A aprendizagem de um instrumento musical está diretamente ligada ao aumento da concentração dos miúdos, fator que facilita a aprendizagem nas outras matérias. Para os miúdos e graúdos que têm dificuldade com as matérias exatas, estudar música ou aprender nas aulas de bateria, poderá ser uma maneira lúdica de se trabalhar com os números.

Especificamente, a bateria traz consigo outros benefícios, como por exemplo: o treino da coordenação motora ao trabalhar a independência dos membros superiores e inferiores; a concentração necessária para manter a música no beat certo.

Mas, como dar aulas de bateria? Posso dar aulas num curso de bateria em Lisboa? Como posso partilhar os meus conhecimentos com os alunos da Superprof? Neste artigo solucionaremos estas questões. É baterista e deseja ensinar esta arte? Estamos aqui para si. Quer dar aulas de bateria em Portugal?

Os melhores professores de Bateria disponíveis
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (14 avaliações)
Tomás
20€
/h
1ª aula grátis!
Vini
5
5 (9 avaliações)
Vini
30€
/h
1ª aula grátis!
Guilherme
5
5 (9 avaliações)
Guilherme
25€
/h
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (11 avaliações)
Pedro
20€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (6 avaliações)
Ricardo
15€
/h
1ª aula grátis!
Fernando
5
5 (12 avaliações)
Fernando
15€
/h
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (8 avaliações)
Diogo
20€
/h
1ª aula grátis!
Sonia
5
5 (6 avaliações)
Sonia
20€
/h
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (14 avaliações)
Tomás
20€
/h
1ª aula grátis!
Vini
5
5 (9 avaliações)
Vini
30€
/h
1ª aula grátis!
Guilherme
5
5 (9 avaliações)
Guilherme
25€
/h
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (11 avaliações)
Pedro
20€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (6 avaliações)
Ricardo
15€
/h
1ª aula grátis!
Fernando
5
5 (12 avaliações)
Fernando
15€
/h
1ª aula grátis!
Diogo
5
5 (8 avaliações)
Diogo
20€
/h
1ª aula grátis!
Sonia
5
5 (6 avaliações)
Sonia
20€
/h
1ª aula gratuita>

A história da bateria e sua importância para a música

A bateria é um instrumento que se utiliza de um conjunto de percussões como: a caixa ou tarola, os timbalões ou tons, tambores e pratos; que são colocados numa posição conveniente para que uma pessoa tenha a possibilidade de tocar este conjunto de instrumentos sozinha, frequentemente com o auxílio das famosas baquetas.

Na música contemporânea de diversos estilos, a bateria tem participação de destaque, como por exemplo nos géneros: rock, hip hop, jazz ou pop, entretanto, o instrumento faz parte da cultura musical de muitos sítios desde a década de 1920.

No começo dos anos 1900, as bandas e orquestras tinham músicos dedicados à cada uma das peças de uma percussão. Por exemplo, tínhamos quem tocava o bombo, assim como quem tocava o tambor e outra pessoa dedicada a tocar os pratos. Atualmente, nas orquestras sinfónicas mais tradicionais ainda podemos ver os instrumentistas a tocar as peças separadas como o o tímpano ou os pratos.

Foi então que um avanço tecnológico, mesmo que artesanal, surgiu na década de 1910, o pedal do bombo. Com este gadget, o percussionista podia enfim tocar o bombo com o membro inferior, e assim, as mão ganharam mais liberdade para utilizar outro tambor ou prato.

Mark Foy a tocar bateria
O baterista Mark Foy a tocar numa bateria em 1935. A história da bateria. | Fonte: Tom Lennon - Domínio Público

Nos anos 1920 a bateria ancestral já se parecia com a sua bisneta dos anos 2020, sem querer incluir nesta conversa as baterias eletrónicas e drum machines. Foi em 1940 que um último recurso foi adicionado no moderno instrumento: a dupla de pratos de choque, denominados hi-hat. Músicos de jazz iniciaram este experimento como uma forma de facilitar a contagem rítmica, pois o hi-hat pode ser tocado com os pés. O que é preciso para dar aulas de bateria?

A importância das aulas de bateria para a aprendizagem

Para aqueles que já fizeram ou fazem parte de uma banda musical, é sabido que o baterista muitas vezes é o mais estudioso da malta. A bateria é um instrumento que exige muita dedicação, prática diária, um investimento alto num bom instrumento e por fim, a compreensão dos vizinhos e familiares.

Contudo, também é importante perceber a riqueza que é para um miúdo aprender a tocar bateria. Saiba que a aprendizagem da bateria é uma aliada quando se trata da melhoria da capacidade mental e motora de uma criança.

Tenha em mente que se o seu filho ou a sua filha escolherem a bateria como instrumento alguns dos tópicos como, coordenação, criatividade, independência e força, servirão para potencializar a aprendizagem, melhorando assim a capacidade de absorção mesmo de outras matérias.

A combinação dos tambores, pratos, tarola, timbalão com variações rítmicas são potencializadores da criatividade, tanto para crianças como para adultos. Os instrumentos percussivos são propícios à improvisação desde o primeiro momento, faça um teste, coloque um miúdo sentado no banco da bateria: diferentemente de um instrumento de cordas ou ar, não é necessário aprender uma determinada técnica para combinar os sons de facto.

A criatividade exercida para se utilizar das variadas peças da bateria para combinar uma vasta combinação de sons numa harmonia rítmica, é altíssima. Além disso, o baterista está sempre em contacto com números e contagens de tempo, sendo uma ferramenta útil para se aprender matemática numa metodologia não convencional.

