Aprender a língua italiana quando se é criança é possível e real!

Quer para descobrir uma língua e cultura diferentes, quer para aprender mais sobre o período do renascimento, existe muita gente que assume a vontade de aprender para falar italiano.

Contudo, ter explicações, aulas particulares ou frequentar cursos de italiano tem o seu preço.

Graças ao desenvolvimento rápido das novas tecnologias, é bem possível ensinar o italiano ao seu filho sem sair de casa e gastar muito dinheiro.

Via smartphone ou tablet, o desenvolvimento da educação eletrónica é considerável, como explicou Jérôme Serre, fundador da Edu-Pad na França, numa entrevista concedida ao jornal francês l'Express publicado a 1 de setembro de 2015:

"Queríamos romper com o método tradicional do ensino: "Eu dou a aula e depois faço os exercícios para validar a competência". Pode ter sido nos dias de Jules Ferry, mas não é apropriado para a geração Google".

Se quer que os seus filhos aprendam tudo sobre o vocabulário italiano e assimilem os principais conhecimentos da língua oficial da Itália, consulte a nossa seleção de aplicações pedagógicas.

Os melhores professores de Italiano disponíveis
Irene
5
5 (24 avaliações)
Irene
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Altea
5
5 (12 avaliações)
Altea
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gloria
5
5 (9 avaliações)
Gloria
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Plínio
5
5 (13 avaliações)
Plínio
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (5 avaliações)
Sara
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Eleonora
4,9
4,9 (8 avaliações)
Eleonora
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Antonella
5
5 (7 avaliações)
Antonella
18€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Lorenzo
5
5 (5 avaliações)
Lorenzo
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Irene
5
5 (24 avaliações)
Irene
13€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Altea
5
5 (12 avaliações)
Altea
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Gloria
5
5 (9 avaliações)
Gloria
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Plínio
5
5 (13 avaliações)
Plínio
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (5 avaliações)
Sara
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Eleonora
4,9
4,9 (8 avaliações)
Eleonora
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Antonella
5
5 (7 avaliações)
Antonella
18€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Lorenzo
5
5 (5 avaliações)
Lorenzo
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

A língua italiana para as crianças: a teoria e a prática

As aplicações de aprendizagem de italiano são muito populares no momento em que os pais decidem ensinar uma língua a uma criança.

Gratuitos e disponíveis nos telemóveis Android e iOS, estas ferramentas educacionais possibilitam fazer uma viagem completa ao campo gramatical desta língua latina, graças aos jogos para jovens.

As aplicações propõem seguir o progresso do aluno através de testes de italiano para os níveis iniciante, intermédio e posteriormente, avançado.

No programa poderá encontrar:

  • Exercícios básicos de vocabulário para os mais pequenos;
  • Exercícios de pronúncia italiana;
  • Exercícios de escuta;
  • Exercícios de leitura em italiano;
  • Exercícios de conversa oral em italiano;
  • Jogos em forma de questionário.

Este meio de aprendizagem permite aos alunos mais velhos construírem uma base de conhecimento mais sólida antes de iniciarem as lições de italiano tradicionais ou cursos de italiano.

Atualmente encontra muitos recursos para aprender italiano online
Aprender italiano também é possível através do auxílio de ferramentas tecnológicas. | Fonte: Unsplash

Pontos positivos

  • As muitas imagens que ilustram o vocabulário a assimilar;
  • A capacidade de ouvir palavras italianas faladas por falantes nativos;
  • Os troféus obtidos após o sucesso dos desafios - aplicações com carácter de jogo;
  • A coleção de estrelas que mostra sua progressão na aprendizagem do italiano;
  • Os diferentes níveis de exercícios;
  • O vocabulário completo, agrupado por temas;
  • A função de reconhecimento de fala que melhora o sotaque italiano.

    Pontos menos positivos

  • Os anúncios que financiam algumas aplicações gratuitas;
  • Os exercícios que aparecem em primeiro lugar não são adaptados para obter um nível mais avançado, em alguns casos;

Resumindo, algumas aplicações são válidas e muito completas, e são aconselhadas para crianças menores de 12 anos ou iniciantes na língua de Da Vinci.

