Até aos 8 anos de idade, as crianças são capazes de aprender perfeitamente, e de uma forma fluida, uma segunda língua como se fosse a segunda "língua materna" e não uma língua estrangeira.

Daí a importância de transmitir o idioma de Leonardo Da Vinci desde muito cedo ao seu filho e, assim, dar-lhe uma base cultural e linguística que não tem comparação.

As aulas de italiano permitem:

  • Descobrir uma cultura 100% mediterrânea;
  • Aprender uma língua rica e cheia de história;
  • Falar, trocar ideias e discutir com os italianos.

E, como dizem os italianos, "chi va piano, va sano e va lontano" (que segundo um dicionário italiano portugues significa "quem vai devagar, vai são e por muito tempo"). Isto significa que, aprender italiano pode ser feito de diferentes maneiras, contudo, deve ser feito de uma forma calma e progressiva seja em que altura da vida for.

As aulas de italiano para crianças são dadas segundo os métodos de ensino de uma aula tradicional. Mas se deseja que os seus filhos aprendam italiano de forma mais dinâmica, autónoma e atual, os sites de aprendizagem são a melhor opção pois oferecem aulas de vídeo, com músicas ou desenhos muito explicativos.

Descubra neste artigo uma lista de sites que permitirão que os seus filhos aprendam o idioma italiano gratuitamente e de forma divertida.

Os melhores professores de Italiano disponíveis
1ª aula grátis!
Irene
5
5 (11 avaliações)
Irene
13€
/h
1ª aula grátis!
Altea
5
5 (10 avaliações)
Altea
12€
/h
1ª aula grátis!
Gloria
5
5 (9 avaliações)
Gloria
15€
/h
1ª aula grátis!
Plínio
5
5 (13 avaliações)
Plínio
12€
/h
1ª aula grátis!
Eleonora
4,9
4,9 (8 avaliações)
Eleonora
12€
/h
1ª aula grátis!
Romain
5
5 (8 avaliações)
Romain
15€
/h
1ª aula grátis!
Milene
Milene
12€
/h
1ª aula grátis!
Antonella
5
5 (7 avaliações)
Antonella
15€
/h
1ª aula grátis!
Irene
5
5 (11 avaliações)
Irene
13€
/h
1ª aula grátis!
Altea
5
5 (10 avaliações)
Altea
12€
/h
1ª aula grátis!
Gloria
5
5 (9 avaliações)
Gloria
15€
/h
1ª aula grátis!
Plínio
5
5 (13 avaliações)
Plínio
12€
/h
1ª aula grátis!
Eleonora
4,9
4,9 (8 avaliações)
Eleonora
12€
/h
1ª aula grátis!
Romain
5
5 (8 avaliações)
Romain
15€
/h
1ª aula grátis!
Milene
Milene
12€
/h
1ª aula grátis!
Antonella
5
5 (7 avaliações)
Antonella
15€
/h
1ª aula gratuita>

Sites divertidos e dinâmicos para aprender a língua italiana

A internet permite um acesso infindável a dados linguísticos, certo? No entanto, alguns sites são mais originais que outros. Estes permitem que os seus usuários aprendam italiano de forma menos académica e mais descontraída.

Nestes sites, os alunos não sentem que estão em frente a um professor de línguas e isso motivará qualquer tipo de estudantes: pequenos ou grandes.

Aqui estão os 3 sites que permitirão que os seus filhos aprendam o italiano enquanto se divertem:

Estudar online
Existem muitos sites dinâmicos e divertidos para aprender italiano online. | Fonte: Pexels

Oneworlditaliano: aprenda sobre a italiano!

O Oneworlditaliano é um site muito rico graças ao seu armazenamento de dados linguístico e oferece vários formatos de aprendizagem.

Aqui, as crianças terão acesso a:

  • Cursos de italiano online;
  • Cursos de italiano em vídeo;
  • Atividades organizadas por tema;
  • Treinos com ditados em italiano;
  • Vocabulário, a gramática e a conjugação italiana.

E, tal como acontece com um curso completo e tradicional, a aula termina com um exercício que testa o conhecimento apreendido durante o período de aprendizagem.

O site Oneworlditaliano também ensina aos alunos a pronúncia e a cadência de palavras, indispensável em italiano, uma vez que se diz que este idioma parece ser cantado e não falado.

Duolingo: aulas interativas de italiano!

Aqui, poderá programar as aulas de italiano consoante o ritmo do seu quotidiano.

