Sempre se interessou pelas danças tradicionais portuguesas? Tem algum interesse em conhecer a história ou mesmo avançar para um curso de dança?

Compreendemos perfeitamente o seu interesse. O Vira do Minho é uma dança tradicional portuguesa imensamente vibrante e cheia de magia. Sempre que se espalha no palco, atrai a atenção de todos os entusiastas pela cultura popular.

No Vira do Minho, como em qualquer um dos outros viras, existe sempre uma viragem dos corpos e é com muita frequência que se ouve durante a coreografia a repetição da palavra “virou”.

Esta dança tradicional portuguesa é um verdadeiro reflexo da alma minhota e é com muito orgulho que as suas gentes o dançam com garra e energia. A felicidade e a diversão em cima do palco são contagiantes e a prova disso são as inúmeras pessoas que se interessam pelo Vira do Minho.

A boa notícia é que, hoje em dia, poderá aprender imenso sobre esta dança e muitas outras. Poderá ter aulas online com professores da Superprof que estão completamente disponíveis para tirar todas as suas dúvidas e o ensinarem a dar os primeiros passos.

Continue a ler-nos e descubra mais sobre o Vira do Minho e as danças tradicionais portuguesas.

A dança também está presente em Viana do Castelo
Viana do Castelo é uma das cidades portuguesas onde o Vira do Minho tem muita expressão. Esteja com atenção ao calendário de festas desta cidade e tente ir ver um espetáculo sempre que surgir a oportunidade! | Fonte: Pixabay

Quer conhecer mais sobre as danças tradicionais portuguesas?

Curso de dança: qual é a história do Vira do Minho?

Antes de avançarmos, é importante que saiba muito bem o que é o Vira do Minho. Trata-se de uma dança tradicional portuguesa do folclore português. É especialmente conhecido como algo do Minho, mas acaba por ser dançado em muitas outras regiões de Portugal, como a Estremadura, por exemplo.

Conheça alguns dos Viras mais conhecidos:

  • Vira Antigo (Reguengo Grande, Lourinhã e Casais Gaiola, Cadaval)
  • Vira das Sortes (Olho Marinho, Óbidos)
  • Vira Valseado (Outeiro da Pedra, Leiria)
  • Vira de Costas (Colaria, Torres Vedras)
  • Vira das Desgarradas (Reguengo Grande, Lourinhã)
  • Vira Batido (Casais Gaiola, Caldas da Rainha)
  • Vira de Três Pulos (Assafora, Sintra)
  • Vira de Dois Pulos (Lagoa, Mafra)

Embora o nome surja quase sempre do tipo de coreografia que acontece em cima de um palco, muitos também surgem do momento que em são dançados.

Por exemplo, o Vira das Sortes era geralmente tocado quando os rapazes iam às sortes. Já o Vira das Desgarradas surgia no princípio do baile ou nos intervalos, enquanto não se juntava toda a gente. É cantado ao desafio entre os rapazes e as raparigas.

Enfim, como acabou de comprovar, o Vira diferencia-se bastante consoante as respetivas regiões. Nenhum é melhor do que outro. Cada um tem a sua história e merece ser respeitado por isso. Se conhecer todos, apenas estará a enriquecer o seu conhecimento e a tornar-se um maior especialista em danças tradicionais.

A dança traz imensas vantagens à saúde
A dança traz imensas vantagens à saúde. Irá notar grandes diferenças no seu condicionamento físico e com o tempo ganhará maior mobilidade e flexibilidade. | Fonte: Pixabay

Quer aprender mais sobre o bailinho da madeira?

Vira do Minho

Depois de ter uma visão mais geral sobre os diferentes tipos de vira, vamos agora esmiuçar mais o Vira do Minho. Tal como o próprio nome indica, trata-se da verdadeira dança rainha do Alto Minho.

No palco, os dançarinos colocam-se em toda e vão dançando de braços erguidos e lentamente no sentido contrário aos ponteiros do relógio. À medida que os homens avançam, as mulheres acabam por ir recuando. Tudo vai decorrendo, até que alguém acabará por gritar “fora” ou “virou”. Neste momento, dão meia-volta pelo lado de dentro e colocam-se frente-a-frente com a mulher que os antecedia. Esta dança vai decorrendo até todos trocarem de par enquanto a roda continua a girar em sentido sempre contrário.

Trata-se apenas de um exemplo dos mais simples. Existem outros viras com um maior grau de complexidade. A cidade de Viana de Castelo é muito conhecida pelo Vira do Minho. Já em Braga dança-se mais o vira galego, por exemplo. Esteja atento aos calendários das festas populares destas cidades e aproveite para assistir a um verdadeiro espetáculo ao vivo. Regra geral, as principais festas costumam acontecer nos meses de Verão!

Se deseja mergulhar no universo fantástico do fandango, leia o nosso artigo!

