A dança é um desporto, uma atividade física muito procurada por quem quer ficar em forma. Mas a dança é, antes de qualquer coisa, uma arte que usa o corpo como forma de expressão.

Trata-se de uma arte que, para ser dominada, precisa de ser estudada de forma aprofundada e exige muita disciplina e comprometimento de quem a quer aprender. A dança é hoje em dia uma das atividades mais praticadas. Seja em escolas especializadas ou em academias, as opções de aulas são variadas.

Há muitas oportunidades de trabalho como professor para bailarinos e coreógrafos, sejam eles profissionais ou amadores. Mas, antes de se tornar um professor de dança, é necessário ter bons conhecimentos na área, conhecer tanto os conceitos técnicos quanto os teóricos, e sobretudo ser um bom professor.

Para ser professor é necessário ter um diploma em dança, ou ter praticado a disciplina por longos anos, principalmente no caso do ballet, além de ter bons conhecimentos em técnicas de movimentação e expressão corporal, controle respiratório, equilíbrio, flexibilidade, etc.

Os melhores professores de Dança disponíveis
Sara
5
5 (14 avaliações)
Sara
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (10 avaliações)
Hanna
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (9 avaliações)
Rui
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (5 avaliações)
Filipe
40€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Nuno
5
5 (11 avaliações)
Nuno
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sara
5
5 (14 avaliações)
Sara
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Hanna
5
5 (10 avaliações)
Hanna
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Rui
5
5 (9 avaliações)
Rui
25€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Filipe
5
5 (5 avaliações)
Filipe
40€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana luísa
5
5 (9 avaliações)
Ana luísa
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (5 avaliações)
Deborah
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Safiyah
5
5 (8 avaliações)
Safiyah
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Nuno
5
5 (11 avaliações)
Nuno
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Professor de dança de uma escola ou professor de dança particular?

Esta é uma dúvida frequente de quem deseja ser professor de dança e não sabe por onde começar. As duas modalidades têm suas vantagens e inconvenientes e tudo depende do grau de formação. A única coisa certa é que um professor de dança é muito importante, pois sem estes profissionais, muito menos pessoas teriam a possibilidade de tal felicidade.

Normalmente, um bailarino pode dar aulas de qualquer dos estilos de dança, desde dança clássica até a dança de salão, passando pelas aulas de zumba, dança do ventre, hip-hop, etc. Entretanto, se deseja dar aulas numa escola de dança ou academia, o diploma é indispensável e quanto mais renomada for a escola, maior será o grau de exigência com relação à qualificação e experiência do professor.

Estrutura das aulas de dança
A dança é uma das atividades mais procuradas, não perca esta oportunidade profissional. | Fonte: Pixabay

Um professor de dança pode exercer a sua profissão de diferentes formas:

  1. Como professor de dança numa escola ou outro tipo de estabelecimento: geralmente tem contrato de trabalho e uma remuneração fixa por mês;
  2. Como professor independente: permite que o professor trabalhe por conta própria ou preste serviços para diferentes estabelecimentos;
  3. Como professor voluntário: geralmente trabalha em ONG's e associações e não recebe remuneração.

Trabalhar como professor de dança numa escola é provavelmente a situação mais estável do ponto de vista financeiro, mas é também a mais restritiva, sobretudo quando se trata de ensinar dança. Quando se trabalha para um estabelecimento, é necessário respeitar e se adequar ao modelo imposto pelo empregador, o que pode muitas vezes causar insatisfação.

O professor precisa de aplicar a metodologia escolhida pelo estabelecimento e respeitar um programa de aulas preciso. Dependendo da escola, o ensino pode ser muito teórico e deixar pouco espaço à criatividade, o que para um professor de dança seria muito frustrante.

A dança é uma arte e, como tal, procura inspiração na liberdade de criação e na expressão corporal. Não ter liberdade de criação está longe do que busca um bailarino. Mesmo que as vantagens e a segurança de uma remuneração fixa sejam muitas, para alguns esta não é a modalidade ideal.

Por outro lado, trabalhar como professor independente dá a liberdade de escolher as aulas de dança e ok alunos, assim como a metodologia e o estilos das aulas.

O professor pode, desta forma, ensinar todos os estilos de dança que quiser, propor atividades que estimulem a criatividade e o senso estético de seus alunos, oficinas de iniciação à uma dança específica, entre outras possibilidades. Tudo depende do tipo de aulas que desejar oferecer e dos objetivos dos alunos, pois outra grande vantagem de ser professor particular é o fato de poder dar aulas personalizadas.

Quer seja numa escola ou professor independente, há uma coisa que não muda em ambos os casos: antes de se tornar professor de dança, analise os conhecimentos, certifique-se de que está de fato apto a ensinar um determinado estilo de dança e caso necessário, faça cursos, especializações, pois isso com certeza dará mais credibilidade ao seu currículo.

Que estilos de dança existem e como dar cada uma das aulas de dança?

Seja qual for seu estilo de dança favorito para o ensino, saiba que as aulas em grupo são o formato mais comum de aulas particulares. Isto porque as aulas em grupo permitem ensinar uma variedade maior de estilos de danças, além de serem mais acessíveis a um maior número de pessoas.

As aulas em grupo costumam ser bem mais baratos do que as aulas individuais, o que permite chamar a atenção de mais clientes.

