O número de programadores no mercado de trabalho tem vindo a aumentar cada vez mais nos últimos anos e, consequentemente, cresce também o número de cursos de programação disponíveis, sejam eles cursos superiores na área da computação e tecnologia ou cursos de formação onde os alunos têm uma introdução às várias linguagens de programação.

Mas nem todos os alunos querem aprender com cursos ou aulas, sejam elas numa escola ou online. Preferem fazê-lo de forma autónoma, sem ajudas ou apoio.

Se é esse tipo de aluno, ou ainda estiver a ponderar se prefere ter aulas ou fazer um curso, continue a ler para saber se pode estudar programação sozinho e como o deve fazer.

Os melhores professores de Programação disponíveis
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (27 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (27 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Vantagens de aprender a programar

Estudar programação e aprender a desenvolver conteúdos digitais tem inúmeras vantagens. É uma atividade que permite exercitar a capacidade cerebral, uma vez que o programador tem que desempenhar várias tarefas ao mesmo tempo. Terá que se concentrar em escrever as linhas de código de acordo com as regras da linguagem de programação que estiver a utilizar (como Java, Phyton ou JavaScript), delinear a estrutura dos sistemas e da interface e garantir que a linguagem de código corresponde às tarefas que quer criar.

olhar para varios ecras
Desenvolver conteúdos web tem inúmeras vantagens e é por esse motivo que prolifera o número de cursos e de aulas disponível. | Fonte: Pexels.com

Sabemos que pode parecer muita coisa, mas com alguma prática vai conseguir fazer isso sem qualquer dificuldade. Esse desenvolvimento da capacidade cerebral é uma enorme mais valia para qualquer pessoa e não só para o futuro programador, porque permite que realize várias tarefas em simultâneo e se torne muito experiente em multitasking.

Além disso, e devido a todas as linguagens de programação existentes nos dias de hoje, existem várias oportunidades de emprego para programadores. A popularidade da internet e da web reflete-se maioritariamente na quantidade de vagas disponíveis no mercado para profissionais que trabalham com tecnologia. Existem várias vagas de emprego no mercado atual para programadores e técnicos de informática e o número continua a aumentar.

E isso não é de espantar, tendo em conta a quantidade de aparelhos tecnológicos que nos rodeia e a tendência mundial de tornar tudo virtual e passar os conteúdos do dia a dia para o plano web. Já lá vão os dias em que era raro alguém ter conhecimentos de informática na ótica do utilizador. Nos dias de hoje é esperado que se tenha cada vez mais conhecimento nesta área e pode ser o diferencial entre os vários candidatos a uma vaga. Além disso, ter conhecimentos sobre programar ou fazer um curso de desenvolvimento de conteúdo digital permite seguir carreira profissional em diversas áreas.

Quem pode aprender a programar e utilizar as linguagens de programação?

Se tiver dúvidas sobre quem pode estudar as linguagens de programação, a resposta é literalmente qualquer pessoa! Ainda que umas sejam mais complicadas que as outras, qualquer uma das linguagens de programação utilizadas nos dias de hoje, como a JavaScript, a Phyton ou a JavaScript, pode ser aprendida sem muitas dificuldades e têm a grande vantagem de ser literalmente grátis.

Sabemos que para um aluno iniciante olhar para uma linha de código de qualquer uma destas linguagens pode parecer complicado e algo que só um programador experiente entenderia, mas estas linguagens têm uma sintaxe em inglês fluente com um número mínimo de caracteres mágicos, como por exemplo genéricos ou parêntesis retos, o que facilita a sua leitura e compreensão. Mesmo que esteja a começar a estudar desenvolvimento de conteúdos e sistemas digitais, rapidamente vai "apanhar o fio à meada".

Existem dezenas de excelentes fontes de documentação e suporte que fornecem informações essenciais sobre a linguagem que escolher estudar e torna a sua compreensão muito mais fácil. Também vai poder aceder a bibliotecas gratuitas que asseguram que o desenvolvimento na linguagem de programação escolhida seja fácil, rápido e barato, ao garantir que o desenvolvimento segue as melhores práticas dos fabricantes de software e que existe suporte para os alunos futuros programadores no desempenho das suas tarefas.

Além disso, a comunidade de programadores é uma fonte muito rica de conhecimento. Dentro da comunidade vai encontrar conteúdo muito interessante, sobre os sistemas e conceitos principais, disponibilizado por programadores iniciantes, avançados ou especialistas. Todos eles partilham os seus conhecimentos, fornecem conselhos e dão orientação a outros alunos sem pedir qualquer tipo de recompensa por isso. Por isso, mesmo que seja um aluno muito principiante e autodidata, pode ficar assegurado de que terá apoio por especialistas.

apontar linha codigo
Se quer estudar sozinho deve ter em conta que terá que memorizar a lógica da programações, a introdução de dados das diferentes linguagens e outros componentes aprendidos no curso sem ter ajuda. | Fonte: Pexels.com

Saiba as nossas melhores dicas para ter sucesso no curso de programação.

