Muitas pessoas pensam em aprender a tocar piano e esta vontade pode ser apenas pelo prazer ou pela ambição de se tornarem profissionais. Tocar piano é uma atividade relaxante e estimulante para muitos. Mas é sempre necessário passar pela fase de aprendizagem, que é onde a motivação se faz necessária para prosseguir.

Para todos os que estão dispostos a isso ou para os que precisam de uma ajuda para decidir: afinal, por onde se deve começar para aprender piano? De que forma é possível ter acesso às aulas particulares?

Aqui está toda a informação que precisa para se tornar o rei do piano!

Quanto custa uma aula de piano em casa?

Aulas de piano em casa são uma alternativa ótima para evitar as escolas de música ou, até, os conservatórios. Muitas pessoas escolhem essa opção para aproveitar todos os benefícios oferecidos pelo professor, como aconselhamento pessoal e aulas semanais mais personalizadas.

No entanto, antes de embarcar neste tipo de aula de piano, é importante fazer uma pesquisa de preços. Por se tratar da atividade de trabalhadores independentes, o valor das aulas particulares de piano pode variar muito, de acordo com a localidade e a experiência do professor, por exemplo.

Pode encontrar informações de contacto na internet ou mesmo em anúncios espalhados em lojas e estabelecimentos da sua vizinhança. Pode ser, ainda, que os seus amigos conheçam algum profissional que trabalhe com qualidade por um preço razoável.

Professor de piano conta dinheiro das aulas
A localização, a experiência do profissional e o nível de piano do aluno são variáveis tidas em conta no cálculo do preço por hora da aula individual | Fonte: Unsplash

Mas para comparar devidamente os preços de uma aula de piano, é preciso entender pelo que vai pagar. Como dizíamos, o professor de piano particular é, muitas vezes, um trabalhador independente. Por outras palavras, estes profissionais devem calcular o preço certo por hora, a fim de obter um salário suficiente para a sua subsistência, visto que estão sempre dependentes das marcações e da quantidade de horas mensais que fazem. Portanto, é difícil para os professores de música ficarem abaixo de um determinado preço.

É possível que o professor tenha despesas de deslocamento para ir ao encontros dos alunos, sendo que este ponto pode ser facilmente colmatado com a tecnologia. Além disso, o investimento inicial - em material, divulgação, etc - deve ser recuperado, como em qualquer negócio.

O preço do curso de piano também inclui o tempo que o professor passa a preparar as aulas antes de oferecê-las aos alunos. Este tempo de preparação também é tempo de trabalho, e deve ser pago.

Também deve ter em conta o fato de que paga pelo conhecimento e pelas habilidades do professor. Quanto mais experiente o professor, maior será o preço do curso de música.

O preço do curso também varia de acordo com a área geográfica. É natural que cada cidade tenha a sua média de preço, e não há nada de errado nisso.

No entanto, esteja ciente de que também há algumas dicas para reduzir esse custo, como aulas em grupo ou alguns cursos online.

Como escolher o melhor professor particular de piano?

Antes de começar à procura de um professor particular de piano, saiba que existem diferentes perfis de professores para este instrumento de teclas e tem de encontrar um que seja compatível consigo para que o progresso nas aulas se torne, de facto, possível.

Alguns professores serão mais adequados do que outros para ensinar teoria musical e outros para ensinar-lhe a ler as partituras ou a fazer harmonias.

Mas como escolher o professor de piano ideal?

Conhecer bem quem lhe vai dar aulas particulares de piano é importante. Faça perguntas e escolha de acordo com o perfil que melhor se enquadra nos seus objetivo | Fonte: Unsplash

Tem que começar por fazer as perguntas certas para descobrir a trajetória e a linha de trabalho do profissional em questão. Pode querer aprender a tocar piano para ser um músico profissional, para fazer uma surpresa a alguém num dia especial, para se tornar um professor de música ou por qualquer outro motivo. Dependendo das suas expectativas, é fundamental encontrar o professor que melhor se adapte ao que deseja fazer.

Alguns professores aprenderam sozinhos, sem ter aulas, o que pode ser adequado para alguns aprendizes iniciantes.

De qualquer forma, comece por responder a estas perguntas:

  • Por quanto tempo quero estudar piano?
  • Que tipo de músicas quero aprender?
  • Porque quero aprender a tocar piano?

Uma vez que tudo isso esteja claro na sua cabeça, só terá que olhar para os perfis dos professores particulares de piano anunciados na internet para encontrar o que melhor se encaixa naquilo que quer fazer e aprender.

Muitos professores inscritos na plataforma Superprof oferecem a primeira aula experimental. Isso permite, entre outros fatores, que o aluno avalie se realmente existe compatibilidade e conexão com o professor e se o curso corresponde ao que procura.

Às vezes, os alunos percebem a linha pedagógica e o método de trabalho do professor e, em última análise, concluem que não lhes agrada. Isso não significa que o profissional não seja bom: apenas há linhagens diferentes de trabalho e, sobretudo, expectativas individuais.

É por isso que não deve hesitar em conversar com o professor para saber se aquelas aulas de piano em específico são realmente o que procura. A partir daí, é só estabelecer a duração da “parceria” com profissional escolhido e dar início à aventura.

Como será a primeira aula de teclado?

