Se já tem um bichinho por programar há algum tempo e anda a pesquisar por o melhor curso ou aula de Java no país, provavelmente sabe que quando falamos em Java e em JavaScript nos estamos a referir a duas coisas muito diferentes. Mas para quem é leigo na matéria do desenvolvimento de tecnologia e de estrutura e conteúdo web, isto pode ser uma novidade.

Na verdade, além de serem ambas inspiradas pela linguagem C, as duas linguagens não têm muito em comum. Apenas a sintaxe dos comandos da linguagem, o que inclui a forma como eles são escritas e utilizadas, é algo semelhante. Na verdade, ambas são linguagens estruturadas, e as operações matemáticas e as estruturas de controlo dos programas são escritas da mesma forma nas duas. Mas estão longe de ser a mesma coisa.

Apenas se utiliza Java em JavaScript porque o nome foi alterado numa tentativa de beneficiar da boa reputação que a Java já possuía. O nome original era LiveScript, nada a ver correto?

Na verdade, existem várias diferenças entre uma e outra, desde as variáveis que são utilizadas para programar, à utilização final até à complexidade do código. E para que todas as dúvidas ficam esclarecidas, criamos este artigo com o top 5 das diferenças entre Java e JavaScript.

Quer saber mais sobre este assunto para escolher o melhor curso ou aula para um aluno que quer seguir carreira nesta ciência? Então continue a ler a nossa introdução às diferenças entre Java e JavaScript!

ecra preto codigo a cores
Num curso de programação vai aprender muito mais do que as diferenças entre as linguagens, tal como desenvolvimento de conteúdo digital, a estrutura e classes das interfaces, e muitos mais conceitos principais da tecnologia. | Fonte: Unsplash.com

Saiba tudo sobre os cursos de Java e como começar a aprender a programar.

Os melhores professores de Programação disponíveis
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (27 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (27 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Linguagem de programação vs. linguagem de scripting

Ao contrário da Java, a JavaScript não é aquilo que se considera uma linguagem de programação, é na verdade uma linguagem de "scripting". Ou seja, não é compilada e executada, uma vez que a sua execução é feita pelo navegador e, por isso, depende dele. De uma forma simplificada, é uma linguagem de programação interpretada. É lida e traduzida, linha por linha, enquanto o programa é executado.

Por outro lado, os programas criados com  linguagem Java são independentes da plataforma, porque são compilados numa JMV (Java Virtual Machine ou Máquina Virtual Java em português). A JVM permite que seja interpretada e traduzida.

Sabe a importância que a Java tem no mundo atual e quanto pode beneficiar de fazer um curso de conteúdo web?

Linguagem orientada a objetos vs. linguagem procedimental

A Java é uma linguagem orientada a objetos. Ainda que seja possível escrever programas procedimentais em Java, a linguagem foi concebida para a criação de objetos, ou seja, aplicações que são independentes de outro software ou hardware. É a linguagem das aplicações da Android e tem um leque de opções muito vasto, o que significa que é recomendada para o desenvolvimento de aplicações mais robustas.

Por outro lado, a JavaScript não é orientada a objetos, e não permite a definição de classes como na Java, com estrutura e implementação de várias interfaces. É uma linguagem mais livre e criativa e é, por isso, recomendada para apps e websites. Mesmo assim, é possível escrever programas orientados a objetos em JavaScript, através da definição de funções, mas não é isso que a linguagem foi destinada.

pc branco com linhas de codigo
Se fizer um curso para aprender a programar, ira ter uma introdução ao básico mas também vai estudar os conceitos principais da tecnologia. Além do que aprende em cada aula, no final terá acesso a um certificado oficial de programador. | Fonte: Unsplash.com

Saiba mais sobre a história da linguagem Java.

Os melhores professores de Programação disponíveis
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (27 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rui
4,9
4,9 (16 avaliações)
Rui
22€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
5
5 (27 avaliações)
João
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tomás
5
5 (15 avaliações)
Tomás
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alexandre
5
5 (8 avaliações)
Alexandre
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Bianca
4,9
4,9 (7 avaliações)
Bianca
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
André
5
5 (12 avaliações)
André
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
5
5 (8 avaliações)
Tiago
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
João
4,9
4,9 (8 avaliações)
João
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Linguagem strongly-typed vs. linguagem weakly-typed

A diferença mais significativa entre Java e JavaScript, dá-se ao nível ao nível da sintaxe da linguagem. Dependendo do quão restritas são as regras de escrita, as linguagens podem ser classificadas como strongly-typed ou weakly-typed. Em Java as operações e funções estão definidas para tipos específicos de variáveis, e a tentativa de aplicar uma operação ou função numa variável de tipo diferente ao que está definido resulta num erro. Com JavaScript tudo isso é permitido.

Em Java, todas as variável têm de ser declaradas e definidas antes de serem utilizadas, garantindo que o seu tipo é especificado. Depois de definida como um certo tipo, a variável não pode ser mudada. Isto porque em Java as funções dependem de variáveis de tipo definido, e não se pode utilizar uma variável de um tipo diferente daquele que está definido na função. Por este motivo, existem operadores de coerção, que obtém um valor de um tipo numérico a partir de uma variável de outro tipo.