É possível aprender a programar sozinho sem fazer um curso programação?

De uma forma muito simples, a resposta é sim. Existem vários relatos de bons profissionais que aprenderam a programar completamente sozinhos. No entanto, é importante que perceba que aquilo que querem dizer quando dizem "sozinhos", é que o fizeram sem recurso a um curso superior, um curso técnico ou aulas de programação para aprenderem a trabalhar com as variadas linguagens.

E é verdade que é possível aprender programação de forma autodidata. Mas isso não significa que aprende totalmente sozinho. Será sempre necessário haver um aconselhamento e um guia a seguir, nem que seja com o material de apoio que utiliza ou os vídeos de programação que utiliza para estudar.

Para conseguir aprender as linguagens de programação sozinho, terá que fazer uma total imersão nos conteúdos, estar constantemente exposto a eles, e acima de tudo, ter muita, muita prática. Porque, ainda que seja possível estudar programação e desenvolvimento de sistemas sozinho, aqui há necessidade de um estudo mais completo, onde entende a lógica da linguagem e de como esta se processa, para passar a linhas de código e, depois, a tarefas.

Isso quer dizer que, ao contrário de outras áreas que não a tecnologia, poderá ser bastante difícil aprender uma capacidade destas sem qualquer tipo de apoio, principalmente se quiser saber mais do que uma introdução aos dados da linguagem de programação e aos seus conteúdos principais. Não quer dizer que seja impossível, mas será certamente mais árduo e vai demorar mais tempo.

Se optar por fazer um curso ou ter aulas com um programador, vai conseguir facilitar e encurtar o caminho até ao domínio de programação e de desenvolvimento de conteúdo que deseja. Se quiser fazê-lo por conta própria, sem qualquer tipo de apoio, lembre-se que será possível mas que terá que ter muita determinação e perseverança para não desistir a meio do percurso.

escrever computador branco
O curso e as aulas permitem ter um apoio extra na aprendizagem, mas pode estudar como fazer a introdução de dados e criar conteúdo para um site sozinho. | Fonte: Pexels.com

Leia todas as informações necessárias para começar a aprender programação.

O que utilizar para aprender programação sozinho?

A aprendizagem de programação é um caminho longo. Para o percorrer é preciso foco, disciplina e saber priorizar aquilo que é mais importante. Existe muita informação disponível, principalmente com o acesso à web e à internet, por isso é preciso saber onde procurar a informação e como distinguir as informações fidedignas das incorretas. Não adiantar ler e estudar muito, se aquilo que estiver a analisar for incorreto e não trouxer qualquer mais valia para a sua aprendizagem. E para um aluno iniciante pode ser complicado fazer essa distinção, porque no início do estudo das linguagens vai tudo parecer igual, quer queria estudar Java, Python, Javascript ou qualquer outra linguagem de computação.

Os livros e manuais são sempre uma boa opção, uma vez que ensinam todos os conceitos e conteúdos principais de cada linguagem, com exemplos práticos. Uma formação baseada em boa informação ajuda o futuro programador a desenvolver boas práticas de programação e a adaptar-se bem ao mercado.

Além dos livros, tem disponíveis na web centenas de vídeos e tutoriais que o podem ajudar a fazer uma introdução menos atribulada ao mundo da computação e do desenvolvimento de sistemas. O exemplo visual é uma ótima forma de aprendizagem, uma vez que está a ver exatamente aquilo que tem que fazer e pode reproduzi-lo em seguida.

tres ecras de computador
Se estiver a praticar uma linguagem sem recurso a aulas, tenha em conta todos os recursos que tem disponível online e que deve utilizar.. | Fonte: Pexels.com

Muitos desses tutoriais utilizam um "play-by-play", com passos descriminados que tem que seguir. Muitos deles seguem até um estrutura como se tratasse de um curso de programação, com módulos e níveis de divisão. E como estão disponíveis num site online, são totalmente gratuitos.

Falando em aprendizagem grátis, não podemos deixar de mencionar os fóruns, onde conta com o apoio de programadores e outros alunos. Todos eles estão disponíveis para responder às suas dúvidas, mesmo que sejam de conteúdos complexos ou questões muito técnicas. Essa interação com outras pessoas do mesmo meio, também é uma forma de garantir sucesso quando entrar no mercado profissional da programação. Assim, estará desde o inicio a montar a sua rede de networking, enquanto tem acesso a dicas indispensáveis de um programador que já esteve no seu lugar.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.