Quer melhorar as notas na escola? Sente dificuldades em manter-se concentrado em determinadas aulas (ou em todas)?

Se é o caso, ou o do seu filho, talvez seja boa ideia procurar ajuda. Pode experimentar ter aulas particulares em casa, com um professor especializado em crianças que precisam de melhorar o seu desempenho na escola.

Existem professores particulares especializados em diferentes disciplinas e certamente que irá encontrar um que se adeque às suas necessidades. Aliás, o ideal é conversar com o profissional antes de iniciar as aulas para alinharem juntos os objetivos. Dessa forma, irão rever só aquele conteúdo que é necessário para ultrapassar as dificuldades.

As dificuldades escolares e as notas baixas tendem a desanimar os alunos, e o professor particular tem um papel fundamental em manter a concentração e motivação do aluno.

Mas também é importante que o aluno faça a sua parte. O trabalho do professor só trará resultados se a criança estiver realmente disposta a empenhar-se nas aulas e a completar todas as tarefas propostas.

Para que o investimento nas explicações e aulas particulares seja realmente eficaz, é importante criar um ambiente propício, proporcionar todo o material necessário e conversar com o seu filho para que ele realmente se disponha a aprender.

Para o ajudar, deixamos abaixo algumas dicas importantes para conseguir tirar melhor proveito das aulas de reforço escolar.

Os melhores professores de Explicações disponíveis
Isabel
4,9
4,9 (8 avaliações)
Isabel
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (17 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
5
5 (8 avaliações)
Marta
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (15 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Jorge
5
5 (5 avaliações)
Jorge
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Samuel
5
5 (17 avaliações)
Samuel
4€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (10 avaliações)
Susana
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (8 avaliações)
Isabel
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (17 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
5
5 (8 avaliações)
Marta
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Francisco
5
5 (15 avaliações)
Francisco
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Jorge
5
5 (5 avaliações)
Jorge
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Samuel
5
5 (17 avaliações)
Samuel
4€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (10 avaliações)
Susana
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Organizar o tempo dentro e fora das aulas de apoio escolar

O seu filho provavelmente vai precisar da sua ajuda para organizar o tempo que dedica aos estudos. Se os pais começarem desde cedo a incentivar a organização da sua agenda, as crianças adquirem logo esse hábito.

estudar na mesa da cozinha
Se tiver o tempo organizado, será muito mais fácil dominar os conceitos de português e das restantes matérias da educação da criança. | Fonte: Pexels.com

Mas mais do que ser um exemplo, é importante que também esteja atento aos horários do seu filho. Depois de definir o horário das aulas, deve garantir que o aluno o cumpre até que seja capaz de o fazer por ele mesmo. Além disso, deve dedicar algum tempo para os estudos, os trabalhos de casa de todas as disciplinas (não só de português ou matemática) e possíveis atividades extra, quer sejam da escola ou das explicações e aulas particulares.

Independentemente de as aulas serem dadas em casa ou noutro local, é importante não chegar atrasado. A pontualidade potencializa a eficácia dos estudos, mostra respeito do trabalho do professor e ainda prepara o aluno para a disciplina que irá precisar na sua vida adulta.

Fazer um plano de estudos

De forma a garantir o sucesso das sessões, é necessário planear o tempo de estudo e garantir que este não é interrompido.

Evitar distrações

O seu filho deve estar ciente de que, depois de começar as aulas particulares, terá menos tempo livre para ver filmes, jogar no computador ou estar nas redes sociais. Por outro lado, irá desenvolver a sua aprendizagem e é nisso que se deve focar.

Essa atitude também se estende aos pais. Deve evitar começar uma tarefa, responder a emails, ir ao Facebook ou fazer uma chamada quando estiver quase na hora das aulas particulares. As atividades que envolvem redes socais e tecnologias ocupam sempre mais tempo que o previsto e não deve correr o risco de fazer o seu filho perder a aula por uma distração sua.

Se quiser, pode desenvolver um ritual para os minutos que antecedem as explicações. Será uma boa oportunidade para levar a criança a dar uma volta, lanchar ou até mesmo uma atividade relaxante. Assim, o aluno irá chegar às aulas descontraído e terá mais facilidade de se concentrar nas matérias de português, matemática ou inglês.

Respeitar o ritmo da criança

O seu filho estuda, pratica uma atividade física e ainda tem trabalhos de casa para fazer. As aulas particulares, explicações ou qualquer outro tipo de reforço escolar representam mais uma atividade na sua rotina. Além disso, as tarefas provenientes dessas aulas também vão precisar de tempo para serem completas.

Por isso, deve criar um plano de estudos e organizar o tempo que a criança tem livre.

estudar no computador
O estudo de português e de outras matérias será muito mais fácil se seguir um plano de estudo bem estruturado. | Fonte: Pexels.com

Mas, além disso, também deve ter em conta o ritmo pessoal da criança. Todos nós temos capacidades diferentes de concentração e há horas do dia em que somos mais produtivos. Deve ajustar o plano de estudos para o horário em que o seu filho está mais concentrado na aprendizagem, para que possa tirar melhor proveito das explicações.

