A formosa ilha da Madeira – e, consequentemente, a mágica cidade do Funchal –  foi descoberta por Tristão Vaz Teixeira, Bartolomeu Perestrelo e João Gonçalves Zarco, os navegadores portugueses que no início do século XV chegaram pela primeira vez ao território e o apelidaram de "Madeira" por nele terem encontrado uma enorme quantidade desta matéria prima. Um ano antes tinham descoberto a ilha do "Porto Santo", assim designado pelos mesmos navegadores por ter sido o porto seguro que lhes deu abrigo e proteção durante uma intensa tempestade.

Pois é, há quem não saiba, mas a Madeira de 1419 estava totalmente coberta pela chamada floresta Laurissilva – a curiosa vegetação endémica deste arquipélago, que é uma das florestas mais antigas do planeta e, por isso, considerada Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

O que também muita gente não sabe é que o Funchal é um local maravilhoso para quem deseja estudar canto e investir seriamente no domínio da sua voz aguda ou grave. E porquê? Porque, em geral, na ilha da Madeira há pelo menos três elementos absolutamente essenciais para quem quer aprender a cantar e alcançar a mestria total no palco:

  • bananas;
  • paisagens absolutamente inspiradoras;
  • e, claro, boas escolas de música e professores de canto.

Mas se, ainda assim, o estudante tem dúvidas sobre como aprender a cantar na ilha da Madeira, não se preocupe. A Superprof explica-lhe porque é que estudar canto no Funchal é uma hipótese tão válida quanto aprender a cantar pelas históricas ruas  do Porto ou em qualquer outra cidade portuguesa.

Belas paisagens e saborosas bananas para aprender a cantar com êxito

Se o aluno interessado em investir num curso de canto vive num local isolado e apaixonante como a ilha da Madeira, não pode esquecer-se do quão importante é a inspiração e a emoção em qualquer ato performativo – e em particular no canto, uma das mais antigas artes de palco.

Assim, porque não aproveitar que reside numa das regiões mais bonitas do país e deixar-se inspirar pelas paisagens montanhosas desta ilha, cobertas da floresta Laurissilva e escavadas por numerosos túneis que atravessam o território e transformam a ilha num enorme 'queijo suíço'? Pois é, as belas imagens da Madeira encantaram figuras como a imperatriz Isabel da Baviera – Sissi da Áustria e da Hungria – e Winston Churchill – o importante primeiro-ministro britânico que se entreteve a pintar as paisagens desta ilha maravilhosa.

E porque não poderá o aluno do curso de canto deixar-se também ele inspirar pelas imagens cativantes da Madeira? Aliás, porque não fazer desta uma regra para todos os alunos de canto do país, quer ingressem num curso de canto na Madeira ou num curso de canto em Viseu?

Uma fotografia da floresta Laurissilva, na Madeira.
Deixe-se levar pelas paisagens de floresta Laurissilva da Madeira. Estudar canto não só de auditórios é feito. | Fonte: Pixabay

Além disso, entre montanhas, túneis, florestas, vegetação e longíssimas praias, a ilha da Madeira tem ainda inúmeras bananeiras e, claro, saborosas bananas! Ora, as bananas são uma fruta absolutamente essencial para a saúde de qualquer pessoa, mas são especialmente importantes para quem sonha com cantar como os melhores performers. E porquê? Porque é uma fruta:

  • que tem muito potássio – o que fortalece os músculos, evitando cãibras e quaisquer problemas musculares que nenhum cantor deseja ter em palco;
  • é rica em magnésio – um antioxidante e anti-inflamatório natural – que é muito importante para a nossa atividade cerebral e, por isso, é absolutamente crucial para a memória, tão essencial para quem gosta de cantar;
  • está carregadinha de vitamina B6 e de muitos outros nutrientes que contribuem para o nosso bem-estar, ajudando à liberação de dopamina no cérebro. Além disso, a banana tem triptofano, um constituinte que o nosso organismo é capaz de converter em serotonina – a conhecida hormona da felicidade! Quererá o aluno de canto um fator mais importante para ter sucesso nas aulas de canto do que a sua felicidade?

