É de conhecimento geral que a base do idioma de Portugal é o latim, considerado nos dias de hoje como um algo que "caiu em desuso". Porém, podemos afirmar ainda que outras línguas surgiram também baseadas na ortografia latina. São exemplo disso os idiomas francês, italiano e espanhol.

Mas como podemos ter certeza disso? Quais são os exemplos que ainda hoje perduram no nosso vocabulário, que nos remetem a palavras do latim? Como podemos ter aulas ou cursos de português e de cultura portuguesa?

A resposta a todas estas questões podem ser encontradas no curso online e é esse o tema principal deste artigo.

Sabemos ainda que foi difundida por outros países do mundo, tais como no Brasil, em Moçambique, em Cabo Verde, na Guiné-Bissau, na Guiné Equatorial, em Angola, em São Tomé e Príncipe e em Timor Leste. Porém, cada um destes países acabou por criar o seu próprio dialeto e a sua própria adaptação e assim nasceram os dialetos e formas de falar "o português" pelo mundo fora.

Assim, convida-mo a ler este artigo para descobrir qual a origem da língua portuguesa e assim mergulhar na história deste idioma falado em Portugal e noutras partes do mundo e até ganhar vontade de ser aluno de cursos grátis ou com certificado relacionados com estas questões.

Os melhores professores disponíveis
Tiago
Tiago
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Duarte
5
5 (4 avaliações)
Duarte
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Anders
5
5 (1 avaliações)
Anders
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Prof. André lamounier
5
5 (7 avaliações)
Prof. André lamounier
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alberto
4,9
4,9 (34 avaliações)
Alberto
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (2 avaliações)
Mariana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Andrea
5
5 (25 avaliações)
Andrea
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Feodor
5
5 (9 avaliações)
Feodor
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Paul
5
5 (27 avaliações)
Paul
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fábio
5
5 (8 avaliações)
Fábio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Márcio
5
5 (8 avaliações)
Márcio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (31 avaliações)
Susana
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Kauê
5
5 (13 avaliações)
Kauê
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (5 avaliações)
Catarina
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Cristiana
5
5 (36 avaliações)
Cristiana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (14 avaliações)
Teresa
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (12 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Tiago
Tiago
5€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Duarte
5
5 (4 avaliações)
Duarte
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Anders
5
5 (1 avaliações)
Anders
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Prof. André lamounier
5
5 (7 avaliações)
Prof. André lamounier
30€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Alberto
4,9
4,9 (34 avaliações)
Alberto
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (2 avaliações)
Mariana
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Andrea
5
5 (25 avaliações)
Andrea
17€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Feodor
5
5 (9 avaliações)
Feodor
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Paul
5
5 (27 avaliações)
Paul
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Fábio
5
5 (8 avaliações)
Fábio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Márcio
5
5 (8 avaliações)
Márcio
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (31 avaliações)
Susana
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Kauê
5
5 (13 avaliações)
Kauê
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catarina
5
5 (5 avaliações)
Catarina
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Cristiana
5
5 (36 avaliações)
Cristiana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (14 avaliações)
Teresa
20€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (12 avaliações)
Mariana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Curso de português sobre como nasceu o nosso idioma

A Península Ibérica foi invadida pelos romanos no século III a.C. e é de conhecimento geral que, por causa da língua (ou o idioma falado) ser um fator de união dos povos, os romanos exigiram que os povos dominados falassem o mesmo idioma, tal como eles.

Aulas de portugues e história de Portugal
Nas aulas de português com certificado poderá aprender como aluno a origem e difusão do idioma. | Fonte: Unsplash

Deste modo, os habitantes de França, de Itália, de Espanha, da Roménia e de Portugal viram-se obrigados a falar do mesmo modo que os seus invasores e assim nasceu o português, originário do latim e com tantas semelhanças com outras expressões estrangeiras.

Já alguma vez se questionou sobre que palavras são aprendidas nas aulas com certificado, e que derivam do latim? Aqui estão alguns exemplos: Amar (amare), cair (cadere), dizer (dicere), filho (filius), mãe (mater), pai (pater), bom (bonus), forte (fortis), verde (viridis), água (aqua), casa (casa), mão (manus), ave (avis), cavalo (caballus), gato (cattus).

