Para aprender a tocar bem guitarra ou outro instrumento de cordas e para saber tocar com técnica e expressividade, o aluno tem de passar pelas aulas e pelos estudos. Mesmo se quiser apenas tocar entre amigos, começar a dar concertos com a sua banda recém-formada ou se quiser aprender um estilo musical diferente, necessita de algum tipo de formação.

Até os melhores músicos que se dizem autodidatas (e, no fundo, acreditamos que não sejam assim tantos) passaram, pelo menos uma vez na vida, por algum curso ou por algumas aulas de guitarra, por aulas de guitarra portuguesa (ou outras) particulares, aprendendo de forma personalizada, ou por alguma forma de aprendizagem e estudo desse belíssimo instrumento de cordas que é a guitarra.

O estudo é uma fase impreterível que ninguém — almejando o profissionalismo ou somente querendo tocar por diversão — pode passar à frente. Para estes últimos que veem na música um passatempo estimulante e enriquecedor, saibam que, de facto, estudar música faz bem e em muitos sentidos. Em primeiro lugar, promove a aprendizagem da teoria musical — o que desenvolve as capacidades cognitivas e a memória; melhora a destreza física, tendo em conta que exige movimentos específicos e habilidade nas mãos e dedos, na altura de fazer escalas ou solfejo, para tocar diversos acordes de guitarra ou para tocar uma música do início ao fim.

Aprender um instrumento significa também expressar-se e estimular a criatividade — como muitos estudos têm vindo a demonstrar — o que não poderia ser mais benéfico para que nos sintamos felizes e confiantes. Além do mais, o estudo e prática de um instrumento musical enriquecem culturalmente o aluno, aumentam o seu repertório musical com novos estilos — por exemplo, o estudante pode centrar-se em dominar a técnica e o estilo da guitarra portuguesa com aulas a preços acessíveis — que vai descobrir e, eventualmente, tornar-se num verdadeiro guitarrista profissional.

Grupo de rapazes a tocar instrumentos musicais
Um bom curso de guitarra pode formar um guitarrista profissional. | Fonte: Unsplash

Mas as vantagens de aprender a tocar guitarra não ficam por aqui. As aulas de guitarra trazem também inúmeros benefícios pessoais aos alunos, como o desenvolvimento de habilidades diversas, a partilha de emoções através da música, a expressão da personalidade e a sua desinibição e, obviamente, o comprazimento sentido ao tocar as músicas de que gostam.

Estudar com um profissional experiente também é vivenciar tudo isso com alguém que entenda as expectativas do aluno, e aplique uma metodologia próxima dos objetivos e do nível de estudos de guitarra do estudante, que poderá optar entre estudar guitarra portuguesa, guitarra acústica, guitarra elétrica, guitarra eletroacústica e muito mais!

Além disso, o professor orientará o aluno sobre todos os caminhos possíveis para o conhecimento do instrumento (por meio de exercícios práticos e teóricos), além de apresentar novos estilos e artistas com que o aluno ainda não teve contacto. Ambos partilharão essa mesma paixão pelo incrível universo que é a música representa.

Tiago
Tiago
Profe de Matemática
10€/h
1ª aula grátis!
Laura
Laura
Profe de Massoterapia
20€/h
1ª aula grátis!
Anders
Anders
Profe de Viola
5.00 5.00 (1) 20€/h
1ª aula grátis!
Prof. André
Prof. André
Profe de Canto
5.00 5.00 (7) 25€/h
1ª aula grátis!
Alberto
Alberto
Profe de Português para estrangeiros
5.00 5.00 (25) 15€/h
1ª aula grátis!
Mariana
Mariana
Profe de Física
5.00 5.00 (2) 20€/h
1ª aula grátis!
Andrea
Andrea
Profe de Francês
5.00 5.00 (19) 17€/h
1ª aula grátis!
Feodor
Feodor
Profe de Viola
5.00 5.00 (5) 20€/h
1ª aula grátis!
Paul
Paul
Profe de Inglês
5.00 5.00 (22) 10€/h
1ª aula grátis!
Fábio
Fábio
Profe de Matemática
5.00 5.00 (6) 16€/h
1ª aula grátis!
Márcio
Márcio
Profe de Baixo
5.00 5.00 (3) 20€/h
1ª aula grátis!
Susana
Susana
Profe de Inglês
4.96 4.96 (24) 16€/h
1ª aula grátis!
Melissa
Melissa
Profe de Saúde pública
5.00 5.00 (4) 10€/h
1ª aula grátis!
Catarina
Catarina
Profe de Explicações
5.00 5.00 (5) 16€/h
1ª aula grátis!
Marisa
Marisa
Profe de Compreensão oral - Português
5.00 5.00 (1) 12€/h
1ª aula grátis!
Miguel
Miguel
Profe de Matemática
10€/h
1ª aula grátis!
Glória
Glória
Profe de Japonês
5.00 5.00 (1) 20€/h
1ª aula grátis!

