Química é um assunto carregado de palavras e frases complexas. Isso pode parecer um pouco desesperador. De fato, entender todo o vocabulário científico pode ser o que está impedindo você de abrir seus livros de química e sua mente.

Felizmente, com este guia prático para os termos mais importantes da química geral, você deve começar a se sentir mais confortável. Vale a pena conhecer não apenas os próprios termos, ou os professores e engenheiros que os utilizam. Em vez disso, todos devem conhecer essas palavras e definições, pois ajudam a desvendar esse mundo de experimentos químicos, laboratórios e reações. Prazer, química!

Portanto, se você estiver estudando química ensino médio ou se precisar de uma atualização antes dos exames finais, dê uma olhada neste dicionário introdutório de química, revise o que você já sabe e aprenda algo novo!

Termos fundamentais em química: as pequenas coisas

Vamos começar do menor para o maior. Química, basicamente, é o estudo de átomos, elementos, compostos e moléculas. Estes são quatro termos para você entender. Mas o que eles significam? É uma pergunta importante, pois essas quatro coisas (e as coisas de que elas mesmas são feitas) compõem tudo no universo.

Um elemento - ferro, digamos, ou oxigênio - é uma substância pura ou algo que você não pode decompor em outra substância. Você só pode decompô-lo em átomos ou nos menores pedaços do elemento que você ainda pode reconhecer como este ou aquele elemento. Um elemento é apenas muitos do mesmo átomo.

A relação próxima entre elementos químicos
A química é formada por pequenas partículas e ligações entre elas.

E quanto a moléculas e compostos ? Estes são ligeiramente diferentes.

  • Moléculas - simplesmente são dois (ou mais) átomos unidos - ou ligados. Assim, enquanto um átomo de oxigênio não é uma molécula, se dois átomos de oxigênio se unem, então essa é uma molécula (o que chamaríamos de O²);
  • Compostos - são moléculas que possuem ligações entre dois tipos diferentes de átomos. Nesse caso, se você adicionar um átomo de carbono a O², obtém CO². Isso é dióxido de carbono e é um composto.

Se você estiver interessado, também publicamos um artigo sobre fatos químicos curiosos. Confira!

Ainda menor: termos adicionais em química geral

Para entender como esses átomos se unem, precisamos diminuí-los ainda mais. Como você deve se lembrar de suas lições de química, os átomos são feitos de partículas, que se aglomeram no núcleo do átomo ou giram em torno desse núcleo. Essas partículas têm uma carga positiva, neutra ou negativa. O núcleo (o centro do átomo) mantém os prótons, que têm uma carga positiva, e os nêutrons, que são neutros. Enquanto isso, os elétrons com carga negativa orbitam o núcleo.

Estes são fundamentais para entender como as moléculas e os compostos são produzidos. Os átomos se ligam por causa desses elétrons, e existem dois tipos de ligações: iônica e covalente.

  • Nas ligações covalentes, dois átomos compartilham um par (ou mais de um par) de elétrons;
  • Nas ligações iônicas, um átomo doa um elétron para outro. Quando isso acontece, o átomo doador se torna um íon (carregado positivamente). Metais são aqueles elementos que gostam de perder elétrons, formar ligações e desenvolver cargas positivas.

Para entender melhor, que tal começar a fazer aulas de química com um professor particular?

Vocabulário-chave da química: estados e compostos químicos

Agora que abordamos os termos básicos de química, vamos dar uma olhada em algumas palavras que você ouvirá, especialmente se está pensando em fazer um curso técnico de química.

As moléculas compõem substâncias, que podem ser encontradas em três estados diferentes. Provavelmente você já deve ter ouvido isso, mas é importante lembrar que uma substância pode mudar de estado devido ao calor e à pressão.

  • Gases: substâncias sem forma fixa ou volume definido;
  • Líquidos: substâncias fluidas, sem formato fixo, mas com volume definido;
  • Sólidos: substâncias mais estáveis, com suas moléculas mais compactadas. Eles têm uma forma mais fixa e um volume definido.

As substâncias podem ser elementos puros, compostos ou misturas. Na química, uma mistura é definida como uma substância composta de dois ou mais elementos combinados, mas não quimicamente ligados como um composto.

Existem diferentes tipos de compostos, alguns dos quais a maioria dos cursos básicos de química exigem que você saiba:

o átomo de carbono tem número atómico 6 e número de massa 12
Os hidrocarbonetos são substâncias conhecidas nas aulas de química.
  • Hidrocarbonetos: são compostos orgânicos que contêm - como o termo sugere - apenas hidrogênio e carbono;
  • Polímeros: moléculas grandes - de ocorrência natural ou sintética e produzidas em laboratório - que são formadas por muitas moléculas menores ligadas (geralmente hidrocarbonetos);
  • Sal: um composto iônico cuja carga é neutralizada. Combina íons de carga positiva com os de carga negativa;

Finalmente, nesta sessão, temos ácidos e álcalis. Estes são opostos. Os ácidos contêm hidrogênio, doam prótons e produzem íons positivos na água. Alcalis produzem íons negativos na água. Você verá isso novamente abaixo, mas se quiser algo um pouco mais aprofundado, experimente nosso artigo sobre os conceitos centrais da química.

