Portugal é uma nação com um património histórico e cultural bastante vasto. Para além de ser um dos países mais antigos do mundo, é rico na arte, na cultura e nas ciências. Orgulha-se de ser uma nação livre, moderna e democrática. Mas sabia que a nossa democracia é bastante recente? De facto, ainda nem passaram 50 anos desde a sua formação. Uma informação que deverá reter quer ande no 1º ciclo, 2º ciclo, 3º ciclo ou mesmo no ensino superior.

Antes da democracia existiu o Estado Novo, um dos períodos mais conturbados do passado português. Este regime ditatorial, também considerado a Segunda República Portuguesa, é um porto inevitável para quem estuda a história de Portugal, seja nas áreas da pesquisa e investigação de faculdade, ou num curso de ensino superior.

Conhecer este marco do nosso passado, em cursos de história, é essencial para perceber a nossa posição contemporânea e todas as relações internacionais. Saiba mais sobre o curso historia e o que precisa saber sobre República Portuguesa.

em Coimbra que Salazar se iniciou na vida política
Sabia que foi em Coimbra que Salazar se iniciou na vida política? | Fonte: Pexels

Se estiver prestes a fazer uma prova de ingresso para a universidade, ou se apenas pretende melhorar a sua nota de licenciatura antes do final do semestre, deverá começar a ter já o apoio de um professor de história da Superprof. Descubra toda a informação essencial sobre o Estado Novo.

Os melhores professores de História disponíveis
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Curso historia: caracterização da sociedade na Segunda República

Nos seus estudos ao longo de cada semestre, é importante saber que durante o Estado Novo, o povo português era um povo católico e conservador. O célebre lema “Deus, Pátria e Família” tornou-se o centro da filosofia salazarista e era difundido em grande escala pelo Secretariado de Propaganda Nacional, um organismo do estado bastante inspirado no fascismo da Itália. Certamente que durante os seus estudos ou mesmo através de algum familiar, já deve ter ouvido este lema!

A agricultura permanecia a principal atividade económica, mas devido à sua pouca produtividade, obrigava à importação de alguns alimentos, sobretudo cereais. A indústria era incipiente e os salários pagos aos operários eram muito baixos. É importante saber também mais sobre o curso de história e o sistema antes da república.

O país era muito pobre e com taxas de analfabetismo muito elevadas (perto de 75%), o que também impedia a votação. Também a mortalidade infantil tinha índices muito elevados.

Nas classes superiores, a vida era mais fácil. Em algumas casas, já existia rádio e telefone. Houve uma grande aposta na vertente cultural e na arte, sobretudo no cinema e na rádio, utilizados como ferramentas de propaganda ao modo de vida salazarista.

Gostaria de saber mais sobre os diferentes periodos da historia? Faça uma formação com uma professora de historia particular e aprenda tudo sobre a historia de Portugal, mas também a arqueologia, história medieval, património, ou a história contemporânea de Portugal.

Historia online ou presencial e os eventos marcantes da Segunda República

Num curso de historia, irá melhorar a sua formação e aprender mais sobre os principais eventos da Segunda República. Poderá até preparar-se ao longo de cada semestre para o acesso a alguma licenciatura de uma determinada universidade. Ou mesmo que ainda não esteja na etapa da preparação do acesso ao ensino superior, a pesquisa e aquisição de mais informação são essenciais!

Fique então a conhecer a apresentação de alguns dos principais eventos, depois de saber mais sobre o curso de historia e tudo sobre a Primeira República:

  • Ditadura Militar e Ditadura Nacional, que vigoraram entre 1926 e 1933. O desencanto pela política e os problemas sociais vividos no pós-Primeira Guerra em Portugal levaram o povo a querer um governo que viesse resolver a crise generalizada que se fazia sentir. Isto criou condições para o crescimento dos adeptos de soluções autoritárias e, em 28 de maio de 1926, o general Gomes da Costa deu início, em Braga, ao golpe militar que iria por fim à Primeira República e instaurar a ditadura militar.
  • Constituição de 1933, que consagrou o Estado Novo e um regime nacionalista e antiparlamentarista. Esta constituição pôs fim à Ditadura Militar, consagrava os direitos e liberdades do povo e a separação dos poderes, além de eleições diretas para os cargos de chefia de Estado e de deputados à Assembleia Nacional. No entanto, a realidade seria bem diferente.
  • Segunda Guerra Mundial, que teve início no dia 1 de setembro de 1939 com a ocupação da Polónia pela Alemanha e terminou no dia 2 de setembro de 1945, com a rendição do Japão. Portugal manteve a neutralidade graças aos objetivos políticos de Salazar.
  • Eleições presidenciais de 1956, onde Américo Tomás venceu “o General sem medo” Humberto Delgado. Delgado foi uma voz ativa e corajosa contra o Estado Novo durante a sua campanha, tendo por isso ganhado um grande conjunto de seguidores entre o povo. Suspeita-se que a sua derrota tenha sido causada por ilegalidades no processo eleitoral. Vários historiadores consideraram estas eleições como “o início do fim” do regime salazarista.
  • Guerra Colonial, que durou desde 1961 até 1974. Com o fim da Segunda Guerra Mundial, surgiram nas diferentes colónias europeias da África e da Ásia movimentos de luta pela libertação nacional. Salazar recusa atribuir a independência às colónias portuguesas, o que faz desencadear o aparecimento de movimentos de libertação em Angola (MPLA), na Guiné-Bissau (PAIGC) e em Moçambique (FRELIMO). Em 1961 rebenta a guerra no norte de Angola, o que leva ao envio de tropas portuguesas para essa colónia. Cerca de 800 mil soldados foram enviados para este conflito, que só terminou com a Revolução de Abril de 1974.
A Revolução de Abril de 1974
A Revolução de Abril de 1974 viria a acabar com a ditadura em Portugal. | Fonte: Pexels

Quer continuar a sua pesquisa e investigação sobre a Segunda República? Trata-se do seu próprio património e a aquisição de toda a informação permitirá que compreenda melhor o mundo, mas também outras matérias como a arqueologia, história medieval, relações internacionais, história contemporânea de Portugal, filosofia ou até sobre o centro histórico do Porto, centro histórico de Guimarães ou centro histórico de Lisboa. Importante que saiba também tudo sobre o curso historia e a Terceira República.

Os melhores professores de História disponíveis
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Professora de historia e as personagens mais importantes da Segunda República

Com um curso história da arte ou um curso de historia, poderá aumentar o seu saber na área das letras e preparar o seu acesso e ingresso à licenciatura com que tanto sonhou. O conhecimento deverá fazer parte de qualquer pessoa.

Para aprofundar os seus estudos nesta disciplina das ciências sociais e humanas, saiba mais sobre as personagens mais importantes:

  • António de Oliveira Salazar, apelidado de “O Salvador da Pátria”, foi o fundador e a principal figura do Estado Novo. Foi chefe de governo entre 1932 e 1968, o que o torna o estadista que mais tempo esteve no poder em Portugal.
  • António Ferro, diretor do Secretariado da Propaganda Nacional, onde através da propaganda e publicidade ajudou a moldar a imagem cultural do Estado Novo. Foi comissário geral de exposições internacionais em que Portugal participou presidindo nesse mesmo ano à comissão geral dos centenários.
  • Aristides da Sousa Mendes, cônsul de Portugal em Bordéus que, desafiando ordens diretas de Salazar, concedeu vistos a milhares de refugiados internacionais que fugiam do terror do Holocausto da Segunda Guerra Mundial, salvando assim milhares de vidas humanas.
  • Humberto Delgado, o “General sem medo”, disputou e perdeu as eleições de 1958 contra Américo Tomás e contra o Estado Novo. Na sua campanha, quando perguntado sobre o que faria a Salazar se fosse eleito, responde “obviamente, demito-o!”. Suspeita-se que a sua derrota tenha sido causada por uma fraude eleitoral. É assassinado pela PIDE em 1965.
  • Américo Tomás, o último presidente do Estado Novo.
Com a Superprof, poderá ter aulas online
Com a Superprof, poderá ter aulas online de história e saber cada vez mais. | Fonte: Pexels

Estes são alguns nomes que deverá reter, quer esteja a preparar o ingresso em alguma licenciatura ou se encontre em outro ano de ensino. Mas poderá continuar a sua investigação para aprender mais das ciências humanas e sociais. Saiba mais sobre o curso de historia e as datas mais importantes da República Portuguesa.

Aulas de história: aprenda tudo sobre o sistema político da Segunda República

O Estado Novo alicerçou-se na Constituição de 1933, que consagrava os direitos e liberdades do povo e a separação dos poderes, além de eleições diretas para os cargos de chefia de Estado e de deputados à Assembleia Nacional. No entanto, a realidade seria bem diferente.

As eleições, além de não serem livres porque não existia apenas um partido, eram acompanhadas de muitas ilegalidades. As liberdades e direitos dos cidadãos podiam ser suspensos pela censura e pela polícia política (PIDE).

A Assembleia Nacional tinha um poder muito limitado, porque era o Presidente do Conselho, através do governo, que normalmente propunha as leis. Embora o poder executivo pertencesse ao Presidente da República, era Salazar que, exercendo os poderes de uma forma autoritária, se sobrepunha aos poderes do presidente.

Se possível, opte sempre por cursos de historia de arte em Lisboa ou qualquer outra cidade. Poderá aumentar o seu conhecimento, descobrir mais sobre a historia medieval, filosofia, história contemporânea de Portugal, historia moderna e muitos outros assuntos. Na Superprof, encontrará os melhores professores.

Professor de história: aprenda sobre economia e desenvolvimento da Segunda República

Após a instabilidade política da Primeira República Portuguesa e da situação social provocada por Portugal na Primeira Guerra Mundial, as condições de vida das populações degradaram-se: os salários não acompanhavam a inflação, o escudo estava cada vez mais desvalorizado e era enorme a perda do poder de compra.

António de Oliveira Salazar havia sido chamado para Ministro das Finanças em 1928 para resolver a situação financeira em que Portugal se encontrava. Rapidamente conseguiu resolver os problemas do país, através de um aumento de impostos, diminuição de salários e de um apertado controlo dos orçamentos.

Através da defesa do corporativismo procurou estabelecer o equilíbrio entre os interesses dos trabalhadores e dos patrões. Proibiu as greves e o direito de associação.

A ignorância é o pior inimigo de qualquer pessoa.
A ignorância é o pior inimigo de qualquer pessoa. Faça pesquisa, aprenda e saiba mais sobre o seu país. | Fonte: Pexels

Promoveu a autossuficiência do país para diminuir as importações e a dependência face ao estrangeiro, incentivando a exportação dos nossos produtos, muitas vezes à custa da fome e miséria das populações mais frágeis.

Mesmo que não pretenda entrar em cursos de letras de uma universidade/faculdade, o conhecimento nunca ocupa lugar. Filosofia ou história são matérias essenciais para compreender melhor o mundo que o rodeia. Por isso, a melhor decisão passará por investir em cursos ou num curso de historia da Superprof, onde encontra os professores mais competitivos do mercado.

Saiba mais sobre o Salazar.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Maria

Copywriter e Produtora de Conteúdo. Dirige o projeto dedicado à criação de conteúdo: Maria Escreve. Gosta de criar artigos que esclareçam as dúvidas e acrescentem valor aos leitores.