A grande cidade do Porto – uma das cidades mais importantes do Norte de Portugal, possui mais de 215 000 habitantes e também é conhecida pela ótima qualidade de vida que oferece e pela simpatia dos seus oriundos. Aliás, este berço histórico e cultural português é sobretudo conhecido pelas suas grandes pontes e também pela produção do importante vinho do porto – uma das principais delícias do território português.

Mas, além de tudo isto, o Porto – a bela cidade invicta – também conta com uma enorme oferta de salas de espetáculo e iniciativas que promovem a música, desde inúmeros bares a iniciativas promovidas pela da Câmara Municipal, passando por escolas de música que ensinam vários géneros. Aqui, certamente, que qualquer pessoa encontra um espaço para ouvir – e até aprender – o estilo musical preferido e andar ao compasso musical que preferir!

Assim, o Porto é também uma cidade mais do que ideal para quem deseja aprender piano, já que é o berço de pianistas portugueses como José Sequeira Gosta, Artur Pizarro e Filipe Pinto Ribeiro.

Aliás, independentemente da idade do nosso leitor, do seu nível de estudos, dos seus objetivos com a aprendizagem de piano, não há dúvida: no Porto vai encontrar todos os locais maravilhosos para ouvir tocar piano e inúmeras formas de aprender a transformar as mais complexas pautas musicais nas maravilhosas peças tocadas neste instrumento.

Deste modo, se o aluno está interessado em aprender a tocar piano, terá de começar por ler as nossas dicas intemporais e adequadas a todas as idades. Depois, quer vivam na cidade do Porto ou tencionem ter aulas de piano em qualquer das cidades portuguesas, a Superprof dá aos alunos interessados algumas dicas sobre o que fazer, que instituições considerar, que aulas de piano particulares (da Superprof, claro!) escolher!

Ah, e outra boa notícia é que aprender piano no Norte de Portugal – tal como aprender piano no Sul de Portugal, junto às praias de Faro, – é possível e relativamente acessível.

Além disso, a internet disponibiliza tutoriais que podem ajudar qualquer um a completar a sua formação com muita prática e motivação, aprender piano online com materiais que prestam auxílio ao estudo e incentivam a curiosidade para adquirir os conceitos básicos da teoria e da prática do piano.

Vamos a isto?

Fachada da Casa da Música, no Porto.
A Casa da Música, no Porto, é apenas uma das salas de espetáculo que faz as maravilhas de quem quer ser um ás do teclado | Fonte: Unsplash

5 dicas para aprender piano na cidade do Porto

Quer o aluno esteja interessado em aprender piano na bela e alegre cidade do Porto, quer viva, por exemplo, no centro de Portugal, e esteja mais virado para aprender piano em Coimbra, a maravilhosa cidade dos estudantes, antes de mais tem que começar por investir em aprender teoria musical.

Sim, claro, porque para tocar piano – como um amador ou como um mestre — é necessário saber as notas musicais, saber ler uma pauta musical, conhecer o compasso musical. Só depois é que o aluno poderá tocar verdadeiramente piano.

Mas, afinal, o que é que um aspirante a pianista ganha com aprender, antes de mais, todos os meandros da teoria musical?

  • poderá progredir mais rápido quando estiver, de facto, a aprender os conhecimentos básicos ao teclado de um piano;
  • aprenderá a distinguir as notas e as figuras musicais: das colcheias às semibreves, das mínimas às fusas etc.
  • ganhará experiência na leitura de música, o que até lhe permitirá começar a escrever e compor as suas próprias pautas musicais;
  • compreenderá o conceito de compasso musical, reconhecendo o importante papel do tempo e das pausas em música;
  • poderá ler todos os tipos de partitura e não ficar limitado à escolha de certas obras – tantas vezes já demasiado conhecidas – durante as suas aulas de piano;
  • ganhará autonomia ao piano, aumentando a sua destreza;
  • afinará (muito bem) o seu ouvido: o que é absolutamente essencial quem quer ser um ás ao piano;
  • aprenderá a ter uma boa postura ao piano;
  • compreenderá como estudar piano está ao alcance de todos os que pratiquem (tenham mãos grandes ou não!).
A fotografia de um teclado de um piado, em perspectiva
Nunca é tarde para se aprender a tocar piano, nem no Porto | Fonte: Unsplash

Acreditem: a teoria musical não é assim tão difícil e poderá fazer milagres para quem está interessado em estudar piano. E, além disso, a um nível básico, o aluno que deseja tocar piano poderá aprendê-lo:

  • como autodidata, com muita perseverança e motivação;
  • com a ajuda de uma escola de música ou ingressando no ensino superior de música, onde aprenderá tudo sobre a escrita, a leitura e a interpretação das notas musicais de uma partitura para piano;
  • com a ajuda de um professor de piano particular, cuja metodologia (teórica e prática) poderá muito bem seguir o rumo que o aluno mais desejar.

Então, mas e quem não quer ser autodidata, onde é que pode aprender piano na "antiga, mui nobre, sempre leal e invicta" cidade do Porto?

Escolas de piano para todos os gostos

Para os que querem aprender piano desde pequenos, como alunos do ensino superior de música ou mesmo já estando a trabalhar, existem várias opções espalhadas pela invicta cidade do Porto. A Superprof vai dar-lhes apenas dois de inúmeros exemplos!

