"O condicional é o tempo verbal mais bonito do mundo, e é óbvio que é o mais confortável."
Paule Saint-Onge.

Para que as suas aulas de francês sejam eficientes e seja capaz de atingir os seus objetivos como falante deste idioma, é preciso que seja um estudante rigoroso e meticuloso, com uma grande persistência e dedicação para o estudar. Isso porque, entre outras coisas, terá de aprender as terminações de cada verbo para conseguir decorar as suas conjugações, nos vários tempos verbais, tanto dos verbos regulares como dos verbos irregulares, sendo estes últimos um pouco mais exigentes de aprender, já que eles não seguem nenhuma regra gramatical.

Sendo assim, preparamos aqui algumas dicas para que possa dominar todos os tempos verbais da conjugação francesa, desde o indicativo ao condicional, passando pelo subjuntivo e pelo imperativo.

Mas antes de começarmos, fique já a saber que está a realizar um excelente investimento ao aprender francês. A própria língua está a ganhar cada vez mais espaço no país e fora!

Aprender Francês
Já se imaginou a falar francês na bela cidade de Paris? | Fonte: Pixabay
Os melhores professores de Francês disponíveis
1ª aula grátis!
Andrea
5
5 (25 avaliações)
Andrea
17€
/h
1ª aula grátis!
Jeremy
5
5 (37 avaliações)
Jeremy
34€
/h
1ª aula grátis!
Bérénisse
5
5 (17 avaliações)
Bérénisse
15€
/h
1ª aula grátis!
Marcia
5
5 (14 avaliações)
Marcia
19€
/h
1ª aula grátis!
Ophelia
5
5 (49 avaliações)
Ophelia
17€
/h
1ª aula grátis!
Marilou
4,9
4,9 (16 avaliações)
Marilou
15€
/h
1ª aula grátis!
Jessica
5
5 (46 avaliações)
Jessica
16€
/h
1ª aula grátis!
Virgínia
5
5 (11 avaliações)
Virgínia
15€
/h
1ª aula grátis!
Andrea
5
5 (25 avaliações)
Andrea
17€
/h
1ª aula grátis!
Jeremy
5
5 (37 avaliações)
Jeremy
34€
/h
1ª aula grátis!
Bérénisse
5
5 (17 avaliações)
Bérénisse
15€
/h
1ª aula grátis!
Marcia
5
5 (14 avaliações)
Marcia
19€
/h
1ª aula grátis!
Ophelia
5
5 (49 avaliações)
Ophelia
17€
/h
1ª aula grátis!
Marilou
4,9
4,9 (16 avaliações)
Marilou
15€
/h
1ª aula grátis!
Jessica
5
5 (46 avaliações)
Jessica
16€
/h
1ª aula grátis!
Virgínia
5
5 (11 avaliações)
Virgínia
15€
/h
1ª aula gratuita>

Aprender francês: a conjugação básica

“Demora-se dois anos a aprender a falar e sessenta anos para aprender a ficar em silêncio.”
E. Hemingway

Se já teve aulas de francês online, no seu ensino secundário ou em regime de aulas particulares, já sabe quais são os tempos verbais mais usados neste idioma.

Se nunca teve nenhum contato prévio com o idioma, não desanime, este artigo está preparado para o ajudar.

Assim sendo, podemos agora começar por relembrar e aprender como conjugar verbos no indicativo na língua francesa.

Os tempos verbais do indicativo em francês

Na gramática francesa, existem quatro principais tempos verbais no indicativo:

  • presente,
  • passado (passado simples e passé composé),
  • O imperfeito, (algo equivalente ao pretérito imperfeito em português)
  • futuro simples -> algo equivalente ao futuro do presente simples.

Sabe onde encontrar um curso de francês em Lisboa? A Superprof tem várias opções pensadas especialmente para si!

Presente do indicativo

Este tempo é usado para descrever, enunciar, afirmar ou discutir uma situação de verdade geral.

Exemplos:

“A casa é vermelha” -> “la maison est rouge
“Tu comes uma maçã” -> “tu manges une pomme
“Eles moram no México” -> “is vivent à Mexico“.

passé composé

O passé composé é usado para falar sobre uma ação que ocorreu apenas uma vez no passado e/ou cujo resultado ou consequência permanece em primeiro plano.

