Quantos de nós não gostariam de ter um corpo bem definido, com abdominais bem marcados, pernas e braços bem musculados e figura bem modelada? Quase todos gostávamos de encontrar a fórmula mágica para ficar assim de forma instantânea.

É senso comum que todos gostaríamos de estar na nossa melhor forma física (como seria bom que fosse fácil!), mas na maior parte das vezes esquecemos que para conseguir atingir esse objetivo, precisamos trabalhar com afinco e seguir determinadas restrições, nomeadamente alimentares.

Há inúmeras alternativas para que possa iniciar a sua jornada em busca da sua forma perfeita! Pode optar por desportos ao ar livre, tais como corrida, trekking, escalada, surf ou até mesmo parkour. Caso escolha atividades indoor, tem sempre os ginásios (certamente terá pelo menos um perto de si), as escolas de dança ou de artes circenses. Na verdade as opções são tantas que o difícil mesmo é escolher!

Aqui o que interessa mesmo é que tenha vontade de iniciar, e que consiga depois ter o foco de se manter no caminho rumo ao seu objetivo. Mas não pode fazê-lo de qualquer forma. O músculo carece de alguns cuidados para evitar que fique fragilizado e conduza a lesões mais sérias. Além disso, passar por esta tormenta não terá valido a pena porque um exercício mal executado, não só pode ter repercussões dolorosas no seu corpo, como não será eficiente no seu resultado. Terá sido apenas esforço e lesão em vão.

É esta a importância de preparar o seu corpo para a prática da atividade desportiva, iniciando sempre com o aquecimento muscular, para que o músculo fique apto para o esforço seguinte. Escute música ao longo do processo, vai ver que tudo melhora!

Todas as atividades beneficial do alongamento
Seja qual for a prática desportiva, o alongamento é absolutamente essencial. | fonte: Pixabay

É de igual importância também aplicar no final um alongamento, sem pressa, para que o músculo tenha a oportunidade de descomprimir e evitar passar por aqueles dias seguintes ao treino em que parecemos saídos do videoclipe Thriller de Michael Jackson!

Muitos de nós recordamos como era aborrecido nos tempos de escola ter de "perder" tanto tempo no final da aula de educação física a alongar os músculos, mas devemos na verdade estar gratos por ter sido dessa forma, pois lesões musculares doem a sério!

Seja a atividade de maior ou menor intensidade, seja alta competição ou uns breves exercícios, é sempre de valor aplicar estas regras: aquecer antes do treino, e alongar no final.

O seu personal trainer ao domicílio vai sempre incutir esta prática e não deixará que escape, pelo seu bem estar. É por isto que é importante fazer o treino com orientação, para garantir que não há esquecimentos que no final saem caros (em grau de dor!). É natural que na maior parte das vezes seja para si bem complicado seguir estas indicações, mas acredite, sem este cuidado, o potencial de se lesionar é enorme.

Prepare-se para correr
As corridas exigem a devida preparação. Não esqueça de alongar! | fonte: Pixabay

Todos os profissionais do desporto têm consciência da importância desta prática, e o seu personal trainer não será excepção. Ele vai insistir consigo para que a cada dia termine com uma boa sessão de alongamentos, e vai chegar a altura em que vai começar até a desfrutar deles!

Será mesmo indispensável fazer alongamentos?

Sempre! o seu corpo é composto por diversos grupos musculares, e cada um deles tem as suas especificidades. As estruturas musculares, quando não estão devidamente estimuladas e preparadas a receber o esforço físico, podem facilmente ser alvo de lesão. Ao trabalhar diferentes músculos, devemos ter o cuidado de alongar cada um deles. Parece confuso? O seu treinador vai tratar de simplificar tudo, com informações detalhadas à sua prática.

Ao alongar, vai estimular o aumento da sua flexibilidade, através do estiramento das fibras musculares. Ao fazê-lo, o seu músculo vai aumentar de comprimento e será naturalmente menos rígido. As articulações também beneficiam desta prática. São estimuladas em conjunto com os grupos musculares em ação, o que melhora a sua sensação de bem estar articular.

Mas devo aplicar os alongamentos apenas quando vou treinar? Não. A qualquer momento posso decidir fazer alongamentos, sem necessidade de os conjugar com qualquer outro esforço físico. Há até que opte por alongar antes de ir dormir, por forma a relaxar os músculos e com isso obter uma noite tranquila de sono.

Alongar em qualquer momento
Não necessita alongar apenas quando treina. Qualquer momento é bom para esticar os músculos! | fonte: Pixabay

É mais importante aquecer ou alongar?

Ambas devem ser incorporadas na sua prática desportiva. Pode até não ser consensual o momento em que alguns profissionais indicam para cada uma delas, mas o facto é que independentemente da ordem, elas devem ser usadas sempre as duas para melhorar a sua performance e minimizar o risco de lesões.

