A tecnologia possui várias facetas que são valiosas para o acesso ao mercado de trabalho, seja na aprendizagem de programas convencionais de informática ou no domínio de diferentes linguagens de programação, como C++, Python e Java. É essa diversidade que torna a área uma das mais atraentes para oportunidades de emprego, com uma enorme procura por diversos programadores.

Isto reflete-se também num aumento de cursos intensivos e aulas de programação, para todos os alunos interessados em fazer uma introdução a esta área tecnológica, desde cursos de formação, cursos superiores e aulas particulares. Mas programar não é feito com apenas uma linguagem só. Existem vários tipos, com mais ou menos importância e dificuldade de aprendizagem, adequadas para serem utilizadas com o objetivos específicos.

Os alunos que já frequentam um curso de computação já sabem isto, mas se ainda não começou a sua jornada como aluno, continue a ler para saber o que é uma linguagem de programação e quais são as mais utilizadas nos dias de hoje.

reflexo no ecra
O estudo das sintaxes é uma parte integrante do curso e das aulas, uma vez que é nelas que o aluno faz a introdução de dados. | Fonte: Pexels.com

Saiba todas as informações necessárias para começar a aprender programação.

Os melhores professores de Programação disponíveis
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (28 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (28 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

O que é uma linguagem de programação?

Uma linguagem de programação é um conjunto de instruções e regras que é utilizado para o desenvolvimento de software, computadores, dispositivos eletrónicos e diversos programas e aplicações. A linguagem é o idioma utilizado pelos programadores para comunicar com os objetos.

Todos os programas, computadores e outros dispositivos precisam de uma linguagem de programação para receberem instruções e executarem as funções que lhes são pedidas. É desta forma que existe comunicação entre o programador e os objetos, e estes conseguem seguir os comandos que estão escritos nas instruções.

Para programar, escreve-se um conteúdo, em formato de código, números e símbolos, para desenhar sistemas numa interface e criar um software ou uma aplicação, por exemplo. Assim, o programador e a máquina comunicam entre si, e o dispositivo realiza as funções que lhe foram pedidas.

Ter conhecimentos e saber como programar torna possível o desenvolvimento de um software com várias funções e recursos da forma como quiser. Se aprender a programar será capaz de desenvolver equipamentos que realizem as tarefas que instruir, criar algoritmos para resolver cálculos matemáticos ou conseguir comunicar com os seus eletrodomésticos inteligentes. E depois de conhecer a estrutura e os sistema do código, o céu é o limite.

Pode parecer algo complicado, mas a utilização das linguagens de programação é muito comum e vivemos rodeados delas. É o caso, por exemplo, dos jogos que temos instalados no computador ou das aplicações de encontros ou de redes socais que utiliza diariamente. Ambos foram desenvolvidos com sistemas e códigos de programação. Portanto, estas linguagens estão muito mais presente do que aquilo que imagina.

E é por isso que o papel do programador se tornou tão importante. Se tiver essa hipótese, deve aprender a programar, seja através de cursos superiores, cursos de formação ou com aulas particulares.

maos a escrever codigo
Deve sempre ter em conta que as linguagens são o que permite criar e desenvolver conteúdo para a web e é isso que como aluno aprende no curso. | Fonte: Pexels.com

Se não quiser ter aulas online ou fazer um curso, pode aprender programação de forma autónoma.

Diferentes tipos de linguagens de programação

Se tem interesse por computação e desenvolvimento de conteúdos, já deve saber que nem todas as linguagens de programação são iguais. Têm características diferentes, níveis de dificuldade variados e formas de introdução de dados distintas. O seu desenvolvimento não é igual, nem a orientação e isso faz com que funcionem de forma diferente.

Estes são alguns tipos de programação, para que tenha uma ideia dos conteúdos que pode encontrar, como aluno de um curso de computação ou informática.

Programação estruturada

A programação estruturada é uma forma de programação de computadores que argumenta que todos os programas  podem ser reduzidos a três estruturas simples: sequência, decisão e repetição. A programação estruturada orienta os programadores para a criação de sistemas e estruturas simples nos programas, utilizando rotinas e funções. Durante bastante tempo foi a forma dominante utilizada na criação de software.

Apesar de ter sido substituída por outros modelos, ainda é muito influente no mundo da computação, uma vez que a grande maioria dos alunos ainda aprende programação através desta forma. Mas não é certamente o tipo de linguagem de programação mais utilizado.

Programação linear

A programação linear consiste em otimizar uma função linear sujeita a restrições lineares por meio de variáveis reais. Neste tipo de programação, o modelo de um problema é expresso através de variáveis numéricas combinadas em restrições lineares e governadas por uma função objetiva linear e por limites nessas variáveis.

Precisamente por esse motivo, é uma área muito importante da otimização. Ao longo da história, várias ideias da programação linear inspiraram muitos dos conceitos centrais da teoria da otimização da web, tais como a dualidade, a decomposição, e a importância da convexidade, bem como as suas generalizações.

Programação orientada a objetos

A programação orientada a objetos (POO) é um paradigma de análise, projeto e programação de software, baseado na composição e interação entre diversas unidades de software, os objetos. É esse uso extensivo de objetos que caracteriza o estilo desta programação.

Na programação orientada a objetos, implementa-se um conjunto de classes que definem os objetos presentes no sistema de um software. Cada uma dessas classes determina o comportamento e estados possíveis dos objetos, bem como o seu relacionamento com outros objetos. Os sistemas funcionam através desse relacionamento e de trocas de mensagens entre os objetos. O grande objetivo desta programação é identificar o melhor conjunto de objetos para descrever o sistema de um software.

colunas de codigo
Quer faça um curso presencial, aulas online ou até mesmo um dos cursos gratuitos que tem disponível online, irá sempre aprender o básico e os conteúdos principais. | Fonte: Pexels.com

Saiba as nossas melhores dicas para ter sucesso no curso de programação.

Linguagens mais utilizadas e que deve fazer formação de programação

Tal como em qualquer outra área, na computação existem linguagens mais utilizadas do que outras. É com essas que se deve familiarizar, e as que serão o foco da maioria das aulas do curso, porque são as com que vai lidar depois de entrar no mercado do trabalho. As que se seguem são apenas alguns dos exemplos.

Python

Uma das linguagens que mais tem crescido e aumentado em popularidade nos últimos anos é a Python. A Python foi criada em 1991 como uma linguagem de programação open source, e é uma das linguagens mais fáceis de aprender para um programador.

Com pouco tempo de estudo já estará familiarizado com a sua sintaxe e as funções principais da tecnologia e, será capaz de introduzir dados nos seus sistemas sem qualquer problema. Além disso, a linguagem Python é extremamente versátil e pode ser utilizada numa grande variedade de áreas e para resolver diversos problemas.

Java

A Java é um nome que toda a gente conhece, mesmo aquelas pessoas que não são alunos de tecnologia ou computação. Foi criada em 1995 pela Sun Microsystems, e é nos dias de hoje a linguagem de programação mais utilizada no mundo empresarial e a que tem mais peso para um programador no mercado de trabalho.

Aquilo que diferencia a Java é o facto de ser uma linguagem orientada a objetos, o que a torna uma robusta e versátil. As aplicações escritas em linguagem Java podem ser utilizadas em qualquer um dos softwares, desde que os sistemas tenham uma JMV (Java Virtual Machine ou Máquina Virtual Java) instalada.

C++ (e C)

Em concorrência com a Java para serem as linguagens de programação mais utilizadas no mundo, as linguagens C e C++ são normalmente aprendidas nos primeiros anos dos cursos de programação. Isso acontece precisamente pela importância que detêm no mundo da programação atual, e dominá-las pode ser a diferença no currículo de um programador que quer ingressar no mercado de trabalho.

telemovel e computador
Os conteúdos principais do curso são os mais importantes de assimilar e os alunos devem garantir que entendem o básico depois de começar as aulas. | Fonte: Pexels.com

Embora tenham um nome parecido, a C e a C++ são linguagens diferentes, mas têm muitas características em comum. Aprender a desenvolver conteúdo em cada uma delas é uma excelente base para profissionais da área de programação, e pode ajudar na restante educação.

JavaScript

Uma outra linguagem de programação que é das mais utilizadas é a JavaScript. Ainda que tenha um nome muito parecido com a Java, esta tecnologia é mais moderna e tem como foco áreas como o desenvolvimento de conteúdos web, criação de jogos e aplicações para aparelhos móveis.

A verdade é que a JavaScript não é a linguagem mais fácil de aprender, mas é uma das mais importantes. A tecnologia é executada diretamente no navegador, o que torna a sua aprendizagem mais simples, além de ter uma interface bastante intuitiva para escrever as linhas de código.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.