Uma grande questão que passa pela cabeça de todos os instrutores e professores por todo o mundo. Qual a melhor forma de planear as aulas? Por onde começar? O que devem os alunos aprender em primeiro lugar? Todas estas questões têm solução e resposta. Pode voltar atrás e lembrar-se das suas primeiras aulas de surf, como correram, como aprendeu, se gostou da forma que o seu instrutor ensinou e o que na altura achou que poderia ter mudado.

Pode e deve também fazer curso de instrutor de surf para ser certificado e qualificado como tal, e pode ser feito com a Federação Portuguesa de Surf ou mesmo na Universidade Lusófona. Cumprindo todos os requisitos, inscreva-se na nossa plataforma para ter acesso a centenas de alunos prontos que estão já prontos para aprender a surfar e à procura de instrutor.

Como iniciar as primeiras aulas de surf

Tal como em todas as outras aulas de qualquer desporto, disciplina ou atividade, a primeira aula é sempre de apresentações, tanto dos alunos como do professor. Esta aula pode ser utilizada para que se conheçam um pouco melhor. Certifique-se que o seu aluno sabe nadar, se tiver dúvidas, vá até ao mar com ele e confirme-o. As segurança nunca é demasiada. Aproveite para se apresentar e falar sobre:

  • O que o levou a ser surfista;
  • Porque quer ensinar outros a surfar
  • O que mais gosta no surf;
  • O que quer que os seus alunos aprendam consigo
  • Qual a sua metodologia de ensino;
  • Que praias já surfou ou se ganhou algum campeonato;
  • Partes mais importantes do seu percurso profissional

Quando o aluno começar a sua apresentação tente perceber o que o levou a querer aprender a surfar, pois com a resposta a esta questão vai conseguir compreender quão esse aluno está motivado e comprometido com as aulas de surf e se realmente se vai esforçar para aprender o que lhe vai ensinar.

surfistas a aprender
Alunos em ondas baixas a aprenderem a posicionar-se e levantarem-se na prancha de surf | Fonte: Pixabay

Depois das apresentações feitas, está na hora de começar a falar sobre o mar. Se estiverem na praia de matosinhos por exemplo, pode explicar como o mar funciona, falar sobre os perigos das correntes e das rochas que se encontram, ensinar os seus alunos a olhar para o mar com um olhar observador e crítico, estando atentos a todos os pormenores possíveis de serem captados. Nestas primeiras aulas é aconselhável que não entrem no mar e se deixem ficar pela areia, para além de conversar e falarem sobre a parte mais teórica do surf, os seus alunos terem oportunidade de ter os primeiros contactos com a prancha de surf (seja ela em espuma ou não), saberem como funciona, como se hão-de deitar sobre ela, remar e também para aprenderem a posicionarem-se corretamente para se começarem a levantar. Convém que façam alguns exercícios de alongamentos e que isto seja uma rotina antes de iniciarem qualquer aula e que os movimentos de deitar na prancha e levantar ainda na areia sejam repetidos várias vezes até que sejam feitos de forma correta e segura.

Dar aulas de surf a alunos que já aprenderam os básicos

Se os seus novos alunos têm já algumas noções sobre surf e até já sabem estar na prancha de surf sem qualquer problema, ou então se os seus primeiros pupilos já atingiram este nível, está a chegar a altura de começar a arriscar mais um bocadinho, porque a magia do surf não acontece na areia! Antes de iniciar a aula confirme online como estão as ondas, através da meo beachcam ou do surf forecast e se as ondas e o mar estiverem relativamente calmos, será o dia ideal para começarem a aprender e treinar algumas manobras mais fáceis como a batida, rasgada e talvez arriscar a tentarem um 360º. Depois de confirmar que tudo está em ordem, equipamentos, proteções (protetor solar, tampões para os ouvidos, leash colocada) e a prancha em ordem, façam os alongamentos e leve os seus alunos para a água! Está na altura de aprenderem a remar e também de se equilibrarem deitados na prancha sem caírem.

surfistas aprendizes
Ter um drone ou uma GoPro pode ajudar a captar imagens fantásticas das suas aulas de surf. | Fonte: Pixabay

