Para aprender português de forma correta, as crianças devem desenvolver uma série de capacidades. Isto porque, ainda que o português seja a sua língua materna, é necessário muita prática para aprender a ler corretamente, saber a gramática portuguesa e ter vocabulário completo para se poder expressar sem problemas.

A escola primária tem um papel muito importante neste desenvolvimento, uma vez que é aqui que as crianças vão desenvolver essas competências e aumentar a sua capacidade de expressão oral e escrita.

Mas ainda que estas estejam rodeados desde sempre por termos em português, muitas vezes não é fácil introduzir novas temáticas e palavras no vocabulário das crianças. Por esse motivo, seguem-se as nossas melhores dicas sobre como aumentar o vocabulário no início dos estudos e do processo escolar de um aluno, tanto dentro como fora da sala de aula.

Os melhores professores disponíveis
Tiago
Tiago
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Duarte
5
5 (4 avaliações)
Duarte
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Anders
5
5 (1 avaliações)
Anders
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Prof. André lamounier
5
5 (7 avaliações)
Prof. André lamounier
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alberto
4,9
4,9 (34 avaliações)
Alberto
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (2 avaliações)
Mariana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Andrea
5
5 (26 avaliações)
Andrea
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Feodor
5
5 (9 avaliações)
Feodor
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Paul
5
5 (27 avaliações)
Paul
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fábio
5
5 (8 avaliações)
Fábio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Márcio
5
5 (8 avaliações)
Márcio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (31 avaliações)
Susana
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Kauê
5
5 (13 avaliações)
Kauê
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (5 avaliações)
Catarina
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Cristiana
5
5 (36 avaliações)
Cristiana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (14 avaliações)
Teresa
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
Tiago
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Duarte
5
5 (4 avaliações)
Duarte
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Anders
5
5 (1 avaliações)
Anders
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Prof. André lamounier
5
5 (7 avaliações)
Prof. André lamounier
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alberto
4,9
4,9 (34 avaliações)
Alberto
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (2 avaliações)
Mariana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Andrea
5
5 (26 avaliações)
Andrea
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Feodor
5
5 (9 avaliações)
Feodor
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Paul
5
5 (27 avaliações)
Paul
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fábio
5
5 (8 avaliações)
Fábio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Márcio
5
5 (8 avaliações)
Márcio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (31 avaliações)
Susana
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Kauê
5
5 (13 avaliações)
Kauê
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (5 avaliações)
Catarina
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Cristiana
5
5 (36 avaliações)
Cristiana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (14 avaliações)
Teresa
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (13 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Aumentar o vocabulário básico nas aulas de português

Aprender vocabulário em português não começa na escola, mas sim desde o momento em que uma criança pequena começa a falar. Durante muito tempo, a sua forma de comunicar inclui apenas sons e sinais e só mais tarde vai incluir vocabulário concreto.

professora a ensinar
Para aumentar o vocabulário deve começar pelo básico e só depois inserir questões como os verbos e interpretação de texto. | Fonte: Unsplash.com

Quando um bebé começa a falar, repete apenas as palavras que ouve no seu ambiente e que os pais ou familiares lhe ensinam. São portanto, termos familiares relacionadas com o meio em que se coloca. O papel da escola é desenvolver esse vocabulário, para incluir termos de outras temáticas e assuntos aos quais os alunos podem estar expostos no seu dia a dia. Esse é o primeiro passo para o desenvolvimento da capacidade de expressão oral e escrita.

Isto porque para que o aluno se possa expressar de forma correta e coerente e integrar o seu meio social, é necessário que tenha vocabulário suficiente para poder descrever como se sente, aquilo que vê e o que quer fazer dentro e fora das aulas.

Esta capacidade vai também refletir-se nas suas competências de escrita e de leitura, uma vez que estimula o cérebro e permite expressar o pensamento e a ideia por trás do léxico e das palavras que foram aprendidas e que estão escritas.

Essa aprendizagem deve ser feita por fases, de modo a que cada aluno possa consolidar todos os termos que aprendeu anteriormente e só depois de demonstrar que os consegue aplicar de forma correta. No início do primeiro ciclo, as crianças vão começar por aumentar o vocabulário mais básico, do meio ambiente que os rodeia. Portanto, vão começar por aprender os nomes dos objetos mais comuns da sala de aula e dos animais, por exemplo.

Só mais tarde serão introduzidos conceitos como os sentimentos, para que possam dizer " estou triste/contente " e as ações "vou para casa" ou "eu jogo futebol". Este aumento de vocabulário permite que as crianças se sintam confortáveis quando têm que se expressar, que sejam capazes de reconhecer esses termos ou ações quando leem e que consigam transmiti-los corretamente para a escrita. Essa capacidade será um grande mais valia quando começarem a estudar temas das restantes disciplinas, o que por sua vez irá também aumentar o seu vocabulário. Todos os aspetos da língua se influenciam uns aos outros.

Jogos e exercícios para praticar o vocabulário do curso de português

As melhores ferramentas para ensinar e praticar o vocabulário são sem dúvida os jogos educacionais, e os professores também os utilizam nas aulas de português ao longo do curso. Os pais com filhos desta idade também os podem realizar em casa, para que as crianças possam praticar vários aspetos importantes da língua portuguesa do primeiro ciclo enquanto brincam.

menina a estudar
O português, tal como outros idiomas, tem um vocabulário muito rico, bem como uma componente verbal e nominal muito importante. | Fonte: Unsplash.com

Isto não só permite que aprendam fora da escola, mas também que o façam num ambiente sem pressão ou restrições temporais. Tudo isto ajuda a que desenvolvam gosto pela linguagem e que desenvolvam as suas capacidades num ambiente propicio a tal.

