O surf é um desporto com cada vez mais praticantes em Portugal e não é difícil perceber porquê. Com praias de calibre mundial e que são atrações para o turismo da Europa, como a praia de Peniche, a praia da Ericeira, a praia de Carcavelos e, claro, a praia da Nazaré, não é de espantar que o número de surfistas do país continue a crescer de região para região e de ano para ano.

Além disso, é também uma modalidade que carrega uma história e uma cultura bastantes ricas. Praticar este desporto é muito mais do que apanhar uma onda numa praia, implica conhecer outra parte do mundo e ainda lhe traz inúmeras vantagens.

Sim, porque praticar surf tem muitos benefícios tanto para o corpo como para a mente, que provém do contacto com a água das ondas e da areia da praia. E como em Portugal existem dezenas de praias de norte a sul da costa, somos muito mais privilegiados.

Saiba todos os motivos porque deve praticar esta modalidade tão importante a nível mundial e tudo o que é preciso para começar as suas aulas de surf.

Os melhores professores de Surf disponíveis
Duarte
5
5 (4 avaliações)
Duarte
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fábio
5
5 (4 avaliações)
Fábio
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
Alexandre
35€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (2 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gonçalo
5
5 (1 avaliações)
Gonçalo
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (2 avaliações)
Carolina
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joao
Joao
89€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Guilherme
Guilherme
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Duarte
5
5 (4 avaliações)
Duarte
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fábio
5
5 (4 avaliações)
Fábio
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
Alexandre
35€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (2 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gonçalo
5
5 (1 avaliações)
Gonçalo
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Carolina
5
5 (2 avaliações)
Carolina
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Joao
Joao
89€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Guilherme
Guilherme
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Uma breve história do surf

O contacto com as ondas do mar existe desde o início dos tempos.  Não se sabe a data concreta do aparecimento do surf, mas estima-se que tenha sido há pelo menos três mil anos atrás na região da Polinésia.

remar uma onda
A arte de dominar uma onda já existe há muitas centenas de anos, mesmo que não fosse conhecida pelo nome dos dias de hoje. | Fonte: Unsplash.com

Os primeiros surfistas de que se tem conhecimento eram pescadores que usavam as pranchas como meio de transporte dos seus barcos até à costa. Ainda que tenha uma origem tão antiga, o surf só tornou popular no final dos anos 1700 quando chegou ao lado ocidental.

Até esta altura, o surf era uma modalidade comum apenas nas ilhas, mas em 1779 um tenente da Marinha Real Britânica, depois de uma viagem de descoberta ao Havai, traz de volta até Inglaterra a descrição de como os havaianos tinham a prática de atravessar as ondas em pranchas de madeira ligeiramente maiores que eles.

Com a tentativa de americanizar os polinésios e a chegada dos missionários cristãos às ilhas em 1820, dá-se uma diminuição de práticas culturais como o surf, que eram desencorajadas em prol de novos e "melhores" costumes dos colonos. Desta forma, em 1900, este desporto estava praticamente morto no Havai, e havia apenas um pequeno grupo de surfistas em comparação com as centenas dos anos anteriores.

No entanto, os reis havaianos não queriam desistir da prática deste desporto, o que permitiu que o surf conseguisse sobreviver até ao século XX. E finalmente tudo começou a melhorar a partir de 1907, quando um famoso autor americano chamado Jack London chegou à cidade de Waikiki e conheceu o "Waikiki Swimming Club".

Com o conhecimento deste novo desporto, escreveu um artigo que acabaria por ser publicado em várias revistas e que causou fascínio pela modalidade nos Estados Unidos. Em 1907, o surfista havaiano George Freeth foi convidado a surfar na Califórnia, ganhando assim o título do primeiro homem a surfar no estado norte americano (embora existam relatos que outros surfistas havaianos já o tivessem feito anteriormente).

Este evento causou uma revolução no surf, levando até à mudança do design da prancha de surf e à introdução de novas técnicas. A Califórnia era, oficialmente, o palco da expansão da modalidade. E assim se manteve até 1912, quando o famoso surfista havaiano Duke Kahanamoku passou pelo estado a caminho dos Jogos Olímpicos de verão.

Este surfista ganhou duas medalhas de ouro olímpicas e foi responsável por introduzir o desporto na Austrália em 1915, que se ia rapidamente tornar um país chave no mundo do surf.

Durante os anos seguintes, Duke continuou a surfar ondas lendárias e a solidificar a sua posição como figura proeminente no desporto, mas foi apenas em 1960 que a popularidade de surf teve um aumento significativo. A partir desta altura, o desporto passou de uma cultura pequena para uma moda com milhares de praticantes.

Esta popularidade manteve-se até aos dias de hoje, e com todas as vantagens de praticar a modalidade e todas as praias pelo mundo onde o podemos fazer, não é de surpreender. Em Portugal, notou-se esse aumento de popularidade particularmente após 2016, quando chegamos aos Jogos Olímpicos.

pranchas nas ilhas
Ainda que durante muito tempo só tenha sido um desporto popular nas ilhas, nos dias de hoje tem uma grande importância mundial e é praticado nas melhores praias do globo. | Fonte: Unsplash.com

Sabe o que deve fazer antes de começar as aulas de surf?