No entanto, não se pode esquecer de alinhar esses horários com a rotina que o aluno já tem e, ainda, a própria disponibilidade do professor.  Terá que encontrar um equilíbrio.

Criar uma boa relação com o explicador

É essencial que conheça a pessoa que vai auxiliar o seu filho na melhoria do seu desempenho na escola. Por isso, deve tentar estabelecer uma relação de confiança.

Fazer as perguntas necessárias

O trabalho do professor só trará frutos se for acompanhado por si. Por isso, deve fazer todas as perguntas que tiver e esclarecer todas as suas dúvidas.

A vantagem das explicações e aulas particulares é que o foco do professor é a aprendizagem da criança. Aqui, o professor não tem que dividir o seu tempo entre as dificuldades dos vários estudantes. Mas também é necessário que esteja a par dos métodos de ensino utilizados nas explicações, para que possa dar continuidade ao trabalho nos restantes dias da semana.

O seu filho irá provavelmente precisar de ajuda com as atividades e os trabalhos de caso, e terá que lhe dar o apoio necessário. Isto é importante porque basta um conceito mal explicado para existirem dificuldades na matéria que se segue, principalmente no caso das contas de matemática ou de regras de gramática de português. Não podem ficar dúvidas para trás.

Os professores de plataformas como a da Superprof, por exemplo, estão sempre dispostos a ouvir os alunos e encontrar as melhores metodologias de ensino para que os objetivos sejam alcançados durante as aulas.

Tirar o máximo proveito do professor

Um professor particular também é uma ótima ajuda para descobrir quais são as verdadeiras dificuldades. No início das explicações, o estudante irá realizar alguns exercícios e testes que permitem identificar problemas que nem a criança ou os pais sabiam que existiam.

aluna e professora na aula
É importante que tenha uma boa relação com os professores e explicadores. | Fonte: Pexels.com

Muitas vezes, os alunos acreditam que são bons a matemática porque sabem as fórmulas e os pais acham que arrasam nas aulas de inglês porque têm notas altas. Mas na prática isso não é bem assim. Nas aulas particulares existirão exercícios mais complexos que ajudam a detetar dificuldades que, de outra forma, poderiam passar despercebidas. Isto permite que sejam trabalhadas e ultrapassadas.

É por este motivo que as explicações são tão importantes, não só para melhorar as notas, mas também para preparar os estudantes para os testes, exames futuros ou até mesmo provas de ingresso na universidade. Esses desafios também ajudam o estudante a aumentar os seus conhecimentos e a desenvolver a capacidade de raciocino e lógica.

Além disso, o explicador também irá trabalhar para que os alunos se sintam seguros e capazes, e que desenvolvam a sua autoconfiança. Mas esse trabalho deve ainda ser continuado pelos pais.

Criar um ambiente favorável para as explicaçoes

Já mencionamos como respeitar o horário das aulas e auxiliar o estudante durante as atividades extra são atitudes importantes. Mas existe outro fator essencial: o local onde são dadas as explicações. Principalmente quando as aulas são dadas em casa, não damos atenção a esse pormenor, mas é necessário haver um local destinado a isso.

Ter explicações em locais muito ruidosos, ou por onde passam muitas pessoas, pode criar distrações e causar dificuldade de concentração nos conteúdos. O mesmo acontece se o local estiver desorganizado.

Por isso, em vez de ter aulas na mesa da cozinha, opte por designar um espaço na sala, no escritório ou mesmo no quarto da criança, se for mais calmo.

Arrumar o espaço

Depois de selecionar o local mais silencioso para as explicações, deve garantir que a mesa onde vão ficar também está organizada. Se for utilizado um computador, o desktop também deve estar organizado, com os documentos em pastas bem identificadas.

criancas a estudar no chao
Tão importante como escolher os professores e explicadores ideias, é ter um local específico para a educação e explicações. | Fonte: Pexels.com

O mesmo acontece com os cadernos ou livros de apoio necessários. O desperdício de tempo à procura do material depois de a aula começar deve ser evitado.

Otimizar a concentração do estudante

  • O local designado para os estudos deve ser tranquilo. Para isso, deve evitar ter música ou televisão num volume alto junto ao local da aula;
  • Se for necessário, utilize um temporizador para controlar o final da aula. É importante, tanto para o estudante como para o explicador, que se cumpra o horário que está previamente determinado;
  • Deve garantir um bom ambiente, por isso dê preferência a locais com luz natural e que não sejam muito frios ou muito quentes. O conforto propicia a aprendizagem;
  • Tenha em conta as cores da decoração, que podem influenciar a criatividade e a atividade mental, durante a explicação. Vários estudos determinaram que o azul estimula a criatividade e o vermelho favorece a atenção aos detalhes, por exemplo.

No entanto, a preocupação com o ambiente não se deve sobrepor aos objetivos do estudante. O ambiente influencia a concentração durante o trabalho do explicador, mas é a sua determinação que vão garantir que completa as atividades propostas fora da explicação.

É ao avaliar todos estes fatores que vai conseguir escolher o melhor modelo de ensino e de explicações para aquilo que o seu filho necessita.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.