia ou escola de dança conceituada.

E, como em qualquer outra profissão, a dança requer a sua própria formação, sendo requisitada na maior parte dos casos.

Ficou curioso? Neste artigo damos-lhe algumas ideias de instituições que pode frequentar para um dia se tornar um professor de dança!

Paixão pela dança
Para dar aulas de dança tem de ter técnica, conhecimentos teóricos e paixão pela dança. | Fonte: Pixabay
Os melhores professores de Dança disponíveis
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (13 avaliações)
Sara
20€
/h
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (8 avaliações)
Rui
25€
/h
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (8 avaliações)
Hanna
10€
/h
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
1ª aula grátis!
Marcelo
5
5 (15 avaliações)
Marcelo
15€
/h
1ª aula grátis!
Julisa
Julisa
10€
/h
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (13 avaliações)
Sara
20€
/h
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (8 avaliações)
Rui
25€
/h
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (8 avaliações)
Hanna
10€
/h
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
1ª aula grátis!
Marcelo
5
5 (15 avaliações)
Marcelo
15€
/h
1ª aula grátis!
Julisa
Julisa
10€
/h
1ª aula gratuita>

Vantagens de ter um curso de dança com certificado

Primeiramente, precisa de definir quais os estilos de dança que pretende ensinar. Aconselhamos que escolha o tipo de dança na qual tem mais experiência e conhecimento.

Sabemos que as danças mais tradicionais, como o ballet clássico, exigem um maior tempo de preparação e mais formações e, por outro lado, os estilos mais populares costumam exigir menos, como, por exemplo, as aulas de zumba pois basta fazer um curso de curta duração para poder atuar como professor de dança dessa modalidade.

Contudo, a formação ideal para aquele que deseja ensinar como aprender a dançar é a licenciatura em dança.

Este tipo de formação, além de ser importante para o currículo, oferece um vasto conhecimento teórico que inclui a origem e o significado dos estilos de dança, a anatomia dos movimentos, e ainda a noção de alguns métodos pedagógicos.

Há ainda que salientar que o ambiente universitário é o local mais enriquecedor do ponto de vista de construção do conhecimento, pois aqui vai encontrar futuros professores, fazer novas amizades e trocar experiências e informações que lhe serão muito úteis ao longo da sua carreira.

Por outro lado, o diploma universitário representa uma certificação de habilidades de ensino, o que vai lhe conferir mais credibilidade e deixar os seus futuros alunos confiantes e com uma grande admiração por si.

Aulas em teatros
Se for um professor de dança licenciado poderá dar aulas em academias de dança conceituadas. | Fonte: Pexels

É de conhecimento geral que nesse vasto universo da dança, é necessário estabelecer uma relação de confiança entre aluno e professor para que a aprendizagem e os progressos dos seus aprendizes sejam notórios.

Para ganhar credibilidade perante os alunos, os professores de dança devem também:

  • Possuir experiência como dançarino profissional;
  • Fazer parte de uma companhia de dança ou teatro;
  • Dar aulas de dança em academias profissionais e conceituadas;
  • Ter avaliações positivas no perfil da plataforma da comunidade Superprof;
  • E dominar os vários estilos de dança.

Muitos dos alunos iniciantes não exigem diploma aos professores quando frequentam aulas de iniciação à dança ou quando fazem a primeira aula experimental. Porém, os estudantes de escolas, companhias ou academias de dança profissionais e conceituadas que pretendem melhorar a linguagem corporal exigem e pagam para terem aulas de dança com um professor qualificado. Isto significa que, tudo depende da estrutura onde pretende ensinar e quais são os seus objetivos.

O licenciado em dança pode lecionar na educação formal pública e privada, do ensino infantil ao ensino secundário. Para além disso, pode ainda dar cursos livres em vários locais como por exemplo, nos ginásios, nos estúdios, nas escolas de dança, nas companhias de dança profissionais, nos espaços públicos, organizações não-governamentais ou simplesmente atuar como profissional autónomo, ou seja, ser professor particular.

Onde estudar para ser professor de dança?

Em primeiro lugar, é importante saber que, se ainda está no ensino secundário, há possibilidade de ter uma formação académica integrada onde parte das aulas são dadas na escola normal e outra parte é realizada na escola de dança. Nestas escolas conseguirá obter conhecimentos teóricos sobre como surgiu a dança, quais as suas evoluções e ainda quais os materiais e métodos pedagógicos que poderá usar posteriormente nas suas aulas.

Aulas de ballet
Ao frequentar o curso de dança vai ter contacto com muitas pessoas que têm o mesmo objetivo profissional: ser professor de dança. | Fonte: Pexels

São exemplo dessas escolas:

Ginasiano no Porto

É uma instituição privada com estatuto de utilidade pública, localizada em Vila Nova de Gaia, que se insere na rede de escolas do Ensino Artístico Especializado, com o regime de educação articulado.

Para além dos Cursos Artísticos Especializados no domínio da Dança, de nível básico (2º e 3º Ciclo) e Secundário, o Ginasiano dispõe ainda de aprendizagem ao nível da iniciação à dança, para o Infantil e 1º ciclo.

O Ginasiano tem como principal objetivo “Apoiar cada aluno no seu desenvolvimento através da dança, orientando-o na descoberta do seu projeto de vida e apostando numa formação artística transversal, que desperte processos de pesquisa informados e críticos a partir da curiosidade individual, no sentido de formar cidadãos autónomos, participativos e responsáveis.”.

Escola de Dança do Conservatório Nacional em Lisboa

O Conservatório Nacional de Lisboa, fundado a 1839, está localizado no centro histórico da cidade.

Embora a disciplina de Dança estivesse presente desde logo no programa pedagógico original, sabe-se que a estrutura atual de funcionamento da Escola de Dança só foi oficializada em 1987.

Esta é uma escola totalmente pública, que oferece as disciplinas de dança, assim como os estudos na área de formação geral, do 2º ciclo até ao fim do Ensino Secundário.

Esta instituição tem um programa de estudos assumidamente baseado em Técnica de Dança Clássica, assim como em Técnica de Dança Moderna, com base na Técnica Graham, e, mais recentemente, com a introdução de Técnicas Contemporâneas relacionadas com o movimento americano Pós-Modernista.

Contudo e se está no momento de decidir onde se vai licenciar, deixa-mos aqui duas opções:

Faculdade de Motricidade Humana - Universidade de Lisboa

A licenciatura em dança nesta instituição pretende desenvolver as competências necessárias de um perfil profissional aberto a diversas formas de dança e a diferentes contextos de intervenção na comunidade, nomeadamente: planear, executar, participar e promover programas de recreação e lazer de âmbito artístico-cultural, criar e adequar projetos coreográficos a diferentes populações e estilos de dança, conceber, executar e avaliar projetos e produções de eventos artístico-culturais e ainda planear, avaliar e adaptar metodologias e formas de dança a contextos e populações diversificados.

Escola Superior de Dança - Instituto Politécnico de Lisboa

Esta licenciatura oferece uma formação mais focada na prática e na experiência artística, em prol do desenvolvimento das capacidades técnicas, criativas e performativas dos estudantes, com o propósito de os tornar autónomos e com capacidade de trabalhar em equipa.

Para além disto, pretende também, estimular a reflexão e a contextualização da prática artística, e desenvolver a sensibilidade pedagógica e a capacidade de agir positivamente na comunidade.

Aulas de Ballet
No curso de dança com certificado irá aprender sobre a história da dança e ainda alguns métodos pedagógicos que poderá usar mais tarde, nas suas aulas. | Fonte: Pexels

Como dar uma aula de dança ser ter um diploma

Se quer partilhar os seus conhecimentos e a sua paixão pela dança, mas não possui nenhum diploma, não desespere pois é possível dar aulas de dança sem ter uma formação certificada.

Em primeiro lugar, os únicos cargos que exigem formação superior para o ensino da dança são aqueles que estão relacionados com a educação formal, ou seja, a educação infantil, o ensino básico e secundário.

Mas, se não tem qualquer licenciatura especializada em dança, poderá atuar como professor particular de dança ou em algumas escolas e estúdios de dança que não exijam o diploma universitário.

Isto significa que, se se admitir como um profissional autónomo, poderá usufruir de:

  • Liberdade para dar aulas de dança a grupos ou dar aulas individuais e personalizadas;
  • Flexibilidade nos horários das aulas;
  • Possibilidade para ensinar todos os níveis de dança;
  • Diversidade no perfil dos seus alunos;
  • Flexibilidade para ensinar vários estilos de dança;
  • Acompanhar diariamente e personalizadamente a progressão da aprendizagem dos seus alunos;
  • Aplicar a sua própria metodologia de ensino que funcionará como a sua imagem de marca.
  • Obter rendimentos bem maiores do que se fosse professor numa escola de dança, mediante a sua agenda e popularidade entre os alunos.

Na plataforma Superprof, os nossos professores ganham uma média de 15 euros por hora, dando aulas de dança, sendo que, na nossa plataforma, poderá descobrir, de forma ágil e segura, quais os melhores profissionais de dança que dão aulas próximo da sua zona de residência e assim, estipular o preço justo para as suas aulas, consoante a sua técnica, conhecimentos teóricos e estilos de dança que vai ensinar.

Nesta comunidade, aquilo que é mais valorizado é a experiência do professor, por isso, quando estiver a editar o seu perfil, não se esqueça de indicar se possui diplomas, como construiu a sua carreira, quais foram as experiências e projetos em que participou e ainda outros cursos frequentados pertinentes para o ensino desta expressão artística.

Posteriormente, e durante as suas aulas poderá explicar aos seus alunos qual a metodologia usada nas aulas de dança e quais os objetivos que podem conquistar ao frequentá-las.

E então? Está pronto para ser um Superprof?

Precisa de um professor de Dança ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Marília

Sou licenciada em História da Arte e Mestre em Estudos Artísticos, na vertente de Teoria e Crítica da Arte. No passado, escrevi também alguns artigos para a revista Umbigo (online) e criei e geri todos os conteúdos da plataforma pensarte.pt.