Infelizmente, o medo e o receio que os alunos sentem quando pensam em ter um desempenho pouco satisfatório nas matérias da disciplina de Física é algo bastante comum no ensino básico, secundário e superior. Mas porquê?

São várias as razões e iremos enumerar algumas. A realidade é que um número significativo de estudantes, independentemente da sua faixa etária ou género, afirmam sentir bastante dificuldade em aprender física, dificuldade essa que pode ter levado à existência de muitos resultados negativos no exame fisica e quimica 2019.

A principal barreira aparenta ser a pouca habilidade do aluno e também do professor em contextualizar o conteúdo da matéria de forma que faça sentido ao dia a dia do estudante. Enquanto determinados conteúdos continuam envolvidos por uma espécie de névoa, a integração do conhecimento e o interesse pela disciplina permanecem, também, semelhantemente confusos e descontextualizados.

No entanto, através do planeamento e dedicação, é possível reverter este quadro e transformar o que seria uma dor-de-cabeça numa disciplina envolvente, pertinente e atual, podendo dar oportunidade aos alunos de se tornarem prós até em Física Quântica.

O que é a Física ensinada no curso de Física? Como a aplicar?

Simplificando, a física é um ramo das ciências naturais que examina os fenómenos ocorridos na matéria ao longo do espaço e do tempo.

Já ponderou a infinidade de fenómenos naturais que ocorrem ao redor do mundo todos os dias? E que, a partir deles, foi possível ao homem desenvolver várias coisas sem as quais o mundo não seria o mesmo, desde viagens de avião, a navios a navegar os mares e a luz de uma lâmpada, por exemplo? Sem a engenharia fisica tecnologica nada disso seria possível.

Cada um desses acontecimentos ilustra uma área da Física e envolve vários outros fenómenos e leis naturais e universais que contribuem para que o homem viva melhor equipado envolvido na Natureza que o cerca.

O que é a fisica
A Física estuda os fenómenos que ocorrem na matéria ao longo do espaço e do tempo. Essa disciplina divide-se em física quantica, fisico quimica, termologia, óptica, ondulatória, eletricidade e magnetismo e física moderna | Fonte: Pexels

Etimologicamente, a palavra física origina-se do grego physiké, que significa Natureza e é comum que o seu uso se relacione com outra palavra grega, episteme, ou conhecimento. Portanto, a física foi definida como a ciência que estuda a natureza e os fenómenos que nela actuam.

Esta era a definição dada pelos gregos, na Grécia Antiga, e para eles, o reportório de todos os fenómenos naturais eram considerados intrigantes, de estudo e igual deslumbramento.

Com o passar do tempo, os estudiosos dividiram as ciências naturais e a partir daí, nasceram a Química, Biologia, e a própria Física. E naturalmente, cada uma dessas áreas do conhecimento passou a ter seu próprio campo de estudos.

Como sabemos, os fenómenos naturais estudados pela física estão presentes em todo o lado, na nossa vida, no nosso quotidiano, no nosso planeta e também noutras galáxias próximas ou distantes. São fenómenos que percorrem todo o universo.

É importante saber que foi o advento do Renascimento e da Revolução Científica, sobretudo com o desenvolvimento do método científico, que viabilizou o desenvolvimento de várias áreas do conhecimento humano. A forma de pensar da sociedade europeia passou, literalmente, por uma grande revolução! Nomes como Galileu Galilei, Nicolau Copérnico, Francis Bacon e René Descartes, para citarmos apenas alguns, foram fundamentais no estabelecimento de novas filosofias, como o cartesianismo, que combina o uso da razão pura com a lógica matemática. Poderá ver alguns artigos muito interessantes sobre o trabalho destes cientistas na Sociedade Portuguesa de Física. 

Neste processo, outras correntes do pensamento também foram criadas, como o racionalismo e o empirismo, e destas, surgiram o determinismo, o reducionismo e o mecanicismo. Foi neste contexto que, dentro do mundo da física, houve o desenvolvimento da mecânica, termodinâmica e do eletromagnetismo, componentes do exame fisica e quimica feito anualmente todos os alunos que se candidatem à universidade.

Qual é a importância do curso de fisica nas nossas vidas?

Aprender física possibilita aos alunos conhecer e entender melhor os fenómenos da natureza e o universo tecnológico em que vivem. Para o último, temos o curso de engenharia fisica Porto ou em Coimbra, caso o seja de seu interesse esta área.

Na natureza, ao estudar física, os alunos podem entender a diferença entre os conceitos de calor e temperatura, as formas de transformação de energia, compreender física permite que na tecnologia os alunos entendam, por exemplo, como ocorre a transmissão da TV digital. Apesar de explicar muitos fenómenos, a física não é uma ciência isolada: para o seu total entendimento, é necessária compreensão de outras ciências como a matemática e a química. Por este motivo, quando um aluno se candidata a um curso de fisica Torres Vedras, por exemplo, tem de fazer também o exame de matemática, além do exame fisica e quimica.

Os conceitos da física podem por vezes ser muito abstratos, repletos de fórmulas e teorias. No entanto, a importância da física comprova-se pois consegue explicar uma série de fenómenos que acontecem no quotidiano. Com estes estudos os alunos desenvolvem habilidades e tornam-se capazes de compreender o universo ao seu redor.

A física é mais do que entender os fenómenos que nos rodeiam
Só após a revolução do conhecimento humano iniciada pelo Renascimento e a Revolução Científica é que a Física teve os seus ramos e áreas de atuação melhor definidos | Fonte: Pexels

Actualmente, o mundo da física pode ser categorizado em seis grandes áreas:

Engenharia Fisica: ramo que estuda o movimento e suas causas;
Termologia: ramo que estuda os fenômenos relacionados à temperatura e ao calor;
Óptica: área que lida com os fenômenos relacionados com a luz;
Ondulatória: detém-se aos fenômenos ligados às ondas, suas características, propriedades e comportamentos;
Eletricidade e Magnetismo: ramo que foca nos fenômenos elétricos e magnéticos.
Física Moderna: trata da Física desenvolvida no século XX, na qual podemos incluir a relatividade, a física quântica e a física nuclear.

Como aprender Física em 5 passos?

Entre os professores de Física existe um método, testado e aprovado, de como aprender Física em 5 passos::

  • Interpretação
  • Coleta de dados
  • Identificação das fórmulas
  • Substituição dos dados
  • Solução e Resolução matemática

Passo 1: Interpretação

Não é de admirar que a interpretação seja o principal passo na resolução de uma questão. Se não entendermos o enunciado, é impossível conseguir resolver a o problema. Se não souber qual o assunto, não saberá qual o contexto do problema nem encontrar a sua resolução.

É aí que deve estar atento e ler com atenção, identificar palavras-chave que indicam qual é o assunto que a questão aborda e "desenhar" o problema. O desenho é parte essencial à sua resolução. Além disso, o desenho permite um melhor entendimento da questão, e diminui substancialmente a ansiedade inicial, já que, se estiver com a matéria em dia, os passos para a sua resolução começam a aflorar na sua mente.

Esta é a etapa da resolução que precisa do conhecimento teórico relativamente ao assunto questionado.

Passo 2: Recolha de dados

Depois de interpretada a questão, o passo seguinte é procurar no enunciado os dados fornecidos e separá-los, destacando-os.

Note que os dados podem ser explícitos, quando mencionados no enunciado, ou podem, também, ser implícitos, como por exemplo, "o corpo saiu do repouso". Essa é uma outra forma de dizer que a velocidade inicial do objeto é zero.

Além disso, os dados podem apresentar-se em tabelas, gráficos ou textos. Assim que identificados, seguimos para o próximo passo.

aprender fisica com um curso de fisica Torres Vedras
Saber identificar em qual das seis grandes áreas da Física trata o enunciado é o passo inicial para resolver qualquer questão ou problema! | Fonte: Pexels

Passo 3: Identificar as fórmulas

Este é um passo pouco usado pelos alunos. Aqui deve separar-se todas as fórmulas relacionadas ao assunto identificado. Quando estiver a estudar, procure os livros e apontamentos as fórmulas que foram dadas ao longo das suas aulas e curso de fisica, pois esses serão importantíssimos no momento do exame de fisica e quimica.

Funciona assim: quanto mais repetir o ato de identificar e separar as fórmulas em cada uma das questões que resolver, mais rápida e eficiente será a habituação e memorização das fórmulas.

Após 5 questões resolvidas com este método, a probabilidade de já ter decorado as fórmulas é enorme. Mas as revisões frequentes são sempre necessárias para que não as esqueça.

Passo 4: Substituir os dados

Esse passo também costuma passar despercebido pelos alunos. Aqui deve-se comparar as fórmulas identificadas com os dados colectados e descobrir qual é a fórmula que deverá ser aplicada. Geralmente, a fórmula a ser utilizada é a que traz o maior número de dados colectados.

E é claro que em muitas questões é provável que tenha que aplicar duas ou mais fórmulas até chegar à solução. É comum que a resposta adquirida numa fórmula seja utilizada como dado para a fórmula seguinte.

Passo 5: Solução e Resolução matemática

Aqui é a aplicação dos conhecimentos matemáticos para resolver a questão. Neste momento irá colocar em prática conhecimentos de operações básicas, operações com frações, potenciação, trigonometria, etc.

Quer-se candidatar ao curso de Fisica Torres Vedras? Saiba o que estudar para ter a melhor nota no exame de fisica e quimica

Vendo os exames dos anos anteriores nomeadamente o exame fisica e quimica 2019 e o exame fisica e quimica 2018, podemos prever quais são as matérias do curso de fisica que irão ser abordadas nos exames seguintes:

  • Movimento
  • Lançamentos
  • Dinâmica e Leis de Newton
  • Equilíbrio
  • Momento linear
  • Hidrostática
  • Trabalho e Energia
  • Gravitação
  • Termologia
  • Ótica Geométrica
  • Ondas
  • Eletrostática
  • Eletrodinâmica
  • Magnetismo
Exame fisica e quimica, curso de fisica
Quando sabemos quais os assuntos mais presentes nos exames de fisica e quimica, podemos estudá-los todos os meses antes do exame. | Fonte: Pixabay

Antes de a data dos exames nacionais se aproximar, procure encontrar um professor particular de fisica para que consiga fazer o exame de fisica e quimica sem qualquer dúvida pendente.

Através da plataforma online Superprof conseguirá encontrar de forma muito rápida e segura o professor ideal que consiga ajudá-lo na área que sentir mais dificuldades. As aulas de fisica com a Superprof poderão ser online ou à distância e em Portugal estas têm um preço médio de apenas 7 euros.

Afinal, uma ajuda na altura certa pode despertar potenciais que nem imaginava possuir e quem sabe, instigar uma admiração real e descoberta de grandes dotes no ramo da Física!

Precisa de um professor de Física ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.