Aulas em casa, aulas de piano online, aulas individuais, aulas particulares, conservatório nacional ou escolas de piano... não importa qual a modalidade escolhida, a educação musical geralmente inclui o mesmo tipo de caminho, que passa por vários espaços de aprendizagem (treino musical, leitura de partitura para piano, despertar musical, cultura musical, harmonias, etc).

Estas disciplinas ou módulos também são comuns à aprendizagem de outros instrumentos (aulas de bateria, aulas de violino, aulas de saxofone, aulas de canto, aulas de clarinete, aulas de violoncelo, baixo, etc), pois fazem parte do entendimento e domínio da música.

Depois de escolher o seu professor de piano, é hora de organizar a primeira aula. Converse com o seu novo instrutor para encontrar um horário que não colida com outros compromissos. A primeira aula de teclado para iniciantes normalmente leva tempo e não deve ter distrações ou ficar com pressa de terminar para cumprir um próximo compromisso.

Para conhecer o caminho que poderá levar o seu curso particular de piano, é melhor perguntar ao seu professor desde a primeira conversa.

Esta primeira hora é também uma oportunidade para conhecê-lo melhor. Pode falar sobre os seus gostos musicais e a sua experiência. Talvez tenha sido pianista num grupo, ou pode ainda saber tocar outros instrumentos.

Partitura com música para piano
Diga tudo o que espera fazer e aprender nas suas aulas particulares de piano! | Fonte: Unsplash

Pode até acontecer que o docente dê aulas de outros instrumentos que lhe interessam.

Também é interessante conhecer aspetos que se relacionam de forma diferente à música. Talvez tenham mais em comum do que o amor pela música. E pode ser que isso seja exatamente o que vai marcar a diferença na hora de o escolher entre tantas opções de profissionais disponíveis.

Após a primeira conversa, o professor certamente tentará avaliar o seu nível musical para saber qual deve ser o ponto de partida das aulas de piano. Aprender piano é um processo demorado e o professor também vai querer saber se está motivado o suficiente para embarcar nessa jornada.

Esta é a oportunidade também de expressar as suas expectativas. Tocar por diversão em casa, surpreender um ente querido, juntar-se a uma banda, fazer carreira como pianista... cada músico tem as suas razões. Assim, o professor de música pode adaptar o programa de acordo com os seus objetivos.

O programa será estabelecido durante um período de tempo determinado por si e pelo professor. Trata-se de uma maneira de pedir a sua opinião e motivá-lo a percorrer todo o caminho, sentindo-se sempre acompanhado e ouvido.

A primeira aula de piano costumar terminar com alguns exercícios para começar a praticar. É possível que tenha desde logo um desafio para superar até à próxima aula.

Onde encontrar um professor de piano particular?

Para encontrar um professor de música particular existem muitas soluções. Seja na internet ou fora dela, agora é muito fácil entrar em contato com o professor ideal.

Pode começar por ver se nalgumas lojas onde costuma passar há anúncios de músicos que dão aulas ou até ir a lojas de música e perguntar diretamente.

Este método permite-lhe ter um contato direto com um professor e discutir por telefone, por exemplo, os seus interesses e expectativas e até questões mais práticas como se se desloca ou o preço das aulas de piano. Pode optar ainda por colocar o seu próprio anúncio a informar que procura um professor de música para aprender a tocar piano, com alguns detalhes que enfatizem as suas maiores necessidades (teoria musical, história da música, etc).

Lembre-se também de conversar com os seus amigos, colegas de trabalho e familiares. Pode acontecer que alguém lhe indique um profissional nesta área que pode fazer um ótimo trabalho. Talvez um de seus amigos até saiba tocar piano e possa ensinar-lhe o básico para que dê os seus primeiros passos, ou, neste caso, toques, nas teclas de um piano.

Através da internet também é muito fácil entrar em contato com professores particulares de piano. As redes sociais são particularmente úteis para isso. Facebook, Instagram e outras redes permitem descobrir professores e contactá-los rapidamente.

Pianista toca uma canção
Pode encontrar o seu futuro professor de piano por recomendação, em anúncios ou na internet, em plataformas como a Superprof | Fonte: Unsplash

As plataformas, como a Superprof também são eficazes para escolher o professor de piano que mais lhe convier. Só precisa analisar o perfil e a experiência dos muitos professores que estão reunidos na base de dados para ver qual atende de forma mais direta às suas expectativas.

Ao entrar em contato com um músico, não hesite em fazer todas as perguntas que lhe passarem pela cabeça, como o preço, as habilidades ensinadas, a experiência como músico, a experiência como professor, etc.

Quanto mais transparente for com o profissional e consigo mesmo, mais cedo encontrará o professor de piano ideal.

Certifique-se de encontrar um professor que tenha paciência e consiga lecionar em qualquer tipo piano (piano clássico, piano vertical, piano de cauda, piano digital, etc.)

Muitas vezes, aquele profissional que não tinha considerado numa primeira fase, pode ser o caminho para juntar-se a Mozart, Beethoven, Bach e Schubert no que diz respeito a talento musical. Basta deixar-se convencer!

Precisa de um professor de Piano ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Laura

Apaixonada por comunicação sob todas as suas formas, sempre soube que faria dela minha profissão. Sempre com as palavras e as pessoas no centro, tenho o privilégio de já ter sentido o poder transformador desta área nalgumas das suas múltiplas dimensões: no jornalismo, em marketing e em comunicação empresarial.