Começar a estudar canto numa escola com história

Mas além de belas imagens e de alimentos importantes para a dieta de quem quer tratar da sua voz e fortalecer as suas cordas vocais, a ilha da Madeira também é uma das melhores cidades do país para aprender a cantar, já que tem uma escola de música recheada de história.

Falamos do Conservatório – Escola das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode (CEPAM), o grande representante de mais de 70 anos de ensino da música na ilha da Madeira e, em particular, na cidade do Funchal.

A Academia de Música da Madeira nasceu em 1946, no seio daquela que, à data, era a  Sociedade de Concertos da Madeira. A iniciativa partiu de vários amantes da música entre os quais se encontrava o Eng.º Luiz Peter Clode. Alguns anos depois, a Academia acabaria por incluir as Belas-Artes, passando a chamar-se Academia de Música e Belas-Artes da Madeira e, depois da revolução de abril, passaria a ser, oficialmente, o Conservatório de Música da Madeira. Em 2000, o mesmo passaria a Conservatório – Escola das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, uma escola de música, teatro e dança que hoje acolhe cerca de 1500 alunos.

Este é, pois, o ambiente ideal para o estudante que viva na ilha da Madeira e esteja particularmente interessando em aprender a cantar as mais belas musicas portuguesas tradicionais, tornando-se – quem sabe – num profissional dos palcos!

Aqui – tal como quem quiser aprender a cantar no Conservatório do Algarve, em Faro, ou noutros conservatórios do país – o estudante que queira domar as suas cordas vocais e cantar mais e mais poderá ingressar num:

  • Curso de Iniciação à Música – onde as crianças dos 5 aos 9 anos de idade podem tomar o primeiro contacto com a música e estudar canto para que possam continuar a investir na sua formação musical;
  • Curso Básico de Música – onde os alunos dos 10 aos 12 anos podem aprender tudo sobre a teoria musical, sobre como enfrentar a pauta e, claro, aprender a cantar e a ler as partituras de todo o tipo de canções portuguesas ou estrangeiras;
  • Curso Secundário de Canto – destinado aos alunos que tenham o 9.º ano de escolaridade e que já sejam detentores do Curso Básico de Música (ou que se sujeitem à prova de admissão). Este curso de canto pretende dotar os alunos de todas as capacidades artísticas, teóricas e práticas do canto, preparando-os para criar projetos autónomos, dominar os microfones e ingressar na vida artística tão desejada por quem sonha cantar profissionalmente.

Domar o microfone com aulas de canto particulares

Se, por outro lado, o aluno que resida na ilha da Madeira não está particularmente interessado em optar por um curso de canto numa escola de música (aprendendo a cantar num ensino de regime articulado ou supletivo), a verdade é que há outras opções que estão ao alcance de todos.

Uma delas é escolher ter aulas com um professor de canto particular, optar por investigar as ferramentas para aprender a cantar online ou, quem sabe, ter um pouco de ambos os mundos e escolher ter aulas de canto online com um professor só para si.

Um microfone prateado e um quadro colorido como pano de fundo.
O seu professor de canto particular ajuda-lo-á a enfrentar o medo do microfone | Fonte: Unsplash

Com um professor de canto particular, qualquer aluno pode iniciar-se no mundo da música, dominar a sua voz – mesmo que seja uma voz aguda demais para alguns – e ser o rei das partituras e dos palcos.

E porquê? Porque com um professor de canto particular o aluno que deseje ardentemente aprender a cantar poderá escolher a metodologia que melhor se adapta a ele, ter aulas de canto em sua casa ou em casa do seu professor, estar mais focado na prática ou nas dúvidas que tem nas sessões de teoria musical do seu curso de canto.

Pois é, com um professor de canto dedicado exclusivamente a si, o estudante poderá ter aulas totalmente adaptadas aos seus objetivos – sejam eles ingressar no ensino superior de música, entrar no mundo profissional como um artista de palco ou, quem sabe, vir ele próprio a ser professor de canto.

Por isso, vivendo no Funchal, o aluno pode não só optar por uma das escolas de música que a ilha tem para lhe oferecer, como pode escolher aprender a cantar com um professor particular. E se, ainda assim, nenhum dos perfis dos professores do Funchal lhe parecer adequado a si, o aluno pode ainda escolher ter aulas de canto online e optar, por exemplo, por um professor de canto que viva em Lisboa e, por isso, tenha a experiência de ensinar na capital.

O certo é que, em qualquer dos casos, cantar implica não só técnica, mas também disciplina e muita diversão.

Por isso, é importante que escolha um professor que se ajuste aos seus objetivos e que o possa acompanhar com a regularidade que o aluno deseja – mesmo que esteja a alguns quilómetros de distância dele.

Ferramentas para aprender a cantar online

Além disso, é importante que o aluno se divirta e que esteja consciente de que pode praticar fora das aulas de canto, sempre que quiser.

Nesse sentido, o aluno deve lembrar-se que hoje em dia, graças à internet, é mais fácil e barato obter conhecimento sobre música – por exemplo, em sites totalmente dedicados à teoria musical como o Light Note – ou com aplicações de telemóvel que o ajudem a treinar de forma divertida.

Uma mão de uma rapariga a mexer no ecrã do seu smartphone, pousado sobre uma mesa.
Há várias aplicações de telemóvel que podem ajudar o aluno a praticar para as aulas de canto | Fonte: Unsplash

Assim sendo, é importante procurar utilizar os vários materiais disponíveis on-line não como o foco de aprendizagem principal, mas como um complemento para os que querem estar preparados em todas as frentes no que a estudar canto diz respeito.

O aluno pode, portanto, procurar um momento de aprendizagem mais lúdico e experimentar uma das seguintes aplicações:

  • 7 Minute Vocal Warm Up – ideal para exercitar e aquecer a voz antes da sua aula de canto;
  • Sing Harmonies – que ajuda o estudante a praticar a harmonização, obrigando-o a tentar encaixara  sua voz com a voz de outros cantores;
  • Sing! – uma aplicação divertida que permite juntar efeitos sonoros à sua voz e até convidar amigos para cantar também.

Três dicas para todos os que queiram aprender a cantar

Mas quer o aluno pretenda ingressar num curso de canto na cidade do Funchal ou esteja mais inclinado para investir em aulas de canto em Coimbra – a cidade dos estudantes –, a Superprof tem alguns conselhos para todos os que são apaixonados por cantar.

É verdade, se sempre teve inclinação para a música e, em particular, para a vontade de cantar no duche, na praia, nas atividades escolares ou até entre amigos, certamente que o estudante deveria considerar investir num curso de canto e, finalmente, domar as suas cordas vocais. No entanto, qualquer que seja o regime de ensino em que esteja interessado, a verdade é que o aluno deve começar sempre por:

  • Definir o seu estilo de música preferido – procurando identificar o tipo de música que mais gosta de cantar e observando as técnicas vocais dos cantores mais conhecidos desse estilo;
  • Aprender a aquecer a voz – dando importante às suas cordas vocais e começando por cantar primeiro as notas de alcance médio da sua extensão vocal e, só depois, seguindo para notas mais baixas ou mais agudas.
  • Ter uma alimentação cuidada – bebendo muita água e comendo muita fruta  – principalmente bananas, maçãs e citrinos –, dado que estes ajudam a limpar a saliva da laringe e a afinar as suas cordas vocais.
Uma rapariga a cantar ao microfone, em palco.
Todo o aluno do curso de canto aprende que, antes de subir a palco, deve obrigatoriamente aquecer a sua voz | Fonte: Pixabay

Está, pois, provado, que aprender a cantar no Funchal está longe de ser impossível, não é verdade?

Cantemos, então!

Precisa de um professor de Canto ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Marta

Sou, desde sempre, uma ávida leitora, com o coração apontado para a escrita, e uma bibliófila incurável, com um fraquinho por arquivos e espólios. Hoje, trabalho como revisora, editora e produtora de texto freelancer e sou colaboradora do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa.