Os japoneses têm uma relação especial com a meditação e a filosofia zen, mas também com tecnologia e manga. No Japão, todas as ocasiões são uma desculpa para aceitar novos desafios técnicos e estéticos e promover o idioma nacional.

Quando falamos sobre o país, inevitavelmente pensamos:

  • Na beleza das suas paisagens;
  • Na exportação da literatura e de mangas;
  • A gastronomia, com sushi e outros pratos japoneses;
  • A tecnologia.

Como resultado, existem vários elementos da cultura japonesa nos países ocidentais, incorporados no nosso dia-a-dia. Quem nunca viu um episódio de anime, leu um manga ou experimentou sushi? Certamente que já fez pelo menos uma destas coisas. Por isso, continue a ler para saber toda a influência cultural e impacto da língua japonesa.

Os melhores professores de Japonês disponíveis
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (1 avaliações)
Filipe
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (1 avaliações)
Filipe
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Gastronomia nos cursos de japones

Uma parte importante daquilo que os professores ensinam nas aulas é também o envolvimento cultural do idioma, o que inclui a gastronomia. E esta gastronomia é conhecida em todos os cantos do globo. Aliás, os restaurantes japoneses são extremamente populares no nosso país e são várias as pessoas que os frequentam de forma recorrente.

Um desses restaurantes é claro o de sushi. Como prato principal da culinária do país, tem uma grande popularidade e cada vez mais adeptos. O gosto por este prático típico, levou a que fosse recriado noutros países e exportado, para a felicidade das papilas gustativas de muita gente.

prato de sushi
Toda a gente conhece o sushi, mas os professores de japonês ensinam sobre muito mais nas aulas dos seus cursos profissionais e cursos do ensino superior. | Fonte: Pexels.com

O sushi é composto principalmente por arroz e peixe cru, que pode ser acompanhado por uma alga chamada "nori". No entanto, existem vários diferentes tipos de sushi por onde escolher.

Um dos tipos de sushi mais conhecidos é o nigiri. Consiste numa pequena "fatia" de arroz, impregnado na mistura de tempero típica com vinagre de arroz, com uma fatia de peixe cru em cima, que pode ser:

  • camarão;
  • atum;
  • salmão.

Nalguns casos, um chefs também adicionam uma tira de alga nori em volta do peixe e do arroz, com um nó, para dar um toque final. Outros adicionam wasabi, uma pasta picante, entre o peixe e o arroz.

Outro estilo de sushi bastante conhecido é o maki, que consiste numa mistura de arroz, vegetais e peixe cru envolvidos numa alga nori grande, em estilo de wrap.

Se gosta de sushi, é provável que já tenha ouvido falar dos California Rolls. Este tipo de sushi é composto por uma camada exterior de arroz, com um interior de alga nori, vegetais e peixe cru. Mas ao contrário dos restantes exemplos, tem origem nos Estados Unidos.

Já ficou com água na boca? Então procure pelo restaurante mais próximo, mas lembre-se de apontar os nomes de cada prato. Isso vai ajudar a cimentar a aprendizagem das aulas do curso de japonês e a aumentar o vocabulário.

Yoshihiro Murata, um chef conhecido no Japão, diz:

"O mundo inteiro está interessado na nossa culinária, por isso é importante preservar a nossa cultura."

Fazer haikus nas aulas de japonês

É provável que até já tenha ouvido o nome, mas sabe que é um haiku? Um haiku é uma forma poética da língua japonesa, um pequeno poema muito conciso. Pela sua estrutura distinta de todas as outras, é também uma maneira para os habitantes do país exportarem a sua cultura para os restantes países do globo.

Estas são algumas das regras essenciais para se tornar um profissional a escrever haikus:

  • Utilizar apenas 3 linhas: curta - longa - curta (classicamente 5-7-5 sílabas);
  • Adicionar uma palavra que liga à realidade e à natureza;
  • Incorporar um intervalo: que muda o texto de uma imagem para outra;
  • Tentar capturar coisas muito pequenas ou um momento muito breve.

Dominar os haikus permite-lhe aprender a escrever, ler e compreender a língua japonesa, mas também os valores defendidos pela sua população. Porque para o poder fazer terá que ter atenção, simplicidade, humor e modéstia. Tal como a história do japonês, um haiku é poesia, emoção, mas também é sinónimo de um longo processo de estudos e aprendizagem.

gato da sorte
Pode achar estranho o professor pedir para fazer um haiku numa aula de japonês, mas a prática ajuda os alunos a escrever melhor e permite que os professores façam uma avaliação à eficácia da formação. | Fonte: Pexels.com

Saiba também algumas regras de gramática e sintaxe da linguagem.

Os melhores professores de Japonês disponíveis
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (1 avaliações)
Filipe
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (1 avaliações)
Filipe
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Curso japones e a arte da caligrafia

Em japonês, a aprendizagem de idiomas é muito importante para os habitantes. É também uma forma de exportar a língua japonesa, que é destacada na caligrafia japonesa.

Estudar japonês também é:

  • Ganhar disciplina;
  • Respeitar o sistema gráfico japonês, a forma dos caracteres, o peso das palavras, a fonética:
  • Entender noções de filosofia zen;
  • Alcançar uma espiritualidade elevada.

Aprender japonês dá acesso a todos estes benefícios, além de permitir viajar ou trabalhar no Japão, depois de terminar o curso e ter algum domínio do idioma.

A caligrafia japonesa é tão importante para os japoneses que tem um nome próprio, Shodō, que significa "forma de escrever". Mais do que escrever, é uma arte de formar caracteres com um pincel caligráfico e tinta preta.

A escrita deve ser flexível, pensativa e cheia de espiritualidade. Um calígrafo tem que realizar os traços todos de uma só vez, e não pode fazer nenhuma alteração.

Desde o seu aparecimento há vários séculos, a caligrafia manteve-se uma arte muito popular até aos tempos atuais. Como um passo indispensável na aprendizagem da língua, também existem muitos alunos a praticar os caracteres.

Ler mangas para completar o curso japones online

Além da formação que ganha com um professor nas aulas do curso, existem outras ferramentas que pode utilizar para ajudar aos seus estudos. Uma delas é ler manga na versão original, que permite aprender japonês enquanto se diverte.

luzes de cidade
Pode utilizar outras ferramentas e material para complementar a formação do programa de ensino do curso e estudar fora das aulas, ou até depois de cada aula. | Fonte: Pexels.com

Esta história de banda desenhada é uma parte integrante da cultura do país e é um sucesso entre os jovens ocidentais e orientais. O manga apresenta-se em forma de romance e é lido da direita para a esquerda. Nos mangas, uma história é contada principalmente em vários volumes e não apenas num livro.

Os mangas na versão original permitem:

No Japão, a leitura de mangas é uma coisa habitual e até há quem os tente escrever. Vários professores ensinam a escrever este tipo de literatura durante as aulas de japonês.

São uma parte integrante da cultura japonesa e fascinam crianças, adolescentes, adultos e até mesmo os idosos. Os tópicos são muito variados e englobam policiais, histórias de amor, fantasia, desporto, culinária e muito mais.

Quando são lidos na versão original, os mangas são uma ótima forma de aprender japonês. Pode parecer impossível, mas a leitura pode ensinar uma língua, mesmo que seja a japonesa. Existem várias séries de mangas criados especificamente para os alunos que querem aprender japonês. Contêm dezenas de exercícios que permitem aos leitores mergulhar na gramática, escrita, conjugação e no vocabulário japonês.

Se ainda estiver a começar a aprendizagem, é melhor escolher um manga que não seja muito complexo, sem vocabulário especializado e, se possível, ter também o mesmo artigo em português. Ter esta versão permite entender o significado geral se eventualmente se sentir perdido.

Hoje em dia já tem várias opções por onde escolher e quem diz mangas, diz também animações e filmes inspirados neles. Qualquer uma destas opções permite aumentar o conhecimento da língua, e complementar a formação que recebe do professor do curso.

cidade colorida
Os jogos permitem ao aluno estudar e divertir-se ao mesmo tempo, podendo assim complementar a formação dada pelo professor na aula. | Fonte: Pexels.com

Acima de tudo, os mangas e desenhos animados são uma verdadeira paixão de várias pessoas e esse interesse também acaba por passar para o Japão e para a língua japonesa.

Aprender japonês com videojogos

Os videojogos japoneses são uma ótima maneira de combinar diversão e aprender um idioma, como o japonês. Com um aspeto lúdico e uma história cativante, os videojogos permitem que os jovens portugueses e de outros países ganhem conhecimento de várias palavras e termos em japonês, bem como regras culturais e outros elementos importantes de uma forma divertida e familiar.

O mercado de jogos japoneses lucra biliões de euros todos os anos, e continua em crescimento. Depois dos fracassos americanos nos anos 80, o Japão aproveitou para dominar a área e ser a potência com mais influência.

Além disso, a indústria dos jogos do Japão tem beneficiado do ímpeto do MITI, o poderoso Ministério da Indústria Japonesa, que tem várias políticas de protecionismo sobre as indústrias de alta tecnologia.

É deste país que tem origem o modelo do conjunto Mitsubishi/Nintendo, por exemplo. O gigante japonês da Nintendo e a sua consola NES (Nintendo Entertainment System) inundaram o mundo com videojogos variados e permitiram que milhares de crianças:

  • Descobrissem a cultura japonesa, com os seus símbolos e os seus valores;
  • Se divertissem com personagens em trajes tradicionais japoneses;
  • Repetissem várias expressões japonesas dos seus personagens favoritos.

Todos estes aspetos serviram para colocar a cultura japonesa no seu dia a dia e ajudaram a que muitas dessas crianças quisessem continuar os estudos da língua.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.