É o seu sonho se tornar um professor de programação? Quer partilhar e desenvolver o seu conhecimento com alunos antes de adentrar ao mercado de trabalho? Deseja evoluir na profissão e ao mesmo tempo lecionar sobre o tema ao qual é apaixonado? Quer ser professor de programação?

O mercado da tecnologia dos dados e da computação web no nosso país mantém-se aquecido mesmo com a crise económica provocada pela pandemia e será possível encontrar muitos alunos em potencial que desejam entrar neste próspero, porém competitivo mercado, trabalhando para grandes empresas de desenvolvimento.

Antes de iniciar a introdução às suas aulas ou os seus cursos, conheça melhor os detalhes sobre como dar aulas de programação informática em Portugal, os seus benefícios e a importância desta aprendizagem.

Neste artigo vamos expor os sítios ideais para que lecione o seu curso, a introdução à matéria da melhor maneira e para que potencialize a capacidade de aprendizagem dos seus alunos, se utilizando dos locais para as aulas, sejam online ou presenciais.

Caso já tenha uma grande experiência prévia com curso online ou mesmo se já deu cursos de programação e sistemas, poderá simplesmente enviar o seu currículo para escolas de tecnologia ou universidades. Contudo, saiba distinguir o nível das suas habilidades antes desta empreitada, ou até mesmo, dê aulas particulares para alunos mais iniciantes.

Os melhores professores de Programação disponíveis
1ª aula grátis!
Rui
4,9
4,9 (12 avaliações)
Rui
22€
/h
1ª aula grátis!
Gonçalo oliveira
5
5 (7 avaliações)
Gonçalo oliveira
10€
/h
1ª aula grátis!
João
5
5 (21 avaliações)
João
15€
/h
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (11 avaliações)
Tomás
16€
/h
1ª aula grátis!
André
5
5 (11 avaliações)
André
25€
/h
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
8€
/h
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
1ª aula grátis!
Iohan
5
5 (3 avaliações)
Iohan
8€
/h
1ª aula grátis!
Rui
4,9
4,9 (12 avaliações)
Rui
22€
/h
1ª aula grátis!
Gonçalo oliveira
5
5 (7 avaliações)
Gonçalo oliveira
10€
/h
1ª aula grátis!
João
5
5 (21 avaliações)
João
15€
/h
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (11 avaliações)
Tomás
16€
/h
1ª aula grátis!
André
5
5 (11 avaliações)
André
25€
/h
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
8€
/h
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
1ª aula grátis!
Iohan
5
5 (3 avaliações)
Iohan
8€
/h
1ª aula gratuita>

Existem escolas especializadas em programação em Portugal?

Sim, é possível ensinar numa escola de programação e desenvolvimento em Portugal. Lisboa se tornou um grande hub para o desenvolvimento de novas de tecnologias e sistemas, o mais importante polo tecnológico de nosso país e podemos dizer que hoje é uma das cidades que mais investe na Europa.

Além dos bootcamps mais interessantes do continente, algumas escolas como a Academia de Código, com sede em Lisboa, estão à procura das mentes brilhantes para aprenderem a programar, e claro, precisarão de mentes brilhantes para lecionar também a arte dos dados.

A escola tem como característica a procura de talentos que vêm de outras áreas do conhecimento e da ciência da computação, que talvez possam estar desempregados nesta altura. O Code For All é curso intensivo de 14 semanas e ainda mais 650 de imersão na computação em diferentes cidades portuguesas.

No penúltimo capítulo, encontra um link com acesso às melhores escolas e bootcamps da Europa. Continue a ler para saber o que é necessário para dar cursos!

Códig, code, coding
Neste artigo saiba quais são os sítios adequados para dar aulas de programação. | Fonte: Unsplash.com

Como saber se o professor está preparado para dar aulas de programação numa escola?

