Acabou de se inscrever para a maratona, meia maratona, triatlo ou Iron Man na sua cidade ou região?

É quando você se apercebe que corre duas vezes por mês e que, a este ritmo, nunca cruzará a linha de chegada!

É hora de começar a pensar em voltar aos trilhos. Mas como? É certo que é necessário encontrar a motivação, mas é especialmente importante encontrar um ritmo regular, de acordo com o seu estado físico.

Alguns personal trainers especializados na preparação física estão lá para ajudá-lo, qualquer que seja a disciplina que pretende praticar.

O agachamento com barra fortalece várias zonas musculares
Irá poder fazer todos os tipos de treino. | Fonte: Unsplash

Disciplinas que exigem preparação física com um treinador

Muitos desportos exigem preparação física, mas nem todos exigem tanto quanto imagina. Na verdade, existem três famílias de disciplinas em que recomendamos uma preparação antecipada:

  • Desportos individuais: maratona, corrida, desportos de combate, ténis,
  • Desportos coletivos: basquetebol, handebol, futebol, rugby,
  • Desportos radicais: esqui, escalada, queda livre, mountain bike,

Muitos desportos e competições podem exigir o uso de um treinador particular. Mesmo se achar que um personal trainer não pode ajudá-lo, especialmente no caso de desportos radicais, está enganado: o PT ajuda-o a entender todos os exercícios e hábitos que estão relacionados (inclusive dá dicas para emagrecer ou ficar mais forte durante o processo)!

É importante escolher o seu preparador físico de acordo com o desporto que pratica. Os treinadores têm as suas especialidades, obviamente.

Grandes performances são obtidas ao som de grandes músicas.
Fique mais forte com o apoio de um personal trainer| Fonte: pixabay

Tipos de preparação física

Quer melhorar as suas habilidades atléticas e os seus níveis de desempenho?

O desporto exige um forte compromisso e aqueles que o praticam assiduamente terão os melhores desempenhos. Podem assim ser distinguidos dois tipos de preparação:

Preparação Física Geral

É a base do treino. Esta preparação é necessária e comum a todos os desportos e baseia-se em três elementos-chave que o seu personal trainer vai apresentar antecipadamente.

  1. Resistência: aumente a duração de suas sessões de treino. Seja razoável e não aumente significativamente o seu tempo de uma sessão para outra, mas pouco a pouco. O seu PT vai guiá-lo pelo plano de aumento de resistência e tem em consideração as suas necessidades e a sua condição física. A duração das sessões deve ser aumentada de forma progressiva.
  2. construção muscular no treino: fortalecer os músculos (peito, braços, tríceps, bíceps, costas, coxas, abdómen, glúteos, etc.) e as articulações e tendões através de exercícios como o agachamento, abdominais, flexões, entre outros. Todos os exercícios necessários a uma melhor forma física, que é a base de trabalho do seu treino particular.
  3. Trabalho de força: este tipo de treino visa aumentar a sua força com os exercícios básicos de musculação, como por exemplo o supino, o agachamento ou o levantamento de peso. Inerente ao seu plano, o trabalho de força está relacionado à construção muscular e permite um melhor desenvolvimento físico.

Descubra como escolher bem um personal trainer.

Preparação Física Específica

É aqui que as coisas ficam sérias. A preparação cresce e o seu personal trainer aperfeiçoará o treino à medida que a competição ou o evento desportivo se aproximam (ou um teste físico para uma prova de seleção, quem sabe).

Um bom personal trainer deve dar-lhe métodos e exercícios que sejam úteis para a sua disciplina. É bastante comum ver atletas mal treinados ou com treino excessivo, por isso o treino deve ser específico para o desporto que pratica.

Já pensou na preparação eficaz com um personal trainer para ganhar massa muscular?

Como ambos os aspectos precisam de ser abordados pelo seu PT, agora sabe a importância do treino físico no desempenho final. Também sabe que o seu treino está adaptado ao desporto que pratica e que nem todos os exercícios são bons para se fazer.

De seguida, chega a altura do trabalho pessoal específico: peça ao seu personal trainer para encontrar os exercícios mais adequados para si, de acordo com os seus pontos fracos e os seus pontos fortes.

Um plano de treino adaptado às sua metas
Contrate um personal trainer para ter exercícios adaptados a si| Fonte: Unsplash

Objetivos de uma preparação física com um personal trauner

Qualquer que seja a sua disciplina e o seu nível, o preparador físico tem apenas um objetivo: fazê-lo progredir.

Depois de avaliar as suas necessidades, deve definir os objetivos para alcançar o seu prazo desportivo (maratona, competição, torneio, etc.).

Estas podem certamente evoluir e até mesmo ser muito diferentes nos desportos, mas aqui estão quatro diretrizes a seguir, em qualquer caso.

  1. Melhore o seu resultado progressivamente;
  2. Aumente as suas hipóteses de sucesso;
  3. Melhore o seu desempenho e a sua velocidade;
  4. Minimize o risco de lesão.

