A maioria dos alunos sente muita dificuldade em aprender gramática quando começa a escola primária. E conseguimos entender porquê. Entre verbos e tempos verbais, sujeito e predicado, advérbios, conectores e dezenas de outras coisas, o que não faltam são regras gramaticais que têm que conhecer.

Rega geral, as crianças têm muitas questões a partir do momento que começam a estudar o conteúdo gramatical e se o professor primário não garantir que ficam esclarecidas, é muito provável que se mantenham durante o resto da sua educação. A maioria dos alunos mais velhos ainda sente muitas dificuldades com esta componente do curso de português e atrevemo-nos a dizer que muitos adultos formados ainda se confundem nos dias de hoje, quando já não há professora por perto a quem perguntar.

É precisamente por isso que é tão importante garantir que o conteúdo básico fica bem consolidado, para que não hajam dificuldades acrescidas no restante percurso pelo ensino. Para ajudar a que isso aconteça, ficam aqui as nossas dicas sobre os conteúdos de português que devem ser consolidados durante a escola primária e como organizar os estudos e treinar para o conseguir.

menino na escola
O conteúdo gramatical está presente em todos os aspetos da língua, incluindo a leitura e interpretação de textos e a escrita e a redação. | Fonte: Unsplash.com

Esperamos que possam ajudar a entender a importância desta competência e porque se deve investir tanto nela.

Os melhores professores de Português para estrangeiros disponíveis
Ana
5
5 (29 avaliações)
Ana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Samuel
5
5 (59 avaliações)
Samuel
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alberto
4,9
4,9 (39 avaliações)
Alberto
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês
5
5 (18 avaliações)
Inês
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Cristiana
5
5 (36 avaliações)
Cristiana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
4,9
4,9 (13 avaliações)
Catarina
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Paula
5
5 (24 avaliações)
Paula
18€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (16 avaliações)
Catarina
18€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana
5
5 (29 avaliações)
Ana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Samuel
5
5 (59 avaliações)
Samuel
11€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alberto
4,9
4,9 (39 avaliações)
Alberto
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Inês
5
5 (18 avaliações)
Inês
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Cristiana
5
5 (36 avaliações)
Cristiana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
4,9
4,9 (13 avaliações)
Catarina
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Paula
5
5 (24 avaliações)
Paula
18€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (16 avaliações)
Catarina
18€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Objetivos gramaticais das aulas de português do 1º ciclo

Os objetivos da gramática do 1º ciclo começam por ser muito simples, mas englobam vários aspetos importantes da língua portuguesa. Durante os primeiros quatro anos da educação de um aluno criam-se as bases para a aprendizagem de todas as questões fundamentais do português, como a leitura e a redação, e incluindo as regras gramaticais.

De forma geral aquilo que se pretende é que os alunos consigam entender a estrutura, o sentido e a ortografia das palavras, bem como identificar a sua ligação com a sintaxe. É importante que saibam a função dos verbos e que os consigam conjugar nos tempos verbais corretos de acordo com a frase, seja no passado ou no presente.

Isso vai permitir reconhecer a concordância verbal e a concordância dos adjetivos tanto em género como em número (ou seja, alterar do singular para o plural ou do masculino para o feminino) e a relação entre o sujeito e o verbo. Vão também ser capazes de identificar os componentes e os elementos de uma frase simples de acordo com o seu sentido e saber distinguir frases simples de frases complexas.

De forma mais pormenorizada, durante o 1º ano as crianças começam a aprender a reconhecer sinónimos e antónimos, nomes e adjetivos, que podem ser de género feminino e masculino e no singular ou plural. No 2º ano, continua-se o estudo de sinónimos e antónimos e dá-se início às classes das palavras. Neste ano, os alunos vão também estudar com maior ênfase os nomes, os artigos definidos e indefinidos, os verbos e os adjetivos.

É no decorrer do 3º ano que se aumenta a complexidade do conteúdo. Os alunos são introduzidos às sílabas tónicas e átonas, às palavras agudas, graves e esdrúxulas e monossílabos, dissílabos, trissílabos e polissílabos. Aprendem a diferença entre nomes próprios e comuns, os pronomes pessoais, os determinantes demonstrativos e possessivos bem como novos advérbios. Passam também a saber distinguir palavras variáveis e invariáveis e a identificar os seus radicais. Estudam ainda a flexão de verbos regulares e irregulares e as variadas conjunções verbais.

Em cada aula do 4º ano existe um grande foco no conteúdo gramatical e espera-se que cada criança consolide o conhecimento que tem vindo a receber. Além da continuação do estudo dos nomes comuns e coletivos, dos adjetivos, dos prefixos e sufixos e da família de palavras, os estudantes vão também estudar os graus dos adjetivos e a variação em grau dos nomes. Juntamente com a flexão dos verbos vão também estudar tempos verbais como o pretérito perfeito, imperfeito, futuro e imperativo. É ainda neste ano que os estudantes são apresentados às funções sintáticas e aprendem o sujeito e o predicado de uma frase.