Exemplo:

“Ontem nevou muito, então hoje está frio” -> “Il beaucoup neigé hier, donc il fait froid aujourd’hui“.

Para construí-lo, os verbos auxiliares avoir ou être (para verbos de movimento e pronominais) são conjugados no presente e o verbo principal fica conjugado no particípio passado.

O futuro do indicativo

O futuro simples é provavelmente o tempo verbal mais fácil de aprender: este expressa o mesmo que em português (uma ação que ainda não ocorreu, uma hipótese ou um desejo) e é formado com o infinitivo mais um dos seguintes sufixos -ai, -as, -a, -ons, -ez ou -ont.

Exemplos:

“Eu cantarei” -> “Je chanterai“.

“Em julho, o ano letivo terminará” -> “En juillet, l’année scolaire finira.

Pretérito imperfeito do indicativo

Este tempo verbal expressa a repetição e continuidade de uma ação desenvolvida no passado. Para formá-lo, é utilizada a primeira pessoa do plural do presente indicativo, e o sufixo -ons é removido. Em seguida, podem ser adicionados os seguintes sufixos ao radical obtido depois desta alteração: -ais, -ais, -ait, -ions, -iez, -ient.

Exemplo:

“Quando era pequeno, o Lucas gostava muito de bolo” -> “Quand il était petit, lucas aimait beaucoup les gâteaux“.

Com vontade de aprender o francês básico? Visite a nossa plataforma e veja todas as opções que temos à sua disposição!

Você está praticando os tempos verbais das palavras em francês?
Saber conjugar os verbos em francês é tão importante para aprender a falar a língua de forma fluente e também para aprender a escrever de forma correta e inteligível.

Passado simples

Para conjugar um verbo no passado simples, elimina-se o sufixo do infinitivo e acrescenta-se outra terminação específica desta conjugação de acordo com o grupo ao qual pertencem as seguintes terminações:

  • 1º grupo: -ai, -as, -a, -âmes, -âtes, -erent.
  • 2º grupo: -é, -é, -it, -îmes, -îtes, -irent.
  • 3º grupo: -é, -é, -it, -îmes, -îtes, -irent.

Exemplo:

“Enquanto visitava Saint-Malo, tirei muitas fotos” -> “Pendant que je visitais Saint-Malo, je pris beaucoup de photos.”

Pretérito mais-que-perfeito

Usado para expressar uma ação anterior à do passado simples, este tempo verbal é formado com os verbos auxiliares avoir ou être no tempo imperfeito e com o particípio passado do verbo principal.

Exemplo:

“Quando voltaste, eu já tinha posto a mesa” -> “Quand tu es rentré j’avais déjà mis la table

Particularidades dos tempos indicativos

Presente do indicativo

Na primeira conjugação de alguns verbos específicos, nomeadamente aqueles que terminam em -ER, pode haver algumas mudanças na forma de escrita, se ocorrer uma das seguintes circunstâncias:

  • Verbos terminados em “-cer” e “-ger”
  • Verbos terminados em “-oyer” e “-uyer”
  • Verbos com dois radicais no presente.

Passé composé

Existem alguns verbos que possuem o être como auxiliar (são verbos de movimento ou mudança de estado).

Exemplo:

“Eu fui ver um amigo” -> “Je suis allé voir un ami ”

É preciso ter em mente que com os verbos que possuem o verbo être como auxiliar, deve haver concordância entre gênero e número entre o sujeito e o particípio.

Exemplo:

il est arrivé“, “elle est arrivée“, “ils son arrivés“, “elles sont arrivées".

Gramática francesa é essencial
Para aprender uma língua é essencial que domine plenamente a gramática! | Fonte: Pixabay

Futuro do indicativo

No futuro simples, os verbos da primeira e segunda conjugação são regulares. Sendo assim, os sufixos indicados anteriormente devem ser adicionados nas terminações de cada caso.

