Coimbra, além de ser um dos grandes atrativos turísticos do país, também acolhe anualmente estudantes de todos os cantos do mundo e é, por excelência, a cidade portuguesa dos estudantes. Nesta cidade, é possível adquirir formação para as mais variadas áreas de estudo.

Mas porque e como estudar russo em Portugal?

Há muitos motivos que sustentam a relevância desta língua, veja alguns:

  • É uma das cinco línguas mais importantes da atualidade;
  • Segundo dados da ONU, mais de 600 milhões de pessoas se expressam em russo no mundo inteiro;
  • É uma das línguas oficiais da ONU - "idioma de trabalho";
  • Estudar russo ajuda também a compreender melhor a função sintática das palavras em português;
  • O russo é um auxiliar poderoso na aquisição de novos conhecimentos técnicos e científicos;
  • A Rússia tem uma das mais ricas literaturas do mundo;
  • Cada língua que se aprende abre uma nova porta para o intercâmbio de culturas e para a melhor compreensão entre populações deste mundo globalizado.

Vamos então conhecer algumas indicações para dominar o russo em Coimbra?

Os melhores professores de Russo disponíveis
1ª aula grátis!
Olga
5
5 (4 avaliações)
Olga
15€
/h
1ª aula grátis!
Oleg
5
5 (6 avaliações)
Oleg
15€
/h
1ª aula grátis!
Natalia
5
5 (11 avaliações)
Natalia
20€
/h
1ª aula grátis!
Angélica
5
5 (2 avaliações)
Angélica
10€
/h
1ª aula grátis!
Sasha
5
5 (3 avaliações)
Sasha
12€
/h
1ª aula grátis!
Kira
Kira
15€
/h
1ª aula grátis!
Iulia
5
5 (2 avaliações)
Iulia
15€
/h
1ª aula grátis!
Fyódor
5
5 (1 avaliações)
Fyódor
8€
/h
1ª aula grátis!
Olga
5
5 (4 avaliações)
Olga
15€
/h
1ª aula grátis!
Oleg
5
5 (6 avaliações)
Oleg
15€
/h
1ª aula grátis!
Natalia
5
5 (11 avaliações)
Natalia
20€
/h
1ª aula grátis!
Angélica
5
5 (2 avaliações)
Angélica
10€
/h
1ª aula grátis!
Sasha
5
5 (3 avaliações)
Sasha
12€
/h
1ª aula grátis!
Kira
Kira
15€
/h
1ª aula grátis!
Iulia
5
5 (2 avaliações)
Iulia
15€
/h
1ª aula grátis!
Fyódor
5
5 (1 avaliações)
Fyódor
8€
/h
1ª aula gratuita>

Antes das aulas de russo um pouco sobre a história...

Mas porque é tão fascinante a Rússia e a sua língua e porque vale mesmo a pena aprendê-la e visitar este país com a capacidade de interagir com a sua população? Antes de se lançar num curso de russo, quer saber algumas curiosidades sobre as principais cidades da Rússia? Vamos a isso!

As origens de Moscovo

É consensual entre os historiadores que a fundação de Moscovo ocorreu em 1147 e que, de lá para cá, essa cidade foi, sem sombra de dúvidas, palco de importantes acontecimentos. Estabeleceu-se esse marco, pois remonta a esse ano o primeiro registro que menciona a cidade de Moscovo e um evento organizado por Yury Dolgoruky.

Dolkoruky era um príncipe membro da Dinastia Rurik, do Principado de Kiev (atual Ucrânia). Esta dinastia teve o seu início no século IX com a ascensão de Rurik ao trono de Novgorod e expandiu-se consideravelmente, fundando o reino conhecido também como Rus Kievana.

Kremlin de Moscovo
O nome Kremlin significa "fortaleza dentro de uma cidade" e o de Moscovo é o mais conhecido dos Kremlins | Fonte: Pixabay

Por ordem de Dolgoruki, a construção do Kremlin – o centro fortificado de Moscovo e que hoje abarca os principais prédios administrativos do governo russo – teve início em 1156. A importância de uma área fortificada foi essencial para o crescimento da capital, já que ao longo da história vários foram os povos contra os quais lutaram, iniciando com a invasão búlgara do Volga.

A origem do nome Moscovo

Além disso, a origem do nome Moscovo parece estar relacionada aos idiomas dos povos fino-úgricos, que habitavam aquela área antes de os povos eslavos ali se estabelecerem. Já outros historiadores, no entanto, indicam que o termo Moscovo tem origem nas línguas eslavas.

O crescimento da cidade de Moscovo está diretamente relacionado com o desenvolvimento da própria Rússia enquanto nação e com a decadência da Rus Kievana.

