Os pais estão sempre à procura das melhores oportunidades profissionais no futuro dos seus filhos. Mas, muitas vezes, sentem-se impotentes com o seu desempenho escolar. Afinal, o que podem fazer quando a criança não corresponde às expectativas dos pais, da escola, dos professores? E se estiver desmotivada, sem vontade de estudar? Há alguma solução para as notas baixas?

A resposta para estas questões é muito simples, explicações. Aliás, esta é a melhor maneira de auxiliar o seu filho a melhorar o seu desempenho escolar

As explicações, sejam elas com professores particulares, explicadores ou grupos de estudo, permitem identificar quais são as principais dificuldades do aluno e até mesmo qual é sua causa. Depois, é tentar ultrapassar essas dificuldades e recuperar a motivação perdida. Mas sabe como deve escolher a modalidade e o professor correto para o seu filho? Existem algumas coisas que deve ter em conta:

  • O seu filho precisa de melhorar as notas de várias disciplinas, preparar-se para os testes ou só quer aumentar os seus conhecimentos?
  • Conhece o professor? Sabe qual é a sua experiência?
  • Está disposto a ajudar o seu filho e ter as aulas particulares em casa?
  • Sabe como verificar a produtividade das explicações?
  • O desempenho do aluno depende só do professor ou será que pode ser uma ajuda?
meninas a recortar
Existem várias perguntas que deve fazer para escolher o método de apoio ideal. | Fonte: Pexels.com

Se não sabe responder a questões, continue a ler. Este artigo tem como objetivo esclarecer estas e outras dúvidas comuns aos pais que procuram por aulas particulares para os seus filhos.

Os melhores professores de Explicações disponíveis
Pedro
5
5 (17 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (8 avaliações)
Isabel
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (29 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
5
5 (8 avaliações)
Marta
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (15 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Jorge
5
5 (5 avaliações)
Jorge
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (10 avaliações)
Susana
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (17 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (8 avaliações)
Isabel
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (29 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
5
5 (8 avaliações)
Marta
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (15 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Jorge
5
5 (5 avaliações)
Jorge
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (10 avaliações)
Susana
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Garantir a qualidade das explicaçoes

Muitos pais pensam que os filhos não precisam de apoio ao estudo. Acreditam que as dificuldades são automaticamente superadas com o tempo e que a escola já oferece o apoio suficiente. Essa atitude é a razão principal porque muitas pessoas chegam à idade adulta sem saber interpretar textos ou fazer contas simples. E sabemos que muitas vezes também é a forma de esconder o receio de entregar a educação do seu filho a um estranho, o professor particular. Mas existem algumas coisas que pode fazer para garantir que faz uma boa escolha.

Escolher o explicador ideal

Há alguns anos, a oferta de aulas particulares era muito menor do que é hoje em dia. Além disso, não existiam meios de comunicação que pudessem pôr em contacto alunos que procuram por determinadas aulas e professores que as dessem. Os classificados dos jornais eram escassos e não era possível filtrar os resultados por localização.

Nos dias de hoje temos a internet! As redes sociais, as plataformas online como a da Superprof e algumas páginas especializadas no tema permitem aos alunos entrar em contacto com uma vasta gama de professores e explicadores. Algumas até oferecem uma aula experimental, totalmente gratuita. A partir daí, as expectativas podem ser ajustadas e será possível que ambas as partes se juntem para que o trabalho tenha produtividade.

Saber o conteúdo das aulas

É necessário que saiba o que o professor acha do desempenho do seu filho e o que o aluno acha do trabalho do professor. Mas, além disso, também pode fazer pequenos testes e analisar a evolução das notas escolares. Mantenha o contacto com o professor para poder acompanhar o que se passa nas explicações.

Ao conversar com o seu filho, vai também esclarecer os seguintes pontos:

  • Está motivado para os estudos?
  • Está satisfeito com as notas ou sente-se frustrado por não conseguir atingir os resultados que queria nas disciplinas?
  • Sente-se confiante ou muito preocupado?

Otimizar as aulas de apoio escolar

Tal como acontece na escola, é necessário estar motivado para acompanhar as explicações. E, como pai, tem que ser o primeiro a acreditar que as explicações terão resultado, se quer garantir o seu sucesso.

estudar com a mae
Como pai, também tem a função de garantir que as explicações de português, matemática ou inglês são um sucesso. | Fonte: Pexels.com

O primeiro passo é ser exemplo para o seu filho. Ele não será capaz de se manter organizado se o vê a ter dificuldades a cumprir horários, manter as coisas arrumadas e a esquecer-se dos compromissos que tem marcados.

É necessário que aprenda desde cedo a cumprir os horários de todos os compromissos. E não é por serem fora dos horários escolares que se pode chegar atrasado às explicações ou faltar quando lhe apetecer. Tem que respeitar o trabalho do professor particular.