Por outro lado, não existem tipos de variáveis em JavaScript. As variáveis podem receber qualquer tipo de valor, seja ele numérico ou uma cadeia de caracteres. Ao contrário da Java, desde que a primeira coisa que se faça com elas seja atribuir-lhes um valor, não é necessário definir a sua existência antes de as utilizar. Uma variável pode ter inicialmente um valor numérico e depois ser uma cadeia de caracteres. Desde que a operação faça algum sentido para o programador, é possível aplicar operações ou funções a variáveis com tipos diferentes daqueles para os quais fazia sentido matemático.

De formar geral, a orientação deve ser programar com regras de Java, mantendo a linguagem strongly-typed nos programas que se está a escrever. Ou seja, deve declarar todos os tipos das variáveis com comentários e seguindo as regras da sintaxe mais restritas, mesmo que se possa escrever qualquer coisa. Esta prática evita que se criem maus hábitos de programação e que os programadores fiquem viciados numa péssima prática que torna os programas menos controláveis e mais difíceis de trabalhar.

computador ao lado de um vaso
É importante que os futuros programadores não tenham acesso a más práticas de desenvolvimento de conteúdo web mesmo antes de começar! É importante que se introduza os dados corretos e respeitar a estrutura, e um curso pode ajudá-lo com isso. | Fonte: Unsplash.com

Descubra todos os motivos para aprender a programar e ingressar num curso de Java.

Variáveis primitivas vs. de referência

Os tipos das variáveis em Java podem ser classificados como primitivos ou de referência. Os tipos primitivos são numéricos, que englobam algumas formas de números inteiros ou de ponto flutuante, até mesmo com caracteres em cadeia. Estas varáveis são fixas e todas as operações matemáticas incorporam esta tipologia. Regra geral, as variáveis primitivas são idênticas às das linguagens não orientadas a objetos.

Em Java, ao contrário das linguagens de programação procedimentais não orientadas a objetos, também existem variáveis de referência, de tipos que são definidos pelo programa. Estes podem ser classes ou interfaces e grande parte da programação em Java passa por definir os tipos de variáveis que se deve utilizar. Estas variáveis de referência, que são construídas a partir da definição do tipo, são os objetos para os quais os programas em Java se orientam.

Além disso, enquanto que em muitas outras linguagens as cadeias de caracteres são variáveis de tipo primitivo, o mesmo não acontece em Java e estas têm que ser  criadas e manipuladas conforme a sintaxe aplicável aos objetos.

Tal como mencionamos anteriormente, em JavaScript as variáveis não têm que ser classificadas e portanto este distinção é indiferente à linguagem.

Sabe como e onde pode fazer um curso de Java ou ter aulas?

Complexidade vs. simplicidade

De forma simplificada, escrever e executar programas em JavaScript é muito mais simples e fácil do que em Java.

Em Java é necessário conhecer as classes que compõem as interfaces gráficas que permitem a interação e controlo do programa pelo usuário (conhecidas por GUI ou Graphical User Interface). Só com conhecimento das suas propriedades e métodos é que é possível integrar o acesso a recursos de interação nos programas.

varias linhas de codigo
Pode optar por estudar os conceitos principais da tecnologia com um dos cursos superiores ou profissionais onde recebe um certificado ou com uma aula particular com um professor à escolha. | Fonte: Unsplash.com

Em Java é possível escrever dois géneros de programas (conhecidos por application e applet) e para escrever qualquer um dos dois é necessário conhecer todos os detalhes da estrutura geral da linguagem. Além disso, também é necessário ter instalado no seu computador um JDK (ou Java Development Kit), que compila e executa os programas e, portanto, permite desenvolver programas em Java.

Embora seja gratuito, um JDK é bastante grande e obriga a ter conhecimento de várias especificações. Caso contrário vai ter alguma dificuldade na introdução à computação.

Por outro lado, em JavaScript usa-se objetos criados com HTML, que são definidos de forma muito mais simples e que podem também ser manipulados por código de uma forma muito mais simples. Para escrever e testar programas em JavaScript só precisa de um editor de texto como um bloco de notas, por exemplo, e um navegador (browser). Isto permite que se execute programas simples de uma forma muito conveniente, mas, na verdade, as suas condições são bastante fracas e os programas ficam com bastantes "impurezas".

Como pode constatar, as diferenças entre as duas linguagens ainda são bastante significativas. No entanto, estudar sobre programar é saber muito mais que isto. Com opções de cursos superiores, cursos profissionais com certificado ou módulos com uma aula particular ou várias, pode descobrir os conceitos principais da tecnologia, os métodos de criação de conteúdo digital, a estrutura das interfaces e como analisar os dados dos operadores.

Tanto num curso de uma escola ou universidade ou numa aula particular vai poder ficar a conhecer muito mais do que o básico e fazer vários exercícios. Se tem intenções de seguir carreira de programador no futuro, comece a pensar qual é a opção melhor para si. Mais importante do que ter acesso a um certificado, deve garantir que escolhe o módulo que lhe permita consolidar todos os conceitos essenciais e que lhe proporciona toda a orientação necessária para alcançar os seus objetivos.

Por isso quer seja num curso online, numa aula presencial ou virtual ou até mesmo por vídeo, comece já hoje a estudar como programar e escrever código como um profissional.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.