Estudar acordes guitarra, escalas, e muito mais...

Mas como aproveitar ao máximo esses momentos? Uma das vantagens de fazer aulas particulares de guitarra é o facto de toda a atenção e foco do professor se centrarem num só aluno, o que aumenta exponencialmente as probabilidades de o estudante evoluir realmente e nunca mais se esquecer dos ensinamentos assimilados.

Isso porque, através das aulas particulares, o aluno desenvolverá aos poucos as suas habilidades na guitarra e criará novos e bons hábitos de prática e de estudo — por exemplo, praticar os acordes e tentar tocar músicas na íntegra é uma ótima forma de aperfeiçoar a forma de tocar guitarra.

Nota musical e frase em inglês
Ouvir muitas música de guitarra é essencial para quem quiser aprender a tocar guitarra. | Fonte: Unsplash

Se o aluno adotar bons hábitos de estudo e de prática, com certeza será capaz de tocar qualquer estilo de música na guitarra, indo muito além de afinar a guitarra e de conhecer os acordes de guitarra.

Os cursos particulares ajudam muito na aquisição de noções sólidas de música, quer no plano teórico que no prático. Para avançar com essa aprendizagem e continuar a progredir, o estudante deve preparar-se antes das aulas, treinando em casa o mais regularmente possível e refazendo os exercícios que o professor dá.

Nesse sentido, é essencial treinar primeiro com calma, dedilhando e ganhando progressivamente perícia nas cordas e, depois, gradualmente, aumentar a velocidade com que se toca. De facto, quando falamos da guitarra, a frequência, a intensidade, a repetição e a paciência são palavras-chave que ajudam muito nos estudos.

Depois, se o aluno se sentir à vontade com o que o seu professor propõe, deve falar abertamente com ele. Podem, por exemplo rever juntos qual o nível do estudante e adaptar as aulas de guitarra em função dos objetivos do aprendiz.

O estudante pode ainda pedir ao seu professor para lhe dar músicas ou trechos de canções adequadas ao seu estilo preferido, perguntar se existem exercícios básicos para fazer em casa, como, por exemplo, treinar as diferentes escalas: maior, menor, pentatónica, de blues (que na verdade é uma pentatónica mas com notas de blues), sétima, e muitas outras — já que existem trechos de músicas mais ou menos simples que são fáceis de praticar e podem ajudar o aluno a progredir na guitarra rapidamente.

A importância da relação entre professor e aluno para aprender instrumentos musicais como a viola

É evidente que a primeira coisa que o aluno deve fazer ao começar uma aula de guitarra para iniciantes  é chegar sempre a horas, sem atrasos. A pontualidade é sinónimo de respeito para com o professor de guitarra, além de ser um sinal de compromisso e dedicação perante a música em geral e a aprendizagem da guitarra.

Da mesma maneira, é importante que o aluno tenha sempre o seu material em mãos para a aula de guitarra. Por isso, o aluno deve sempre ter à mão as folhas com exercícios, as partituras, os equipamentos ou acessórios que possam ser necessários — como o amplificador, eventuais conjuntos de cordas extra ou as úteis palhetas.

Partitura com óculos e lápis
Ler partituras é uma das muitas competências que as aulas de guitarra dão aos alunos. | Fonte: Unsplash

Para que as aulas sejam sempre interessantes e tragam sempre algo de novo, é fundamental que o aluno participe ativamente nelas, ou seja, que seja protagonista e não um mero espectador. Afinal, o sucesso das aulas de guitarra depende, em parte, da relação que o aluno estabelece com o seu professor de guitarra: o estudante deve alimentar essa relação, devendo ser curioso, fazer perguntas, pedir exercícios para treinar, conselhos e dicas para aperfeiçoar a sua técnica e estilo.

Professor e aluno têm já algo em comum: a paixão pela música! Por isso, o aluno deve falar sobre esse assunto, perguntar pelas preferências musicais também do seu professor, pedir a sua opinião sobre determinado guitarrista ou técnica ou dicas para enfrentar determinada dificuldade.

Quanto mais o aluno "puxar" pelo professor, mais ele ficará satisfeito e ainda mais motivado para o ajudar e orientar, de uma forma entusiasta e vibrante, na progressão nos estudos de guitarra. Afinal, no geral, os professores adoram alunos curiosos, entusiasmados e motivados, por isso, certamente que os estudantes com estas características estarão mais bem munidos de informação para alcançar a excelência nas cordas.