Por meio do fortalecimento de Moscovo, os moscovitas enfrentaram os mongóis e os expulsaram definitivamente em 1480. Portanto, a expulsão dos mongóis e o controle político e económico dos moscovitas foram o marco da formação da Rússia.

A invasão francesa

Entre os séculos XV e XIX, tanto Moscovo quanto a própria Rússia sofreram profundas transformações. Ambas cresceram, desenvolveram-se e ampliaram os seus domínios territoriais. Nesse sentido, durante o século XIX, o domínio de seus governantes era amplo e irrestrito. Esse foi o período da famosa Dinastia Romanov.

É bom lembrar que Napoleão Bonaparte (1769-1821) já governava a França desde 1799 e que, no começo do século XIX, havia decretado o Bloqueio Continental, proibindo as nações europeias de comercializarem com a Inglaterra. Os russos, no entanto, desrespeitaram esse bloqueio.

Como resultado, os franceses mobilizaram cerca de 700 mil soldados para invadir a Rússia e esse conflito é conhecido pela nação russa como Guerra Patriótica de 1812. Nesse conflito, os russos optaram pela tática da terra arrasada, que consistia na realização de recuos premeditados seguidos pela destruição de tudo o que ficasse para trás para não ser aproveitado pelo inimigo.

Assim, os franceses entraram em Moscovo em setembro de 1812 e encontraram uma cidade fantasma, totalmente devastada. Não havia, portanto, onde os soldados franceses encontrarem comida e abrigo.

Esse facto, aliado à chegada do rigoroso inverno russo, fez com que o exército francês se retirasse de Moscovo cerca de um mês depois. E, não se esqueça, antes dos franceses, a cidade de Moscovo tinha sido invadida pelos poloneses no século XVII, período conhecido como o Tempo das Dificuldades.

Dizer frases em russo nos sítios certos! Saiba o que visitar

Se procura uma viagem mais cultural, com certeza a melhor escolha será o destino de São Petersburgo! É a primeira capital russa, como dissemos anteriormente, a cidade transmite melhor a sensibilidade da arte, da arquitetura e da cultura russa do que Moscovo.

Não deixe de visitar as muitas igrejas, museus de arte, museu do chocolate ou, ainda, o museu da tortura. O Museu Hermitage - maior museu do mundo em termos de exposições - é uma paragem obrigatória para quem visita a capital dos Czares. Lá encontra-se uma impressionante coleção de obras de Leonardo da Vinci, Picasso e Rembrandt.

O palácio no qual está situado o museu já é um espetáculo por si só. Imperdível!

Bonecas russas
São Petersburgo é uma das cidades que melhor transmite as características únicas da cultura russa | Fonte: Pixabay

Agora, se gosta de cidades cosmopolitas e modernas, a escolha certeira é Moscovo. A cidade, apesar de estar localizada na metade europeia do país, possui muito mais influência asiática. A cultura bizantina é mais forte e mais presente em Moscovo, seja na arquitetura como nas artes e na literatura.

Além disso, os monumentos mais famosos da Rússia, como a Praça Vermelha, o Kremlin, o Mausoléu de Lenin, entre outros, estão em Moscovo. Apesar dos seus ares de garnde metrópole globalizada, a capital russa ainda conserva muitos traços da antiga cultura russa.

Para quem gosta da agitação das cidades grandes e de vida noturna, Moscovo tem inúmeros bares, restaurantes descolados e muita animação para os turistas mais festeiros.

Se é estudante e pretende que uma parte do ser percurso seja a viver e a estudar na Rússia, com certeza Moscovo é a melhor opção!

Cursos de russo na Universidade de Coimbra

Uma boa opção todos os que desejam tornar-se especialistas em russo, são os cursos oferecidos pelas instituições de ensino superior.

A Universidade de Coimbra (UC) é uma das mais reconhecidas no país, bem como a nível internacional, e apresenta várias hipóteses para quem pretende uma formação de excelência.

Nesta Universidade encontra o Centro de Estudos Russos da Faculdade de Letras, em funcionamento desde 2012, que consiste num projeto elaborado em parceria com a Fundação Russki Mir (Mundo Russo). No site deste centro podemos ler que “O Centro de Estudos Russos da FLUC pretende aproximar os estudantes da Universidade de Coimbra, e demais interessados, de uma cultura milenar e de uma língua falada por milhões de pessoas em todo o mundo, a qual, nos dias de hoje, com o ressurgimento da Rússia como grande potência económica, após os tempos de dificuldade que se seguiram à queda da União Soviética, tem vindo a tornar-se cada vez mais importante. O Centro de Estudos Russos oferece apoio a todos os interessados em conhecer os principais marcos da história e da cultura da Rússia e, principalmente, a sua língua.”

