A história é uma disciplina muito importante no panorama de estudos em português. Uma boa nota no exame a história é meio caminho andado para conseguir o ingresso e o acesso a cursos de ensino superior de imensas universidades. É também relevante conhecer o património e o passado cultural do nosso país, para que possamos compreender melhor os fenómenos dos dias de hoje e obter uma maior cultura geral.

De facto, a história recente do nosso país – que desde o 25 de Abril é designada por Terceira República Portuguesa – ainda é objeto de investigação de faculdade, por apresentar em tão poucos anos uma evolução tão grande nas condições sociais e humanas dos portugueses.

O 25 de Abril continua a ser alvo de investigação
O 25 de Abril continua a ser alvo de investigação em alguma faculdade. Trata-se de algo ainda muito recente. | Fonte: Unsplash

Por isso, se pretende um apoio ao seu estudo antes da graduação, se quiser melhorar a sua nota de acesso a uma licenciatura, ou se pretende apenas acabar o semestre em cheio, é extremamente importante que invista em cursos de historia de arte em Lisboa ou em algum curso de historia mais geral.

Isso permitirá que invista na sua formação e adquira mais conhecimento sobre matérias muito variadas, como arqueologia, historia medieval, relações internacionais e todo o seu património cultural. Saiba mais sobre o curso de historia e tudo sobre a República Portuguesa.

Os melhores professores de História disponíveis
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Curso historia e a caracterização da sociedade da Terceira República

Nas vésperas da Revolução dos Cravos, Portugal era um país pobre e predominantemente agrícola. A situação da maioria das pessoas no campo era de miséria, o que levou a que muitos emigrassem sobretudo para a França.

A insatisfação existia também na classe militar que reivindicava uma solução política para a guerra em África.

A instabilidade política interna e as agitações sociais não permitiam o desenvolvimento agro-industrial necessário para que Portugal pudesse competir economicamente com os seus pares europeus, o que nos colocava numa situação de grande atraso face à Europa.

No entanto, a população ativa foi-se distribuindo gradualmente pelo setor terciário, o que fez diminuir o número dos que permaneciam ligados ao trabalho da terra ou até da indústria. Em 1994, 55% da população ativa já trabalhava no setor terciário, ao contrário dos 34% de 1970.

Com a estabilidade social e política do país, a sociedade foi-se desenvolvendo na vertente cultural, nas áreas das letras, da arte e das ciências. Em 1998, por exemplo, Portugal organizou a exposição internacional Expo’98 e viu um dos seus escritores, José Saramago, a vencer o Prémio Nobel da Literatura. Importante que conheça também o curso de história e o sistema antes da república.

O país acabou por se ir desenvolvendo a nível cultural
O país acabou por se ir desenvolvendo a nível cultural e assim tem continuado até à atualidade. | Fonte: Unsplash

Gostaria de obter um ensino de qualidade? Independentemente de estar a preparar o acesso a uma licenciatura de alguma universidade ou de ainda se encontrar no 1º ciclo, 2º ciclo, 3º ciclo, deverá começar já a investir em cursos ao longo de cada semestre.

Poderá aprender mais sobre a Terceira República, mas também sobre matérias como a arqueologia, historia medieval, relações internacionais, património cultural, centro histórico de Braga, centro histórico de Évora ou o centro histórico do Porto. Com o tempo, acabará por ver a sua cultura a melhorar ao longo de cada semestre. Invista na sua formação com a Superprof!

Curso historia online ou presencial e os eventos mais marcantes da Terceira República

No seu curso história da arte ou nos estudos sobre os diferentes periodos da historia, acabará por aprender sobre os eventos mais importantes. Na sua pesquisa, juntamente com o professor de história, descobrirá os seguintes marcos da Terceira República, depois de saber mais sobre o curso de historia e tudo sobre a Primeira República:

  • A Revolução dos Cravos, que aconteceu a 25 de Abril de 1974. A revolução aconteceu sob forma de golpe militar iniciado pelo MFA – Movimento das Forças Armadas, que derrubou o Estado Novo e nomeou uma Junta de Salvação Nacional, responsável pela imediata democratização da sociedade e pelo terminar da Guerra Colonial. Este movimento foi pacífico e contou com o apoio de vários regimentos militares e, sobretudo, do povo português.
  • Crise política de 1975, apelidada de “O Verão Quente” de 1975, devido à crescente instabilidade política que se fez sentir no pós-revolução. Partidos retiraram-se do governo, greves e manifestações fizeram-se sentir e o país chegou mesmo a estar perto de uma guerra civil. Só a 25 de novembro é que a situação se normaliza, com o cessar do PREC – Processo Revolucionário em Curso, onde António Ramalho Eanes teve um papel fundamental.
  • Constituição de 1976, que instaurou o regime democrático em Portugal e assegurou direitos como a igualdade perante a lei, a liberdade de expressão, o direito universal ao voto, bem como os direitos à saúde, segurança social, educação e greve.
  • Adesão à CEE – Comunidade Económica Europeia. Portugal integra a CEE, que evoluiu até se tornar a atual União Europeia, a 1 de janeiro de 1986, passando a ter acesso a fundos comunitários para desenvolver e modernizar o país. Estes fundos, em conjunto com a estabilidade política, permitiram que Portugal se pudesse desenvolver, tornando-se aos poucos a nação contemporânea que conhecemos hoje.
  • Expo’98, exposição internacional realizada em Lisboa em 1998. Reforçou o estatuto de Portugal no mundo como uma nação moderna, com a apresentação de várias obras de arquitetura, arte e da área das ciências.
  • Adesão à Zona Euro em 2002. O euro veio substituir o escudo, a moeda até então usada no território português.

Continue a sua investigação sobre a Terceira República com um professor da Superprof. Prepare deste modo o ingresso ao ensino superior e entre na licenciatura da universidade que tanto deseja. Sabe que até aprenderá matérias sobre filosofia, arqueologia, historia medieval, relações internacionais e outras? Tire um curso historia e saiba o essencial sobre Segunda República.

Leia o mais que posse e continue a estudar sobre a história.
Leia o mais que posse e continue a estudar sobre a história. Terá todas as ferramentas para compreender melhor o presente. | Fonte: Unsplash

A história acaba por ser uma área interdisciplinar e acaba por cruzar muitos outros saberes. Invista já num curso de historia com a Superprof e adquira toda a informação moderna que precisa.

Os melhores professores de História disponíveis
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Aprenda com professora de história, as personagens mais importantes da Terceira República

Nos seus estudos da Terceira República, também se irá deparar durante a investigação com personagens que se destacaram. Numa das ciências humanas tão importantes no mundo das letras, aprenda com a sua professora de historia os nomes mais importantes:

  • Salgueiro Maia, um dos capitães de abril, responsável por comandar as operações da Revolução de Abril no terreno.
  • José Afonso, mais conhecido por Zeca Afonso, foi um cantor, compositor e voz ativa contra o Estado Novo. A sua canção “Grândola, Vila Morena” serviu de senha no 25 de Abril, indicando que a revolução estava em curso. Ainda hoje está no centro dos nomes mais importantes da cultura nacional.
  • António Ramalho Eanes, o primeiro Presidente da República eleito democraticamente após a Revolução dos Cravos. Foi eleito em 1976, devido à sua contribuição no MFA e à sua liderança do comando que findou o “Verão Quente” de 1975.
  • Mário Soares, figural central da democracia portuguesa. Integrou grupos de oposição ao regime ditatorial, tendo sido várias vezes preso pela PIDE, deportado para São Tomé e Príncipe e exilado na França. Regressa a Portugal depois do 25 de Abril, onde serve como primeiro-ministro em 1983-85 e como Presidente da República entre 1986 e 1996. Foi um dos fundadores do Partido Socialista.
  • António Guterres, político português, que atualmente desempenha o cargo de secretário-geral das Nações Unidas.

Está a preparar o seu ingresso no ensino superior? Faça pesquisa no site da Superprof e leia a apresentação de cada um dos professores. Diminua a distância do conhecimento sobre o seu próprio país e o mundo com um curso de historia da Superprof. É importante saber mais sobre os cursos historia e as datas a conhecer da República Portuguesa.

Aulas de história e o sistema político da Terceira República

Como resultado das primeiras eleições livres para a Assembleia Constituinte, foi criada uma nova Constituição democrática que passou a vigorar em abril de 1976. Esta assegurava os direitos e liberdades dos cidadãos, que passaram a poder participar livremente nos processos de escolha dos seus representantes:

  • Presidente da República, que nomeia o governo conforme os resultados das eleições legislativas;
  • Governo, que exerce funções executivas e legislativas. Chefiado pelo Primeiro-Ministro, que escolhe os restantes membros do Governo;
  • Assembleia da República, eleita por sufrágio universal e responsável pelo poder legislativo;
  • Tribunais, que exercem o poder judicial.

Saber mais sobre esta disciplina das letras não é assim tão difícil… Saber mais sobre as ciências humanas e adquirir toda a informação essencial, permitirá que compreenda melhor a história contemporânea de Portugal. Prepare-se para entrar na faculdade da universidade que tanto deseja, com tudo o que precisa.

Professor história: economia e desenvolvimento da Terceira República

Logo após o 25 de Abril, o país continuava a demonstrar instabilidades políticas e sociais, agravada por problemas como greves, manifestações e ocupação de fábricas, que paralisaram muitos setores da economia.

As nacionalizações e a reforma agrária não trouxeram à sociedade os resultados esperados. A vinda de meio milhão de portugueses “retornados” das colónias, que agora eram independentes, agravaram o problema do desemprego.

A procura de soluções para estes problemas levou a que os políticos portugueses apresentassem um pedido de adesão à CEE, facto que viria a acontecer em 1986 e que abriu um novo ciclo na história económica do país devido aos fundos enviados a Portugal, indispensáveis ao desenvolvimento nacional.

Pesquise no site da Superprof pela melhor professora de história
Pesquise no site da Superprof pela melhor professora de história e comece já a aprender tudo o que precisa. | Fonte: Unsplash

Estes fundos permitiram a Portugal criar infraestruturas a nível dos transportes e comunicações, modernizar setores agrícolas e industriais, investir na formação profissional, entre outros. Portugal tem vindo a encarar o desafio da modernização, ainda que se encontre longe de se poder comparar com os países europeus mais desenvolvidos.

Depois de perceber melhor todo o contexto sobre a Terceira República, leia a apresentação de cada professor história e opte sempre pelo que ajudará a progredir na sua graduação.

Descubra mais sobre o nascimento de uma democracia no nosso país.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Maria

Copywriter e Produtora de Conteúdo. Dirige o projeto dedicado à criação de conteúdo: Maria Escreve. Gosta de criar artigos que esclareçam as dúvidas e acrescentem valor aos leitores.