Quanto à terceira conjugação, os verbos são irregulares. Desta forma, é necessário aprendê-los de cor, não havendo nenhuma regra específica a seguir para todos eles. A chave para a aprendizagem correta destes casos particulares recai na memorização e na resolução de exercícios desta temática.

Pretérito imperfeito do indicativo

A raiz deste tempo verbal é construída a partir da conjugação da primeira pessoa do plural do presente.

Exemplo:

O presente de finir é “nous finissons“.
A raiz para formar o imperfeito é finiss-.
Sendo assim, o imperfeito é “je finissais“.

Pretérito mais-que-perfeito

Para se conjugar um verbo no pretérito mais-que-perfeito, a única coisa a considerar é a concordância entre o sujeito e o particípio quando o auxiliar for o verbo être, tal como acontece no tempo verbal passé composé.

Exemplo:

“Ele foi-se embora.” -> “Il était allé.”

Resumo

Relembrando e resumindo o que foi visto anteriormente sobre a conjugação em francês de verbos no indicativo, fica aqui um pequeno apontamento para que possa estudar e memorizar o básico:

  • Os tempos verbais utilizados são:
    – Presente do indicativo,
    – Pretérito simples,
    – Pretérito mais-que-perfeito,
    – Passé composé,
    – Pretérito imperfeito,
    – Futuro do indicativo.
  • Os tempos verbais no indicativo possuem particularidades que variam de acordo com:
    – As terminações de cada verbo,
    – O grupo verbal ao qual este pertence (1º grupo, 2º grupo ou 3º grupo),
    – Se éum verbo  regular ou irregular,
    – Se o verbo é composto ou não.

Que tal tirar partido das ferramentas digitais e fazer um curso de frances online?

Aula francês: verbos mais comuns no idioma

Você não vai começar dando palestras, mas vai conseguir ser entendido rapidamente.
Dominar os tempos verbais dos verbos mais comuns em francês será de primordial importância para a sua fluência na língua e ter boas hipóteses de comunicação com um nativo.

Está a ter aulas de francês para iniciantes e encontra-se à procura de dicas para conseguir aprender o idioma ainda mais rápido? Então veio parar ao sítio certo!

Para ajudá-lo a aprender mais sobre a língua mais romântica do mundo, a equipa da Superprof recolheu os verbos mais comuns do francês para que possa estudá-los, compreendê-los, saber como utilizá-los de forma correta e avançar na sua aprendizagem de forma mais completa.

Como aprender os verbos em francês

Gramática francesa

A primeira coisa a saber sobre os verbos em francês é que eles são classificados em três grandes grupos:

  • 1º grupo: verbos terminados em -ER (manger, chanter…).
  • 2º grupo: verbos terminados em -IR (finir, choisir…).
  • 3º grupo: resto de verbos, que podem terminar em -IR, em -RE ou -OIR, além do verbo ALLER (partir, atteindre, pouvoir, mettre…).

Aprenda os verbos básicos da língua francesa

Existem dois verbos que são os pilares da gramática francesa que funcionam como verbos auxiliares na conjugação de muitas outras formas verbais. Estes são o verbo être (ser, estar) e o verbo avoir (ter, haver). Estes verbos são utilizados na conjugação dos tempos compostos e, além disso, eles também podem ser utilizados como verbos principais.

Être e avoir como verbo principal
  • Être:
    – pode aparecer precedendo adjetivos -> “Tu es sympa”,
    – identificar coisas ou seres (descrição, nacionalidade, aspeto, etc) -> “C’est Laura, Elle est française, Elle est professeur”,
    – para dizer a data e a hora -> “Aujourd’hui on est le 20 août. Il est 9 heures”.
  • Avoir:
    – para representar possessão -> “Il a un voiture”
    – descrever uma condição que se refere a um substantivo -> “J’ai le temps”; “Tu as une soeur”; “Elle a les yeux bleus”,
    – referir a idade do sujeito da frase -> “J’ai 23 ans”.
Être e avoir como verbos auxiliares
  • Être:
    – este verbo funciona como auxiliar dos 14 verbos seguintes, desde que estes não sejam acompanhados por um objeto direto:
    aller, apparaître, arriver, descendre, entrer, monter, mourir, naître, partir, rester, retourner, sortir, tomber, venir -> “Il est monté”,
    – com verbos reflexivos -> “Je me suis trompé”,
    – para formar a voz passiva -> “Le vélo est réparé par Xavier”.
  • Avoir:
    – trata-se de um verbo auxiliar quando utilizado juntamente com todos os verbos transitivos -> “Il a mis la table
    – comporta-se como um verbo auxiliar para os verbos avoir e être -> “Elle a eu un velo”; “Elle a été malade”.