Porém, e curiosamente, junto com o latim, os romanos também deixaram como legado, muitas gregas e latinas. Isso talvez tenha acontecido porque os romanos também dominaram os gregos e, por consequência, a cultura desse país que, como sabemos, era tão rica em conhecimentos científicos, filosóficos e linguísticos.

Posteriormente, e após a queda do império romano, os germânicos, ou seja, os ditos bárbaros, invadiram a Península Ibérica junto com os visigodos no século V.

Assim, e com a influência germânica e visigoda, foi criado o galaico-português, principalmente utilizado na Galiza e norte de Portugal. Estes povos deixaram vários nomes ainda hoje usados no nosso dia-a-dia, tais como Rodrigo, Afonso, Álvaro, Fernando, Gonçalo, Henrique.

Depois de muitos povos ajudarem na construção do vocabulário do idioma de Portugal, foi a vez dos povos mouros introduzirem algumas palavras no nosso vocabulário como: açúcar, alface, laranja, arroz, alfândega, armazém, bairro, almanaque, álgebra, almirante.

Mais curioso será ainda os alunos aprenderem num curso com certificado, que muitas destas relacionadas com o corpo humano e com patologias humanas, têm a sua origem fonética e lógica no latim. É exemplo do afirmado:

  • ofto: olho (oftalmologista)
  • oto: ouvido, rino: nariz, laringo: mecanismo de fonação (sons da fala) (otorrinolaringologista: especialista do ouvido, nariz e laringe)
  • algia: dor (otalgia: dor de ouvido)
  • neuro, nevra: nervos (nevralgia: dor nos nervos)
  • ite: inflamação (rinite: inflamação no nariz)
Professores de protuguês
Os professores de português falarão sobre palavras que usamos nos dias de hoje, mas que foram trazidas por outros povos.| Fonte: Unsplash

Assim, podemos dizer que o latim e o grego foram essenciais para a formação do idioma de Portugal e de todas as outras línguas consideradas línguas latinas. Porém, queremos deixar claro e sem dúvidas algumas que, apesar de todos estes tipos de idioma conterem a mesma base de significados e formações, cada um deles tem as suas especificidades, regras e expressões próprias.

Porém, admitimos que será mais fácil aprender um idioma de origem latino que de outra origem (alemão, chinês, japonês, tailandês) para as pessoas que falam fluentemente o idioma de Portugal.

Sabia que existem muitas personalidades famosas portuguesas ou que falam o idioma de Portugal?

Aulas de português online sobre a propagação do idioma de Portugal

Se vai ser aluno de cursos com certificado sobre esta temática, vai estudar que, depois da invasão de Portugal pelos povos visigodos e bárbaros, foi a vez de Portugal partir à descoberta do mundo. E, como é um fator de união entre os povos dominados pela mesma nação, foi nessa altura que o idioma de portugal começou a ser conhecido e falado em todo o mundo.

Colonização Brasileira

No curso de português vai falar certamente sobre o momento em que Pedro Álvares Cabral colocou os pés no que seria o território brasileiro, nos dias de hoje.

Porém, e antes deste acontecimento, o Brasil era habitado e governado por povos indígenas, dizimados pelos colonos e mesmo sem uma grande parte da população, os índios resistiram e continuaram a residir em solo brasileiro.

Em 1757, Portugal instituiu o idioma português no território brasileiro pois uma grande quantidade de portugueses apoderaram-se desta região, com o objetivo da exploração de ouro e pedras preciosas em Minas Gerais.

Assim, tornou-se oficialmente a língua falada neste país em detrimento do tupi (dialeto antigo e ainda usado por alguns povos indígenas nos dias de hoje).

Colonização de Angola

Como é de conhecimento geral, o idioma de Portugal é também o idioma oficial de Angola. Descoberta por Diogo Cão entre 1482 e 1486, este país constituiu o território ultramarino português mais extenso depois do brasileiro.

A língua portuguesa no mundo
O português de portugal é falando em muitas partes do mundo, graças aos cursos disponíveis. | Fonte: Unsplash

Os propósitos da descoberta desta região eram sobretudo o povoamento e exploração, para além da evangelização e a possibilidade de poder tirar partido comercial do território. E, mais uma vez, para que estes objetivos fossem alcançados, tiveram de ser passados alguns costumes portugueses, assim como o idioma, que se tornou também o idioma oficial de Angola.