A PianoStudio é um exemplo de uma escola de piano para todos. De miúdos a graúdos, todos são bem-vindos!

Aliás, é uma escola cujo modelo se destaca por ser muitíssimo focado em utilizar todas as novas tecnologias ao serviço da música e da aprendizagem do piano! Ademais, destaca-se por ser uma escola de piano que mistura a teoria e a prática ao piano, bem como a aprendizagem e o convívio entre os alunos e professores. Assim, com horários flexíveis e adaptados a todo o tipo de alunos, aqui os interessados em tocar piano podem aprender este instrumento com rigor e, ao mesmo tempo, diversão.

Além disso, é uma escola que, como tantas outras escolas de música pelo país, oferece aulas semanais e cursos de piano intensivos – para os que querem um maior enfoque na prática, para aprenderem piano rapidamente.

Mas se o aluno não viver tão a norte de Portugal também pode, por exemplo, aprender piano numa escola de música jovem e divertida em Viseu.

Um rapaz a ler uma pauta em frente a um piano elétrico.
Pode-se aprender a tocar num piano elétrico ou num piano de cauda | Fonte: Pixabay

Estudar piano na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) do Porto

Na licenciatura em Música, com variante de instrumento e canto da ESMAE, os alunos poderão reunir uma série de competências absolutamente essenciais para a construção de qualquer profissional da música e, sobretudo, para aqueles que pretendem vingar nas áreas performativas de instrumento, da percussão ao violino, passando pelo clarinete, guitarra, saxofone e, claro pelo piano!

Aliás, nesta escola os alunos interessados em viver do piano terão uma das melhores formações superiores em piano do país, já que o departamento de Piano e Teclas é liderado por Constantin Sandu, um pianista luso-romeno já distinguido com inúmeros prémios e contando com um doutoramento em música pela Universidade Nacional de Música de Bucareste, com uma tese intitulada "A música portuguesa para piano".

Esta é, portanto, uma das melhores instituições de ensino superior de música em Portugal, totalmente adequada para o aluno que se quiser transformar no pianista portugues do milénio.

Contudo, os alunos interessados em investir na sua formação em piano devem saber que há cerca de 75 vagas por ano para esta licenciatura em Música e que podem utilizar as provas nacionais de Geometria Descritiva, História da Cultura e Artes, Inglês, Literatura Portuguesa, Matemática ou Português para se candidatar ao curso de música (com variante em instrumento) da ESMAE.

Além disso, esta não é a única escola superior de música no país! Não. A capital portuguesa também tem inúmeras instituições de ensino superior para os que querem aprender piano e transformar-se num grande pianista portugues!

E se o aluno também não viver em Lisboa, ou nos arredores da cidade, não há que desanimar. Também é possível aprender a tocar piano com a maior das destrezas no Funchal, na ilha da Madeira.

Ter aulas de piano particulares

Por fim, para aqueles que não estão propriamente a pensar em ingressar num curso superior para aprender piano, outra hipótese é escolher ter aulas de piano particulares! E na Superprof o que não faltam são professores disponíveis para dar aulas de piano para iniciantes ou para alunos que já dominem o teclado!

Uma menina em frente a um piano e a mão de um professor particular.
Aprender piano com um professor particular é ideal para miúdos ou graúdos | Fonte: Pixabay

Antes de mais, é importante que o aluno seja bastante criterioso na hora de escolher o seu professor de piano particular: é importante que o professor tenha disponibilidade para os horários que lhe são mais convenientes, que seja didático e, sobretudo, que esteja disposto a ter uma relação de amizade com o aluno – de forma a tornar as suas aulas de piano mais divertidas!

Assim, é importante começar por conversar com outros alunos, informar-se sobre a formação de cada professor de piano, procurar lojas de música especializadas e pedir conselhos aos vendedores – eles também sabem muito sobre este assunto e até podem ajudar o aluno a analisar bem o perfil Superprof de cada professor.

Contudo, o estudante não se pode esquecer das razões pelas quais deseja aprender piano. A música também é uma ciência de emoções, de sensações e de valores: é fundamental que o profissional que esteja a ensinar piano acompanhe o estudo do aluno e que tenha os mesmos princípios (e objetivos) do seu formando. A relação entre o professor e o aluno precisa de ser espontânea para que ele realmente se divirta enquanto absorve todas as técnicas e conteúdos teóricos que aprende.

No Porto, por exemplo, uma hora de aula de piano particular vale, em média, 20€. Contudo, é claro que este valor varia em função da localização, do estilo e aula, da experiência do professor e da sua metodologia.

O certo é que de aulas de piano para iniciantes a aulas de piano de alto nível, no Porto, não faltarão opções para quem quiser ter aulas de piano particulares. Basta entrar em contacto connosco, na Superprof!

Precisa de um professor de Piano ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Marta

Sou, desde sempre, uma ávida leitora, com o coração apontado para a escrita, e uma bibliófila incurável, com um fraquinho por arquivos e espólios. Hoje, trabalho como revisora, editora e produtora de texto freelancer e sou colaboradora do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa.