Depois de decidir começar a costurar, é perfeitamente normal ter pressa de adquirir todos os materiais necessários e montar o atelier. Mas não deve apressar o processo, porque existem várias coisas que deve garantir que faz para se preparar de forma correta antes de começar o curso de corte e costura.

Mas o que é realmente preparar? Quando falamos em preparação, não nos estamos a referir em pensar quais são as primeiras peças de roupa que vai fazer ou os designs que quer criar. Falamos sim nas coisas importantes que deve se assegurar que faz antes de começar a trabalhar com a máquina de costura.

Para ajuda neste processo, criamos este artigo para os aspirantes a costureiros e designers. Aqui, vamos dar algumas dicas sobre como se pode preparar para todas as modalidades existentes dos cursos de costura, de forma a tirar o máximo proveito deles e garantir que quando os terminar, terá atingido todos os seus objetivos e terá o conhecimento necessário para fazer todos os pontos, ajustes e vestuário que mal pode esperar por experimentar.

atelier de costura
Se quer garantir o sucesso dos cursos de modelagem, tem que se preparar corretamente para a aprendizagem e assegurar-se que completa alguns passos essenciais antes de sequer começar a primeira aula. | Fonte: Pexels.com

Saiba todas as informações necessárias para começar a costurar.

Os melhores professores de Costura disponíveis
Clara
5
5 (11 avaliações)
Clara
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Olinda maria
4,9
4,9 (7 avaliações)
Olinda maria
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (9 avaliações)
Susana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra cristina
5
5 (12 avaliações)
Sandra cristina
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catia
5
5 (2 avaliações)
Catia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Patrícia
5
5 (6 avaliações)
Patrícia
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana carolina
5
5 (3 avaliações)
Ana carolina
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Jessica
5
5 (4 avaliações)
Jessica
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Clara
5
5 (11 avaliações)
Clara
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Olinda maria
4,9
4,9 (7 avaliações)
Olinda maria
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Susana
5
5 (9 avaliações)
Susana
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra cristina
5
5 (12 avaliações)
Sandra cristina
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Catia
5
5 (2 avaliações)
Catia
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Patrícia
5
5 (6 avaliações)
Patrícia
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana carolina
5
5 (3 avaliações)
Ana carolina
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Jessica
5
5 (4 avaliações)
Jessica
12€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Definir os objetivos do curso de corte e costura

A coisa principal que deve fazer para se começar a preparar para as suas aulas de corte e modelagem é definir, de forma clara e objetiva, quais são as suas metas de aprendizagem finais, ou seja, as razões verdadeiras porque quer aprender a costurar. É porque tem interesse pelo design? Quer seguir carreira profissional na área da moda? Quer praticar num atelier verdadeiro? Quer ser capaz de subir bainhas ou ajustar roupa sem ter que recorrer a outras pessoas?

São vários os motivos porque alguém pode querer explorar o mundo da costura e os cursos existentes, e, independentemente de qual seja o seu, é muito importante defini-lo antecipadamente para perceber qual é o tipo de aula que é mais adequado e o local onde vai fazer o curso de costura.

Se gostava de alcançar uma carreira de renome na área da moda e do design, o mais adequado para o seu objetivo é apostar num curso numa escola profissional, onde pode aprender as técnicas essenciais para um designer, como pode trabalhar com os moldes, o tecido e o material adequado para cada peça e muito mais.

Por outro lado, se apenas quer saber fazer uma bainha, ajustes no vestuário ou até mesmo dominar os pontos decorativos que utiliza em casa, pode optar por fazer um workshop especifico ou ter aulas de costura com um professor particular. É essencial definir o seu motivo com antecedência para poder escolher o tipo de curso e a modalidade de ensino mais adequada.

Além disso, definir o seu motivo para querer fazer workshops de modelagem também o vai ajudar a perceber qual é o investimento total que vai ter que fazer com a sua aprendizagem, ou seja quanto tempo e quanto dinheiro vai gastar a aprender a costurar.

segurar fita metrica
Definir os seus objetivos ajuda a perceber qual é o investimento total que vai ter que fazer com a sua aprendizagem, ou seja quanto tempo e quanto dinheiro vai gastar. | Fonte: Pexels.com

Como? É muito simples. Se apenas estiver à procura de ter umas aulas para poder cozer botões ou fazer bainhas sem gastar rios de dinheiro ou workshops sobre os pontos decorativos para toalhas favoritos, não será necessário um número de aulas muito grande e não vai ter um custo muito alto. Por outro lado, um curso intensivo ou numa instituição para dominar todas as técnicas necessárias para entrar no mundo da moda, implica um investimento muito maior.

Pesquisar o material necessário para as aulas de costura

Existem certos recursos que são essenciais para aprender corte e costura. Antes de começar as aulas deve garantir que os tem, por isso deve começar por perceber qual é o material que vai precisar de adquirir.