Benefícios físicos de fazer aula de surf

A prática de qualquer desporto tem inúmeros benefícios, e o surf não é exceção.  Isto porque manter-se em pé numa prancha de surf exige muito esforço. A força que é necessária para se conseguir levantar e depois se manter nela, principalmente com o impacto das ondas, é muito elevada.

Por este motivo, o seu corpo vai ficar mais tonificado. Ao surfar trabalha todos os seus músculos, incluindo peito, braços, costas e glúteos e é, portanto, uma ótima maneira de se manter em forma e tonificar o corpo enquanto aproveita o sol. E sem precisar de gastar muito dinheiro.

Isto também vai ajudar bastante o seu equilíbrio, uma vez que para se equilibrar em cima da prancha é preciso bastante prática e a postura correta, além de agilidade para ultrapassar os obstáculos que a maré lhe coloca. Este treino constante trará mais equilíbrio ao corpo.

Ao pensar em vários movimentos em simultâneo e coordenar diferentes partes do corpo, aumenta paralelamente a sua coordenação motora. A frequência com que terá que realizar estes movimentos fará com que a sua postura seja corrigida e com que o sistema cardiorrespiratório e cardiovascular fiquem resistentes e alinhados.

A alternância destes movimentos vai significar uma melhoria considerável na sua coordenação motora, já que vai precisar de bastante agilidade para alternar entre remar, mergulhar, permanecer de pé e fazer manobras.

Como vai acabar por treinar bastante, também vai aumentar a sua massa muscular e, consequentemente, emagrecer. O contacto com a água fria está também associado ao desaparecimento de gorduras acumuladas, já que a diminuição da temperatura corporal obriga a um gasto energético maior para que o seu corpo se consiga manter quente durante o exercício.

Além disso, ao dominar as ondas vai intensificar o exercício e trabalhar o coração e os pulmões. Vai ser preciso nadar quando estiver na água, remar bastante e, depois, conseguir manter-se de pé na prancha de surf com a maré, alternando todos estes movimentos várias vezes. Este esforço geral fará com que o seu corpo ganhe resistência.

Como trabalha todos os músculos em sincronia, vai também causar uma melhoria no seu sistema cardiorrespiratório. Isto contribui para a contração dos vasos sanguíneos e a reativação do sistema circulatório, o que aumenta as defesas do corpo e melhora o sistema imunitário. É uma enorme vantagem para os aspirantes a surfistas que têm problemas respiratórios como asma, uma vez que os efeitos positivos nos pulmões ajudam a desimpedir as vias respiratórias e permitem que respire com maior facilidade.

mulher a surfar onda
Esta modalidade tem vários benefícios físicos, um dos motivos porque tem cada vez mais apoiantes pela costa de Portugal. | Fonte: Unsplash.com

Descubra quais são os recursos necessários para apanhar as ondas em qualquer praia do país.

Benefícios mentais de um curso de surf

Além dos benefícios físicos, a prática de surf também tem vários benefícios mentais, independentemente do local onde tem as aulas. Ao surfar estará concentrado nos movimentos que está a fazer e, desta forma, vai conseguir esquecer-se de todo o stress que se acumulou durante o dia e todos os problemas que o incomodam.

Surfar é uma verdadeira mudança de estilo de vida, e pode trazer-lhe uma enorme sensação de liberdade e de consciência e aceitação de si próprio. Ao praticar esta modalidade, o seu corpo libera endorfinas que dão uma sensação de bem-estar e que fazem com que queira voltar a fazer o exercício, e isto reflete-se num aumento geral da sua qualidade de vida.

O contacto direto com o mar e a natureza está associado à gestão da ansiedade e ao relaxamento, que são fatores que contribuem para a manutenção do bem-estar mental. Os praticantes confirmam que o desporto lhes permite descarregar as más energias, ser mais produtivos e mais resistentes à pressão.

mulher relaxada
O melhor benefício é talvez o mental, que provém da imersão total na atividade e na onda. Felizmente não faltam praias em Portugal onde possa praticar a modalidade. | Fonte: Unsplash.com

Por isso, podemos garantir que este desporto é um grande aliado da saúde mental e que não há melhor exercício para o bem-estar mental do que poder relaxar nas ondas do mar da praia, enquanto apanha sol e pratica exercício físico.

Com todas estas vantagens é de espantar que ainda haja quem não queria pelo menos experimentar a modalidade, principalmente tendo em conta a quantidade de praias que temos em Portugal com as melhores ondas, de norte a sul, por toda a costa. Qualquer que seja a cidade de Portugal em que vive, certamente terá uma praia não muito longe onde pode ir apanhar uma onda. A quantidade crescente de turismo nos locais da costa é um testamento disso mesmo.

Agora que já sabe tudo o que tem a ganhar com este deporto, não há motivos para continuar à espera. Descubra qual é a praia mais perto de si e comece a preparar-se para as aulas de surf.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.