"No Centro de Portugal, rodeada por serras e pelos rios Vouga e Dão, ergue-se a cidade de Viseu, berço de Vasco Fernandes, e importante marco da arte sacra e da arquitectura religiosa, como comprovam as inúmeras igrejas que adornam o centro histórico."

Esta é a frase que, na página dedicada ao centro de Portugal, nos convida a visitar a bela cidade de Viseu.

Mas saiba o nosso leitor que esta cidade situada região da Beira-Alta não é só para turistas e fins de semana. Viseu é uma cidade cuja história – rica em peripécias – está bastante próxima da História de Portugal, sendo a cidade da mítica figura de Viriato (o famoso guerreiro lusitano), a cidade do nosso primeiro rei, D. Afonso Henriques e a cidade berço do conhecido pintor Grão Vasco.

Além disso, Viseu é também um local maravilhoso para se aprender uma língua nova, não só porque é uma cidade pacífica que em tudo facilita a concentração necessária ao estudo, mas também porque apresenta várias outras condições ideiais para quem se quer transformar num ás em alemão e aprender a traduzir, como ninguém, obras de Goethe.

Concentração, tranquilidade, foco, persistência, recursos e curiosidade é tudo quanto o nosso leitor precisa para aprender as mais complexas frases em alemão e tornar-se fluente nesta língua. E com todos estes fatores poderá aprender a falar alemão em qualquer cidade do país, incluindo em Viseu!

Willkommen bei Viseu! (Bem-vindos a Viseu!)

Números e verbos em alemão: algumas curiosidades sobre a língua alemã

O alemão é a língua mais falada da União Europeia e, além disso, é a língua materna de cerca de 98 milhões de pessoas em todo o mundo! A juntar a estas há ainda pelo menos 80 milhões de pessoas que falam fluentemente alemão como língua estrangeira.

Pois é, para uma língua relativamente complicada há muita gente que a domina indo bem além das coisas mais simples como:

  • os dias da semana em alemão;
  • os pronomes pessoais em alemão;
  • olá e adeus em alemão;
  • não e sim em alemão;
  • bom dia em alemão;
  • etc.

Pois é, mas para começar a aprender uma nova língua – e, em particular para começar a aprender alemão sozinho – é, de facto, necessário começar pelo mais básico antes de avançar para frases em alemão tão complexas como as que usamos em português, a nossa língua materna.

Por isso, porque não incentivar o seu estudo autónomo do alemão com algumas curiosidades sobre esta língua falada por mais de 100 milhões de falantes?

Uma fotografia de um quadro com vários algarismos
Sabia, por exemplo, que os numeros em alemão são ditos de forma inversa? | Fonte: Unsplash

Então, o nosso leitor sabia que, em alemão:

  • os números se expressam 'ao contrário' entre o 21 e o 99? Pois é, os números em alemão são o cabo dos trabalhos e, a partir do 21 inverte-se a forma como os expressamos. Quer isto dizer que, enquanto nós dizemos que temos, por exemplo, 75 anos (isto é, "setenta e cinco anos"), os alemães dirão que temos "cinco e setenta"!
  • existem palavras muito mais longas do que em portugês?! É verdade, a palavra mais longa da língua portuguesa é pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico – e tem 46 letras, o que para nós já é absurdo, não é verdade? Ora,  no vocabulário alemão a palavra mais longa é Donaudampfschifffahrtselektrizitätenhauptbetriebswerkbauunterbeamtengesellschaft , que tem 80 letras e, em português, significa o equivalente a 17 palavras isoladas em português: "Associação dos Funcionários Subordinados da Construção da Central Elétrica da Companhia de Barcos a Vapor do Danúbio".
  • há expressões diárias muito curiosas que, quando traduzidas para portugês, são francamente engraçadas? É o caso da expressão “Schwein gehabt!” que, traduzida à letra para o português significa “Você teve um porco!” (um animal, aliás, muito frequente na cozinha alemã), e que é utilizada para expressar uma questão de sorte.

Benefícios de aprender a dizer mais do que bom dia em alemão

Mas, além de ser uma língua verdadeiramente curiosa, a verdade é que o alemão é uma língua muito útil.

Em primeiro lugar porque, como já salientámos, milhares de pessoas falam alemão.

Mas se o aluno está inclinado para aprender alemão sozinho e se deseja dominar a língua alemã tão bem quanto um tradutor alemão em Beja ou no Porto, então saiba que aprender alemão pode ainda:

  • melhorar a sua experiência de viagem;
  • abrir-lhe portas no mundo laboral e, em particular, na Alemanha;
  • ajudá-lo a obter bolsas de investigação nos países falantes de alemão;
  • permitir que veja filmes e leia grandes obras da literatura alemã na sua língua original.

Melhorar a sua experiência de viagem

O alemão é a língua oficial de países como:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Liechtenstein;
  • Bélgica;
  • Suíça;
  • e Luxemburgo.

Por isso, se o nosso leitor gostaria de visitar algum destes países, convém que saiba, no mínimo, algumas coisas simples como os dias da semana em alemão, encomendar uma refeição, dizer olá e adeus em alemão, dizer bom dia em alemão, pedir direções, etc.

É verdade: quer estude alemão em Viseu, quer queira aprender a língua de Mann em Coimbra, em viagem as barreiras linguísticas podem ser obstáculos difíceis de contornar. Contudo, se aprender a falar alemão imagine quantos países novos o aluno não poderá conhecer na totalidade e sem dificuldade!