Tambores bateria
Como um curso de bateria pode potencializar a criatividade? | Fonte: Unsplash.com

Outros estudos ainda relacionam a melhoria na comunicação dos miúdos, pois ao tocar bateria aprende-se que cada peça é importante para o todo e como cada uma desenvolve a sua função e tem a sua importância específica, há uma metáfora valiosa para miúdos que estão a aprender os manejos sociais.

Os instrumentos ancestrais da bateria são tambores milenares, tocados por tribos ao redor do mundo, combinar sons percussivos está no ADN de todo ser humano, mesmo quando somos bebés, logo aprendemos a percutir nalguma superfície e, muitas vezes, o nosso corpo serve de instrumento de percussão. Sabe quais são os recursos necessários para dar aulas de bateria?

Os benefícios das aulas de bateria para o aluno

Os benefícios trazidos pela aprendizagem de um instrumento musical para o aumento da capacidade cognitiva de crianças e adultos é conhecida. Especificamente a bateria é utilizada como forma de terapia ocupacional ao sanar problemas como a ansiedade.

Os exercícios praticados nas aulas de bateria exploram distintas partes do cérebro, criando conexões entre os neurónios que trazem enriquecimento cognitivo para as crianças que começam a serem expostas às novas matérias no calendário escolar. Confira como preparar um aula de bateria com alguns dos exercícios que beneficiam miúdos e graúdos:

  • Exercício de coordenação ao combinar os membros inferiores e superiores para produzir o som com as várias peças;
  • Exercício de concentração ao ter de se ater ao tempo ou beat das músicas;
  • Exercício de memória para saber qual o som de cada peça e como combiná-las;
  • Exercício para o corpo, pois a bateria é provavelmente o instrumento mais físico que podemos encontrar;
  • Exercício para a mente, quando a energia depositada na bateria controla a ansiedade e hiperatividade.
Caixa, baqueta, bateria
Os benefícios das aulas da bateria são cientificamente comprovados. | Fonte: Unsplash.com

Concentrar-se nos estudos de um instrumento musical proporciona àquele que toca um instrumento entrar num estado meditativo que traz melhorias consideráveis no estilo de vida. Recentemente, a fabricante de peles de bateria, Remo Inc., em parceria com o neurocientista Dr. Barry Bittman, lideraram um pesquisa sobre os benefícios da aprendizagem da bateria, chegando à conclusões marcantes.

  • Tocar bateria melhora o sistema aeróbico e cardiovascular;
  • Melhora o humor e reduz o stresse;
  • Reduz a ansiedade, depressão e sentimento de solidão;
  • Fortalece o sistema imunológico.

Com os recentes estudos os benefícios de se tocar bateria e aprender nas aulas de bateria, deixaram de ser somente uma crença popular e sim, uma ciência para melhoria das atividades físicas, mentais e interpessoais. Vamos potencializar as suas aulas para maior aprendizagem do seu aluno? O que é preciso para dar aulas de bateria?

Como potencializar as suas aulas de bateria?

Neste último capítulo, vamos explorar os recursos que deverão ser utilizados para potencializar as suas aulas de bateria. Primeiramente, é necessário conhecer e utilizar-se de recursos tradicionais, mas também das modernas plataformas, apps e sites, que enriquecem a aprendizagem de um instrumento musical.

Começaremos pelo tradicional. Será importante adicionar ao seu conteúdo o ensino da leitura das partituras musicais para instrumentos percussivos, se este for um dos objetivos das suas aulas ou curso de bateria, claro. Se o seu caso for de um curso voltado à prática, não será necessário desenvolver a leitura do seu aluno. E mais, saber ler partituras musicais não é recomendação para qualquer professor, poderá dar aulas práticas de bateria mesmo sem o conhecimento de partituras musicais.

No entanto, se deseja lecionar bateria com as partituras, saiba que irá precisar das folhas pautadas, além da própria bateria, claro. Para as aulas mais práticas, podemos encontrar na net diversas aplicações e sites de baterias online, que poderão desenvolver a criatividade do aluno e também a perceção dos distintos sons das peças da bateria, mesmo sem ter uma bateria. Saiba mais sobre os recursos online.

  • The Infinite Drum Machine - Experiments With Google;
  • Drumbit App;
  • Musicca;
  • One Motion.
Bateria na rua
Virtual drumming e as drum machines adicionarão conteúdo às suas aulas de bateria. | Fonte: Unsplash.com

O VirtualDrumming ou bateria virtual, ou seja, aplicações para tablets ou telemóveis onde poderá tocar um set de bateria, atualmente está tão avançado que por vezes podemos ver músicos profissionais a tocarem estas aplicações nos palcos. Ter alguma aplicação e poder se utilizar do telemóvel é uma aprendizagem importante, moderna e que tem tendência de crescimento nos próximos anos.

Diferentemente das drum machines, bateria eletrónica, que são complexas, as aplicações são muito mais intuitivas e são facilmente utilizadas mesmo por miúdos que nasceram com esta tecnologia nas mãos. Algumas destas aplicações já fornecem no seu sistema, exercícios de rudimento, ritmos básicos, coordenação e independência, conhecimentos que deverão ser disponibilizados ao seu aluno.

Na net poderá encontrar um vasto mundo de aplicações que simulam os sons da bateria. Esta tecnologia adicionada ao seu conhecimento do instrumento, potencializará as suas aulas de bateria. Se sente preparado para começar. Aceda à Superprof, defina os valores das suas aulas e com poucos cliques conecte-se à centenas de alunos.

Precisa de um professor de Bateria ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 2 voto(s)
Loading...

Rodolfo

Sou um comunicador, músico e redator brasileiro que vive em Portugal. Escrevi e apresentei programas na televisão brasileira. Lançei 4 álbuns com minhas composições. Atualmente, sou Diretor de Comunicação de um pequeno clube de futebol português, redator freelancer e pai de um miúdo que não para de correr pela casa.