Colonização de Timor-Leste

Nos cursos gratis ou com certificado sobre este tema vai estudar que tal como em todos os exemplos supracitados, o facto dos habitantes de Timor-Leste falarem português, também se deve à colonização por parte dos portugueses.

Quando os primeiros mercadores e missionários portugueses aportaram na ilha de Timor em 1515, encontraram populações organizadas em pequenos estados, reunidos em duas confederações: Servião e Belos e, durante o domínio português, quer na administração, quer no sistema de ensino, era usada exclusivamente a língua portuguesa, embora coexistindo, no dia-a-dia, com outros idiomas como o tétum.

Porém, pode dizer-se que influenciou profundamente o tétum, especialmente a variedade falada como franca, conhecida como tétum-praça, que constitui atualmente a que é ensinada nas escolas.

A variedade da língua portuguesa falada em Timor-Leste caracteriza-se como uma variedade nacional específica, da mesma maneira que o português brasileiro, de Angola, de Moçambique, entre outros.

No idioma falado hoje em Timor-Leste, os traços tipológicos marcantes são as influências das línguas nativas, principalmente o tétum, o contato com povos vizinhos ou próximos, como de origem malaia, chinesa, japonesa, e dos crioulos asiáticos de base portuguesa, os Crioulo de Malaca e de Macau.

Colonização de São Tomé e Príncipe

Por fim, São Tomé e Príncipe também faz parte da história da expansão e evolução do idioma de Portugal e a introdução do nosso idioma neste território também se concretizou devido à colonização.

A produção da cana-de-açúcar começou em Príncipe por volta de 1520 e a necessidade e o interesse por esta matéria-prima fizeram com que os colonizadores portugueses se fixassem também nesta região do globo e por consequência, quisessem instaurar os seus costumes, modos de pensar e de falar.

O português de portugal tem as suas próprias diferenças.
O português de Portugal tem as suas próprias diferenças dentro do nosso país. | Fonte: Pixabay

Atualmente, em São Tomé fala-se o forro, o angolar, o tonga e o monco (línguas locais), além do português. Por outro lado, na ilha do Príncipe fala-se principalmente o monco (ou principense), um outro crioulo com possíveis acréscimos de outras indo-europeias. Outra língua muito falada em Príncipe (e também em São Tomé) é o crioulo cabo-verdiano, trazido pelos milhares de cabo-verdianos que emigraram para o país no século XX para trabalharem na agricultura.

Porém, sabe-se que nestas ilhas, o idioma falado pela população culta, pela classe média e pelos donos de propriedades era o mesmo que se falava em Portugal e por isso eram obrigados a aprender e estudar as mesmas palavras e as mesmas questões.

Atualmente, é o idioma de Portugal é o que é falado pela população em geral, enquanto que a classe política e a alta sociedade utilizam o europeu padrão, muitas vezes aprendido durante formação académica realizada em Portugal.

Curso portugues online sobre o idioma de Portugal

Depois de percebermos melhor que foi construída através do latim e posteriormente difundida por muitas partes do mundo, resta falar das especificidades do idioma em Portugal.

Sabe-se que mesmo em Portugal existem modos de falar e interpretar o idioma em questão de maneira muito distinta, e cada cidade de Portugal tem o seu modo próprio de expressão. Isto significa que, se no norte do nosso país, a pronúncia nacional se mostra mais aberta e expansiva, já no sul, o modo de falar é mais reservado e contido.

Por outro lado, sabemos que existem também diferenças na pronúncia de certas expressões em território continental e nas ilhas e que as reformas e os acordos ortográficos do idioma de Portugal que têm sido feitos nos últimos tempos, têm levantado muitas questões de como se escrevem corretamente algumas palavras.

Ficou curioso para saber mais sobre as expressões e palavras características das cidades portuguesas? Tem mais algumas dúvidas? Faça uma aula ou um curso de português para saber mais sobre estas questões no site da Superprof! Temos certeza que vai encontrar na nossa plataforma ou site muitos professores que estão muito entusiasmados para lhe contar mais sobre as línguas latinas ou lusófonas e que diferenças linguísticas existem em Portugal aos seus alunos em cada aula!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Marília

Sou licenciada em História da Arte e Mestre em Estudos Artísticos, na vertente de Teoria e Crítica da Arte. No passado, escrevi também alguns artigos para a revista Umbigo (online) e criei e geri todos os conteúdos da plataforma pensarte.pt.