Portugal é um país com quase 900 anos de história. Informação que poderá tirar em diversos cursos de historia de arte em Lisboa ou aprender em aulas de história mais abrangentes.

O seu património e cultura são ricos, alastrando-se ao longo de vários séculos e épocas distintas. Desde os primórdios do nascimento de Portugal até à era contemporânea, a nossa história continua a ser objeto de pesquisa e de estudos em cursos de letras e faculdade de ciências sociais e humanas. E quer saber o melhor? Existe ainda muita investigação por realizar…

De facto, uma boa formação em história é considerada essencial na área das ciências humanas. O acesso e ingresso à universidade em vários pontos do país requer o exame nesta disciplina como prova de ingresso. Por isso, é extremamente importante que se prepare ao longo de cada semestre e domine matérias como periodos da historia, fim da monarquia em Portugal, história contemporânea de Portugal, historia medieval, ou saiba mais sobre o centro histórico Viana do Castelo ou o centro histórico de Lisboa.

É também importante perceber a história do património português para entender os problemas da era moderna, sobretudo por causa da República, o atual sistema político de Portugal, ser relativamente recente. Mas sabia já existiram três repúblicas distintas? Ou que a Primeira República durou apenas 16 anos? Toda esta formação permitirá que aprenda mais sobre relações internacionais, arqueologia e estenda o seu conhecimento cultural. Muito importante que saiba mais sobre o curso historia e o que precisa saber sobre República Portuguesa.

O mundo é verdadeiramente fascinante.
O mundo é verdadeiramente fascinante. Mas será que conhece a história do seu próprio país? | Fonte: Pexels

Se pretende enriquecer o seu conhecimento sobre a República Portuguesa e a história cultural do nosso país, deverá investir num curso de historia com a Superprof. Seja porque deseja candidatar-se a uma licenciatura ou a outro ciclo do ensino superior, por estar a elaborar um trabalho de pesquisa ou de investigação, ou simplesmente por querer ampliar a sua formação nesta área.

O mais importante é que absorva toda a informação para aumentar a sua cultura geral sobre esta matéria!

Os melhores professores de História disponíveis
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Curso de historia e a caracterização da sociedade na Primeira República

Deverá aprender ao longo do semestre que a sociedade portuguesa da Primeira República estava dividida em classes:

  • a alta burguesia
  • a classe média
  • o campesinato (em Portugal era superior ao proletariado que caracterizava outros países europeus)

A principal fonte de rendimento era o trabalho agrícola. A maior parte da população trabalhava em atividades do setor primário. Saiba também mais sobre o curso de história e o sistema antes da república.

A população portuguesa era de, na primeira década do século XX, cerca de 5,9 milhões de pessoas. Nesta altura, a taxa de mortalidade era bastante elevada, sobretudo a taxa de mortalidade infantil.

A concentração demográfica fazia sentir-se essencialmente nas cidades de Lisboa e do Porto. A taxa de analfabetismo era muito elevada (69,7 % em 1911). Combater este problema foi uma das principais bandeiras sociais da Primeira República.

Foram criados os primeiros jardins de infância, foi instituída a escolaridade obrigatória e gratuita dos 7 aos 10 anos, criadas a universidade de Lisboa e do Porto e melhorado o ensino técnico, sobretudo ao nível da agricultura, comércio e indústria.

Se deseja entrar para a faculdade, comece já a aprender
Se deseja entrar para a faculdade, comece já a aprender todas as matérias essenciais com uma professora de historia. | Fonte: Pexels

Deverá investir no seu ensino e aprender mais em cada semestre sobre os diferentes periodos da historia do nosso país. Invista em cursos e nos seus estudos e garanta o ingresso no ensino superior, em alguma licenciatura de alguma universidade do seu interesse. No caso de se encontrar no 1º ciclo, 2º ciclo ou 3º ciclo, conte com um professor de história particular da Superprof para saber cada vez mais. Saiba mais sobre o curso historia e o essencial sobre Segunda República.

Aprenda com professora de história, os eventos marcantes da Primeira República

Este período do passado português ficou marcado por um clima de alta instabilidade política e de mudança cultural profunda. Eis alguns dos seus eventos mais relevantes que é importante reter nos seus estudos, especialmente se pretende o acesso a alguma universidade:

  • Implantação da República, em 5 de outubro de 1910. Foi o resultado de um apoio popular e espontâneo às ideias republicanas que levou José Relvas a proclamar a República a partir da varanda da Câmara Municipal de Lisboa.
  • Novos símbolos nacionais são adotados com a instauração da república em Portugal: uma nova moeda (o escudo), um novo hino (A Portuguesa) e uma nova bandeira (verde e vermelha, com o brasão de armas de Portugal ao centro).
  • Primeira Guerra Mundial, que teve início em 1914 e que terminou com a assinatura do armistício no dia 11 de novembro de 1918. Portugal participa neste conflito com o envio do CEP (Corpo Expedicionário Português) para combater ao lado dos Aliados no início de 1917. Apesar de ter ficado ao lado dos vencedores, Portugal perdeu milhares de vidas humanas na guerra, o que veio agravar as dificuldades socioeconómicas e a aumentar a instabilidade política.
  • Membro da Sociedade das Nações (SDN). Portugal fez parte deste organismo por ter ficado do lado vencedor na Primeira Guerra Mundial. Foi representado por Afonso Costa. Este organismo tinha como principais objetivos assegurar a paz entre os estados membros, defender o direito dos povos à autodeterminação e fomentar a cooperação a vários níveis.
Os melhores professores de História disponíveis
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gabriel
4,9
4,9 (12 avaliações)
Gabriel
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês cavadas
5
5 (16 avaliações)
Inês cavadas
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (30 avaliações)
Sandra
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Isabel
4,9
4,9 (7 avaliações)
Isabel
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (8 avaliações)
Filipa
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fabricio
5
5 (13 avaliações)
Fabricio
6€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Maria otília
5
5 (5 avaliações)
Maria otília
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Diana raquel
5
5 (6 avaliações)
Diana raquel
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Aulas de história e as personagens mais importantes da Primeira República

Conheça algumas das personalidades que estiveram no centro desta agitada época da história de Portugal, depois de saber mais sobre o curso historia e a Terceira República:

  • José Relvas, o republicano responsável por proclamar a república como sistema político oficial de Portugal, no dia 5 de outubro de 1910.
  • Manuel de Arriaga, o primeiro Presidente da República eleito.
  • Afonso Costa, figura controversa da Primeira República, foi ministro da justiça do governo provisório. Preparou e publicou algumas leis fundamentais da república, como por exemplo a da laicização do Estado.
  • Teófilo Braga, presidiu ao governo provisório da república e foi nomeado Presidente da República quando Manuel de Arriaga renunciou, em 1915.
  • Carolina Beatriz Ângelo, primeira mulher a votar em Portugal nas eleições de 28 de maio de 1911, por reunir todas as condições requeridas para o direito de voto (ter mais de 21 anos, saber ler e escrever, ser chefe de família). Apesar deste feito ter ressoado no mundo político europeu, através dos órgãos de informação internacionais, o direito ao voto das mulheres em Portugal não chegou a acontecer durante a Primeira República.
  • António José de Almeida, único presidente da Primeira República que conseguiu levar o seu mandato de quatro anos até ao fim.
Sabia que Lisboa acabou por ser o centro
Sabia que Lisboa acabou por ser o centro de muitos episódios da nossa história? | Fonte: Pexels

Gostaria de saber mais sobre estas ciências das letras? Mesmo que não pretenda tirar uma licenciatura nesta área, tudo o que aprender permitirá aumentar tudo o que sabe e dominar matérias como arqueologia, políticas internacionais, historia medieval, filosofia, historia moderna, história contemporânea de Portugal, historia da arte, entre outras matérias.

Professor de história e o sistema político da Primeira República

O que poderá também aprender no ensino é que a organização dos poderes, segundo a Constituição de 1911, legava ao poder legislativo a predominância sobre o poder executivo. Esta constituição instituiu uma República democrática parlamentar que consagrava o regime parlamentar, a soberania da nação e a divisão tripartida dos poderes:

  • Poder legislativo, pertencente ao Congresso ou Parlamento;
  • Poder executivo, dividido pelo Ministério (que possuía funções de governação e era nomeado pelo presidente) e pelo Presidente da República (funções representativas);
  • Poder judicial, correspondente aos tribunais.

Este sistema acabou por ser caracterizado por lutas entre o Governo, a Igreja Católica e mesmo entre os republicanos, maçons e carbonários. Para ter uma ideia de todas as convulsões que existiram durante este período:

  • 7 parlamentos
  • 8 Presidentes da República
  • 45 Governos
  • 40 chefias do Governos
  • 2 presidências do Ministério que não chegaram a tomar posse
  • 2 presidentes do Ministério interinos
  • 1 junta constitucional
  • 1 junta revolucionária
  • 1 ministério investido na totalidade do poder executivo

Gostaria de continuar a sua investigação sobre a Primeira República? Invista num curso historia e continue a aprender. Poderá depois complementar com matérias relacionadas com a arqueologia ou historia medieval e encurtar cada vez mais a distância do verdadeiro conhecimento. Tenha também atenção aos cursos historia e as datas a conhecer da República Portuguesa.

Curso historia: economia e desenvolvimento da Primeira República

Quer esteja já na faculdade ou ainda a preparar-se, saiba já que a Primeira República sofreu de uma profunda instabilidade política, agudizada com as dificuldades resultantes do pós-Primeira Guerra Mundial que agravaram a situação nos níveis económicos e sociais do país.

A economia era marcada pela fraca produção agrícola e industrial e por uma forte inflação no preço dos produtos, o que desequilibrou a balança comercial. As condições de vida da classe operária eram degradantes e os sucessivos governos não conseguiam responder às várias faces da crise. A agitação social aumentava entre os portugueses, que queriam uma governação mais forte.

O crescimento do PIB para este período terá estado próximo dos 2% ao ano. Tínhamos também elevados níveis de emigração e uma estagnação da população ativa.

As dificuldades financeiras eram, sem dúvida, um dos mais graves da I República. O equilíbrio orçamental, a dívida pública e a desvalorização da moeda alimentavam imensas discussões.

Com a Superprof, poderá poupar dinheiro ao investir no acompanhamento personalizado.
Com a Superprof, poderá poupar dinheiro ao investir no acompanhamento personalizado. Encontra os professores mais competitivos do mercado. | Fonte: Pexels

Tudo isto veio ameaçar a continuidade da Primeira República, que acabou por ser findada pelo golpe militar de 28 de maio de 1926, iniciado pelo general Gomes da Costa. Mais tarde, em 1928, o general Óscar Carmona assume funções de Presidente da República. Posteriormente, em 1933, é aprovada uma nova constituição que estabelece o regime do Estado Novo.

A melhor maneira de continuar a aprender e a solidificar os seus conhecimentos, passa por investir num curso de historia da Superprof. Não espere mais e invista na área das letras!

Aprofunde os seus conhecimentos e saiba tudo sobre a queda da Primeira República.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Maria

Copywriter e Produtora de Conteúdo. Dirige o projeto dedicado à criação de conteúdo: Maria Escreve. Gosta de criar artigos que esclareçam as dúvidas e acrescentem valor aos leitores.