Grupo de alunos a ter formação
Na Universidade de Coimbra a licenciatura em Línguas e Culturas Estrangeiras contempla a disciplina de Russo do Quotidiano | Fonte: Pixabay

Assim, na UC, por via do Centro de Estudos Russos, pode optar por tirar uma licenciatura em Línguas e Culturas Estrangeiras e ter a disciplina de Russo do Quotidiano, tanto no primeiro, como no segundo semestre. A par desta opção, também no Mestrado em Tradução poderá optar por ter três níveis de Tradução Russo-Português.
Ao nível dos cursos não conferentes de grau e de formação, dispões das seguintes opções:

  • Introdução à História e Cultura Russas
  • Introdução à Literatura Russa
  • Língua e Cultura Russas – níveis I e II e com opção de ser intensivo

Mas atenção, em portugal encontra mais alternativas e, quem sabe, se esta não é uma boa oportunidade para, além de descobrir uma língua e cultura nova, viver uma aventura noutra cidade portuguesa? Pode sempre procurar cursos de russo em Lisboa, a capital do país tem uma vasta oferta de universidades.

Porque não aprender russo online?

Por vezes não existe tempo, disponibilidade ou recursos para tirar os cursos que se pretende. É por isso que hoje em dia e com cada vez mais expressão, os cursos online, gratuitos, e os tutoriais são uma opção tida em conta. Com esta ferramenta, não existem limites geográficos e pode estar a ter aulas de russo no Funchal sem que isso faça diferença.

Internet Polyglot
Gratuito, o site também está disponível em português e traz vários exercícios e jogos para que os estudantes possam assimilar o conteúdo de maneira lúdica e interativa. Além disso, para que os cursos possam ser realizados em qualquer lugar, é possível aceder ao Internet Polyglot através da aplicação.

Memrise
Há diversos cursos das mais variadas áreas, todos criados por especialistas. Estão separados por categorias para facilitar que os utilizadores os encontrem. Há a possibilidade de adicionar amigos e interagir, fazer cursos conjuntos, recomendar e até pedir ajuda. Lá encontra também os sotaques de cada região, opções de conversação e dicas importantes. Conta com mais de 20 mil vídeos de nativos em diversos idiomas e os novos chatbots.
Como a maioria dos sites e aplicativos, há a versão gratuita e a versão PRO, que é paga e inclui recursos adicionais, como:

  • Revisão de Palavras Difíceis
  • Jogo de Revisão Rápida
  • Habilidades de Escuta
  • Modo em Vídeo
  • Estatísticas de Aprendizagem

O melhor tradutor russo português está nas aulas particulares!

Passámos da formação numa instituição superior para um curso quase autodidático via sites e conteúdos online. Mas para quem não quer nenhum destes extremos, como fazer?

Há uma ótima hipótese que alia a liberdade de aprendizagem e de gestão de agenda ao profissionalismo e rigor de uma boa universidade que são as aulas com professores particulares.

Para aprender a ler e escrever, mas também para aprimorar a expressão oral, muitas vezes o ideal é a metodologia de ensino sob medida.

Então, onde encontrar aulas particulares de russo em Coimbra?

Agenda de aulas de russo
Organizar as aulas particulares de russo é muito mais fácil! Aprende ao seu ritmo e pode personalizar os métodos para se adequarem aos seus objetivos pessoais | Fonte: Pixabay

No Superprof, os professores de russo na zona de Coimbra cobram em média 8 euros por uma hora de aula. No entanto, a Superprof tem uma vantagem maravilhosa que é a possibilidade de dar e ter aulas remotamente, através de uma webcam.

Desta forma pode procurar um professor em qualquer cidade de Portugal, por exemplo, pode ter um professor particular de russo de Faro ou, eventualmente, sair da cidade de Coimbra para, por exemplo, passar uma temporada em Viseu e ter aulas de russo na mesma, sem perder a cadência de aprendizagem.

O site da Superprof é totalmente seguro e muito intuitivo, permitindo-lhe fazer pesquisas rápidas, com os parâmetros ajustados às suas necessidades e conversar com os profissionais que lhe parecem interessantes para colocar as questões mais importantes para o seu futuro curso. Desta forma vai garantir que encontra um professor adaptada às suas medidas, objetivos e necessidades e quem sabe se não vai acabar por escolher um professor particular de russo no Porto? O mundo é um livro aberto de possibilidades com a Superprof.

Temos a certeza que, com a ajuda dos nossos super professores vai conseguir dominar o russo e partir para Moscovo para agarrar a oportunidade que tanto deseja!

Precisa de um professor de Russo ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 2 voto(s)
Loading...

Laura

Apaixonada por comunicação sob todas as suas formas, sempre soube que faria dela minha profissão. Sempre com as palavras e as pessoas no centro, tenho o privilégio de já ter sentido o poder transformador desta área nalgumas das suas múltiplas dimensões: no jornalismo, em marketing e em comunicação empresarial.