Ser professor de japonês é muito importante em Portugal por um motivo muito simples, existem muitos alunos a querer aprender e poucos professores aptos para ensinar a língua japonesa!

Antes de dar aulas de japonês, existem alguns passos muito importantes sem os quais, nenhum professor particular teria sucesso e um deles, passa pelo planeamento e estruturação de um curso de japonês.

Cada aluno que aparecer e pedir para aprender japones, será diferente, irá ter níveis de conhecimento diferentes e irá também ter objetivos diferentes e o professor deverá conseguir adequar-se a cada um dos seus alunos, garantindo sempre o seu sucesso na aprendizagem da língua e cultura japonesa!

Os melhores professores de Japonês disponíveis
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana
5
5 (2 avaliações)
Ana
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana
5
5 (2 avaliações)
Ana
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Decidir a periodicidade das aulas do curso de japones

Este é um passo importante para um bom planeamento das aulas de japones e depende também do horário do professor. Quantas aulas por semana sugerir a cada aluno?

Inicialmente e se o aluno estiver a aprender tudo do início, se não souber sequer o alfabeto japones, ter uma ou duas horas de aulas por semana poderá ser suficiente pois dará tempo para que os alunos estudem, compreendam e treinem tudo o que aprendem durante as aulas.

Aprender japones para comunicar com os japoneses
Não precisa de ter nacionalidade japonesa para dar aulas de japonês | Fonte: Pixabay

Para alunos um pouco mais experientes, que consigam já conversar além do olá em japones, manter as mesmas horas semanais pode ser o ideal mas, caso algum aluno tenha um exame ou um teste de japones no curso de japones ou se queira preparar para um exame de competências linguísticas, o tempo de horas de aulas de japonês por semana deverá aumentar para permitir uma boa preparação!

Definir os horários com os alunos que querem aprender a língua japonesa

É impossível fazer um bom planeamento de aulas de japonês sem pensar nos horários.
Chegará um momento em que serão tantos os alunos e tantos os pedidos que deverá ter cuidado para não marcar duas aulas sobrepostas à mesma hora, uma agenda pode ser a maior aliada de um professor particular! Para garantir que tudo correrá bem, conhecer bem os alunos, conversar com eles acerca dos seus horários e rotinas poderá facilitar o momento da marcação das aulas seguintes.

Caso o aluno tenha dias fixos com umas horas livres, essas deverão ser aproveitadas para as aulas de japonês, caso o professor, tenha o mesmo horário livre.

Se decidir dar aulas de japonês em casa, deverá ter um local à parte, uma sala ou um quarto equipado com secretária, quadro e outro material necessário, que seja silencioso e onde não hajam interrupções. Dar aulas de japonês ou de outra disciplina qualquer requer que o professor esteja calmo e concentrado, assim como os alunos, de outra forma, não conseguirão aprender e compreender o que está a ser ensinado e a língua japonesa para iniciantes, pode ser bastante difícil, toda a concentração é pouca!

Os melhores professores de Japonês disponíveis
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana
5
5 (2 avaliações)
Ana
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (20 avaliações)
Ricardo
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (10 avaliações)
Joana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (9 avaliações)
Carolina
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Masafumi
5
5 (4 avaliações)
Masafumi
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana
5
5 (2 avaliações)
Ana
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Ensinar primeiro os nomes japoneses ou os numeros em japones?

Se ao longo da aprendizagem da língua japonesa decidiu que ia ser professor de japones, certamente fez uma formação superior que desse habilitação para dar aulas de japonês nessa formação, o planeamento das aulas de japonês deverá ter sido referido, mas, a realidade é que tudo irá depender da velocidade e da capacidade que o aluno tem para aprender uma língua nova como a língua japonesa.

Não existem grandes diferenças entre aprender primeiro nomes japoneses sejam eles de objetos ou de pessoas ou então os numeros em japones. Acreditamos que o ponto em que todos concordamos é que o alfabeto japones deverá ser ensinado antes de se iniciar o conhecimento de palavras em japones.

Cultura japonesa presente em Viseu
Ensinar a escrita japonesa pode ser o primeiro grande desafio das aulas de japonês | Fonte: Pixabay

Se por outro lado, não tem uma formação superior que o certifique para dar aulas em escolas, universidades ou institutos, poderá na mesma ser professor particular de japones.

Quer seja de nacionalidade japonesa, quer seja fluente em japones através de anos de estudo e muita prática, ser professor particular de japones obriga apenas a que saiba realmente a língua e que consiga ensinar os possíveis alunos a aprenderem a língua japonesa.

Sendo este o caso, relembrar as primeiras aulas de japonês, rever os cadernos com os apontamentos e iniciar pela mesma matéria, pode ser uma boa ideia, tendo já passado por isso, poderá até conseguir compreender as dificuldades dos alunos. Caso no momento em que estava a aprender japones tenha sentido que talvez fizesse mais sentido aprender por exemplo os numeros em japones do que os nomes japoneses, adaptar o curso de japones que irá lecionar da forma que achar que faz mais sentido, será o mais acertado a fazer.

Muitos alunos procuram um professor particular de japones porque não conseguem compreender a matéria que estão a aprender no curso de japones que estejam a frequentar ou então porque decidiram aprender sozinhos e depois de vária informação encontrada, as dúvidas começaram a aparecer e a ajuda é necessária neste ponto. Irão aparecer alunos de todos os géneros e tipos, é importante estar preparado para isso!

Dar aulas de japonês didáticas e ensinar sobre a cultura japonesa

Ensinar japones não é só ensinar a língua japonesa, existe muito mais do que isso. Quando conhecemos uma nova língua, a cultura desse país deverá também ser aprendida ou pelo menos, conhecida para que tudo se encaixe a faça mais sentido.

A cultura japonesa é portanto, algo que deve estar incluído nas aulas de japonês. Não é preciso dedicar uma aula inteira a isso mas, se for ensinando ou contando factos interessantes acerca não só da cultura japonesa mas da cultura asiática, os alunos irão ficar deslumbrados, motivados e felizes com as suas aulas e um aluno que queira aprender japones, tem de ser motivado mas, com aulas de japonês diferentes e interessantes, ainda mais motivado irá ficar.

Se em algumas aulas permitir que hajam conversas não só sobre a cultura japonesa tradicional mas também sobre a cultura pop, os anime japoneses, o cosplay, gaming e mangas, que são coisas imensamente fascinantes para pessoas de todas as idades, as aulas tornar-se-ão um local ainda mais adorado, onde os alunos se sentirão mais confortáveis.

Aulas de japones
Utilizar assuntos que interessam os alunos como cosplay, que faz parte da cultura japonesa pop, é uma boa forma de motivar os alunos | Fonte: Pixabay

Seguem algumas ideias de factos interessantes sobre o Japão que poderá usar para tornar as aulas de japonês ainda mais interessantes e motivar a que ainda mais alunos queiram assistir:

  • Combinar um almoço com gastronomia japonesa e contar-lhes acerca do aparecimento do sushi e como o verdadeiro sushi é feito. Ainda no almoço, os pauzinhos utilizados nas casas japonesas, servem também para comunicar e existem posições em que não devem ficar por ser considerado má educação;
  • O maior mercado de peixe do mundo é japones e fica em Tóquio;
  • Os famosos noodles adorados em Portugal, tanto por fãs de anime japoneses ou não, são vendidos em mais de 80.000 restaurantes e lojas no Japão! O ramen, é um dos pratos preferidos, assim como o sushi;
  • Embora associemos a calma, tranquilidade e o estado zen aos japoneses, o Japão é o país do mundo onde existem mais suicídios. A cultura japonesa desenvolveu-se ao longo dos milénios e hoje em dia, os japoneses seguem uma rotina exigente e a exigência sobre eles é enorme;
  • No Japão, as semanas de trabalho não são como as nossas, eles trabalham o dobro das nossas estipuladas 40 horas semanais;
  • A pontualidade é uma parte intrínseca da cultura japonesa, assim como o respeito pelo próximo e pela natureza;

Se um dos alunos referir uma viagem a Japão ou demonstrar interesse em conhecer o país, poderá contar ainda mais sobre o comportamento apreciado na cultura japonesa e no país japones.

Inscrever-se na Superprof e ter milhares de visualizações todos os dias!

Uma boa e fácil forma de promover as aulas de japonês é através de plataformas ou anúncios online. Existem várias formas de publicidade, mas sem qualquer dúvida que o formato online dá menos trabalho e é mais económico.

Existem várias opções, mas, iremos falar e uma que além de ter milhares de alunos diariamente, é completamente gratuita para os professores: a Superprof!

ser professor particular dá muito trabalho mas é recompensador ensinar a língua japonesa
Ser um professor particular de japones Superprof e ter vários alunos novos | Fonte: Pixabay

Como referimos, a inscrição é grátis e poderá criar um perfil de professor, colocando todas as informações que achar mais pertinentes ou importantes para os alunos, contudo, temos algumas recomendações para que o perfil seja ainda mais visto, aumentando as hipóteses de receber mensagens de alunos interessados em aprender japones:

  • Ter um perfil completo, bem escrito, sem erros ortográficos;
  • Colocar uma fotografia no perfil;
  • Toda a informação profissional e académica relevante para a o ensino da língua japonesa deverá constar no perfil;
  • Ter um preço definido para as aulas de japones;
  • Indicar se as suas aulas de japonês são online, presenciais ou se está disponível para ambas;

Caso sejam presenciais, onde irão ser as aulas de japonês, se em casa do professor, em casa do aluno, ou num local público.

Existem várias formas de cativar os alunos mas o preço é o primeiro factor visto pelos alunos e por isso, oferecer a primeira aula ou fazer packs promocionais com um certo número de aulas, oferecendo uma delas poderá ser uma boa forma de se dar a conhecer aos alunos da comunidade Superprof!

À medida que for tendo mais alunos, gostando do trabalho e estando a ter bons resultados, esses mesmo alunos poderão comentar o perfil e também colocar uma avaliação de 1 a 5, indicando aos restantes utilizadores como é aprender japones com esse professor específico.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.