Adaptáveis ​​para telemóvel, os alunos têm acesso aos seus cursos de italiano a qualquer momento.

As aulas no site Duolingo adaptam-se ao estilo de aprendizagem do aluno. Os exercícios são personalizados para ajudá-lo a aprender e ainda rever o vocabulário. Através deste site, o aluno recebe as suas correções instantaneamente para progredir o mais rápido possível.

Para motivar os alunos, o site Duolingo felicita os objetivos conquistados relativamente a aprender italiano, desbloqueando níveis.

Poderá ainda fazer download da aplicação correspondente e, pode aproveitar para descobrir as aplicações das aulas de italiano para crianças.

Musicaperjunior: aprenda italiano com música!

O blog musicaperjunior permite aprender os conceitos básicos da língua italiana de uma forma muito invulgar: cantando.

É de conhecimento geral que é mais fácil memorizar palavras, frases ou expressões através da música.

Neste site, deve ouvir a música e ver o vídeo que são, por sua vez, acompanhados da letra da música na parte inferior do ecrã. Na letra da música faltarão palavras que devem ser completadas por si e pelos mais pequenos. É ou não um bom método para desenvolver a escuta e decorar o significado de algumas palavras?

Em cada nível, são lecionadas 5 ou 6 aulas em italiano.

Ter aula virtual na escola virtual
Existem sites mais atuais e dinâmicos ou mais tradicionais para aprender italiano. | Fonte: Pexels

Sites tradicionais para aprender italiano online

Mesmo que os sites interativos sejam muito atraentes, os sites tradicionais também permitem às crianças aprender as noções básicas da língua italiana.

Mesmo que sejam menos divertidos e dinâmicos que os sites mencionados anteriormente, os sites tradicionais não se comparam às aulas de línguas lecionadas na escola.

Aqui estão três sites gratuitos para aprender italiano de uma forma mais tradicional:

Aprender italiano: progredindo calmamente

Esse site é baseado numa série de aulas sobre aquilo que é realmente básico no idioma italiano. Aqui é proposto uma série de aulas pagas com finalidades e públicos muito específicos: curso italiano para viagens, curso de italiano básico, curso de italiano avançado, curso de italiano para crianças...

Como é uma aula no site aprender italiano?

Aula 1 - o alfabeto em italiano:

O aluno é confrontado com uma tabela em que pode ver todas as letras do alfabeto italiano. Depois, são explicadas as diferenças da pronúncia com relação ao português.

Seguidamente, o aluno lê e aprende as regras com base na pronúncia em português.

Contudo, considera-se que o site ensina somente o básico e não tem muitos recursos. Isto significa que, se o aluno quiser aprender mais, terá de pesquisar outros métodos de aprendizagem para aprofundar o seu conhecimento.

Moocs para aprender mais
Utilizar as diferentes plataformas digitais pode ser uma forma divertida e descontraída de aprender italiano. | Fonte: Pexels

A referência linguística Loecsen

Este site permite que os alunos aprendam italiano através do desenho, pois aqui todos os casos práticos são ilustrados com desenhos, músicas e sons para melhorar a pronúncia das palavras. Todas as lições de italiano podem ser guardadas no computador em formato MP3, mas também em formato PDF para praticar como e quando quiser.

Aqui os alunos aprendem o básico do italiano, graças à exposição de:

  •  expressões essenciais: olá, adeus, obrigado...
  •  conversas: como se chama? como está?
  •  situações do dia-a-dia: como pedir um táxi em italiano? Como pedir um café?

E, tal como em muitos sites de aprendizagem de línguas, há um teste para verificar o conhecimento adquirido no final de cada curso.

Filmes em italiano: o método mais comum para aprender palavras italianas

Os filmes em versão original com legendas italianas ou sem legendas são um método muito eficaz e prático para introduzir a aprendizagem do italiano.

Para uma boa assimilação deste idioma, é mais apropriado ver filmes ou séries que lhe interessem pelo conteúdo ou pela história.

Muitas pessoas já melhoraram o domínio da língua italiana através de filmes e séries em versão original. Assim, aconselhamos que assista o máximo de filmes possíveis para enriquecer o seu vocabulário!

Isto significa que, ouvindo o que as personagens dizem, lendo as legendas e associando as palavras escutadas às lidas, é mais fácil aperfeiçoar a sua compreensão do italiano. Se houver algo que não entendeu no filme, só precisa rever esse momento as vezes que forem necessárias até identificar corretamente a palavra ou frase usada.

Italiano.rai: imersão total

Esse site é mais adequado para alunos um pouco mais velhos porque está tudo em italiano. Não há nenhuma tradução, aqui é tudo 100% italiano!

Estas aulas são produzidas pelo Ministério da Educação da Itália e o objetivo é fazer o aluno estudar como se estivesse em Itália com um professor que não sabe falar português.

O site tem como objetivo melhorar o uso da língua italiana em situações reais do quotidiano.

As aulas são articuladas como numa escola de idiomas uma vez que, o aluno é avaliado de acordo com os 4 níveis de competência do idioma: A1, A2, B1 e B2.

Em cada aula, há vídeos em italiano com a apresentação de situações do dia-a-dia e em cada episódio, haverá um novo conteúdo linguístico e gramatical a aprender.

Por exemplo: Unidade 1 = A aula 1 é estruturada de acordo com três temas principais:

  • Textos em italiano com situações do quotidiano;
  • Aulas em vídeo em que o aluno pode ouvir palavras em italiano, mas também vê-las escritas;
  • Testes escritos para verificar o aprendeu ao longo do curso do italiano.

    Aprender online com aula virtual da escola virtual
    Existem imensos sites e aplicações que pode utilizar diariamente para aprender italiano. | Fonte: Pexels

Lingalog: site para praticar o italiano escrito

O Lingalog permitirá aos estudantes familiarizarem-se com a língua italiana de forma prática eficaz e progressiva.

Os cursos de italiano são divididos em 4 partes:

  • Compreensão do italiano escrito;
  • Opções de treino da língua de forma autónoma;
  • Exercícios de compreensão da produção oral e escrita;
  • Links para o italiano.

Aqui terá acesso a poemas e a diálogos escritos em italiano.

Além dos sites, há outros meios que poderá consultar online, como as melhores aplicações para as crianças aprenderem o italiano.

Algumas noções básicas antes de começar um curso de italiano

Aqui estão algumas dicas básicas para obter o conhecimento primário da língua italiana:

A gramática italiana

Desaparecem as letras "b", "c", "d", "g", "m" e "p" antes de uma consoante: atitude em português -> attitudine em italiano. Ou, ato em português -> atto em italiano,
E, antes dos ditongos, as consoantes "b", "c" e "g" são duplicadas: abbia torto (cometeu um erro) -> dubbio (dúvida). Ou ainda dobbiamo (devemos) -> faccio (eu faço),
A letra J em português é substituída pela conjugação de letras GE e GI: Gesu (Jesus em italiano). Ou Giulio (Júlio em italiano),
Por outro lado, nalgumas palavras, a letra L em português transformou-se em i em italiano: Flor -> Fiore,
A letra X é inexistente em italiano: o rei persa Xerxes -> il re di persia Serse

As três conjugações

Conjugação 1º grupo: composto de verbos acabados em -are: amare (amar) = amo, ami, ama, amiamo, amate, amano,
Conjugação 2º grupo: composto de verbos acabados em -ere: ridere (rir) = rido, ridi, ride, ridiamo, ridiete, ridono,
Conjugação 3º grupo: composto de verbos acabados em -ire: partire (partir) = parto, parti, parte, partiamo, partite, partono.

Modo de tratamento pessoal em italiano

Em italiano, deve usar a terceira pessoa singular. Isto significa que deve conjugar o verbo na terceira pessoa do singular.

Por exemplo: como você está? = Come sta?

Os pronomes devem concordar com a terceira pessoa do singular.

Se o pronome tiver uma função de complemento direto, o pronome "la" é usado. Ex.: Peço-lhe que me espere, senhora = La prego di aspettarmi, Signora,
Se o pronome tiver uma função de complemento indireto, o pronome "le" é usado. Ex.: Posso deixar uma mensagem = Posso lasciarle un messaggio.

Se ficou entusiasmado com todas estas dicas de gramática e pretende aprender já amanhã como dizer boa noite em italiano, bom apetite em italiano ou boa viagem em italiano, veja os cursos online da Superprof!

Precisa de um professor de Italiano ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Marília

Sou licenciada em História da Arte e Mestre em Estudos Artísticos, na vertente de Teoria e Crítica da Arte. No passado, escrevi também alguns artigos para a revista Umbigo (online) e criei e geri todos os conteúdos da plataforma pensarte.pt.