Terminologia essencial para processos e reações químicas

Para a maioria dos cursos de química, você precisará conhecer alguns termos básicos para reações químicas - ou nunca entenderá o que acontece no laboratório ou em um experimento químico!

Primeiro, você precisa conhecer os três termos de uma reação química. Eles são:

  • O reagente: a substância presente no início da reação;
  • O catalisador: a substância que permite a reação, mas que não é alterada por ela;
  • O produto: o que você recebe no final da reação.

Todas as reações são endotérmicas ou exotérmicas, o que significa que tomam ou doam energia.

Acelerar uma reação química com estes elementos químicos
Substâncias que desencadeiam reações são chamadas de catalisadores.

Confira abaixo algumas palavras importantes para os principais tipos de reação com os quais você vai lidar em seus estudos de química:

  • Oxidação - uma reação, geralmente envolvendo oxigênio, na qual um elétron é perdido;
  • Redução - quando elétrons são adicionados a um átomo (o oposto do acima!);
  • Destilação - quando uma mistura perde um líquido por evaporação e condensação;
  • Decomposição termal - quebrar um composto em duas ou mais substâncias por aquecimento;
  • Titulação - se você conhece a concentração de uma solução, pode usar a titulação para determinar a concentração de uma solução diferente.

Leia alguns fatos divertidos sobre química aqui!

A linguagem da química: medições e tabela periódica

Compreender os termos do livro usado no seu curso de química não é apenas conhecer as estruturas atômicas dos estados da matéria. Você também precisa conhecer as maneiras pelas quais um químico pode fazer um cálculo ou medir uma determinada substância. Essa terminologia indispensável ajudará em qualquer aula de química.

  • Tabela periódica - você já notou esse item em qualquer laboratório de química que você já entrou. Esta é a tabela dos elementos, organizados em ordem de número atômico. Foi inventada por um sujeito chamado Mendeleev, sobre quem você pode aprender mais em nossa matéria sobre os químicos mais importantes de todos os tempos;
  • Número atômico - é o número de prótons de um átomo - e, portanto, elétrons, pois são iguais;
  • Número de massa - é o número de prótons mais o número de nêutrons;
  • Elemento de transição - são elementos dos grupos de três a doze da tabela periódica. Também conhecidos como metais de transição.
  • Reatividade - quão reativa é uma substância em relação à outra. Se você colocar substâncias em ordem de reatividade relativa, obterá uma série de reatividade;
  • Ao lado de uma reação, você provavelmente precisará escrever uma equação química. Isso mostra, por escrito, quais reagentes estão envolvidos e quais produtos são produzidos.

Você também precisará conhecer outra escala, a escala de pH. Ela é usada para descrever se uma substância é ácida ou alcalina. Varia de 0 a 14, sendo o mais ácido o número mais baixo e o mais alcalino o mais alto. Substâncias neutras são pH7.

Uma palavra sobre o equipamento químico mais importante.

Qualquer introdução ao vocabulário de química seria incompleta, sem mencionar o equipamento mais importante que qualquer cientista poderia usar em seus laboratórios. A química não é apenas teórica e analítica, mas empírica e, portanto, prática também!

Confira mais em nosso artigo sobre o kit de química básica.

O essencial para alguém que tem aulas de química
Os tubos de ensaio são verdadeiros símbolos da química.
  • Queimador de Bunsen - Usá-lo será um dos destaques da sua experiência em química no ensino médio. Ao conectá-lo a uma torneira de gás, você obterá calor e uma chama para seus experimentos de química;
  • Tripé e gaze - Sobre um queimador de Bunsen, pode ser colocado um suporte que pode conter copos para serem preenchidos com elementos e soluções químicas;
  • Tubo de ensaio - A ferramenta icônica da ciência química, que consiste em um tubo fino no qual você manterá e realizará experimentos com suas soluções. Um tubo fervente é uma variedade maior de tubos de ensaio, nos quais você -  adivinha! - você pode ferver coisas;
  • Buretas - são como tubos de ensaio, mas têm medições e são presas - para que você possa pingar pequenas porções de solução. Elas são usadas ​​principalmente para titulações;
  • Esses itens podem ser usados não apenas na química, mas também na biologia e na ciência medicinal. Um pequeno tubo de plástico para transportar líquidos e fluídos importantes.

Lembre-se de que a química nos afeta todos os dias, ela está presente em nossa vida o tempo todo, ainda que nem nos demos conta. Por que não ler algumas descobertas químicas que estão mudando a sua vida enquanto você está aqui?

E lembre-se, importante não é só o que mais cai em química no enem. Se você tomar gosto pela matéria, poderá descobrir grandes curiosidades que a circundam.

Precisa de um professor de Química ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Ricardo

Marketeer. Professor. Country Manager. Redator. Dedicação a 200% em tudo o que me comprometo ao longo da minha vida. Adoro as diferentes personalidades existentes em ambiente profissional e social. Em constante transformação. Escrevo para partilhar o meu conhecimento e entusiasmo aos leitores que queiram ver respondidas as suas questões ou aprofundar algum tema.