Estamos claro a falar das agulhas, das máquinas, do tecido, dos moldes e até mesmo do dedal. Todos estes elementos podem parecer óbvios, mas mais do que saber que tem que adquirir este tipo de materiais, é importante saber ao certo quais deve comprar. Se optar por um dos cursos numa escola, consulte o programa de ensino para perceber exatamente o que vai estudar e o que é estritamente necessário que tenha para utilizar para a sua formação, quais são fornecidos pela escola e se há alguns que deva comprar anteriormente.

Se optar por fazer um workshop ou uma aula particular de costura, pergunte ao formador ou ao professor se necessita de comprar algum equipamento específico antes da inscrição, e se as agulhas e moldes que já tem é adequado. Mesmo que possam não seja necessários para nenhuma das opções de cursos e workshops que escolher, se decidir investir nestes equipamentos, irá certamente dar-lhes uso no dia a dia e em projetos de costura no futuro.

materiais costura
Uma parte essencial da preparação é perceber exatamente aquilo que precisa para cada aula e garantir que o tem. | Fonte: Pexels.com

Sabe quais são as vantagens de fazer cursos de costura?

Familiarizar-se com a terminologia da costura

Se está determinado a ser um costureiro ou designer com qualidade, vai ser necessário que aprenda a terminologia que eles usam. Durante o curso de costura, o professor vai utilizar termos característicos e é importante que os conheça, para que saiba o que está a ser explicado e o que deve fazer. Se pretender seguir carreira profissional na área da moda e do design, o conhecimento destes termos torna-se ainda mais essencial. A maioria das temáticas que rodeiam a costura, como o equipamento e as técnicas dos pontos, têm termos específicos e um costureiro com experiência terá que os utilizar.

Deve fazer uma pesquisa aprofundada para se familiarizar com os termos o máximo possível antes de começar as aulas, mas para facilitar a sua vida vamos dar uma ajuda com alguns. Se tem interesse anterior pela costura, certamente que há alguns que já conhece, como aqueles mais comuns que são utilizados até pelos costureiros amadores, mas existem muitos mais que deve conhecer.

Vamos começar por alguns dos pontos mais utilizados, para cozer à mão ou com máquina. São eles:

  • ponto reto: o tipo de ponto mais comum, serve para unir as partes das peças e para a maioria das costuras. Também pode ser utilizado para fazer bainhas e cozer fechos;
  • ponto invisível: o ponto onde a linha fica escondida do lado de dentro da roupa, é ideal para roupas mais delicadas e permite um acabamento muito mais profissional;
  • ponto ziguezague: muito utilizado para cozer elásticos, fazer acabamentos e bordados, mesmo não sendo considerado um ponto decorativo, porque permite dar um toque especial à peça;
  • ponto overlock: o ponto essencial para um acabamento perfeito das roupas e tem até uma máquina especifica para o executar. Regra geral, é feito com uma agulha e requer três fios, um de linha comum e dois de linha para máquina, para evitar que o tecido desfie;
  • pontos decorativos: os pontos decorativos servem para decorar variados tipos de tecidos e roupas. São muito utilizados em artesanato e na costura criativa para fazer detalhes em determinados sítios, e podem ser utilizados como bordados.
moldes de costura
Conhecer os termos e a linguagem utilizada no meio é essencial, caso contrário não terá noção daquilo que lhe está a ser pedido. | Fonte: Pexels.com

Também a maioria das técnicas que os costureiros utilizam no atelier têm termos específicos. Durante cada aula, e no decorrer do curso, o professor vai utilizá-los para descrever ações e aplicações que quer que repita ou até mesmo para explicar aquilo que não deve fazer. É importante que os reconheça, por isso deixamos aqui alguns exemplos:

  • aplique: costura de uma aplicação decorativa;
  • alinhavar: pode ser feito à mão ou à máquina, consiste em fazer costuras temporárias para manter as várias peças juntas antes de serem costuradas em definitivo;
  • folga: diz respeito à folga incluída no modelo em relação às medidas;
  • costura francesa: um tipo de costura que não necessita de acabamento, uma vez que as suas margens ficam completamente recobertas. É muitas vezes utilizadas em camisas e tecidos finos;
  • franzir: consiste em costurar duas linhas paralelas com um ponto largo, e depois puxar apenas as linhas do avesso para franzir o tecido;
  • ourela: é o limite dos tecidos que está rematado, e não se desfaz. Corresponde ao local onde a trama passa para a fila seguinte;
  • pesponto: uma costura visível a partir do exterior, com fim decorativo, ou para segurar uma bainha ou um meio forro no local correto.

Sabemos que pode parecer muita coisa, mas não se preocupe! É só uma questão de hábito. Depois de ouvir estes nomes muitas vezes e de os começar a utilizar no workshop, vão passar a ser intuitivos e nem se vai lembrar da época antes da formação em que não os sabia.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.