Um rapaz sentado num banco de aeroporto, com as pernas em cima da mala, a ver um avião levantar.
Se pretende viajar para um país germanófono será muito útil saber dizer mais do que bom dia em alemão. | Fonte: Unsplash

Abrir portas no mundo laboral, dentro em fora da Alemanha

Aprender alemão também é muito importante caso o aluno queira adquirir mais um fator diferenciador no seu currículo. Pois é, dado que existem muitos países falantes de alemão, muitas empresas procuram colaboradores que sejam fluentes nesta língua – e, claro, que saibam bem mais do que os meses em alemão, para que comuniquem com clientes alemães sem dificuldade.

Algumas das áreas que mais procuram falantes de alemão em Portugal são a área do turismo e o setor industrial. Contudo, é claro que também a área livreira e editorial procuram, com frequência, um tradutor alemão para ajudar a dar a lume às mais importantes obras da literatura alemã em Portugal e, por outro lado, para fazer chegar aos países germânicos a literatura que por cá tão bem se produz.

Além disso, há excelentes postos de trabalho na Alemanha que estão à espera de ser preenchidos e, para isso, todo e qualquer candidato terá de falar a língua alemã fluentemente.

Obter bolsas de investigação nos países falantes de Alemão

Se, por outro lado, o aluno está mais interessado em vingar no mundo da academia e gostaria de poder fazer um mestrado ou um doutoramento em países como a Alemanha ou Áustria, então certamente também deverá procurar aprender mais do que os dias da semana em alemão e, passando pelos números em alemão e por todos os verbos em alemão, dominar tudo quanto há para saber sobre a língua.

De facto, o alemão é a segunda língua mais importante no mundo da ciência e a Alemanha é o terceiro país que mais contribui para a investigação científica. Por isso, se o aluno sonha em ser um investigador de renome e procura obter uma bolsa de investigação num país germânico deve, antes de mais, agarrar-se ao seu dicionário de alemão e aprender a falar esta língua como ninguém.

Por fim, quer viva em Lisboa quer esteja a aprender alemão no Algarve, o aluno deve saber que ganhará ainda uma outra vantagem em relação a quem não sabe mais do que os numeros em alemão. Claro, aprendendo a falar fluentemente alemão, o aluno poderá, finalmente, ler, na sua versão original, as magníficas obras literárias de escritores alemães como Goethe ou Thomas Mann!

E o mesmo com os filmes. Já pensou como faria muito mais sentido ver a famosa comédia Good Bye, Lenin!, dirigida por Wolfgang Becker, em alemão?

Seis livros de várias cores sobrepostos.
Se gostaria de ler autores como Mann ou Goethe, porque não aprender a usar um dicionário alemão português? | Fonte: Unsplash

Aprender números, expressões e frases em alemão na cidade de Viriato

Ora, elucidado o leitor sobre as inúmeras curiosidades, interesses e benefícios de estudar alemão, deve ainda saber que, tal como quem escolhe ingressar num curso de alemão na cidade do Porto, quem vive em Viseu e quer aprender mais do que os dias da semana em alemão também pode escolher entre várias opções.

Hoje, sugerimos-te duas delas: ingressar num curso de alemão na Royal School of Languages de Viseu ou procurar um professor de alemão particular da Superprof que, além de ensinar ao aluno tudo quanto há para saber sobre a língua, o possa ensinar a utilizar um dicionário de alemão com rigor.

Na Royal School of Languages de Viseu há aulas de alemão para todos os níveis, existindo cursos para todas as idades e ainda um regime de cursos intensivos adequado a qualquer um dos níveis.

Assim, na Royal School of Languages de Viseu o aluno obterá:

  • uma formação em alemão direcionada e adequada aos seus projetos pessoais e profissionais;
  • uma maior confiança comunicativa, sabendo mais do que conjugar verbos em alemão;
  • competências linguísticas que contribuam para os objetivos que traçou para a sua vida;
  • uma incontornável capacidade de comunicação, aprendendo a utilizar frases em alemão em contextos de diálogo reais;

 

Além disso, o aluno deve saber que nesta escola os alunos têm uma formação relativamente personalizada (em turmas muito pequenas) e que a metodologia de aprendizagem se foca, sobretudo, no constante diálogo com os profissionais da língua.

Se, por outro lado, o aluno procura um regime de ensino totalmente personalizado e quer aprender não só os meses em alemão, mas também a dominar os atos comunicativos mais complexos, então o nosso conselho é que procure um professor particular da Superprof que esteja mais do que treinado para ministrar cursos intensivos de alemão.

Com as aulas de alemão particulares da Superprof – e quer pretenda aprender alemão em Portugal continental ou, por exemplo, no Funchal – o aluno pode:

  • escolher a metodologia de ensino que mais se adequa aos seus objetivos;
  • um professor que seja um falante nativo de alemão, tenha vivido na Alemanha (ou noutro país germânico) ou tenha muitos anos de experiência de ensino;
  • decidir se prefere começar pelo mais básico – pelos dias da semana em alemão e pelos números em alemão – ou se já sabe o suficiente para aprender aspetos gramaticais mais complexos que o ajudem a ler literatura alemã;
  • escolher o horário e a frequência com que quer ter aulas de alemão;
  • optar por ter aulas particulares em casa do professor, numa esplanada ou até via skype.

 

Duas pessoas a conversar num café.
É possível aprender a conjugar verbos em alemão sem estar sempre de olho na gramática. Há professores de alemão que utilizam métodos de ensino mais descontraídos. | Fonte: Unsplash

Pois é, em Viseu, e mesmo longe de uma escola alemã ou dos cursos de alemão do goethe institut de lisboa, todos podem aprender a falar alemão. Vamos a isso?

Precisa de um professor de Alemão ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Marta

Sou, desde sempre, uma ávida leitora, com o coração apontado para a escrita, e uma bibliófila incurável, com um fraquinho por arquivos e espólios. Hoje, trabalho como revisora, editora e produtora de texto freelancer e sou colaboradora do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa.