Fazer um curso de cozinha seja para aprender a cozinhar ou para seguir uma carreira de chefe de cozinha, é algo que muitos procuram por todo o país. Cozinhar é uma forma de arte, de expressão e claro, de conhecimento. Através da gastronomia local de cada cidade conseguimos conhecer um pouco da sua história.

A gastronomia portuguesa foi considerada um bem imaterial do património cultural no ano de 2020 e são muitas as receitas de Portugal utilizadas por este mundo fora, em restaurantes de comida típica portuguesa.

Mas, para os aprendizes de chefe de cozinha, aprender a cozinhar tem outro significado, conhecer as texturas, as combinações e os acompanhamentos certos para cada prato é essencial e para estes, cada prato confecionado é como que uma obra de arte.

Os melhores professores de Culinária disponíveis
1ª aula grátis!
Paula
5
5 (7 avaliações)
Paula
10€
/h
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (6 avaliações)
Diogo
15€
/h
1ª aula grátis!
Jussy
5
5 (11 avaliações)
Jussy
10€
/h
1ª aula grátis!
Walei
5
5 (24 avaliações)
Walei
18€
/h
1ª aula grátis!
Teresa
Teresa
20€
/h
1ª aula grátis!
Felipe
Felipe
15€
/h
1ª aula grátis!
Daniela
5
5 (7 avaliações)
Daniela
10€
/h
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (9 avaliações)
Joana
10€
/h
1ª aula grátis!
Paula
5
5 (7 avaliações)
Paula
10€
/h
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (6 avaliações)
Diogo
15€
/h
1ª aula grátis!
Jussy
5
5 (11 avaliações)
Jussy
10€
/h
1ª aula grátis!
Walei
5
5 (24 avaliações)
Walei
18€
/h
1ª aula grátis!
Teresa
Teresa
20€
/h
1ª aula grátis!
Felipe
Felipe
15€
/h
1ª aula grátis!
Daniela
5
5 (7 avaliações)
Daniela
10€
/h
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (9 avaliações)
Joana
10€
/h
1ª aula gratuita>

Viseu, onde pode aprender a fazer um doce Viriato num curso de pastelaria

Viseu é uma terra imensamente conhecida pelas Termas de São Pedro do Sul, e é também marcada por várias construções e vestígios da época da ocupação romana. Os amantes da história e arquitetura que visitem Viseu perdem-se com a beleza e história da Sé Catedral de Viseu e com a Muralha Romana, assim como a Torre de Ucanha e o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios.

Na terra de Viriato, a gastronomia portuguesa é uma arte cultivada entre os viseenses. Sendo uma cidade interior, os pratos de peixe são menos comuns, contrário ao que acontece em Faro, que por ser litoral, a gastronomia é repleta de pratos com peixe.

Em Viseu reinam as carnes:

  • os rojões;
  • o cabrito;
  • a chanfana;
  • a sopa da beira;
  • as migas à lagareiro;
  • muitos enchidos;
  • e claro, o caldo verde, comida portuguesa que todos conhecemos e adoramos.

A gastronomia viseense é muito rica e bastante variada, tipicamente beirã e é uma das maiores arações de visitantes nacionais e internacionais- Os seus pratos são encorpados, tipicamente portugueses. O famoso prato Rancho à Moda de Viseu, é o seu prato típico mais conhecido e faz parte das receitas de Portugal sendo considerado um dos pratos tradicionais portugueses. Este prato, tal como todos os outros pratos deste nosso país, tem uma história baseada numa lenda.

A lenda é a seguinte, na altura da guerra entre liberais e absolutistas, a urgência em garantir a alimentação dos soldados fez com que o cozinheiro criasse um prato com todos os ingredientes que se encontravam à disposição, desde frango, carne de porco e de vaca, enchidos, grão de bico, batatas, massa, couves e tudo o que estivesse ao alcance.

Isto faz lembrar a famosa sopa à lavrador, comida típica aprendida em qualquer curso de gastronomia em Coimbra, que não faz parte das receitas de sopas portuguesas porque no fundo adiciona-se tudo o que estiver à mão! Mas, assim nasceu o Rancho à Moda de Viseu!

Acompanhamentos gastronomia portuguesa
Os enchidos e as azeitonas não podem faltar a acompanhar a comida portuguesa | Fonte: Pexels

Também aqui nasceram a

  • Vitela Assada à Lafões;
  • Arroz de Carqueja;
  • Cozido à Portuguesa;
  • Cabrito Assado;
  • Entrecosto com Chouriço e Grelos;

Todos estes pratos típicos portugueses e tão conhecidos na gastronomia portuguesa, são reproduzidos nacionalmente em todas as terras, de Norte a Sul!

Relativamente à doçaria típica, na cidade de Viriato o doce mais famoso tinha de ser o Viriato! Tem forma de "V" e tem um sabor inconfundível a bolo e está presente em todas as pastelarias, confeitarias e cafés de Viseu e é aprendido em qualquer curso de pastelaria em Viseu. Até hoje não se sabe a origem deste doce mas, existem algumas teorias desde que veio de um grupo de pasteleiros de Lisboa, ou que foi criado por uma senhora residente em Viseu.

Claro, o vinho não pode faltar nas mesas de Viseu e o seu famoso Vinho do Dão é um sucesso por Portugal fora.

Curso cozinha Viseu: Para quem são os cursos de cozinha?