Estes são alguns jogos e brincadeiras que pode utilizar para praticar e desenvolver o vocabulário das crianças em idade do primeiro ciclo, que são interessantes e educacionais ao mesmo tempo:

  • jogo dos sinónimos: escolha um tema e diga várias palavras para que a criança tente encontrar sinónimos. Tente utilizar termos simples e que a criança reconheça com facilidade;
  • famílias das palavras: escolha uma palavra e peça à criança para enumerar outras da mesma família ou que sejam relacionadas, por exemplo "cão", "pelo", "coleira", etc.;
  • jogo das rimas: diga uma palavra e peça à criança para dizer outra que rime. Se quiser dificultar a tarefa, implemente a regra que têm que fazer parte da mesma família ou do mesmo tema, caso contrário podem ser o que a criança quiser;
  • leitura acompanhada: leia pequenas histórias ou contas juntamente com a criança e explique o significado dos termos que ela não conhece ou que está a ler pela primeira vez;
  • jogo do STOP: um jogo conhecido de toda a gente que pode ser um grande aliado para desenvolver o vocabulário das crianças. Lembre-se de utilizar temas que não sejam demasiado complicados.

Estudar com aulas particulares

É precisamente pela sua importância que as aulas de português na escola dão grande destaque ao vocabulário. O seu maior objetivo é encontrar recursos que permitam a regularidade, a repetição e o esclarecimento da aprendizagem do aluno.

crianca a desenhar
Com uma professora particular o aluno tem apoio para ultrapassar todas as dificuldades, treinar a leitura e compreensão de textos, o conhecimento dos verbos e aumentar o vocabulário. | Fonte: Unsplash.com

No entanto, é importante que se adapte os recursos que são utilizados ao nível do aluno. Querer aumentar o vocabulário das crianças durante as aulas não implica utilizar recursos que sejam demasiado avançados para o seu nível de conhecimento, uma vez que podem ser bastante prejudiciais. Estimular os alunos é importante, mas nunca com material que seja demasiado avançado e acabe por ser um entrave e criar frustração.

Isto quer dizer, que o papel do professor durante a aula não é só ensinar a matéria, mas também adequar os recursos e as temáticas ao progresso dos alunos. As obras literárias, por exemplo, são uma última forma de desenvolver o vocabulário dos alunos, mas certamente que não iremos colocar alunos do primeiro ciclo a ler Luís de Camões. É necessário adaptar o nível de leitura à idade dos alunos e ao seu tipo de aprendizagem.

No entanto, sabemos que isto nem sempre é o que acontece no modelo tradicional de ensino sala de aula. Uma turma tem, em regra geral, um número demasiado elevado de alunos e os professores acabam por não conseguir dar atenção individual aos alunos que têm mais dúvidas e dificuldades.

Como mencionamos anteriormente existem alguns exercícios e jogos que os pais também podem realizar em casa para ajudar os alunos com mais dificuldades. Mas nem sempre isso é suficiente. Por esse motivo deve ponderar a hipótese de ter aulas particulares com um professor.

Parecer estranho estarmos a recomendar um professor particular para aumentar o vocabulário, afinal de contas, não é como se estivéssemos a falar as regras da gramática portuguesa. Sim, é verdade que regra geral as regras gramaticais do curso dão mais dores de cabeça aos alunos. Mas isso não quer dizer que se deve descuidar com o vocabulário das crianças, até porque pode ser o fio condutor para aprendizagem do resto da língua.

Por isso, na educação de uma criança deve dar-se tanta atenção ao vocabulário como se dá aos verbos, à leitura ou à interpretação. E um professor ou professora particular são uma ótima forma de o fazer.

bebe a tentar ler
É importante que as crianças treinem bastante fora do curso, desde os termos e conteúdo mais básico à componente verbal e nominal. | Fonte: Unsplash.com

Nestas aulas, os alunos terão acesso a exercícios e material (tanto físico como online) para conseguirem estudar todas as componentes da língua. O professor particular está disponível para responder a todas as questões e garantir que não existem mais dúvidas. Esta ajuda personalizada é uma ótima maneira de assegurar que as bases da educação das crianças ficam bem consolidadas e que não existem dificuldades desnecessárias na continuação dos estudos.

Acima de tudo é uma ótima forma de garantir que as crianças se sentem acompanhadas durante o seu percurso no ensino e na educação pessoal e que não sentem que não há ninguém a quem possam fazer questões ou pedir ajuda. Não importa se anos mais tarde vão querer fazer um curso profissional ou tentar o acesso aos cursos do ensino superior. O nosso dever é apenas dar-lhes os recursos necessários para que estudar não seja uma tarefa impossível.

Uma aula particular é ter tudo isso disponível e muito mais. Tem ainda a grande vantagem de poder ter a carga horária escolhida pelos alunos, nos dias em que quiserem. Se fizer uma pesquisa na plataforma online da Superprof, irá encontrar centenas destes profissionais com formação e vasta experiência, prontos a ajudar.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.