Saiba onde encontrar um curso de francês de qualidade, sem ter de sair do conforto da sua casa.

Estude e repita
O estudo permanente do francês irá ajudar a que se torne fluente na língua muito rapidamente! | Fonte: Pixabay

Verbos franceses mais frequentes de A a J

Verbos de A a C

  • Acquérir: adquirir
  • Aimer: amar
  • Aller: ir
  • Boire: beber
  • Choisir: escolher
  • Commencer: iniciar, começar
  • Comprendre: entender / compreender
  • Conclure: fechar, concluir

Verbos de D a J

  • Définir: definir
  • Descendre: descer
  • Devenir: tornar-se
  • Écrire: escrever
  • Entendre: ouvir
  • Envoyer: enviar
  • Faire: fazer
  • Falloir: necessitar
  • Hésiter: hesitar, duvidar
  • Inclure: incluir
  • Jeter: atirar, jogar
  • Joindre: juntar, unir, anexar

Verbos franceses mais frequentes de L a V

Verbos de L a O

  • Lire: ler
  • Mourir: morrer
  • Naître: nascer
  • Oublier: esquecer

Verbos em P

  • Paraître: aparecer, mostrar
  • Parler: falar
  • Perdre: perder
  • Permettre: permitir
  • Prévoir: antecipar, prever

Verbos em R

  • Rappeler: ligar novamente, lembrar-se
  • Recevoir: receber
  • Revenir: retornar, regressar
  • Rire: rir

Verbos em S e T

  • Savoir: saber, conhecer
  • Servir: servir
  • Sortir: sair
  • Suivre: seguir
  • Taire: calar a boca
  • Tenir: ter (possuir) / conter
  • Travailler: trabalhar
  • Trouver: encontrar

Verbos em V

  • Valoir: valer a pena
  • Vendre: vender
  • Venir: vir / sair

Aulas de Frances: diferenças na utilização de verbos entre a França e o Canadá

Tal como existem diferenças entre o inglês britânico e o inglês falado nos Estados Unidos da América, tanto em termos de vocabulário, como no que toca a maneirismos e expressões idiomáticas, também o mesmo acontece no caso da língua francesa, havendo ligeiras modificações quanto à prática e à aprendizagem deste idioma, dependendo do lugar geográfico onde a língua é falada.

Em alguns aspetos, o francês falado no Canadá não evoluiu do antigo francês falado há 300 anos no noroeste da França. Por exemplo, os cidadãos de Montreal ainda usam o verbo “magasiner” quando desejam dizer “fazer compras”, enquanto que o francês da França diz “faire du shopping” para comunicar exatamente a mesma coisa.

A pratica vale para o francês falado e para o francês escrito.
A melhor maneira de memorizar os verbos mais frequentes da língua francesa é praticando o idioma sempre tal que for possível.

Tente aprender francês todos os dias para aprender os verbos básicos

Não existe uma fórmula mágica quando se quer aprender e lembrar a conjugação de todos os verbos básicos deste idioma. Para que consiga tornar-se fluente nesta língua, o mais importante é falar e praticar o francês sempre que conseguir para que seja capaz de a memorizar.

Faça uma viagem linguística

Os intercâmbios linguísticos são uma excelente solução para desenvolver novas habilidades linguísticas. Desde duas semanas a alguns meses de duração (não mais do que dois meses em geral), visitar um país estrangeiro e aproveitar as aulas da gramática ou de conjugação francesa permite que o aluno consiga progredir rapidamente ao estar em contacto direto com os nativos dessa língua, a sua cultura e ambiente.