É mais fácil melhorar o seu desempenho desportivo com um personal trainer!

Como escolher o preparador físico

O treino difere de acordo com os desportos, por isso existem tantos personal trainers quanto desportos! Será mais fácil dizer que precisa de escolher o seu preparador de acordo com a disciplina que pratica.

Que tipo de treino?

O trabalho do personal trainer tem sido amplamente desenvolvido nos últimos anos e hoje é muito fácil encontrar um PT pessoal. Dependendo das suas necessidades, dos seus objetivos, da sua programação e do seu orçamento, tem a escolha entre: PT funcional, personal trainer ao domicílio, treinador de desportos coletivos ou até mesmo personal trainer remoto, em que parte do treino é realizada online.

No caso de treino físico e treino para uma competição desportiva, é recomendado escolher um personal trainer no ginásio ou que vá em casa em vez de virtual. Precisa de ter muita motivação e acompanhamento a longo prazo, tem quase que andar de mãos dadas com o seu PT.

Que diplomas deve ter o meu personal trainer?

Como qualquer outra profissão, esta também exige a obtenção de diplomas. Um personal trainer tem que ter formação numa área de Educação Física e ser certificado para exercer a profissão.

Não deixe de solicitar esses documentos, eles são a prova da qualidade e de como esse conhecimento será aplicado nos seus treinos.

Outros cursos de personal trainer podem complementar as habilidades do PT, especialmente no caso de uma especialização em preparação física, que requer grande conhecimento nas áreas de desporto e saúde .

Quais são as"habilidades" que o meu personal trainer deve ter?

Obviamente, o seu personal trainer deve ser um atleta e conhecer todos os exercícios inerentes à sua disciplina. O seu objetivo é fazê-lo progredir, dando-lhe as ferramentas para alcançar o seu prazo desportivo, respeitando um calendário rigoroso. Do ponto de vista desportivo e alimentar, estabelece um plano específico a seguir em parceria com o profissional de nutrição (lembre-se que cada um deles tem uma especialidade!).

O seu PT também deve ser uma fonte de motivação . No seu caso, contratou-o por uma competição ou por uma preparação física especial, por exemplo. É o trabalho dele motivá-lo física e mentalmente. O treino mental também é importante para o seu progresso e permite a monitorização e desenvolvimento a longo prazo.

Além disso, graças ao seu treino, o seu professor deve assegurar que trabalha com segurança. Ele sabe como evitar o risco de lesões e ensina os métodos e as posturas corretas a adotar para um determinado resultado, com confiança.

Finalmente, o seu personal trainer deve ter grandes qualidades: deve ser paciente, pedagógico, compreensivo e atencioso.

A prancha com suportes laterais
Aprenda os melhores métodos para alcançar os seus objetivos. | Fonte: Unsplash

Como funciona o plano de um personal trainer

Um personal trainer é garantia de sucesso? Três principais orientações que devem ser seguidas durante o curso das sessões:

  1. Fase de teste: o seu personal trainer identifica quais são os seus pontos fortes e fracos. De seguida, estabelece um diagnóstico com base nos seus objetivos e no seu histórico desportivo.
  2. Fase de planeamento: graças à fase de teste, o PT compreende melhor os seus objetivos e propõe um plano de ação que corresponde inteiramente às suas necessidades.
  3. Fase de treino: as sessões são adaptadas de acordo com as qualidades exigidas para a prática desportiva: algumas disciplinas exigem exercícios em frequência regular e outras mais espaçamentos ao longo do tempo.

Os exercícios também são adaptados a si e à sua condição física. O seu personal trainer é capaz de entender o seu corpo sem danificá-lo e sem correr riscos.

Seja qual for o desporto a praticar, o PT fará com que trabalhe e desenvolva a sua força, resistência, agilidade, coordenação, flexibilidade, etc. Aspectos úteis no desporto, mas também no seu dia a dia.

O personal trainer também se dá ao direito de rever o seu plano. No início e no final de cada sessão, é importante avaliar o seu progresso e as suas habilidades. O interesse é parte do sucesso no seu treino, portanto, é possível que aumente ou alongue as sessões de treino.

Finalmente, é altamente possível que complete as sessões de treino com exercícios para fazer em casa, diariamente, sem a sua supervisão. Não vamos esquecer que o seu personal trainer se adapta a si e às suas necessidades: pode pedir que use as escadas em vez do elevador, para evitar usar o carro em viagens curtas ou para fazer alguns agachamentos livres todos os dias.

O seu personal trainer é alguém que lhe quer bem! Respeite as suas condições, coloque as hipóteses do seu lado: agora cabe-lhe a si ter sucesso no seu desafio!

Aproveite também para descobrir como ter uns novos abdominais com o apoio de um personal trainer.

Precisa de um professor de Personal trainer ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.