É claro que os estudos não acabam depois da duração de uma hora de aula de guitarra. Antes que esse tempo chegue ao fim, a o aluno deve começar a pensar em como vai ser a próxima aula, expondo as suas expectativas, anseios e dificuldades juntamente do seu professor.

É preciso rever algum ponto da matéria que não foi bem assimilado? Existe algum modo de melhorar a técnica da palheta que utilizou, ou o posicionamento de uma das mãos? A sequência de acordes soou bem? E aquele solo, será que ficou fluido o suficiente ou será melhor tocá-lo mais uma vez? Ao longo da aula de guitarra, o professor vai certamente corrigir muito o aluno — sobretudo se este for iniciante —, dar dicas e orientações para que ele consiga aperfeiçoar a sua técnica, melhorar uma música ou um trecho específico.

E, claro: o aluno não deve esperar muitos dias depois da aula para pegar no seu instrumento e praticar. Quanto mais cedo treinar o que aprendeu na aula passada, melhor para os seus estudos, uma vez que, com a memória e os ensinamentos ainda frescos, as orientações parecerão mais fáceis de seguir e aplicar na guitarra.

Nesse sentido, quando o aluno estiver em casa e tiver um tempo disponível, deve aproveitar para se preparar para a próxima aula. Começar a pensar nos momentos em que encontrou dificuldade durante os treinos: uma música um pouco mais complicada de tocar, alguns solos de guitarra que não estão a sair bem; uma escala não tão bem tocada...

O estudante deve, pois, fazer uma lista dessas dificuldades num caderno de anotações (pode até utilizar seu telemóvel) para levar ao seu professor. O importante é registar as dúvidas e os pontos que necessitam de melhoria. Não deixar nenhuma dúvida  por esclarecer na aula é crucial, já que, assim, o professor ficará por dentro dos treinos de guitarra do aluno e poderá ajudá-lo, mesmo quando não estiver presente.

Muitas vezes as dúvidas aparecem quando se está sozinho e resolvê-las é essencial para que o aluno possa tocar verdadeiramente bem. Quanto mais o estudante conversar com o seu professor, mais esclarecerá  pontos obscuros e só assim poderá ter a noção completa da sua evolução.

 Materiais de apoio para estudar guitarra: afinador online e muito mais!

O aluno também pode complementar os seus estudos com outros materiais de apoio. Hoje em dia, com a Internet, é possível ter acesso a um vasto leque de informações sobre temas específicos, de modo a se aprender o que se quiser. De facto, a Internet revolucionou os métodos de ensino e traz inúmeras opções de apoio para a aprendizagem da guitarra. Mas obviamente que é preciso saber fazer a filtragem e escolher conteúdos de qualidade e apropriados para cada aluno.

Os vídeos tutoriais, por exemplo, são uma boa fonte de informação, trazendo exercícios específicos e com a vantagem pedagógica do visual e do áudio. Muitos sites especializados também propõem vídeos de qualidade e extremamente didáticos, daí listarmos abaixo alguns deles:

Para além da consulta destes sites e aplicações, o aluno deve também ter alguns livros de guitarra que o ajudarão a progredir no treino e a aumentar os conhecimentos musicais. Sugerimos:

  • "1000 canções e acordes de guitarra" da editora Girassol;
  • "Tocar Guitarra", de Eurico Cebolo;
  • Guitarra Portuguesa: Fados e Contracantos, de Eurico Cebolo;
  • "A guitarra portuguesa" de Manuel Morais.
Com com guitarra e céu
Com as aulas de guitarra online pode aprender guitarra em qualquer lugar, sem condicionamentos. | Fonte: Unsplash

Nada substitui a aula de guitarra ideal

Em suma, fazer aulas de música é a melhor saída para aprender bem um instrumento. Além disso, as aulas oferecem ocasiões incríveis para enriquecer a cultura musical dos alunos. Com a vantagem de, com a Superprof, o aluno poder determinar quais os objetivos em face da música, e escolher quanto está disposto a pagar pelas aulas particulares online.

É também uma oportunidade única para partilhar a paixão pela guitarra com um profissional experiente e dedicado, que pode transmitir ao aluno conhecimentos teóricos e práticos indubitavelmente úteis.

Vamos descobrir o novo Santana desta era? Saiba o nosso leitor que pode, também na Superprof, ler sobre o guia infalível para ser um mestre das cordas da guitarra portuguesa

Precisa de um professor de ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Elsa

Trabalho na área da consultoria linguística e produção de texto há três anos e sou, actualmente, professora de português para estrangeiros. Dedico a maior parte do meu tempo livre à leitura e à escrita, tendo já publicado crónicas e poesia em revistas culturais e literárias.