Muitos estudiosos das danças tradicionais, situam o aparecimento do Vira antes do século XVI. É considerada uma das mais antigas dança tradicional portuguesa. O muito conhecido e estudado escritor Gil Vicente já se referia a esta dança na sua peça Nau d’Amores.

Ampliar conhecimento com os livros
Nos livros da sua biblioteca, poderá encontrar muitas referências às origens do Vira do Minho. Procure no catálogo e aprenda mais sobre a história desta dança! | Fonte: Pixabay

Aulas de dança: como ser um bom dançarino do Vira do Minho ou de outra dança tradicional portuguesa

Para ser um excelente dançarino do Vira do Minho ou de outras danças tradicionais, precisará de muita dedicação, concentração, treino, disciplina e foco. São características que se aplicam a qualquer outra situação da sua vida, seja a nível pessoal, profissional ou mesmo de lazer.

Deixamos 6 dicas para quem gosta muito de dançar e quer, sobretudo, aprender o Vira do Minho.

Melhor ensino possível. Encontre sempre o melhor espaço possível para aprender a dançar o estilo que deseja. Neste caso, nada melhor do que ingressar num rancho folclórico da sua região que goste de executar o Vira do Minho. Poderá também contratar um professor especializado na dança tradicional portuguesa na Superprof e aprender toda a teoria que precisa, bem como a prática.

Observe sempre os outros. Felizmente, hoje em dia, encontrará no Youtube imensos vídeos sobre o Vira do Minho e outras danças tradicionais. Poderá observar os outros bailarinos e ver como executam os passos do Vira do Minho. Em caso, com a ajuda de um espelho tente replicar e vá treinando. Poderá também assistir a ensaios de rancho folclóricos ou mesmo observar atentamente as atuações nas imensas festas populares que acontecem sobretudo no Verão em Portugal.

Tem curiosidade sobre o regadinho?

Postura correta. É muito importante que tenha sempre uma postura completamente alinhada e corrigida. Mantenha as costas direitas, os ombros para trás e baixo e a cabeça para trás. Tenha consciência da sua postura corporal diariamente e irá verificar que no momento de dançar a Vira do Minho será muito mais fácil!

A postura correta beneficia a sua saúde
Procure ter sempre uma postura correta no seu dia-a-dia. Isso irá ajudar muito no momento em que precisar de subir a um palco para executar um Vira do Minho. Para além disso, estará a beneficiar a sua saúde. | Fonte: Pixabay

Corpo exercitado e alongamentos. Como em qualquer tipo de dança, quanto melhor estiver em forma, mais preparado estará para executar todos os passos necessários. Faça alongamentos diariamente para aumentar a flexibilidade e mobilidade do seu corpo. Pratique exercício físico sempre com regularidade.

Embora esteja difundido em todo o país, é no Algarve que o corridinho tem maior expressão!

Invista na técnica. Para conseguir sobressair e estar completamente preparado para dançar o Vira do Minho ou outra dança tradicional portuguesa, deverá sempre insistir e aperfeiçoar toda a sua técnica! Existe uma diferença entre aprender os passos e saber executá-los com toda a perfeição. E o segredo passa sempre pela repetição constante!

Divirta-se sempre! É muito importante que esteja sempre com o maior relaxamento possível e aproveite ao máximo a experiência. A dança é algo que faz bem ao corpo e à mente e quer seja a dançar o Vira do Minho ou outra dança tradicional portuguesa, deverá aproveitar ao máximo e divertir-se sempre com muita alegria.

Como acabou de comprovar, para se tornar um excelente bailarino, precisa de muita dedicação, mas é algo ao alcance de qualquer mortal. E com a ajuda de um professor da Superprof poderá ter aulas de dança personalizadas e aprender muito rapidamente o Vira do Minho.

O folclore do minho é uma representação das gentes do Norte de Portugal!

Tenha um curso de dança do Vira do Minho com a Superprof!

Para encontrar um professor de dança para dominar o Vira do Minho, precisa apenas de procurar em plataformas que oferecem aula de dança online ou alguns grupos de folclore.

O acompanhamento com um professor de dança é fundamental para aprender toda a técnica do Vira do Minho e de outras danças tradicionais. Isto porque os professores têm o conhecimento necessário para ensinar a dançar. Portanto, se deseja aprender a dançar, não perca a oportunidade de iniciar um curso de dança!

Vale a pena lembrar que os cursos podem ser realizados através de aula de dança online ou presencial. Portanto, escolha a melhor opção para a sua rotina e inicie o curso para melhorar o seu condicionamento físico e também a sua saúde em geral!

O que poderá retirar desta atividade vai muito além da aprendizagem do Vira do Minho….

De que está à espera? Contrate já um professor na Superprof e inicie o seu curso de dança!

Quer descobrir a importância dos ranchos folclóricos em Portugal?

Precisa de um professor de Dança ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Maria

Copywriter e Produtora de Conteúdo. Dirige o projeto dedicado à criação de conteúdo: Maria Escreve. Gosta de criar artigos que esclareçam as dúvidas e acrescentem valor aos leitores.