Uma vez na água, ensine-os a remar e a não caírem da prancha de surf, quer estejam sentados ou deitados. A posição sentada na prancha é também uma boa forma de sentirem as ondas e começarem a aprender a ter equilíbrio e não lançarem o peso na direção contrária, como quem aprende a cavalgar. O importante é que se habituem ao mar e às ondas e que os músculos comecem também a conhecer os movimentos. Nos primeiros dias poderão estar mais queixosos alguns dos seus alunos, mas depressa isso irá passar! Quando os começar a ensinar a estarem em pé, começará a verdadeira aventura! Um dos maiores gostos de um instrutor de surf será certamente esta fase dos seus alunos em que começam a ter alguma independência e andarem em pé na prancha a treinar todas as manobras e quem sabe até inventar algumas. Aproveite para reforçar as medidas de segurança na água e nunca é demasiado relembrar como funcionam as correntes e como não entrar em pânico se ficarem debaixo de água. Embora eles saibam que você está lá com eles, têm de aprender a safar-se de tudo sozinhos, só assim poderão evoluir e no futuro serem verdadeiros surfistas profissionais.

E quando os alunos já sabem surfar? Como preparar estas aulas?

Este é uma das fases mais recompensantes para si enquanto treinador ou instrutor de surf! Ver os seus alunos que começaram tão verdes e inseguros, alguns talvez até com medo do mar, a entrarem consigo lado a lado no mar, a remarem juntos em direção às ondas tão belas e surfarem juntos! Mas mesmo aqui, há muito que eles podem aprender consigo, afinal, além de ser o treinador de surf, tem sempre muitos mais anos de experiência do que eles e só isso, basta para que eles se queiram manter consigo durante muitos anos. Para estas aulas, aconselhamos que mantenham sempre a rotina de confirmar se está tudo ok, equipamentos em ordem, a prancha encerada, protetor solar posto, o fato de surf impecável e sem rasgões, tampões de ouvidos colocados e que sabem as previsões para aquele dia, poderão ser pesquisadas através do windguru ou mesmo surf forecast. Estando tudo em ordem, alongamentos e pequenos exercícios de aquecimento e correr para o mar para aproveitar o máximo da sua aula de surf!

onda tubular
Surfista nível avançado a fazer manobras difíceis no mar | Fonte: Pixabay

Chegando ao mar, ter sempre os cuidados necessários, claro, e podem aproveitar para treinar manobras ainda mais difíceis! Se tiverem de aguardar por ondas maiores ou pela onda certa, podem sempre treinar as manobras mais fáceis que aprenderam para alongarem e aquecerem ainda mais o corpo, pois embora as águas das nossas praias não sejam geladas, são sempre um pouco frias o que pode levar a que os movimentos se tornem difíceis sem estes exercícios ou pequenos treinos antes. Quando as ondas começarem a aparecer dê oportunidade ao seu aluno de as aproveitar e quem sabe até conseguir completar o seu primeiro tubo! É expectável que hajam várias quedas, arranhões, pisaduras, mas sabemos que você, enquanto professor, tem toda a preparação e recursos para tratar qualquer lesão que possa acontecer ao seu aluno ou mesmo a si. A partir daqui, será só treinar, treinar, treinar! Poderão aproveitar as ondas juntos ou então, será nesta fase que o seu aluno irá começar a ir até à praia sozinho e aventurar-se sozinho em algumas ondas, não fique triste, pois sabemos que ao acompanhar um aluno até esta fase passam alguns anos e pode nascer em si o sentimento de companheirismo, tenha presente que através de si e das suas aulas nasceu mais um surfista português apaixonado pelo mar! Além de todo o ganho financeiro que teve e tem, tem também a sensação de realização porque está no fundo a criar surfistas novos e a manter o surf vivo.

Conheça os seus alunos através da Superprof

Se é já instrutor ou treinador de surf e tem alguns alunos, poderá sempre ter acesso a muitos mais ao inscrever-se na plataforma Superprof. Temos centenas de alunos diariamente à procura de aulas de surf por todo o país. Se ainda não tem alunos ou não tem a quantidade que considera ideal, partilhe o seu perfil connosco e comece a ser contactado pelos alunos Superprof na sua cidade!

surfistas a entrar no mar
Surfistas com equipamento completo de surf | fonte: Pixabay

A sua inscrição na Superprof é totalmente gratuita, precisando apenas de criar o seu perfil de treinador, escrever um pouco acerca de si e da sua experiência, definir um preço para as suas aulas, indicar quais as praias onde acontecem as suas aulas, se está disposto a dar aulas em grupo, individuais ou ambas, colocar uma fotografia e claro, falar sobre todo o seu percurso pelo mundo do surf e pelas praias portuguesas. Se procura um full-time ou mesmo um part-time como instrutor de surf, a Superprof irá dar um boost e ajudá-lo a atingir esse objetivo.

Precisa de um professor de Surf ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.