A língua japonesa é uma das línguas menos faladas em Portugal, talvez pela distância geográfica, pela distância cultural que existe entre a nossa e a cultura japonesa ou até numa coisa tão simples como as letras do alfabeto japones.

Ser professor de japones, pode ser a vocação de alguns, enquanto que para outros não passa de um sonho mas, existem poucos professores com habilidade, conhecimento ou certificação para darem aulas de japonês. A língua japonesa é como “um mercado por explorar”, existem imensas oportunidades profissionais e esse é um dos motivos que leva a maior parte dos alunos a quererem aprender japones!

Mas muitos, quando se deparam com as primeiras dificuldades, acabam por desistir deixando um possível futuro brilhante pela frente. Para evitar que estas situações aconteçam, os professores de língua japonesa deverão, como já referimos, ter um vasto conhecimento da língua japonesa, assim como da escrita japonesa mas, além disso, ter a sensibilidade de conseguir perceber que todos os alunos são pessoas diferentes e que cada um deles tem necessidades diferentes. Enquanto que para uns bastará apenas uma aula de japonês para aprenderem os numeros em japones, enquanto que para outros esta tarefa poderá ser mais complicada e serem precisas mais aulas ou mais horas para conseguirem compreender.

A paciência, capacidade de adaptação, compreensão dos pequenos sinais dados pelos alunos e principalmente, saber ouvir os alunos conseguindo personalizar as aulas de japonês a cada um, com o objetivo de fazê-los aprender japones, são qualidades importantes num bom professor de japones!

A plataforma que conecta profes particulares e alunos
1ª aula grátis!
Ricardo
4,9
4,9 (13 avaliações)
Ricardo
Japonês
12€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (12 avaliações)
Mariana
Japonês
14€
/h
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (9 avaliações)
Joana
Japonês
20€
/h
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
Japonês
15€
/h
1ª aula grátis!
Glória
5
5 (1 avaliações)
Glória
Japonês
20€
/h
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
Japonês
15€
/h
1ª aula grátis!
Bruno
5
5 (1 avaliações)
Bruno
Japonês
15€
/h
1ª aula grátis!
Felipe
5
5 (1 avaliações)
Felipe
Japonês
10€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
4,9
4,9 (13 avaliações)
Ricardo
Japonês
12€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (12 avaliações)
Mariana
Japonês
14€
/h
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (9 avaliações)
Joana
Japonês
20€
/h
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
Japonês
15€
/h
1ª aula grátis!
Glória
5
5 (1 avaliações)
Glória
Japonês
20€
/h
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
Japonês
15€
/h
1ª aula grátis!
Bruno
5
5 (1 avaliações)
Bruno
Japonês
15€
/h
1ª aula grátis!
Felipe
5
5 (1 avaliações)
Felipe
Japonês
10€
/h
Ver todos os professores>

É importante que mais pessoas sejam capazes de falar a língua japonesa!

Seja para se fazer uma tradução japones portugues, seja para trabalhar na área turística, para conseguir comunicar com empresas japonesas ou até para trabalhar na embaixada japonesa, é importante que mais pessoas sejam capazes de falar a língua japonesa.

Para que um país se possa desenvolver, como tem sido há milhares de anos, as comunicações, trocas de informação, descobertas e estudos científicos é importante que existam pessoas capazes de comunicarem com pessoas de outras nacionalidades e os japoneses trouxeram-nos muito nestes campos.

Mas, ao mesmo tempo, o lazer é também uma parte crucial na vida de um ser humano e os japoneses trouxeram-nos também elementos de lazer que muitos adoram e não imaginam a própria vida sem isso, falamos do cosplay, que muitos jovens utilizam como passatempo e sentem uma verdadeira paixão, os anime japoneses que alegram as tardes e noites de tantas crianças, jovens e até adultos!

Dar aulas de japonês
Dar aulas de japonês é também falar sobre os vários pontos da cultura japonesa | Fonte: Pexels

O Japão, é actualmente uma das grandes potências financeiras mundiais e ao mesmo tempo, é um dos países mais avançados a nível tecnológico e científico. São centenas de estudos feitos no Japão e muitos deles não têm ainda tradução japones portugues, embora muitos deles estejam escritos em inglês, existe muito mais informação importante que pode não estar a chegar a toda a gente precisamente pela barreira linguística.

Demos este exemplo para mostrar que a língua japonesa não é apenas importante para os estudiosos das humanidades, da história japonesa e para os professores de línguas, a língua japonesa é importante em qualquer área que exista!

Mas, esta dificuldade e barreira linguísticas poderão ser amenizadas com a existência de uma maior quantidade de pessoas capazes de fazer tradução japones portugues, existe muita literatura japonesa que poderíamos aproveitar, mesmo na área da medicina. Uma pessoa capaz de dar aulas de japonês, seja por experiência ou por ter feito cursos de formação, poderá ajudar a ultrapassar esta falha que existe.

Ainda sobre os tradutores, quantas pessoas não são apaixonadas por anime japoneses mas não podem ver certos anime japoneses pois não falam a língua japonesa nem a inglesa que normalmente é a língua utilizada nas legendas? Ao mais pessoas serem capazes de falar japones, levarão a que ainda mais pessoas possam ter contacto com esta tão rica e bela cultura milenar que é a cultura japonesa tradicional.

O que fazer para ensinar e dar aulas de japonês?

Para dar aulas de japones, como já referimos, a vocação, a vontade, a paciência e a capacidade de adaptação são essenciais para que os alunos se sintam bem acompanhados e confortáveis na presença do seu professor. O professor será também como um local seguro e de confiança e alguém a quem os alunos poderão recorrer no caso de existir qualquer dúvida ou questão, mesmo depois de terminarem o curso de japones!

O professor, deverá evitar que os seus alunos fiquem com dúvidas ou questões, estas devem ser vistas e revistas até que desapareçam. Em qualquer disciplina, não só nas aulas de japonês, caso haja alguma dúvida que persista e o aluno não a consiga compreender, será o início de um caminho para a desistência de conhecer a escrita japonesa. A desmotivação e a autoestima começar a baixar poderão ser causados por dúvidas que estejam presentes durante demasiado tempo e um professor que veja isto acontecer e não se esforce por encontrar outra forma de explicar, acabará por também colocar o seu sucesso em causa.

O sucesso dos professores é feito do sucesso dos seus alunos!

estudar para o curso de japones
Para ser professor de japones, deverá percorrer um longo percurso com muito estudo | Fonte: Pixabay

Depois, o professor, deve saber ensinar a língua japonesa, saber a melhor forma e a ordem para um melhor planeamento das suas aulas de japonês e seguir esse planeamento. Para ensinar japones ou para dar explicações para alunos que frequentem um curso de japones, não precisará de ter um certificado de professor, basta que domine a língua japonesa, saiba identificar e ultrapassar as dificuldades dos alunos, explicando de várias formas, as vezes que forem precisas.

Mas, se neste momento dá explicações de japones e quer no futuro dar aulas num curso de japones numa universidade ou num instituto, poderá fazer a formação para o ensino de língua japonesa que encontrará nas várias universidades portuguesas do Porto, de Coimbra e de Lisboa.

Mas, com conhecimento e experiência em dar aulas de japonês, poderá manter-se como professor particular, ensinar tudo o que sabe aos alunos, seja a escrita japonesa, todas as palavras em japones, os verbos e tempos verbais, acompanhá-los até ao último nível e no final, dar as instruções necessárias para que estes possam inscrever-se num exame na embaixada que os certificará com o nível de japonês em que se encontram. A certificação aos alunos não tem de vir do professor, o professor pode apenas guiar e acompanhar os alunos até esse passo.

Como dar as aulas de japonês nos vários locais possíveis?

Como é obvio, sendo professor particular e não tendo um local fixo ou destinado para das aulas de japonês, poderá fazê-lo em qualquer lugar onde ambos se sintam confortáveis. Existem várias opções:

  • Dar aulas de japonês em casa;
  • Ensinar a língua japonesa em casa do aluno;
  • Combinar a aula de japonês num café ou local público;
  • Ocupar um espaço de uma biblioteca pública e tornar esse o local das aulas de japonês;
  • Dar aulas de japonês online;
Dar aulas de japonês
Poderá dar aulas de japonês presencialmente, online, a nível particular e até em grupo | Fonte: Pexels

Todas as opções têm prós e contras, claro, sendo que os locais públicos poderão trazer mais factores de distração para os alunos e para o professor também. A aprendizagem da língua japonesa já é difícil por si só, se juntarmos barulho, pessoas a falar, pratos a cair, poderá ser um pouco mais complicado os alunos estarem atentos ao alfabeto japones.

No caso de dar aulas de japonês em casa ou na casa do aluno, o mesmo problema poderá acontecer, a menos que garanta um local específico para dar aulas, onde tenha a certeza que ninguém irá interromper ou fazer barulho enquanto está a ensinar japones.

No entanto, a melhor opção e a mais segura neste momento, é o ensino da língua japonesa à distância. À distância, tanto o professor como o aluno não têm de sair de casa, basta que se liguem um ao outro através de uma chamada de vídeo de preferência, com o microfone ligado. Além disso, ao dar aulas através da Superprof, disponibilizando o ensino à distância, mais alunos irão ter interesse e a possibilidade de receber mais pedidos de aulas é maior!

Ao dar aulas online, qualquer aluno de qualquer parte do país poderá assistir e isto significa que os conhecimentos de língua japonesa do professor conseguirão chegar mais rapidamente a todo o lado e também, que a retribuição financeira do professor será mais alta.

Ser um professor Superprof irá trazer mais alunos às aulas de japonês

Para garantir que a retribuição financeira do professor é mais alta ainda, publicitar as aulas de japonês nos locais certos é a chave para chegar a um grande número de pessoas interessadas em aprender japones!

Colocar anúncios online para aulas de japonês
Colocar um anúncio online no local certo, irá aumentar o número de alunos nas aulas de japonês | Fonte: Pexels

Locais online como a plataforma Superprof, que tem mais de 60.000 pesquisas por dia, poderão ser um bom local para conseguir chegar a mais alunos e começar a receber pedidos de aulas de japonês. A inscrição do professor na Superprof é completamente gratuita, devendo depois o professor criar um perfil, onde irá colocar:

  • O preço das suas aulas de japonês;
  • A experiência que tem no ensino do japones;
  • Se tem certificados e quais são, sendo de nacionalidade japonesa, claro, não precisará de provar o conhecimento de língua japonesa através de um certificado;
  • Como são as aulas, aulas de japonês online ou presenciais;
  • Qual a metodologia de ensino mais utilizada nas aulas?

Os alunos poderão fazer outras questões às quais poderá responder por mensagem ou então, oferecer a primeira aula gratuitamente para que todas essas questões sejam faladas e dúvidas tiradas. Oferecer a primeira aula é uma boa forma de os alunos terem mais interesse em conhecer o professor pois não estão a comprometer-se com o mesmo antes de o conhecerem.

Ensinar línguas é alargar horizontes e ajudar as pessoas a conhecerem um pouco melhor o mundo. Durante as aulas, não deve ser esquecida a rica cultura japonesa, que tem tanto de mágico como de intrigante.

Precisa de um professor de Japonês ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.