Existem vários professores de japones por todo o país, mas todos eles estarão habilitados a dar aulas de japonês em todos os sítios? Poderão dar um curso de japones no ensino superior?

Ser professor de línguas é uma profissão exigente mas, ser professor de japones consegue ser ainda mais exigente do que outras línguas por um motivo muito simples, quase ninguém fala japones, a língua japonesa é muito diferente da portuguesa e sendo assim, a desmotivação por parte dos alunos pode acontecer rapidamente, mesmo após iniciarem a aprendizagem do alfabeto japones.

Para ser professor de japones e poder lecionar num instituto ou no ensino superior, deve, além de ser fluente na língua japonesa, ter um certificado de professor de japones.

Os melhores professores de Japonês disponíveis
1ª aula grátis!
Ricardo
4,9
4,9 (17 avaliações)
Ricardo
12€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (12 avaliações)
Mariana
14€
/h
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (9 avaliações)
Joana
20€
/h
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
1ª aula grátis!
Glória
5
5 (1 avaliações)
Glória
20€
/h
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (1 avaliações)
Filipe
10€
/h
1ª aula grátis!
Bruno
5
5 (1 avaliações)
Bruno
15€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
4,9
4,9 (17 avaliações)
Ricardo
12€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (12 avaliações)
Mariana
14€
/h
1ª aula grátis!
Joana
5
5 (9 avaliações)
Joana
20€
/h
1ª aula grátis!
Hugo
5
5 (2 avaliações)
Hugo
15€
/h
1ª aula grátis!
Glória
5
5 (1 avaliações)
Glória
20€
/h
1ª aula grátis!
Claudia
5
5 (1 avaliações)
Claudia
15€
/h
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (1 avaliações)
Filipe
10€
/h
1ª aula grátis!
Bruno
5
5 (1 avaliações)
Bruno
15€
/h
1ª aula gratuita>

Esforço, dedicação e muito estudo da língua japonesa

Todas etapas ultrapassadas pelo professor de japones podem traduzir-se em longos anos da sua vida. Em todas estas etapas o trabalho será árduo, por vezes difícil e sempre com a sensação que há cada vez mais para aprender até que se consiga dizer fluente em língua japonesa.

Até para ensinar os alunos no início dos seus percursos pela aprendizagem do japones, o professor precisa de ter um total domínio da língua pois nunca se sabe quando é que um aluno vai fazer uma questão um pouco mais avançada que poderá deixar o professor numa situação complicada. O professor não é uma máquina logo, não saberá tudo mas, as frases em japones, a diferença entre o katakana e o kanji e outras questões do género, convém que saiba responder.

Estudo é essencial para conhecer a língua japonesa
O estudo é essencial para conhecer a língua japonesa | Fonte: Unsplash

Em Portugal existem vários locais onde poderá aperfeiçoar o conhecimento da língua japonesa, no entanto, são poucas as instituições de ensino superior que têm o curso de japones, portanto, se houver possibilidade de participar num programa de Erasmus ou então se fazer a inscrição para uma bolsa de estudo através da Embaixada do Japão em Portugal for uma opção, é uma grande mais valia para o currículo e irá trazer um grande desenvolvimento no conhecimento de língua japonesa e também sobre a cultura japonesa e as suas muitas e intrigantes tradições.

Caso nenhuma das opções esteja disponível, ver anime japoneses, filmes em japones ou até frequentar e trabalhar em locais turísticos frequentados por japoneses poderão ajudar a melhorar a compreensão do japones. Um domínio total da língua japonesa é essencial para dar um curso de japones.

Fazer um curso superior de formação de professores de japones

Na FLUP (Faculdade de Letras da Universidade do Porto), poderá fazer um exame de aptidão da língua japonesa e consoante o resultado que conseguir, poderá então fazer uma formação para professores de língua japonesa.

Tal como manda a lei, só poderá lecionar em institutos privados, instituições de ensino superior ou até de ensino secundário, apresentando este certificado, caso contrário, poderá dar aulas de japonês na mesma mas a nível particular, onde não lhe seja exigido nenhum certificado.

A verdade é que para passar todo o seu conhecimento de língua japonesa para os seus alunos, não precisa de ter este certificado, precisa apenas de:

  • Ser paciente;
  • Ouvir os alunos;
  • Conhecer muito bem a língua e o plano de estudos do aluno;
  • Saber identificar as maiores dificuldades;
  • Ter capacidade de se adaptar aos vários e diferentes alunos que irão aparecer.

Toda a experiência em frequência de aulas de japonês também deixou umas noções de como será a melhor forma de planear uma aula de japonês e como criar momentos de avaliação. Mas, caso prefira, poderá apenas ser professor de explicações e apoio a um curso de japones, embora, sabendo a língua japonesa possa ensiná-la, certificar nenhum aluno, claro.

ser professor japones
Ser professor de japones para ajudar os alunos com o curso de japones | Fonte: Pexels

No entanto, ao fazer um curso de formação para professores de japones, existe muita informação importante que irá aprender, como avaliar os alunos, como planear as aulas de japonês, que recursos existem para as aulas de japonês e como os utilizar, qual a matéria a abordar primeiro, se os numeros em japones ou se os nomes japoneses, qual o melhor local para dar aulas de japonês, entre muitas outras coisas.

Lidar com outros seres humanos, os futuros alunos, não será ensinado no curso pois isto será algo já inato a cada um, nem todos nasceram com facilidade em explicar e ensinar novas coisas a outros, enquanto que outros parecem ter nascido para ser professores!

Ter vocação para ser professor de um curso de japones

Claro que o trato e a relação humana não decidirá se consegue ou não passar a informação que pretende e prosseguir com as suas aulas de japonês mas, pode influenciar os alunos a desistirem das aulas, caso sintam que não são bem acompanhados ou que não são ouvidos pelo professor.

Quando um aluno contrata ou pede acompanhamento de um professor particular, espera poder ter o professor e a atenção do professor apenas para si durante o tempo estipulado de duração da aula de japones. Se o aluno sente dificuldades em pronunciar certas palavras em japones ou sílabas, espera que o professor tenha paciência suficiente e que o ensine até que consiga ter sucesso e se isto não acontece, o caminho do professor poderá tornar-se um fracasso e poderá levar os alunos a procurarem outro professor com outra metodologia de ensino da língua japonesa.

ter sucesso como professor de japones
Para ser um professor de sucesso, também os alunos deverão atingir o sucesso | Fonte: Pexels

Para tudo é preciso que haja vontade, determinação e no caso dos professores, um dom que lhes permita chegar ao outro de uma forma suave, sem parecer uma crítica destrutiva e efetivamente sem destruir a auto estima do aluno. Alunos com autoestima elevada são mais felizes mais motivados, conseguem ter mais hipóteses de terminar o curso de japones com sucesso do que os outros, quer provavelmente acabam por desistir desta tão preciosa aprendizagem da língua japonesa.

Se o professor reparar que um dos seus alunos começou a faltar às aulas, decidiu não trabalhar em conjunto com o professor e que perdeu o interesse pela língua japonesa, primeiro, o professor deve investigar o que se passa, tentando resolver o problema que exista dentro da aula de japonês e depois, poderá utilizar vários recursos para tornar as aulas de japonês mais dinâmicas, divertidas e atraentes aos seus alunos, sem nunca perder a vertente da aprendizagem.

Por Portugal existem imensos restaurantes repletos de gastronomia tradicional japonesa, existem lojas de anime japoneses, festas e festejos da cultura japonesa, museus com artefactos japoneses e muita escrita japonesa antiga, são imensas as opções que podem ser usadas por um professor para voltar a despertar o interesse do aluno pelas aulas de japonês, a chave é nunca desistir de um aluno, por mais difícil que possa parecer.

Como já referimos, o trabalho de um professor, seja a disciplina que for, não é fácil mas, é um dos mais recompensadores de sempre pois o aluno tendo sucesso, também o professor o irá ter!

Como ter mais alunos nas aulas de japones?

O essencial para dar aulas de japonês é: ter alunos que queiram aprender japones!

Sem ter alunos interessados e motivados, não irá ser possível dar as aulas de japonês e por isso, depois de planeado o curso, dominada a língua japonesa e as relações interpessoais, chega o último passo, como ter alunos de japones?

Se está no início do percurso de professor de japones, podemos dar umas dicas, tal como distribuir flyers perto de zonas onde hajam escolas e universidades, falar com amigos e família para que passem a palavra e ver se recebe algum contacto de um interessado em aprender japones, entre outras formas…

Mas, enquanto que estas podem ser dispendiosas ou não levar a lado nenhum, existem outras, online e algumas até gratuitas!

Dar aulas de japones online
Dar aulas de japonês online ou presencialmente? O professor decide! Fonte: Pixabay

Por exemplo, na plataforma Superprof, poderá colocar um anúncio a falar sobre as suas aulas de japonês, adicionando informação como:

  • A experiência profissional e académica;
  • Uma fotografia;
  • Qual é a metodologia de ensino da língua japonesa utilizada;
  • Qual é o formato utilizado para as aulas de japonês (online ou presencial);
  • Qual é o preço estipulado das aulas de japonês;

Entre outras informações que ache importante partilhar com os potenciais alunos! Na Superprof, existem mais de 60.000 pesquisas por cada dia e muitas delas são à procura de um professor de japones, tanto para aulas online como para aulas de japonês presenciais, embora nos últimos meses as maiores procuras tenham sido pelo ensino à distância e não presencial.

A inscrição de um professor na plataforma Superprof é completamente gratuita e poderá fazer os horários que decidir, não existe obrigatoriedade, além de saber falar a língua japonesa e saber a melhor forma para ensinar os nossos milhares de alunos!

Para tornar o perfil um pouco mais atrativo aos alunos, poderá ainda criar um pack promocional de aulas, atribuindo um valor com um pequeno desconto ou oferta de uma primeira aula que poderá aproveitar para ver o nível de conhecimentos sobre a língua japonesa esse aluno tem.

Precisa de um professor de Japonês ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.