Faça um intercâmbio universitário

Para aqueles que ainda estudam na universidade, o programa de intercâmbio estudantil Erasmus, é uma excelente oportunidade para visitar um país de língua franca e fazer progressos significativos em francês ao descobrir uma cultura estrangeira.

Aprenda a falar francês fluentemente: a conjugação de verbos

Para o ajudar nesta jornada com a conjugação de verbos regulares e irregulares da língua francesa, a Superprof preparou algumas dicas para o auxiliar nesta tarefa.

Preparado? Então mãos à obra!

Verbos em francês: como conjugá-los corretamente?

A conjugação dos verbos deste idioma pode ser classificada em três grupos, dentro dos quais determinados verbos se enquadram. Estes são:

  • 1 – Primeira conjugação
    Os verbos da primeira conjugação são aqueles que terminam em -ER e cujos finais aparecem destacados em negrito. Os verbos deste grupo são regulares, exceto Aller(ir) e Envoyer (enviar).
  • 2 – Segunda conjugação
    Os verbos da segunda conjugação terminam em -IR.
  • 3 – Terceira conjugação
    Os verbos da terceira conjugação são geralmente aqueles que terminam em -IR. Os verbos da primeira e segunda conjugação são verbos regulares enquanto que os verbos da terceira conjugação são considerados como verbos irregulares sendo necessária uma atenção especial aquando da sua conjugação.

Os verbos irregulares em francês

Certamente estará a perguntar-se o que são e quais são esses verbos tão difíceis de memorizar. Então calma, que vamos explicar: estes são os verbos que pertencem à terceira conjugação, que é dividida em cinco subgrupos:

  1. Verbos conjugados como Dormir.
  2. Verbos conjugados como Venir.
  3. Verbos conjugados como Ouvrir.
  4. Verbos terminados em –QUÉRIR.
  5. Verbos terminados em –IR e que não seguem nenhuma regra.

Os verbos essenciais que devem ser conhecidos em francês

Os verbos básicos em francês que deve saber sem hesitação para uma comunicação fluente, são os seguintes:

  • Être (ser ou estar)
  • Avoir (ter ou haver)
  • Aller (ir)
  • Aimer (amar, gostar)
  • Finir (terminar, acabar)
  • Partir (sair, partir, ir)
  • Venir (vir, voltar)
  • Prendre (pegar, tomar)
  • Faire (fazer)
  • Pouvoir (poder)
  • Vouloir (querer)
  • Devoir (dever)
  • Mettre (colocar)
  • Connaître (saber, conhecer)
  • Ouvrir (abrir)
  • Fermer (fechar)

Verbos auxiliares em francês

Em francês, existem dois verbos auxiliares que são essenciais para formar tempos verbais diferentes, como o passé composé, ao serem adicionados ao verbo principal.

Estes são os verbos être e avoir.

Être

Je suis
Tu es
Il/Elle est
Nous sommes
Vous êtes
Ils/Elles sont

Avoir

J’ai
Tu as
Il/Elle a
Nous avons
Vous avez
Ils/Elles ont

Aprender Francês online: dicas para memorizar os verbos da conjugação francesa

Se acha que isto é demasiada informação de uma só vez, não se preocupe, com o tempo terá tudo mais mecanizado e será mais fácil reconhecer os verbos e as suas respetivas conjugações dependendo do tempo verbal em questão. Aqui ficam algumas sugestões para que consiga acelerar o seu processo de aprendizagem sem grandes dificuldades:

  • Aprenda pouco a pouco: comece por se dedicar à aprendizagem de uma lista limitada de verbos e não queira aprender todos os verbos existentes nesta língua de uma só vez já que isso o pode confundir e fazê-lo misturar os conteúdos;
  • Classifique os verbos por grupos: para fazer isso, o ideal é distinguir os verbos do primeiro grupo (verbos terminados em -ER), os do segundo grupo (terminados em -IR) e os do terceiro grupo (terminados em -IR, -RE, -OIR), como vimos nas seções anteriores e dedicar-se à memorização de cada uma destas categorias de forma independente.

Aulas de francês para iniciantes: como conjugar os verbos

Para isso, mãos à obra: chegou a hora de estudar!
Uma viagem a França ou a qualquer outro país de língua francesa será muito mais agradável se conseguir comunicar através do idioma oficial!