Contudo, é preciso ter em conta que não é preciso adotar um ritmo intensivo na aprendizagem: o aluno deve, simplesmente, incluir alguns exercícios italianos no seu quotidiano para aprender a comunicar em italiano nalguns meses.

Aprender italiano com um amigo
Aprender italino através de uma aplicação pode ser um bom complemento a uma aprendizagem mais académica. | Fonte: Unsplash

Ti Racconto Une Fiaba - um curso de italiano ou um contos de fada?

Existe alguma maneira de aprender italiano online ou ter italiano Lisboa ou Porto e descobrir contos de fadas ao mesmo tempo? A resposta é sim!

Ti Racconto Una Fiaba é uma aplicação que oferece mais de 1000 contos de fadas para ouvir com as crianças ou sozinho, se preferir.

A aplicação é paga, mas barata no Android e iOs. Aqui são disponibilizas histórias e vídeos em que os nativos  da língua italiana contam as histórias. Os utilizadores desta aplicação também podem aceder ao modo somente de leitura para se concentrarem apenas e mais na pronúncia italiana.

Os autores das histórias contadas não são só italianos, mas todos os contos são contados em italiano. Aqui pode conhecer as fábulas:

  • Charles Dickens;
  • Jean de la Fontaine;
  • Giovan Battista Basile;
  • Fratelli Grimm;
  • Hans Andersen;
  • Charles Perrault;
  • Mara Menino;
  • Marcella Geraci;
  • Niccolo Machiavelli, entre outros...

Ler histórias mágicas através do tablet pode tornar-se uma atividade diária muito entusiasmante e criativa para os pais que desejam transmitir aos seus filhos todos os contos de fadas que aprenderam na sua infância

Pontos positivos

  • A ampla seleção de histórias;
  • O modo "leitura", ideal para adormecer;
  • A pluralidade de autores;
  • Os desenhos que acompanham os contos;
  • A possibilidade de fazer download dos sons para aproveitar a aplicação mesmo se não estiver ligado à net;
  • Diferentes idiomas estrangeiros disponíveis.

Pontos menos positivos

  • A redundância do exercício;
  • A estética da aplicação;

A aplicação é acima de tudo um meio para o jovem aluno aprender a literatura italiana juntamente com os contos desconhecidos. Por outro lado, é essencial complementar a audição das histórias com outros exercícios ou aulas de italiano porque a aplicação não é suficiente para se tornar um especialista em gramática italiana ou conjugação verbal italiana.

Veja também os melhores sites e vídeos para as crianças aprenderem italiano!

Talvez tenha raízes em Itália e isso o motive a aprender o idioma
Poderá aprender italiano em família! | Fonte: Unsplash

Dino Lingo, um verdadeiro curso italiano de bolso

Para saber tudo sobre o idioma de Leonardo Da Vinci, porque não confiar numa aplicação que já provou o seu valor?

Dino Lingo oferece aulas em todas as línguas estrangeiras (inclusive em italiano) para ajudar as crianças a melhorar as suas habilidades linguísticas. Contudo, e para ter a versão completa, é preciso gastar algum dinheiro. Isto significa que, se quer aprender italiano gratuitamente, esta aplicação não é a mais indicada para si.

Objetivos de aprendizagem:

  • Aula 1: Aprender a contar em italiano;
  • Aula 2: Aprender o vocabulário da cozinha italiana;
  • Aula 3: Aprender o léxico de brinquedos e veículos;
  • Aula 4: Aprender os verbos italianos e o vocabulário sobre a natureza;
  • Aula 5: Aprender o vocabulário sobre o corpo humano e o vestuário;
  • Aula 6: Aprender o vocabulário do movimento através da música italiana.

Esta aplicação é de fato muito completa e permite uma imersão total na língua e na cultura italianas. Todos os textos estão escritos na língua de Dante Alighieri. Portanto, é aconselhável conhecer algumas bases do italiano para poder utilizar o menu sem dificuldades.