Existe uma altura na vida de todos os alunos em que têm de decidir qual a área que pretendem seguir no futuro. Na escola, as escolhas são poucas abrangendo as vertentes das artes, humanidades, ciências, economia ou desporto. Claro que dentro destas vertentes existem milhares de profissões mas, sabemos que há muito mais do que isto.

Um aluno que se veja confrontado com estas opções pode ficar um pouco confuso e não saber qual o seu caminho, acabando por escolher uma que lhe pareça fácil ou que tenha boas notas nas disciplinas relacionadas. Mas, será essa a sua real vocação? Poucos alunos têm oportunidade de aprender a cozinhar e também em saber que um curso cozinha pode ser o ideal para eles!

Nas nossas escolas os alunos não têm como aprender a cozinhar e muitos dos jovens adultos portugueses não fazem sequer ideia de como cozinhar arroz. Além de ser uma boa e útil disciplina, pode também ser uma descoberta de um caminho!

Ter um dom para a cozinha e para a alimentação pode estar em qualquer um, à espera de ser descoberto mas se essa opção não é dada ao aluno, só a irá descobrir mais tarde e esse é um dos motivos porque os alunos dos cursos de culinária por norma têm idades superiores aos 25 anos. As pessoas já terminaram os cursos superiores e já tiveram tempo para decidir que realmente não é aquilo que gostam e que o que mais adoram fazer é cozinhar receitas de Portugal ou outros pratos!

Esta descoberta pode levar a que o aluno seja tão empenhado que se torne o próximo chefe de cozinha português de Viseu de sucesso!

ser chefe de cozinha
Quer trabalhar num local como este? Faça um curso cozinha para ser chefe de cozinha | Fonte: Pixabay

Mas claro, existem sempre os curiosos e interessados em saber sempre mais sem isso querer dizer que estejam à procura da profissão ideal. existem worskshop cozinha para os que queiram aprender coisas específicas como cozinhar quinoa ou sobre cozinha americana ou então para aprender a cozinhar melhor com algumas dicas que melhorem a performance na cozinha!

Mas também o curso de cozinha pode ser frequentado por quem deseje aumentar os conhecimentos sobre cozinha para cozinhar melhor e pratos diferentes.

Se quiser aprender a cozinhar os doces Viriato de Viseu, o melhor será fazer um curso de pastelaria em Viseu mas, se francesinha for o seu prato preferido, o melhor será fazer um curso de cozinha Porto, deverá tentar aprender sempre os pratos típicos de cada região nas suas cidades-berço.

Porque aprender a cozinhar pratos de Viseu?

Já falamos dos vários objetivos que os alunos podem ter quando decidem fazer um curso de cozinha, mas os motivos porque deve aprender a cozinhar independentemente de utilizar os conhecimentos do curso cozinha profissionalmente ou não são imensos!

Sabemos que não há como a comida caseira e a comida portuguesa, pelo menos a comida tradicional portuguesa é maioritariamente caseira. Quem nunca comeu um cozido à Portuguesa à moda de Viseu a um almoço de família ao domingo? Os melhores pratos são os que partilhamos em família mas, convém que agradem a todos e para isso, deverá saber confecioná-los corretamente!

Curso cozinha para cozinhar
Aprender a cozinhar comida portuguesa é uma boa forma de reunir a sua família à mesa | Fonte: Unsplash

Os vários motivos porque deve aprender a cozinhar:

  • vai poupar dinheiro pois comprar os ingredientes e confecionar os pratos é mais económico do que ir ao restaurante;
  • aprender a comer mais saudável e saber exactamente o que está a comer;
  • impressionar visitas com pratos tradicionais portugueses e quem sabe alguns pratos tradicionais ensinados nos cursos de cozinha no Funchal e outras cidades;
  • fazer surpresas à sua família;
  • é um bom passatempo, pode usar a imaginação num curso de culinária;
  • é uma possível profissão de sucesso caso se torne chefe de cozinha!

Aprender a cozinhar em Viseu? Descubra os melhores cursos de culinária

Toda e qualquer cidade tem locais específicos onde pode aprender a cozinhar e são várias as opções disponíveis aos interessados em saber confecionar receitas de Portugal:

  • aprender a cozinhar em casa com os pais ou avós;
  • experimentar receitas sozinho, experimentando vários ingredientes e várias formas de cozinhar os vários pratos tradicionais portugueses;
  • ver vídeos no Youtube e experimentar novas receitas deliciosas;
  • fazer um curso de cozinha em Viseu e aprender tudo sobre as iguarias viseenses;
  • encontrar um chefe de cozinha na Superprof que possa ensinar tudo sobre a cozinha portuguesa
Tudo o que precisa para cozinhar
Conhecer os utensílios e os seus usos em cada ingrediente é uma boa forma de aprender a cozinhar | Fonte: Pixabay

Quer conheça já alguns utensílios e saiba diferenciar as facas e quais as melhores para cada alimento ou não, aprender a cozinhar com um  profissional será sempre diferente de aprender sozinho!

Pode encontrar na Superprof os melhores chefes de cozinha em Viseu e aprender a cozinhar com ele por um valor médio de 15 euros por cada aula de culinária. Pode também fazer um curso de cozinha com qualquer um deles!

Basta verificar o perfil de cada um e contactar o professor com um pedido de aula e confirmar onde pode aprender a cozinhar, se em casa do professor, numa cozinha, online ou todas as opções!

Precisa de um professor de Culinária ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.