É por isso muito importante que escute as indicações do personal trainer da sua escolha, pois este será o profissional que vai estar focado em si e nas suas características particulares, e terá criado um plano único para proporcionar-lhe a melhor experiência possível. Será esta pessoa quem vai decidir qual o melhor momento para aplicar o alongamento e o aquecimento.

Estes exercícios vão contribuir para o seu bem estar geral e vai acabar por se sentir grato por tê-los feito. No início sentirá alguma rigidez muscular, e é normal. Mas não desespere! Treino após treino vai cada vez melhorando a sua elasticidade muscular e este momento passará a ser de prazer. Escutar uma boa seleção musical vai ajudar a que seja menos aborrecido alongar e aquecer!

Relativamente ao aquecimento, este serve para aumentar o fluxo da sua circulação sanguínea, fazer subida da sua temperatura corporal e deixar as articulações bem lubrificadas, o que por sua vez evitará lesões devido ao esforço físico num corpo "frio". Os movimentos nesta prática são repetitivos e com alguma intensidade, para que o seu sistema cardiovascular reaja.

Escolha a sua companhia
Um bom amigo é sempre uma boa companhia para o seu treino. | fonte: Pixabay

O alongamento por sua vez consiste em movimentos lentos, onde esticamos os músculos a exercitar, evitando sempre movimentos bruscos para não ferir a fibra muscular. Inicialmente pode ser um pouco desconfortável, mas com o passar do tempo vai sentir-se em modo relaxado quando executar estes exercício.

Fatores positivos do alongamento:

  • Melhoria do desempenho
  • Redução da dor muscular
  • Aceleração da recuperação
  • Redução de câimbras
  • Relaxamento muscular
  • Aumento da flexibilidade

Fatores positivos do aquecimento:

  • Redução do risco de lesão
  • Aumento de elasticidade muscular
  • Lubrificação de articulações
  • Benefícios cardiovasculares

Está portanto comprovado que os benefícios destas duas atividades vão ser o melhor para a nossa saúde e para o ótimo desempenho da atividade desportiva, então vamos cumprir com ambas sem desculpas!

Por vezes o problema é não compreendermos os reais benefícios das práticas que fazemos, e por essa razão desistimos com facilidade. O ser humano tem a tendência de deixar de fazer o que não compreende, por não lhe reconhecer benefício. Com esta explicação fica mais clara a importância para o nosso bem estar, da aplicação de cada um destes exercícios na nossa prática desportiva.

Como melhorar a eficácia da minha atividade física?

Agora que sabemos que é imprescindível aquecer e alongar no decorrer da sua prática desportiva, é preciso aplicar. Ninguém melhor que o seu personal trainer saberá o melhor momento para conjugar estas etapas com o seu plano de treino personalizado.

Pode por vezes sentir dúvidas da real eficácia destes esforços, mas quando começamos a conhecer um pouco mais o nosso corpo, rapidamente conseguimos compreender que leva o seu tempo, e devemos celebrar sempre as pequenas vitórias.

Há três tipos de alongamentos que pode explorar, e deve optar com base no aconselhamento do seu treinador, que será a pessoa que mais conhecimento tem da sua condição física, para perceber qual o que melhor se adequa a si.

Alongamento passivo:

Através da utilização de máquinas ou com a ajuda do seu treinador, este método implica a aplicação de força externa no alongamento dos músculos. Uma vez que não pode controlar por completo o processo, deve sempre fazê-lo com um personal trainer devidamente qualificado, nunca com pessoas sem formação! O risco de lesão é largamente expandido quando não é tecnicamente bem executado.

 

Alongamento ativo:

Pode realizá-lo de forma completamente autónoma ou com o acompanhamento do seu personal trainer.

Consiste nos movimentos onde se posiciona de forma a esticar por completo os seus músculos, de acordo com as posições que o seu treinador previamente lhe aconselhou. Siga as instruções cuidadosamente e verá que dia após dia os seus músculos vão ficando mais saudáveis.

 

Alongamento balístico:

Bastante técnico, apenas deve ser executado com supervisão e indicações muito específicas do seu personal trainer. Os movimentos são repetidos, mais rápidos e amplos, através da projeção dos membros de forma pendular. A finalidade é o aumento da flexibilidade, maioritariamente para desportistas que necessitam de força explosiva (potência e velocidade), como por exemplo um jogador de futebol.

Seja qual for o método, garanta que o alongamento é presença assídua no seu treino!

Precisa de um professor de Personal trainer ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Raquel

Apaixonada pela vida, e pela beleza das coisas. Acredito que há sempre espaço para saber mais, e que esse conhecimento a determinada altura nos é muito útil.