Os pais e os professores devem estar em sintonia para que possam trabalhar juntos na aprendizagem da criança. Sabemos que pode parecer óbvio, mas nem sempre é tão óbvio quanto parece. Certas atitudes são fundamentais, mas acabam por ser negligenciadas. Falamos de:

  • Estar pronto para receber o professor na hora da aula;
  • Respeitar os horários combinados, independentemente das aulas serem em sua casa ou do professor;
  • Encaixar as aulas em horários livres da rotina escolar do seu filho, mas numa hora que também seja boa para o professor;
  • Conhecer a formação e a metodologia de ensino do explicador;
  • Ser exigente com a criança, mas sem ser demasiado rígido. Deve encontrar um equilíbrio para que ela se esforce mas não desanime.

O local das aulas também faz toda a diferença, e deve ser silencioso. A mesa deve estar arrumada e deve preparar todo o material necessário com antecedência. Se começar a adotar essas práticas verá que a concentração do aluno e os resultados serão muito melhores.

Apoiar a criança antes e depois das aulas

Cada criança tem um perfil diferente, e o método de ensino que o tornou um génio em português, matemática ou inglês pode não funcionar com ele. Durante o seu percurso escolar, será possível perceber quais são as metodologias de ensino que funcionam com o seu filho em particular. Basta que os pais estejam sempre atentos e que as consigam reconhecer.

escrever em frente ao computador
É essencial que as crianças tenham apoio e que nunca se sintam sozinhas ou isoladas nas suas dificuldades. | Fonte: Pexels.com

Deve questionar:

  • A criança está em época de testes? Vai ter que realizar exame de português ou matemática no final do ano?
  • Está disposto a estabelecer uma rotina para que o estudante se dedique às aulas particulares, às atividades extra e aos trabalhos de casa das explicações?
  • Costuma elogiar seu filho pelos bons resultados, na escola e nas explicações? Não se deve esquecer que os pais são os primeiros responsáveis pelo trabalho motivacional. Claro que vão sempre existir coisas a corrigir, mas deve garantir que a criança não recebe apenas críticas, que levam a inseguranças e prejudicam a aprendizagem. É necessário que saiba onde deve melhorar, mas também deve ser congratulada pelas coisas boas;
  • Pode criar um espaço em casa dedicado especialmente aos estudos? Se possível, dê preferência sempre a locais onde não há muito barulho ou onde passam várias pessoas.

Além disso, também tem que estar em diálogo constante com a criança. Deve ter uma relação de confiança que permita que ela se sinta à vontade para lhe contar os seus problemas, incluindo os que estão relacionados com a escola e as explicações.

Deve incentivar práticas como horas de sono suficientes, uma boa alimentação e repouso no período que antecede as aulas. E cabe aos pais orientar e acompanhar a criança nesta rotina. Se escolher ter aulas particulares, ajude-a a arrumar o material e a completar as atividades extra. Se optar por explicações online, conheça o conteúdo com antecedência e acompanhe o trabalho. Isto é a regra mais básica para o sucesso dos alunos, tem que estar sempre presente na sua vida escolar.

Preparar para as aulas de apoio ao estudo

Sabia que os pais também podem ser uma grande ajuda no trabalho do explicador? O primeiro passo da preparação para a explicação é identificar quais são as dificuldades da criança. Para isso, basta observar em que matérias tem um desempenho pior que o esperado. Pode analisar as notas e as dificuldades ao fazer os trabalhos de casa, por exemplo.

material para as aulas
Deve garantir que prepara tudo antes da aula, incluindo o material necessário e o local destinado. | Fonte: Pexels.com

Também precisam de conhecer o perfil do estudante. É autodidata? Precisa de muitos exercícios para consolidar a matéria? Estas respostam ajudam a estabelecer o método da ensino que permite um melhor aproveitamento. Não deve ter medo de ser seletivo no momento de escolher o explicador. Enquanto tiver dúvidas, deve fazer perguntas. Da mesma forma que faz perguntas ao seu filho sobre as suas dificuldades, precisa de saber qual é a metodologia do tutor, a sua experiência e disponibilidade.

O ritmo escolar da criança também se altera com o tempo e deve ser respeitado. As escolas passam a exigir mais à medida que os alunos avançam nos estudos e será necessária uma dedicação maior às horas de estudo em casa. Se acrescentar explicações, o tempo diário destinado aos estudos vai ter que ser ainda maior.

É importante que incentive o seu filho para que ele não perca a motivação. Vai precisar de o auxiliar a desenvolver a autoconfiança e a vencer obstáculos, como a timidez ou o receio de falar em público. Os alunos mais tímidos superam essa barreira quando têm as aulas em grupos e a interação com outros colegas se torna inevitável.

As aulas particulares ou qualquer outra forma de apoio ao estudo são importantes para melhorar o desempenho do seu filho, mas deve entender que nada terá resultados se não tiver apoio da família. A participação dos pais torna a criança mais confiante e disposta a aprender. e isso facilita o trabalho do explicador. E agora? Já está a par de tudo o que acontece na vida escolar do seu filho?

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.