Muitos são os alunos que tentam evitar a disciplina de Física e alguns até a consideram uma disciplina pouco importante mas, sabemos que isso não corresponde à realidade.

Sem os cursos de Física, ciência que estuda a natureza, ou seja, os inúmeros fenómenos naturais que ocorrem na matéria ao longo do tempo e do espaço, a nossa atuação e entendimento do planeta terra seria drasticamente menor. É através da Física que conseguimos identificar e entender como os diversos fenómenos naturais actuam na matéria e também como a aplicar de nas nossas vidas.

Identificada a lei adotada por um fenómeno, tudo se torna mais fácil: podemos entrar dentro de um avião que pese centenas de toneladas e levantar voo através de distâncias continentais ou sentir a diversão que é estar numa colossal montanha russa, com as atuações de energia centrípeta e centrífuga sob ela.

Portanto, saber física e sem a conseguir contextualizar nas nossas vidas faz com que esta deixe de ser algo meramente do domínio teórico de uma disciplina na escola ou faculdade.

Pensando nisso, como seria se pudéssemos efetuar cálculos de fórmulas de física mentalmente? Seria isto algo muito longe da nossa realidade e uma habilidade apenas destinada aos sobredotados? Não. Desenvolver agilidade em cálculos mentais é algo que pode ser cultivado (portanto, pode ser aprendido) e praticado frequentemente, além de trazer muitos benefícios à nossa saúde e visão de mundo.

Física quântica para iniciantes

Será que um curso de física quântica para iniciantes seria uma boa opção? Afinal, a maioria de nós bem sabe que essa disciplina pode vir a ser uma que nos dê dores de cabeça, ou então ser feita simplesmente decorando as fórmulas sem conseguir atingir um real entendimento das leis da fisica.

Muitos alunos ainda se referem à Física como sendo a disciplina em que mais sentem dificuldades e portanto, uma das que mais custa a ultrapassar e ter boas notas, chegando alguns alunos a sentir ansiedade antes das aulas.

Mas a Física não devia ser considerada por nós como algo que nos dê uma dor de cabeça ou falta de vontade para a estudar.

Fazer os cálculos mentais ou usar uma calculadora?
De uma forma geral, existem quatro formas de resolver as contas que aparecem no nosso dia a dia: uso da calculadora, estimativa do resultado com base em referências e experiências anteriores, fazer a conta e utilizando do cálculo mental. | Fonte: Pixabay

Algo fundamental para aprender física, é termos a habilidade de identificar e compreender as nossas maiores dificuldades. Para isso, caso seja possível, a orientação de um professor particular ou então fazer um curso de física faz muita diferença!

Com a ajuda de um professor com alguma experiência, podemos identificar as áreas de maior dificuldade, podendo assim, focar-nos mais em ultrapassá-las. À medida que o curso de física quântica para iniciantes avança, poderemos ir ganhando um entendimento cada vez maior sobre as leis da fisica assim como não deixar questões ou dúvidas por resolver, pois sabemos que quando isso acontece, o efeito de "bola de neve" entra em ação e uma pequena dúvida no início do curso de física pode comprometer o nosso entendimento completo sobre a disciplina.

Com a ajuda de um professor particular, facilmente identificamos as nossas reais dificuldades na área da física. Independentemente de serem na parte da memorização de fórmulas ou até na compreensão dos conceitos. Se por ventura desejar fazer um curso de fisica Torres Vedras ou um curso de fisica Coimbra, sabe que terá de estudar bastante e aproveitar todas as ferramentas que estejam à sua disposição e um professor particular, é uma das melhores formas de o conseguir.

Depois de identificados os pontos onde as dúvidas e as dificuldades são em maior número, o ideal será dar um passo atrás e tentar compreender onde iniciou a dúvida, qual foi a parte da matéria ou a aula de fisica que não conseguiu entender para que possa rever toda essa parte antes de avançar. Tudo isto conseguirá com a ajuda de um professor particular que seja adequado às suas necessidades e dificuldades e com essa ajuda conseguirá também ter bons resultados no exame de fisica e quimica, ou talvez até melhorar o resultado do exame fisica e quimica 2019. 

Pensando nisso, a Superprof é uma plataforma focada em aulas particulares e portanto, viabiliza o contato entre aluno e professor. Esta interação acontece de forma bastante rápida e segura tornando-se fácil para o aluno encontrar professores qualificados dentro do que necessitam enquanto que o professor encontra alunos que realmente procurem explicações ou cursos da área que melhor domina que neste caso, será a fisica.

Como estudar Física?

Um dos principais problemas apontados pelos alunos de física sustém-se na dificuldade em aliar a parte teórica à parte pratica. Decorar as fórmulas sem conseguir perceber qual é o real significado ou como as aplicar no dia a dia pode levar a uma grande desmotivação por parte dos alunos.

Colocando isto noutras palavras, a falta de proximidade com o conteúdo, a incapacidade de poder contextualizá-lo torna-se algo preocupante e inviabiliza um bom desempenho do estudante nessa disciplina. E talvez até em outras disciplinas ligadas à ciência, como geometria e matemática. Por exemplo, se durante a nossa vida académica sentimos sempre uma grande dificuldade em matemática, a probabilidade de ao terminar o 9º ano iniciar o ensino secundário numa área ligada às ciências é muito baixa, mesmo que a aptidão seja para essa área pois os alunos imaginam que as aulas de fisico quimica 10o ano serão bastante complicadas e que não irão conseguir ter sucesso.

Sendo assim, o acompanhamento próximo do aluno, ajudar e certificar que não sobraram quaisquer dúvidas relativamente às várias matérias dadas ao longo do curso, ou então o próprio aluno procurar uma forma de estudar e compreender as mesmas, poderá ser um bom ponto de partida para ter sucesso na área da Física.

Aplicar as leis da física ao mundo real
Quanto mais formos capazes de contextualizar as leis e princípios da física e de os aplicar de forma prática, mais a física fará sentido. | Fonte: Unsplash

Quando entendemos, por exemplo, o que leva uma lâmpada a emanar luz e entendemos toda a ciência por trás, tudo acaba por se tornar bastante mais divertido.

Conseguir identificar e observar a proximidade que todos temos diariamente com a física é sinal de grande crescimento da compreensão da física por parte do aluno. Quando o olhar do estudante entende as aplicações práticas de vários dos ramos da física, essa disciplina começa a ficar cada vez mais interessante. A curiosidade do estudante gera a vontade de aprender mais, de estudar e entender o conteúdo. Este é um processo que se desenvolve naturalmente.

Manter frequentes revisões de conteúdo também é necessário. Aquele aluno que espera pelos dias antes dos exames de fisica e quimica ou até pela noite anterior para rever os conceitos e matéria aprendida no curso de física, poderá eventualmente obter bons resultados, mas estará a aprender e a compreender realmente a física?

Aprendemos à medida que vamos memorizando, ou seja, quando sabemos tudo sobre o assunto e comos capazes de aplicar o conhecimento obtido em situações diferentes do dia a dia. Por exemplo, saber uma fórmula de cor e conseguir aplicá-la a um exercício exato, não significa que a saiba aplicar num exercício diferente. Portanto, além de decorar, deverá focar-se em compreender o porquê de tudo. Afinal, a ciência é mesmo isso, questionar-se e tentar ir sempre além.

Fazer cálculos mentalmente para arrasar os exames de fisica e quimica e candidatar-se a Física Torres Vedras

Antes de iniciar, será sensato procurar e entender quais são as matérias do curso de física que sairão nos exames de fisica e quimica, no entanto, embora lhes deva dar prioridade, não se esqueça do restante pois como pode verificar, o exame fisica e quimica 2019 teve questões e abordou temáticas diferentes do exame fisica e quimica 2018. A probabilidade de os próximos exames terem questões e ter de saber diferentes fórmulas, é grande.

Há quatro diferentes formas de resolver os problemas e de chegar ao resultado de várias contas que temos de fazer diariamente:

  • usar a calculadora;
  • estimar o resultado com base em referências e experiências anteriores;
  • efetuar a conta com papel e caneta;
  • fazer o cálculo mentalmente.
cálculos mentais ou com calculadora?
São variadas as técnicas que se podem utilizar para chegar ao resultado de uma fórmula ou para resolver problemas nos exames de fisica e quimica | Fonte: Pexels

O método mais utilizado para chegarmos a um resultado de algo que queiramos, é sem dúvida, o cálculo mental ou então a aproximação do resultado pela estimativa. Sabemos que fazer contas de cabeça deixa de ser algo incentivado em nós a partir do momento que saímos da escola primária e entramos no ensino básico, começando a ter o primeiro contacto com a calculadora.

No entanto, algumas técnicas contribuem para o cálculo mental das fórmulas de física:

  • Utilize a decomposição de números: um dos tipos mais simples de decomposição transforma números em multiplicações mais simples. É possível decompor completamente, até se chegar aos números primos, ou de forma incompleta, apenas para facilitar as contas. Por exemplo: quanto é 36 x 25?À primeira vista, parece ser difícil resolver essa multiplicação de cabeça, mas, quando a decompomos, tudo fica mais simples:36 x 25 = ?(6 x 6) x (5 x 5) = aplique a seguir a regra de 3:(6 x 5) x (6 x 5) =30 x 30 = 900

 

  •  Inicie da esquerda para a direita e decomponha os números: para chegar mentalmente a uma ideia aproximada do resultado de uma operação, comece a conta da esquerda para a direita e decomponha as unidades, dezenas, centenas e milhares.
    Faça os cálculos com os números decompostos e arredonde se for necessário. Não se esqueça de corrigir o valor arredondado no final.Por exemplo: 786 - 523 = ?786 = 700 + 80 + 6523 = 500 + 20 + 3Subtraia as unidades, as dezenas e as centenas e terá respetivamente, 3, 60 e 200. É aqui que sabemos que o resultado será algo próximo a 200.Some as centenas, dezenas e unidades: 200 + 60 + 3 = 263
  • Procure o complemento para o número: arredonde o número para que ele termine em 0 ou 2. E lembre-se de compensar o que arredondou. Por exemplo, ao fazermos 88 - 65 de cabeça, podemos substituir 65 por 70. E lembrar que se adicionamos 5, iremos subtrair 5 no resultado final:88 - 65 =(88 - 70) + 5 =18 + 5 = 23
  • Para adições com números consecutivos: ao somar ou subtrair números consecutivos, multiplique um deles por 2 em vez de somar os dois números. Veja esse exemplo:900 + 901 =(900 x 2) +1 =(1800) + 1 = 1801
  • Multiplique pelo dobro e pela metade: Essa técnica parece-se muito com a da fatoração. Para multiplicar números com dois, três ou mais algarismos, multiplique um deles pelo dobro e o outro pela metade. Exemplo:18 x 24 = ?18 : 2 = 9 e 24 x 2 = 48,portanto,18 x 24 = 9 x 48 = 432

Curso de Física e os exames de Física e Química

Já sabemos que o conteúdo na disciplina de Física para os exames de física e química é muito vasto. Mesmo seguindo a lista referida como base de estudo, para se ter um bom domínio da disciplina, irá precisa de muitas e muitas horas de estudo e dedicação à disciplina!

  • Engenharia Fisica: É a base da chamada Física Clássica. Os exames de física e quimica costumam ter mais do que uma questão sobre esse ramo, tanto na área da cinemática quanto da dinâmica. Atenção às Leis de Newton.
  • Energia e Eletricidade: Nesta seção o aluno precisa de entender bem o conceito de energia, sobretudo em relação aos circuitos elétricos. As transformações energéticas também são fundamentais: energia mecânica, energia elétrica e energia térmica (efeito Joule).
  • Ondas: Aqui será exigido conhecimento dos fenómenos ondulatórios e todas as suas principais aplicações, como difração, interferência, ressonância e todos os demais.
  • Termologia: Além de saber fazer as conversões entre as principais escalas termométricas – Celsius, Kelvin e Fahrenheit, o candidato precisa entender bem o aspeto físico das grandezas, sobretudo o calor específico e a capacidade térmica.
  • Óptica: Este é considerado um campo muito importante para os exames de física e química, especialmente a óptica geométrica e as suas aplicações interdisciplinares com a Biologia, por exemplo.
exercícios de matemática e física
Inicialmente podemos pensar que os cálculos mentais são algo muito complexo e que apenas pessoas com um QI muito alto o conseguem com sucesso. Na realidade, com algumas técnicas e prática constante, qualquer aluno consegue efetuá-los. | Fonte: Pixabay

Agora que já está um pouco mais familiarizado com o mundo da física em relação aos exames de física e quimica, deverá encontrar a melhor forma para ter boas notas nos exames e conseguir candidatar-se ao seu curso desejado seja ele física em Torres Vedras ou física Coimbra. Conseguirá indubitavelmente melhores resultados com a ajuda e apoio de um professor particular de química.

Procurando na plataforma Superprof, conseguirá encontrar um professor de física em qualquer cidade, sendo o preço médio praticado em Portugal de 7 euros por cada aula. São mais de 25 000 professores e 99% oferece a primeira aula gratuitamente. Aproveite!

Precisa de um professor de Física ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.