O próximo passo é reconhecer o seu mérito em relação aos conteúdos e os aspetos que ainda precisa evoluir para se tornar um professor bem sucedido nas linguagens informáticas. Para dar aulas num sítio e num curso numa escola de computação serão necessários requisitos objetivos e subjetivos:

  • Muitas horas de coding;
  • Experiência em desvendar o coding de grandes empresas e sites;
  • Analisar erros e bugs dos sites e apps;
  • Sempre manter-se atualizado;
  • Ter o conhecimento de diversas linguagens, como: Java, Javascript, Python e C;
  • Ter conhecimento em conteúdos como: criar e desenvolver para web, www, html, php e CSS;
  • Criar e desenvolver um site, jogo e/ou aplicações para web;
  • Experiência nos bootcamps ao programar um site ou um jogo;
  • Estar em contacto com os principais conteúdos de fóruns e comunidades;
  • Estar informado sobre a evolução da tecnologia.

Tanto para dar aulas quanto para trabalhar numa empresa na área da informação, computação de dados, é preciso, claro está, ter um elevado conhecimento técnico, afinal, estamos a tratar de uma matéria das mais exatas que podem existir.

Ou seja, prepare a sua aula com atenção e com antecedência! Se tiver a desenvolver uma lógica de ensino para uma determinada linguagem informática, já terá um bom start para que se torne um explicador na internet.

Alunos iniciantes, adolescentes e até mesmo miúdos, começam já a se aventurar pelo mundo dos dados e da programação, podendo precisar da ajuda de uma pessoa mais experiente, para que comecem do básico nos objetos a serem estudados e que se tornem bons programadores.

É possível programar boas lições para o curso. Presenciais e individualizadas, que vão ao encontro das necessidades do conteúdo básico e das dificuldades que um aluno iniciante poderá enfrentar nesta ciência. No próximo tópico, vamos explorar como dar aulas presenciais e como esta lógica poderá facilitar a absorção por parte do seu aluno.

É possível dar aulas de programação fora do ambiente virtual?

Para as aulas de programação utilizará, predominantemente, ferramentas do ambiente virtual, como é fácil perceber. Contudo, saiba que é possível programar lições presenciais, fora do ambiente virtual com os seus alunos. Muitos sítios poderão se adequar à suas aulas para que o professor esteja disponível:

  • A casa do aluno;
  • A casa do professor;
  • Uma esplanada;
  • Um café;
  • Uma sala de reunião.

Esteja sempre disponível! O que se faz imprescindível nestas situações é saber da capacidade do seu computador portátil e, claro, marcar a sua aula num sítio que tenha uma boa conexão à internet, afinal, poderá dar aulas num ambiente externo, porém nunca sem os materiais necessários para a aprendizagem da programação.

Computador para aulas
O seu computador deverá estar em ordem para as aulas à distância ou presenciais, seja qual for o sítio. | Fonte: Unsplash.com

Quando pensamos nas reuniões presenciais, devemos adicionar mais recursos essenciais paras o curso de programação, ferramentas físicas, que deverão nos acompanhar. Ao dar aulas na casa do aluno, o professor deverá investir, além do computador, numa boa mochila para transportar a máquina com segurança.

Atualmente os sítios virtuais, principalmente para aulas de dependem muito duma tecnologia específica, são lecionado à sua máxima potência nos sítios de ensino virtuais. No próximo capítulo, veremos quais são as ferramentas que potencializam estes sítios virtuais.

Quais são os sítios virtuais para o curso de programação

Os principais sítios online para as aulas de programação, além de ajudarem o professor na transmissão do seu conhecimento ao aluno, são também fonte de inspiração para os futuros programadores.

Sabemos que nos últimos dois anos, mais acentuadamente nos anos de pandemia, as tecnologias da comunicação à distância evoluíram muito e isto se deve graças ao trabalho de incansáveis programadores e desenvolvedores.

Analise junto ao aluno qual das plataformas têm a melhor relação com o usuário na internet. Qual das aplicações têm o melhor design? Qual delas têm a melhor acessibilidade? As aplicações são intuitivas e fáceis de usar? Quais são os melhores sites para navegar na internet?

Então, as principais aplicações: Whatsapp, Microsoft Teams, HangOuts, YouTube, Facebook, LinkedIn, Zoom ou Skype, além de proporcionarem o sucesso das aulas à distância, neste caso, são fonte de estudos para professores e alunos.

Código das empresas
Como deve ser o código das principais aplicações da comunicação à distância? | Fonte: Unsplash.com

As redes sociais também servem para o aluno aprender, vídeos no YouTube, conteúdos no Facebook ou no LinkedIn, são muitas vezes gratuitos, basta fazer o acesso à sua conta e já está.

Professores e alunos de programação encontram na net um vasto conteúdo sobre o tema e mais. Sabemos que os programadores são uma grande comunidade que partilha o mesmo estilo de vida e paixão.

As novas descobertas, as melhorias nos sistemas, da linguagem e as resoluções de bugs somente acontece quando o programador está de facto em contacto com está comunidade, recebendo a ajuda de milhares de programadores ao redor do mundo.

Sendo assim, os bootcamps, fóruns e comunidades na net são dos  melhores sítios para ensinar ou aprender a arte da programação.

Apresente as principais escolas e bootcamps da Europa ao seu aluno

Os bootcamps, os fóruns, o convívio com a comunidade formam o melhor ambiente para aprender, e mais: deve saber que existe um estilo de vida integrado à esta profissão, como se a programação fosse um idioma que somente quem faz parte da comunidade domina; e é mesmo o caso ao pensarmos nestes códigos idiomáticos: www, html, php, python, css, c++, c, java, javascript, web. Percebe a linguagem do programador?

Veja neste artigo as melhores escolas e bootcamps de programação da Europa e fique por dentro dos maiores eventos de imersão na programação do nosso continente. Durante os bootcamps, o seu aluno potencializará os conhecimentos obtidos com as suas aulas ao conhecer outro membros da comunidade que têm outros preferências e linguagens.

Estilo de vida
Apresente ao seu aluno o estilo de vida da programação e os melhores ambientes para se aprender a programar. | Fonte: Unsplash.com

A extrema imersão nos bootcamps pode causar malefícios aos que trabalham com a tecnologia, independentemente do sítio de onde vai dar as suas aulas ou trabalhar, é importante informar aos seus alunos recursos para que a mente e o corpo descansem.

  • Descanse a mente: saia um pouco de casa, saia um pouco do ambiente online;
  • Trabalhe com uma boa postura;
  • Descansar os olhos, veja algo natural, vá à algum parque, saia do YouTube e do Facebook;
  • Se puder, faça turnos em pé;
  • Faça alongamentos e/ou aquecimentos antes e depois de trabalhar.

Estas ferramentas são grátis e muito importantes para o desenvolvimento na web. Por fim, organize o local de trabalho ou onde vai dar as suas aulas para que as sessões de horas e horas de trabalho a olhar para o ecrã não o canse demasiadamente.

Conheça a Superprof para as suas aulas

Aceda agora mesmo a nossa plataforma, é grátis, e compare o sua lógica de ensino com os diversos professores desta ciência, que anunciam no nosso site. Assim, terá uma noção das habilidades que estes professores disponibilizam aos seus alunos.

E mais: como é que os professores definem os preços das aulas? Como é o método do seu curso: dão aulas em grupo ou individuais? As aulas são de quantas horas? Quantas vezes por semana? Nossa plataforma tem uma tecnologia clara e de fácil utilização. O professor terá toda a liberdade para programar as suas aulas conforme a sua necessidade e a necessidade do aluno.

Em Portugal, no Brasil e no mundo, o estudo da computação e a sua importância económica, tem evoluído constantemente. Prevemos que ainda há muito espaço para que este mercado continue a crescer, dando opção para que professores de programação encontrem alunos que serão as novas cabeças que desenvolveram as ferramentas que fazem a nossa sociedade evoluir.

Espero que este artigo tenha servido para que tenha a coragem de começar a partilhar o seu conhecimento num curso com centenas de alunos que estão sedentos por aprender.

Precisa de um professor de Programação ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 2 voto(s)
Loading...

Rodolfo

Sou um comunicador, músico e redator brasileiro que vive em Portugal. Escrevi e apresentei programas na televisão brasileira. Lançei 4 álbuns com minhas composições. Atualmente, sou Diretor de Comunicação de um pequeno clube de futebol português, redator freelancer e pai de um miúdo que não para de correr pela casa.