Formas de treinar o conteúdo gramatical

Para garantir que os alunos consolidam todos os conceitos da componente gramatical, é necessário que realizem muitos exercícios, caso contrário o professor nunca poderá ter a certeza de que entenderam todos os diferentes conteúdos, até porque a teoria é muito diferente da prática. E todas as componentes deverão ser testadas, dentro e fora da sala de aulas.

criancas a fazer exercicios
É importante manter a prática da componente verbal dentro e fora da sala de aula, para garantir os melhores resultados no curso. | Fonte: Unsplash.com

Por esse motivo, seguem-se alguns exercícios da componente gramatical do 1º ciclo que os alunos podem fazer para testar o conhecimento de todos os componentes.

a) A palavra parquímetro quanto ao número de sílabas é um:

  1. polissílabo
  2. monossílabo
  3. trissílabo
  4. dissílabo

b) A forma correta de escrever a palavra é:

  1. âquele
  2. aquele
  3. aquêle

c) A palavra Inês quanto a sílaba tónica é:

  1. grave
  2. esdrúxula
  3. aguda

d) A forma correta de escrever a palavra é:

  1. esquesito
  2. esquisito

e) A palavra paixão quanto ao número de sílabas é um:

  1. polissílabo
  2. dissílabo
  3. trissílabo
  4. monossílabo

f) A forma correta de escrever a palavra é:

  1. álcool
  2. alcoól
  3. alcool

g) A palavra açúcar quanto à sílaba tónica é:

  1. grave
  2. esdrúxula
  3. aguda

h) A forma correta de escrever a palavra é:

  1. previlegiado
  2. privilegiado

i) A forma correta de escrever a palavra é:

  1. gustoso
  2. gostoso

j) A palavra abraço quanto ao número de sílabas é um:

  1. polissílabo
  2. trissílabo
  3. monossílabo
  4. dissílabo

Peça à criança para responder a cada uma das questões e, de seguida, verificar quais delas acertou e quais errou. Deve repetir cada exercício as vezes que foram necessárias, até já não haverem hesitações e, caso seja preciso deve questionar o professor se não entender onde está a errar. Se houver alguma palavra ou termo que a criança desconheça, também pode ser uma boa oportunidade para aumentar o vocabulário da língua.

crianca com lapis na mao
A melhor forma de testar o conhecimento do conteúdo do curso é praticar, independentemente se ser conteúdo básico da leitura e da escrita ou a componente nominal. | Fonte: Unsplash.com

A chave das respostas é a) 1, b) 2, c) 1, d) 2, e) 2, f) 1 , g) 1, h) 2, i) 2 e j) 2.

Aprender gramática com aulas de português particulares

Numa altura em que é muito importante garantir que todos os conceitos de português que são aprendidos ficam bem consolidados, como a escrita em língua portuguesa, sabemos que para muitos alunos o método de ensino o que é frequente nas aulas da escola não é o ideal. Isto é normalmente motivo para que as aulas de língua portuguesa sejam consideradas monótonas e as menos favoritas dos alunos. Mas o conteúdo gramatical é algo extremamente importante na educação de uma criança e não pode ser descuidada. É a base da nossa linguagem e não é possível conseguir expressar-se sem ela.

Mas então como é que é possível garantir que os alunos têm uma aprendizagem com qualidade, onde esclarecem todas as suas dúvidas sobre a componente gramatical e outros conteúdos do curso de português? Com explicações com um professor particular de português, claro.

Na plataforma online da Superprof existem vários professores particulares que praticam o mesmo rigor e exigência que se encontra numa aula de escola, mas mantêm um ambiente de descontração e simplicidade que fazem com que os alunos se sintam mais confiante e à vontade para expressar as suas dificuldades, sem ter medo de cometer erros.

menina a escrever
Com uma professora particular os alunos têm acesso a ajuda profissional para os seus estudos e podem treinar a leitura ou os conteúdos onde têm mais dificuldades. | Fonte: Unsplash.com

No site tem disponível inúmeros perfis de professores com experiência em ensino e formação académica variadas. Qualquer que seja o professor ou professora que o aluno escolher, este irá criar um plano de aulas personalizado, de forma a eliminar todas as dificuldades e responder a todas as questões sobre a matéria que existam. Além disso, o aluno terá acesso a recursos e material, tanto físico como online, que não teria disponível de outra forma, onde poderá realizar exercícios de verbos, da componente nominal ou até analisar o conteúdo gramatical numa redação.

O acesso a essas informações e material permite que os alunos possam treinar o básico, a leitura e interpretação de textos, a redação e a componente gramatical, verbal e nominal com ajuda e acompanhamento profissional. E ainda podem escolher os dias em que querem ter cada aula e ajustar a carga horária à medida que forem tendo as aulas e ficando sem dúvidas.

Pode pensar que é demasiado cedo na vida de uma criança para pensar em professores particulares e explicações, mas isso simplesmente não é verdade. Aliás, muitas das dificuldades que os alunos sofrem na escola devem-se a falta de apoio e acompanhamento desde o início do seu percurso escolar. Por isso não se deve descartar esta hipótese até os alunos estarem a pensar nos cursos superiores a que se vão candidatar. É importante começar o mais cedo possível, para resolver as dificuldades antes de se tornarem problemas.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.