Se tem aulas de francês online, ou presenciais, e já possui um nível básico, intermediário ou avançado neste idioma, então já deve ter passado pela fase de estudar verbos regulares e irregulares. Se ainda não for esse o caso, então não desespere que logo chegará essa altura, apenas terá de persistir e continuar a estudar!

Desta forma, recomendamos que continue a ler este artigo para descobrir como aperfeiçoar a conjugação verbal da língua francesa.

Conjugação em francês: quais as principais dificuldades?

Conjugar um verbo no idioma da França não significa apenas manter o radical (ou raiz) de um verbo e adicionar -a ou -o enquanto terminação.

A primeira grande dificuldade em aprender a gramática está na assimilação das formas verbais e dos tempos de conjugação, pois existem muitas opções possíveis para indicar momentos diferentes em quais as ações se passam.

Outra diferença em relação à língua portuguesa que pode tornar-se uma dificuldade acrescida é que em francês os verbos SER e ESTAR correspondem ao mesmo verbo: ÊTRE. Sendo assim, não existem dois verbos distintos para cada um destes significados, o que pode confundir o estudante inexperiente aquando da sua tradução. Se já fala inglês, então perceberá que se trata de uma forte semelhança com o inglês e o seu verbo To Be.

É preciso ainda aprender uma lista de verbos irregulares muito comuns para conseguir dominar este idioma. Alguns desses verbos são:

  • aller,
  • attendre,
  • courir,
  • croire,
  • devoir,
  • dire,
  • dormir,
  • entendre,
  • faire,
  • falloir,
  • lire,
  • mettre,
  • ouvrir,
  • perdre,
  • pouvoir,
  • rendre,
  • répondre,
  • rire,
  • savoir,
  • sentir,
  • tenir,
  • vivre,
  • voir,
  • vouloir,
  • dentre outros.

Aprender Frances online ou presencialmente: praticar os tempos verbais em francês para progredir na sua aprendizagem

Durante as aulas, o seu professor de francês, nativo ou não, irá certamente propor-lhe exercícios que impliquem completar tabelas de conjugação. O nosso conselho é que aprenda dez novos verbos a cada dois dias e que se dedique a fazer uma revisão completa dos verbos aprendidos até à data a cada terceiro dia.

Ter aulas de francês irão ajudá-lo a praticar e a rever os tempos verbais, assim como a entender melhor as regras gramaticais adjacentes, mas nada será melhor do que realmente entender o que aprende nessas sessões em vez de memorizar tudo como um robô.

Estudo com professor
O estudo de francês com um professor particular irá ajudar a que evolua muito rapidamente na aprendizagem! | Fonte: Pixabay

Aulas de frances particulares para memorizar um maior número de verbos

Entre os profissionais registados na plataforma da Superprof, temos a certeza que irá encontrar o professor de francês perfeito para os seus objetivos!

Nada melhor do que aprender a conjugação de todos os tempos verbais, ao seu próprio ritmo e com toda a atenção do seu mentor voltada para si e para o seu progresso. Não há nada melhor que as aulas particulares, que lhe oferecem a oportunidade perfeita para estudar com profundidade os verbos no infinitivo.

Agora que já tem informação suficiente para começar a praticar a conjugação dos verbos em francês, mãos à obra!

Se procura uma ajuda adicional para o seu percurso com o linguista, nada melhor que se inscrever na nossa plataforma de forma a obter um acompanhamento personalizado e um plano curricular feito à sua medida.

Leia abaixo algumas das perguntas mais frequentes dos nossos novos utilizadores para que saiba tudo o que terá à sua disposição aqui na Superprof:

Precisa de um professor de Francês ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Ricardo

Marketeer. Professor. Country Manager. Redator. Dedicação a 200% em tudo o que me comprometo ao longo da minha vida. Adoro as diferentes personalidades existentes em ambiente profissional e social. Em constante transformação. Escrevo para partilhar o meu conhecimento e entusiasmo aos leitores que queiram ver respondidas as suas questões ou aprofundar algum tema.