Aprender danças latinas
Adultos geralmente procuram aulas de dança de salão ou danças latinas. | Fonte: Pixabay

Enquanto professor particular, poderá ensinar diferentes modalidades dentro da dança:

  • dança contemporânea;
  • danças orientais;
  • danças latinas (salsa, merengue, samba);
  • dança de salão;
  • expressão corporal;
  • dança clássica;
  • danças africanas;
  • dança moderna;
  • oficinas de iniciação;

Cabe ao professor criar os pacotes de aulas e determinar o público alvo. A procura por aulas de dança para crianças, por exemplo, é grande. Se esse for um público que suscite interesse, seja criativo quando planear as aulas de dança e ofereça opções diversas e aulas alternativas que com certeza chamarão a atenção dos pequenos.

As modalidades preferidas dos jovens são as danças em grupo como hip-hop e o break dance. Aliás, essas danças, também conhecidas como "danças de rua", tiveram suas estéticas originadas em movimentos culturais diversos, liderados por jovens. São danças dinâmicas e por isso mesmo agradam crianças e adolescentes.

É possível também elaborar workshops para desenvolver a criatividade, a expressão corporal e a flexibilidade dos pequenos. Quando se trata de aulas de dança para crianças as possibilidades são muitas! Já os adultos procuram geralmente aulas particulares para conhecer algum tipo de dança de salão: salsa, tango argentino, merengue, etc. Esse é normalmente o caso de casais que querem aprender a dançar juntos. Mas, as aulas de zumba são muito procuradas por todo o tipo de pessoas de todas as idades.

A grande vantagem de dar aulas é ter a liberdade de escolher os alunos e a modalidade de aulas que gostaria de dar. Além disso, a procura pelas aulas de dança tem vindo a aumentar, o que significa que existem imensas oportunidades profissionais na área.

Onde e como um professor pode dar aulas de dança particulares?

Existem várias formas e locais onde dar aulas de dança. Pode trabalhar numa academia ou escola de dança como professor fixo e ser solicitado para dar aulas particulares em alguns casos.

No entanto, apesar da segurança financeira que um estabelecimento oferece, como já mencionamos antes, estará sujeito às regras e ao modelo de ensino impostos pelo empregador.

O hip hop é um tipo de dança muito conhecido nos Estados Unidos
O hip hop é muito popular entre os jovens e é uma dança de rua muito procurada. | Fonte: Pexels

Se é professor particular, a melhor forma de dar as aulas é ao domicílio ou mesmo online. Aliás, a procura por aulas online tem crescido e oferecer esta opção aos seus futuros pupilos é essencial para aumentar os clientes.

E por falar em clientes, deve-se estar a perguntar onde encontrá-los. Hoje em dia a melhor forma de dar aulas particulares é inscrevendo-se em algum site ou plataforma de anúncios especializada em aulas particulares. A plataforma mais conhecida e mais fiável na área de aulas particulares é a Superprof.

Na Superprof precisa apenas de criar uma conta, preencher todos os dados e não se deve esquecer de mencionar as formações, diplomas e experiência profissional. Todo o processo é completamente gratuito e terá o perfil visitado por milhares de pessoas todas as semanas!

Dar aulas permite não apenas escolher as pessoas, mas também administrar melhor a agenda e fazer a própria tabela de preços. No entanto, não se esqueça que alguns dos interessados provavelmente terão outras atividades, como trabalho ou estudos. Sendo assim, é preciso estar disposto a dar aulas à noite, ou aos finais de semana em alguns casos.

Partilhar a paixão pelas aulas de dança com os novos bailarinos

Danças latinas, valsa, dança clássica... Quaisquer que sejam as influências, com certeza encontrará pessoas que queiram treinar os movimentos e conhecimentos que tem para ensinar. Além disso, com a influência do cinema, musicais e séries de TV, alguns estilos de dança tornam-se populares rapidamente e podem representar uma excelente oportunidade profissional.

É o caso das danças indianas, inspiradas principalmente pelos filmes de Bollywood, e as danças orientais, como a dança do ventre. Outras danças também se tornaram extremamente populares no mundo inteiro, como a zumba, por exemplo. Trata-se de um exercício físico aeróbico baseado em movimentos de danças latinas, tais quais o merengue, a cumbia, a salsa, o reggaeton, entre outros.

Dar aulas de dança diversas
Por influência dos filmes de Bollywood, as danças indianas são bastante populares também! | Fonte: Pexels

Nos últimos anos, a zumba tornou-se bastante popular em academias, escolas e estúdios de dança do mundo todo. Além de ser considerada uma atividade fitness, a zumba também é praticada como um estilo de dança.

Como pode constatar, as possibilidades são muitas para se lançar como professor de dança. O mais importante é que transmita os conhecimentos com amor e dedicação. Ensinar não se restringe apenas a passar conhecimentos técnicos. Através do ensino da dança, como de qualquer outra disciplina, é possível transmitir a verdadeira paixão.

É importante saber propor aulas inovadoras e interessantes. Pode usar as mais variadas ferramentas educacionais para preparar as aulas: videoaulas, tutoriais, formações curtas e gratuitas pela internet, aulas online para pessoas que queiram praticar em casa, entre outras opções. Tente destacar-se ao mostrar o que sabe fazer o melhor e proponha aulas com conteúdos que se destaquem e adaptados às necessidades dos interessados.

Agora que você já conhece todas os aspectos importantes para se tornar professor particular de dança, não perca mais tempo. Inscreva-se na Superprof e comece a receber mensagens de pessoas que querem aprender a dançar!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.