Nos últimos tempos, o número de pessoas que praticam algum tipo de exercício físico – acompanhadas por um personal trainer ou de forma autónoma – tem vindo a aumentar, o que significa que há, entre a população, uma maior consciência para com a sua saúde. Contudo, como bem sabemos, não adianta fazer apenas exercício, já que um ciclo de sono saudável e uma boa alimentação também são absolutamente essenciais para quem deseja emagrecer ou, simplesmente, tornar-se mais saudável.

Ora, quando optamos por fazer exercício com um personal trainer, a verdade é que ele será o primeiro a mostrar-nos a importância da nossa alimentação, já que possui alguns conhecimentos nutricionais e poderá dar-nos conselhos muito úteis.

No entanto, o profissional com curso de personal trainer não pode prescrever-nos dietas ou regimes alimentares tal como pode orientar os nossos treinos ou dizer-nos quais os exercícios mais indicados à morfologia do nosso corpo.

Por essa razão, embora um personal trainer ao domicilio possa dar algumas dicas alimentares ao seu aluno, mais cedo ou mais tarde encaminhá-lo-á para um nutricionista.

Importa esclarecer que um nutricionista é um profissional que tem conhecimentos sobre a composição nutricional dos alimentos e que pode fazer uma avaliação do estado nutricional do seu paciente. Ele é capaz de desenvolver e organizar planos alimentares que não só ajudarão o paciente a emagrecer – sobretudo se estiver a ser acompanhado por um personal trainer –, mas também a melhorar a sua saúde e até a tratar algumas enfermidades.

Neste artigo falamos dos benefícios do acompanhamento desportivo e nutricional personalizado, no que diz respeito à implementação de novos hábitos que, de forma geral, possam ter um impacto verdadeiramente positivo na sua saúde.

Como é que um nutricionista e um personal trainer podem transformar a nossa vida?

Os nutricionistas avaliam os hábitos nutricionais dos indivíduos, adaptando-os ao seu estilo de vida e às suas necessidades calóricas diárias.

Já um personal trainer é um profissional que se dedica ao desenvolvimento de um plano de treino personalizado para cada aluno.

Assim, se um personal trainer pode melhorar em muito a nossa saúde física e psicológica, o seu trabalho aliado ao de um nutricionista poderão mudar a nossa vida.

E como?

Fazer exercício físico com um personal trainer

Toda e qualquer atividade que faça o aluno movimentar o seu corpo pode ser considerada uma atividade física – desde ir a pé ao supermercado a levantar-se da sua cama. Já o exercício físico – como certamente o seu personal trainer lhe explicará – é toda a atividade que tem por objetivo reforçar a sua musculatura e sistema cardiovascular, aperfeiçoar a sua aptidão física e as suas capacidades atléticas, perder peso ou manter uma condição física adequada ao seu estilo de vida.

Assim, um nutricionista que trabalhe lado a lado com um personal trainer vai supervisionar a alimentação do aluno e avaliar a forma como o exercício o ajuda a perder peso e gordura corporal de forma saudável.

Um livro de receitas saudáveis sobre uma mesa.
Um nutricionista pode ajudar o aluno a adaptar a sua alimentação ao plano de treino criado pelo seu personal trainer | Fonte: Unsplash

Fazer exercícios específicos e ter um plano alimentar adaptado

Quando praticamos exercício com o objetivo de perder peso, ganhar massa muscular ou aumentar o nosso desempenho desportivo o nutricionista intervém de forma a conciliar a nossa alimentação com os objetivos estipulados pelo programa que o nosso personal trainer nos apresentou.

Assim, em parelha com um profissional com curso de personal trainer, um nutricionista supervisionará a alimentação do aluno e garantirá que o exercício cumpre as metas estabelecidas. Por exemplo, ajudá-lo-á a manter o seu rendimento ajustando o seu consumo de hidratos de carbono e proteínas e, em alguns casos, recomendará o uso adequado de suplementos alimentares.

Assim, o aluno poderá, com a ajuda do seu personal trainer, evitar que a sua massa muscular se perca, ao mesmo tempo que passa a saber como lidar com o défice de certos nutrientes, evitando anemias ou desajustes no seu metabolismo.

Quer isto dizer que, quer o aluno pretenda fazer exercício com um personal trainer apenas para ser mais saudável, quer pretenda perder peso de forma adequada ao seu metabolismo, um nutricionista é quem lhe pode receitar uma reeducação alimentar que ajude a melhor o seu desempenho e a transformar totalmente o seu corpo.

Ter um personal trainer e um nutricionista é a chave do sucesso

Agora que já sabemos quais os profissionais que nos podem ajudar a levar uma vida mais saudável através da alimentação e do desporto, é preciso que tenhamos disciplina e determinação para não nos desviarmos do caminho do sucesso.

Assim, saiba que se o seu objetivo é perder peso, o nutricionista enfatizará a importância de consumir alimentos com baixo valor nutricional. Já o seu personal trainer lembrá-lo-á disso todos os seus treinos e, com treinos em casa ou outdoor, explicar-lhe-á a importância de realizar exercícios de cardio quando se deseja perder massa gorda.

Ora, na alimentação, o mais difícil será resistir aos alimentos "proibidos" que estava habituado a comer sem moderação – os doces, os farináceos, os produtos industrializados, os refrigerantes etc. Contudo, como para ser saudável e emagrecer facilmente, o mais importante é não perder o foco. Nesse sentido, saiba que quer o seu nutricionista, quer o seu personal trainer ao domicilio farão tudo para o manter motivado!

Além disso, lembre-se que algumas dietas permitem que a pessoa tenha um cheat day, isto é, um redirecionamento estratégico da dieta. Neste dia, até pode treinar com o seu personal trainer, mas tem direito a fazer refeições livres, ou seja, a comer aquilo de que mais gosta e sem restrições.

E porquê?

Porque quando fazemos uma dieta diminuímos significativamente o número de calorias ingeridas. E a ingestão de calorias está diretamente relacionada com a secreção de leptina, a hormona responsável pela sensação de saciedade e pelo controlo da tiroide. Quer isto dizer que, quando a ingestão calórica diminui, a produção de leptina também diminui, o que pode desregrar a produção de certas hormonas pela tiroide, fazendo com que o nosso metabolismo desacelere e, consequentemente, já não consigamos perder tanto peso quanto gostaríamos.

Uma rapariga em frente a um hambúrger com batatas fritas.
Treinar com um personal trainer em casa e ter um nutricionista não implica não comer aquilo de que mais gostamos | Fonte: Unsplash

E por isso, explicam os profissionais com curso de personal trainer e os nutricionista, o cheat day é tão importante: porque evita a estagnação do seu emagrecimento e assegura os seus níveis de leptina. Contudo, lembre-se de que esta é apenas uma estratégia nutricional, pelo que durante os restantes dias da semana deverá comer os alimentos prescritos pelo seu nutricionista, sem sair da linha.

Um personal trainer e uma reeducação alimentar são o que é preciso para emagrecer

A melhor forma de emagrecer sem correr o risco de engordar novamente é treinar com um personal trainer e fazer uma reeducação alimentar com um nutricionista.

Assim, poderá comer de tudo, mas na medida certa, sem ter que recorrer a dietas exageradas ou a remédios que só tornam o emagrecimento doloroso.

Aliás, a reeducação alimentar é a melhor receita para emagrecer com saúde e consiste, simplesmente, em comer alimentos saudáveis, como frutas, vegetais, legumes e carnes magras, em vez de bolos, bolachas, refrigerantes, sanduíches e alimentos industrializados.

Os passos para reeducar a sua alimentação e potenciar os resultados do treino com um personal trainer são:

  • Beber 1,5 a dois litros de água por dia – já que a água não tem calorias e limpa as toxinas do corpo, facilitando a sua desintoxicação. Se tem dificuldade em beber água, o seu personal trainer e o seu nutricionista certamente que lhe dirão para tentar ingerir outros líquidos, como chás sem açúcar.
  • Comer de três em três horas – porque, assim o nível de glicose no nosso sangue permanece estável, comeremos em menos quantidade e sentiremos menos fome. Nesse sentido, saiba que uma boa alimentação diária deve ser composta por pequeno-almoço, lanche do meio da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.
  • Reeducar o paladar – escolhendo comer mais saladas, sopas e legumes cozidos e optando por alimentos integrais e ricos em fibras, porque ajudam a diminuir a fome e regulam o intestino. Corte também na fast food e nos fritos, coma pelo menos duas peças de frutas por dia e, claro, invista em receitas que deem sabor aos alimentos!
Uma mesa cheia de comida saudável, verduras e vegetais.
Um personal trainer mostrará ao aluno o quão importante é seguir as dicas de um nutricionista para emagrecer com saúde | Fonte: Unsplash

Mas lembre-se que, para implementar estas mudanças no seu dia a dia, deve fazê-lo de forma gradual, cortando, por exemplo, um alimento nocivo por semana. Desta forma, reeducará o seu organismo, até que as mudanças se tornem um hábito.

O seu personal trainer mostrar-lhe a importância do sono

Tudo no nosso organismo funciona de forma calculada. Aliás, é esse equilíbrio global que permite que estejamos vivos e com saúde.

Ora, o sono é um dos aspetos mais importantes para quem deseja ter saúde e promover a perda de gordura. Além disso, quando fazemos exercício físico e nos sentimos cansados, o nosso corpo pede mais repouso do que o habitual pelo que, dir-lhe-á o seu personal trainer, ter uma boa noite de sono é essencial para a sua saúde.

Contudo, saiba que enquanto dorme a sua mente entra em repouso, mas a atividade cerebral não para. Pois é, o seu organismo continuará a trabalhar, queimando calorias, construindo músculos, reorganizando e processando informações etc.

É verdade: ter um estilo de vida saudável significa estabelecer algumas regras e criar uma rotina, acordando sempre à mesma hora, fazendo refeições corretas e em intervalos regulares, praticando 30 minutos de exercício todos os dias, bebendo muita água e, claro, dormindo bem.

Mas sabia que treinar com um personal trainer pode, na verdade, ser a solução para as suas insónias?

Entre os numerosos conselhos que o seu personal trainer e o seu nutricionista lhe podem dar, estará esse: o de que praticar exercício é sinónimo de melhores noites de sono e, consequentemente, que melhores noites de sono equivalem a mais saúde e a melhor regeneração do seu corpo.

Um aluno e um personal trainer no ginásio, junto a um peso.
Treinar com um personal trainer outdoor ou no ginásio deixará o aluno motivado e fará com que descanse melhor durante a noite | Fonte: Unsplash

Por isso, com um personal trainer em casa ou no ginásio, e com um nutricionista que o ajude a fazer as escolhas alimentares mais corretas, nós prometemos que terá não só as melhores dicas sobre a importância da atividade física, da alimentação e do sono, quando e deseja uma vida mais saudável!

Precisa de um professor de Personal trainer ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Marta

Sou, desde sempre, uma ávida leitora, com o coração apontado para a escrita, e uma bibliófila incurável, com um fraquinho por arquivos e espólios. Hoje, trabalho como revisora, editora e produtora de texto freelancer e sou colaboradora do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa.