A Física é uma área do conhecimento humano interessantíssima! Sabia que as Leis de Newton são aplicadas em todos os ramos da Engenharia e em vários outros setores como Fisioterapia, Tecnologia e até no Direito?

Foi Einstein, no início do século passado, o responsável por quebrar paradigmas. Um dos físicos mais famosos de todos os tempos demonstrou que, em algumas condições extremas de velocidade – isto é, próximo à velocidade da luz – as ideias de Newton perdiam a sua validade e precisavam de ser substituídas por outras mais precisas.

Foi assim que surgiu famosa Teoria da Relatividade de Einstein, publicada em 1905. E até mesmo essa teoria demorou um pouco até ser aceite. Pouco tempo depois, em 1922, Einstein recebeu o Prémio Nobel. Contudo não pela sua teoria mais famosa, que não era ainda completamente aceite pela comunidade científica da época, mas sim, por outra descoberta, o efeito fotoelétrico. A cerimónia do Prémio Nobel continua a ser celebrada todos os anos e foram três os cientistas que receberam o Premio Nobel da física 2019: James Peebles, Michel Mayor e Didier Queloz.

Com tudo isto em mente, torna-se mais fácil entendermos que a física é uma ciência bastante relevante nos dias de hoje e portanto, dona de um reportório significativo de fenómenos naturais.

Os melhores professores de Física disponíveis
Denise
5
5 (32 avaliações)
Denise
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (3 avaliações)
Pedro
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vitor
5
5 (9 avaliações)
Vitor
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (7 avaliações)
Diogo
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana
5
5 (16 avaliações)
Ana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (12 avaliações)
Catarina
7€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (16 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Miguel
5
5 (10 avaliações)
Miguel
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Denise
5
5 (32 avaliações)
Denise
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (3 avaliações)
Pedro
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vitor
5
5 (9 avaliações)
Vitor
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (7 avaliações)
Diogo
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana
5
5 (16 avaliações)
Ana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (12 avaliações)
Catarina
7€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (16 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Miguel
5
5 (10 avaliações)
Miguel
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Como aprender Física?

Basicamente, as duas maiores barreiras dos alunos em relação à física é a dificuldade em entender as leis da fisica e a dificuldade com as contas e resolução de fórmulas, ou seja, com a matemática.

Tipos de fisica estudam diferentes tipos de fenómeno, natural ou humano
Estude cinemática e aprenda tudo sobre o movimento dos corpos | Fonte: Pixabay

Ter dificuldade em perceber as leis da fisica é algo muito presente no dia a dia do estudante de física, pois existe uma grande falta de proximidade com o conteúdo. Aliar teoria e prática, aproximando o conceito ao contexto da vida do aluno ainda não é fácil, mas também não é impossível.

As dificuldades com a matemática normalmente acompanham o aluno durante muitos anos, iniciando quando o aluno ainda construía a sua base na disciplina e algumas lacunas vão sendo deixadas para trás, não sendo identificadas nem retificadas. Quando a complexidade aumenta, o aluno pode vir a sentir-se perdido.

Primeiro passo para aprender Física: a técnica da manga

Relativamente à dificuldade com as leis da física, existe uma técnica muito fácil que pode auxiliá-lo nesse sentido: a técnica da manga. Aplicando essa técnica, o aluno deixa de se sentir confuso entre os conceitos físicos e o senso comum. E, como consequência, irá aprender física de forma muito mais rápida, prática e eficaz.

Relembrando, já sabe que a Física, recorrentemente ao longo da história, é uma das responsáveis por quebrar vários paradigmas e estabelecer novos conceitos.

O que quase ninguém refere é que, quando começamos a estudar num curso de física, trazemos uma bagagem repleta de conceitos fisicamente incorreto e muitas vezes sem nos apercebemos. É como se fossem as ideias de Aristóteles a pairar na sua mente quando as Leis de Newton é que seriam as corretas.

A grande dificuldade de estudar física reside no facto que, para aprender Física, é preciso primeiro livrar-se dos conceitos que tem– que são, na sua maioria, fisicamente incorretos. Só então, a partir daí entenderá e absorverá as novas ideias que aprende no curso de física – que são fisicamente corretas.

exercícios de Física
Esquecer tudo o que pensa que sabe sobre Física é um excelente ponto de partida para que identifique o que é que dificulta seu entendimento sobre as leis da Física! | Fonte: Pixabay

Retomando a explicação da técnica da manga, a fruta manga é como se fosse as ideias, o senso comum, já a manga de uma camisa é como se fosse os conceitos fisicamente aceitáveis. E para aprender física corretamente, precisará de aprender a diferenciar entre esses dois tipos de ideias!

Por exemplo, reclamamos quando sentimos calor, pois o aumento súbito de temperatura transmite-nos uma sensação desagradável. O problema é que quando vamos estudar física, deparamo-nos com a definição de calor: a energia transferida de um corpo que está a uma temperatura maior para outro corpo que está a temperatura menor. Noutras palavras, o calor é a energia em movimento, energia que está a ser transferida. Portanto, em termos físicos, é impossível um corpo ou objeto "ter calor" ou alguém "estar com calor".

Comece, portanto, a aplicar a técnica da manga.

Segundo Passo: identificar os tipos de fenómenos físicos

Para tudo precisamos de ter uma base, um conhecimento que lance os princípios de determinada disciplina. No caso da Física, a sua base, os seus fundamentos basilares, encontram-se na Mecânica (Cinemática, Dinâmica e Movimento Circular), Ondulatória, Termodinâmica e no Eletromagnetismo – também conhecidos como Física Clássica, que engloba também a Física Quântica.

A seguir à Física Clássica, temos a Física Moderna, que é o conjunto de teorias surgidas no início do século XX. Esse reportório teórico apareceu com a Mecânica Quântica e a Teoria da Relatividade. Ocorreram muitas alterações no entendimento científico vigente e destas duas teorias resultaram significativas alterações no entendimento das noções do espaço, tempo, medida, causalidade, simultaneidade, trajetória e localidade.

Um bom exemplo nessa área são os trabalhos de Einstein, que em 1905 publica a Teoria da Relatividade Restrita. Neste trabalho Einstein abandona a ideia clássica que se tinha sobre a simultaneidade, em decorrência da finitude da velocidade de transmissão das interações eletromagnéticas. A simultaneidade, passa portanto a depender do referencial que se adopta para a análise de determinado fenómeno físico.

Dessa forma, segundo a Wikipédia, a invariância da velocidade da luz – correspondendo precisamente à velocidade de transmissão das interações – resulta que as noções de espaço e tempo se misturam num novo conceito, o espaço-tempo.

Teoria da Relatividade
Identificar qual das seis grandes áreas da física o enunciado de uma questão aborda é o ponto de partida! | Fonte: Pixabay

Dito isto, um dos passos mais importantes nos exames de física e quimica é saber identificar qual das grandes áreas da Física supra referidas está presente na questão que quer resolver. Isto pode parecer básico, mas não é.

Tem tudo que ver com a interpretação. Quando não identificamos o que o enunciado quer dizer, pode tornar-se mais difícil a sua resolução. Posto de outra forma, se não souber qual o assunto abordado no enunciado, não saberá qual o contexto do problema nem identificar a problemática presente.

Portanto, é nesse momento que deve permanecer muito atento: leia atentamente o enunciado, identifique as palavras-chave, indicativas de qual assunto a questão trata e desenhe o problema.

Observe que o desenho é parte fundamental à resolução da questão pois permite um melhor entendimento do enunciado e diminui um pouco a ansiedade e confusão inicial, já que, se estiver com a matéria em dia, os passos para a resolução começarão a desenhar-se à sua frente.

Até aqui, a resolução das questões de física dependem apenas do conhecimento teórico em relação ao assunto abordado o que, como já vimos, poderá ser um pouco mais complicado do que parece!

Terceiro passo: identificar as fórmulas de Física para o exame de Fisica e Quimica

Neste passo, é muito comum a física interagir com outras disciplinas, criando um contexto interdisciplinar. Por exemplo, é possível que existam questões no exame de fisica e quimica que envolvam a Biologia, como as de óptica acerca do olho humano, os fenómenos naturais que aqui ocorrem para se formar a visão e as possíveis formas de correção de visão. Outro exemplo acontece nas reações químicas, cujos dados de físico química devem ser identificados e bem trabalhados à luz dos conceitos interdisciplinares.

Dito isso, o terceiro passo consiste na colecta dos dados fornecidos no enunciado. Note que existem os dados explícitos e implícitos. Todos eles devem ser identificados, separados, e postos no papel. Lembre-se que estes dados podem também serem apresentados em tabelas, gráficos ou textos.

De seguida, deve identificar as fórmulas. Infelizmente este é um dos passos onde a maioria dos alunos erra. Aqui deve separar todas as fórmulas relacionadas àquele assunto identificado no enunciado da questão. Em outras palavras, quanto mais repetir a ação de identificar e separar as fórmulas em cada uma das questões que precisa resolver, mais facilmente irá conseguir memorizar as fórmulas de física para o exame de fisica e quimica para que consiga entrar no tão desejado curso de física.

exercicios de matematica e fisica
Após a interpretação do enunciado da questão, o passo seguinte é procurar os dados fornecidos, separando-os e destacando-os | Fonte: Pixabay

Depois de resolver os problemas com a mesma fórmula 5 ou 7 vezes, vai notar que terá decorado as fórmulas utilizadas. No entanto, não se esqueça de realizar revisões frequentes do conteúdo para que as fórmulas, não sejam esquecidas. Depois, é só aplicar os dados colectados no enunciado às fórmulas identificadas. Daqui em diante, para a resolução final da questão, deverá fazer-se valer dos seus conhecimentos matemáticos, aplicando-os de forma devida.

Muitas vezes é aqui que é identificada outra enorme dificuldade dos alunos: as lacunas na formação de seu conhecimento sobre matemática. Por esse mesmo motivo, a orientação de um professor particular experiente que facilmente conseguirá identificar essas mesmas lacunas na formação, assim como auxiliar à sua resolução, pode tornar-se cada vez mais importante.

Poderá encontrar um professor particular de física para o ajudar a superar dificuldades que tenha em qualquer matéria do seu curso de física na Superprof, onde o valor médio das aulas de física em Portugal é de apenas 7 euros.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.