Pontos positivos

  • Aulas muito completas;
  • A aplicação está disponível em modo offline para poder aprender em todos os lugares;
  • Os exercícios de italiano são muito pedagógicos e funcionam muito bem;
  • As imagens e animações são ao estilo dos desenho animado;
  • As legendas em italiano para melhor assimilar as palavras;
  • A biblioteca de vídeos é muito completa;
  • Há uma repetição constante de palavras para assimilar a pronúncia italiana;
  • As sessões duram cerca de trinta minutos para que a aprendizagem seja feita de forma lenta e progressiva.

Contudo, o preço é bastante exorbitante para uma aplicação, mesmo que ela ofereça um excelente conteúdo.

As aulas de italiano para crianças online do Dino Lingo são tão numerosas que o seu filho poderá acompanhá-las por vários anos ou mesmo passar para os irmãos e irmãs mais novos. Também é possível adaptar os exercícios de acordo com o seu nível de familiarização com a língua italiana.

Temos certeza que o seu filho aprenderá a língua de Dante de maneira lúdica e divertida.

Os melhores preços estão no curso de italiano online da Superprof.

Learn & Play Italian: aprenda palavras italianas

Usar uma aplicação no tablet ou no smartphone não só permite uma aprendizagem com um custo menor, como também ajuda a desenvolver a autonomia e a memorização desde uma idade precoce. Por outro lado, a aplicação pode ser também um complemento para aprender a língua numa escola de língua italiana para crianças.

É precisamente esse o objetivo do Learn & Play: oferecer jogos divertidos em várias línguas para desenvolver as funções cognitivas dos estudantes.

A aplicação está disponível em versão gratuita no Android e iOS, mas também na versão paga e sem publicidade.

Objetivos de aprendizagem:

  • Memorização e revisão do alfabeto latino;
  • Memorização dos substantivos italianos;
  • Aprendizagem de verbos italianos;
  • Aprendizagem dos números em italiano;
  • Transcrição fonética de termos em italiano;
  • Treino da ortografia italiana;
  • Treino da escrita italiana;

Para ajudar as crianças a assimilar um idioma diferente da língua materna, a aplicação é baseada no método Glenn Doman, escritor americano que desenvolveu exercícios para ensinar matemática e leitura para bebés.

Para além disto e graças ao dicionário ilustrado que é apresentado, as crianças podem consolidar o seu domínio básico da língua de Dante e praticar o italiano diariamente.

Encontre o professor ideal de italiano à distância
Existem muitas aplicações para aprender italiano de uma forma divertida e dinâmica. | Fonte: Pixabay

Pontos positivos

  • Os inúmeros temas a abordar: vegetais, frutas, animais, natureza, escola, viagens;
  • A tradução das palavras;
  • A qualidade HD da aplicação;
  • O treino da produção escrita e oral;
  • As cores brilhantes que chamam à atenção dos mais novos;
  • O sistema de pontos permite que permite que a aprendizagem se torne um desafio;
  • As associações das ideias entre imagens, sons e a escrita;
  • Análise ao nível de proficiência linguística;
  • Disponibilidade offline para aprender em qualquer lugar;
  • O vocabulário narrado por alguém nativo de Itália.

Pontos menos positivos

  • Menos recursos na versão gratuita do que versão na paga;
  • Alguns bugs nas imagens;

A aplicação é também uma excelente ferramenta para ajudar os professores das escolas a iniciar as aulas de italiano de um forma divertida.

Por outro lado, também é um excelente meio para familiarizar o seu filho com a língua italiana antes de uma viagem à Itália sem passar por um professor qualificado.

Isto significa que, sem sequer perceber, o jovem aprendiz pode aprender alguns termos e palavras em italiano em apenas alguns meses e descobrir a famosa cultura italiana.

Não se esqueça que a vantagem das aplicações em relação a todos os outros métodos, é que a criança pode aprender em qualquer lugar e a qualquer hora com a supervisão dos pais.

E se quer acompanhar o seu filho nesta aventura de aprendizagem, veja também como aprender italiano online no site da Superprof!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Marília

Sou licenciada em História da Arte e Mestre em Estudos Artísticos, na vertente de Teoria e Crítica da Arte. No passado, escrevi também alguns artigos para a revista Umbigo (online) e criei e geri todos os conteúdos da plataforma pensarte.pt.