De acordo com Anne Siety, autora francesa do livro Qui a peur des mathématiques? (Quem tem medo da matemática?), ainda sem tradução portuguesa, o facto de um aluno não ser bom a resolver exercicios de matematica não significa ser menos inteligente que os que são bons à matéria dos cálculos.

A dificuldade principal encontrada por aqueles que não gostam de matemática é uma enorme falta de motivação que impede os estudantes de prestar atenção às aulas, ter sessões produtivas de estudo em casa, e ainda de praticar a resolução dos exercícios proposto pelo professor em sala de aula, o que acaba por resultar numa complicada lacuna de aprendizagem. Isto quer estejam a estudar matematica 7 ano, matematica 5 ano, matematica 6 ano, matematica 8 ano, matematica b, matematica 2 ano, matematica 4 ano, matematica 3 ano, matematica 1 ano ou de outros anos letivos.

Ao haver tamanha relutância por parte do aluno, cria-se uma aversão à matemática que poderá acompanhá-lo até ao fim dos seus estudos, caso não seja feito um esforço consciente em contrário. A ideia de ter um teste ou exame a esta matéria pode ser um verdadeiro pesadelo, por isso, para que esteja preparado para atingir os seus objetivos, procure desenvolver uma rotina que lhe permita fazer revisões periódicas dos conteúdos programáticos sem ter que condensar demasiados conceitos distintos na mesma sessão de estudo, evitando assim eventuais confusões de capítulo em capítulo.

Se, por outro lado, for um amante dos números, das equações, das figuras geométricas e se gosta de resolver novos exercicios de matematica e os desafios que eles representam, então é normal que sinta prazer com a confrontação dos problemas matemáticos e que as suas aulas sejam sempre uma experiência positiva.

Assim sendo, o que é que diferencia ambos os tipos de alunos? Porque é que algumas pessoas adoram a matemática e outras detestam e nem conseguem ser estimuladas com jogos de matematica?

Ao longo deste artigo vamos tentar responder-lhe a estas questões de uma forma mais clara para que perceba o que fazer quanto ao seu caso em particular.

Os melhores professores de Matemática disponíveis
Denise
5
5 (35 avaliações)
Denise
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (21 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana margarida
5
5 (51 avaliações)
Ana margarida
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (12 avaliações)
Teresa
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
José
5
5 (8 avaliações)
José
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
4,9
4,9 (24 avaliações)
Marta
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (13 avaliações)
Sandra
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (10 avaliações)
Pedro
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Denise
5
5 (35 avaliações)
Denise
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (21 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana margarida
5
5 (51 avaliações)
Ana margarida
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (12 avaliações)
Teresa
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
José
5
5 (8 avaliações)
José
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
4,9
4,9 (24 avaliações)
Marta
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (13 avaliações)
Sandra
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (10 avaliações)
Pedro
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

O desprezo pela matemática será culpa das aulas de matemática na escola?

Os professores de matemática reconhecem que o sistema de ensino desta disciplina quer no ensino público, quer no ensino privado, independentemente do ciclo de estudos em questão, não tem um plano curricular que seja cativante o suficiente para os seus alunos. Isto para além de outros problemas estruturais, como a falta de professores!

Na verdade, os cursos de matemática básica ou avançada são formulados simplesmente através de modelos de exposição de conteúdos, resolução de exercícios demasiado estáticos sobre determinado módulo aprendido e posterior memorização das fórmulas utilizadas para chegar ao resultado final. Na maior parte do tempo esta não é a melhor tática para captar a atenção dos estudantes que precisam de um modelo de aprendizagem que seja mais chamativo, concreto e dinâmico para obterem resultados positivos nesta disciplina e assim conseguirem resolver os exercicios de matematica 7 ano, exercicios de matematica 5 ano, exercicios de matematica 6 ano ou de outros anos letivos.

Há várias pessoas que acreditam que a matemática é algo chato de se estudar, que consiste apenas na resolução de um acumular de exercicios de matematica dos livros sem nenhum outro interesse para a sua vida prática para além de servir como ponte para o próximo capítulo do programa educacional.

Na escola é bastante comum que se associe o facto de se ser bom aluno a matemática a um elevado nível de inteligência, mas, apesar desta conceção errônea, até os alunos com dificuldades escolares serão capazes de ultrapassar os seus obstáculos e atingir boas notas nas suas avaliações se tiverem os estímulos certos à sua disposição.

Algumas vezes, especialmente se já é um adulto fora da escolaridade obrigatória, pode ser bastante desafiante voltar a aprender matemática. Se este é o seu caso, não desista quando confrontado com o primeiro percalço na resolução de um determinado problema pois será assim que vai conseguir avançar ao longo da sua aprendizagem e continuar a evoluir enquanto matemático. O melhor passa mesmo por avançar com explicações de matemática.

Não adianta ter medo da matemática
Enfrente o seu medo da matemática com a técnica de estudo mais indicada para o seu perfil e contrate aulas de apoio escolar ou explicações de matemática.

Todo esse medo da matemática pode começar bem cedo na sua jornada académica, então qual será a melhor estratégia de estudo a adotar para que tal deixe de ser um problema?

A questão primária é que a matemática é uma matéria acumulativa, ou seja, cada capítulo é importante para entender e dominar o próximo e isso implica que exista uma dedicação contínua por parte do aluno quanto à revisão dos conceitos lecionados em cada uma das suas aulas.

Caso não consiga construir uma boa base quanto aos conteúdos iniciais, será impossível que este avance para currículos mais avançados e especializados na sua área da matemática de eleição.

Assim sendo, é muito importante agir desde cedo para evitar um percurso escolar penoso que irá influenciar qualquer estudante ao longo dos seus anos na escola, podendo até intimidá-lo quanto à escolha da sua profissão de sonho.

Amar ou odiar as aulas de matemática: será esta uma questão fisiológica?

Já vimos que há sempre o bom e o mau aluno a matemática em qualquer turma, mesmo quando é seguido o mesmo programa curricular e prestada a mesma atenção a ambos os estudantes. Qual é, então, o elemento espetacular que faz com que as pessoas pareçam ter uma facilidade extrema para dialogar com Pitágoras e resolver as diferentes funções matemáticas? Porque existe tanta dificuldade a resolver exercicios de matematica 7 ano, exercicios de matematica 5 ano, exercicios de matematica 6 ano ou de outros anos letivos?

Os amantes das incógnitas x e y declaram que nunca tiveram uma dificuldade em particular quanto ao estudo da matemática e que aprenderam a gostar dela desde muito cedo. Florian, um doutor francês em matemática, afirma que essa paixão começou logo com os primeiros enigmas matemáticos na escola primária, mas que foi apenas na universidade que encontrou o que ele chama de "objeto maravilhoso".

Para ser bom em matemática, é preciso ter um bom raciocínio lógico, capacidade de dedução e uma certa intuição para compreender o enunciado de cada exercício e ser capaz de o resolver de forma correta, no entanto, é também necessário que os seus alunos possuam um lado criativo para procurar novos caminhos para chegar ao resultado pretendido da forma mais eficaz possível.

Está à procura de um curso de matemática básica? Veja as diferentes ofertas de aulas que temos disponíveis para si na Superprof!

A gente sabe desde criança se gosta ou não de matemática?
Será que gostar de matemática é uma afinidade criada desde criança?

Einstein não era um doce sonhador cheio de grandes ideias e esperanças para a evolução da Humanidade? Assim sendo, não será correto concluir de maneira binária que os matemáticos usam mais o “cérebro esquerdo", ou seja, o lado da razão e da análise aquando dos seus pensamentos matemáticos.

Na verdade, está provado que mobilizam também o lado direito do seu córtex, normalmente descrito como o lado da criatividade e das emoções.

Para chegarem a uma conclusão lógica, estes pensadores usam os dois lados do cérebro que irão funcionar em colaboração direta. Se o lado esquerdo é responsável por tratar os dados etapa por etapa, o lado direito é mais especializado no tratamento da simultaneidade e da ideia do conjunto.

Por um lado, será capaz de seguir a fórmula que lhe irá dar a resposta pretendida ao mesmo tempo que explora diferentes maneiras de resolver os mesmos problemas de matemática.

As crianças que não gostam das aulas de matematica estão doentes?

Um estudo publicado pela universidade de Chicago em 2012 revela que o simples facto de pensar numa situação stressante ativa a zona cerebral associada a dor.

Por isso é possível afirmar que o medo da matemática está relacionado com a esfera das emoções e pode causar verdadeiros traumas no decorrer do ensino escolar de qualquer criança. Isto poderá ser resolvido com um explicador matematica desde cedo!

A matemática é considerada um monstro para alguns
Não veja os exercicios de matematica como um pesadelo e aprenda como poderá fazer as pazes com esta matéria!

De facto, percebe-se que a matemática está conectada às emoções dolorosas que paralisam o aluno e o torna impotente face a esta disciplina, e isso pode ser algo bastante problemático, principalmente se também influenciar negativamente a sua experiência durante as aulas.

Uma má situação vivida em sala de aula pode ser o suficiente para deixar marcas profundas na memória da criança e fazê-la criar reservas ao estudo desta área. Não é por acaso que muitas pessoas têm uma vergonha paralisante quando se lembram de terem sido chamadas ao quadro para resolver uma equação à frente dos restantes colegas de turma.

Além disso, sofrer o bullying do professor que não entende como um aluno pode não ser capaz de resolver determinado problema será uma experiência traumatizante que assombrará o aluno para toda a vida.

Não obstante, saiba de antemão que a matemática é uma matéria capaz de ser compreendida por  todos e, para isso, o importante será encontrar uma metodologia de ensino e um planeamento de estudos que funcione com o seu perfil enquanto estudante e respeite as suas dificuldades de aprendizagem.

Com explicações matemática ultrapassará todos os seus bloqueios e conseguirá preparar-se para a matematica 7 ano, matematica 5 ano, matematica 6 ano, matematica 8 ano, matematica b, matematica 2 ano, matematica 4 ano, matematica 3 ano, matematica 1 ano ou de outros anos letivos.

Incentive os seus filhos a realizarem jogos de matematica.
Incentive os seus filhos a realizarem jogos de matematica. É uma excelente maneira de consolidarem todas as aprendizagens e ultrapassarem algumas das dificuldades à disciplina. | Fonte: Pixabay
Os melhores professores de Matemática disponíveis
Denise
5
5 (35 avaliações)
Denise
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (21 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana margarida
5
5 (51 avaliações)
Ana margarida
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (12 avaliações)
Teresa
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
José
5
5 (8 avaliações)
José
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
4,9
4,9 (24 avaliações)
Marta
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (13 avaliações)
Sandra
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (10 avaliações)
Pedro
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Denise
5
5 (35 avaliações)
Denise
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (21 avaliações)
Pedro
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Ana margarida
5
5 (51 avaliações)
Ana margarida
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Teresa
5
5 (12 avaliações)
Teresa
8€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
José
5
5 (8 avaliações)
José
10€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Marta
4,9
4,9 (24 avaliações)
Marta
15€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Sandra
5
5 (13 avaliações)
Sandra
16€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Pedro
5
5 (10 avaliações)
Pedro
9€
/h
Gift icon
1ª aula grátis!
Vamos lá

Porque é que existem alunos que detestam as aulas de matematica?

A matemática é uma disciplina que requer muito esforço, estudo, dedicação e memorização. No entanto, o ingrediente secreto para o sucesso de qualquer aluno será a rotina das suas sessões de estudo em casa e, claro, o apoio de um professor de matematica.

Algumas pessoas são capazes de estudar de forma organizada para uma determinada disciplina mas que não são capazes de fazer o mesmo para a matemática simplesmente porque já criaram um bloqueio com a matéria dos números que as impede de terem uma aprendizagem dita normal.

Os bloqueios cognitivos ligados à matemática têm, normalmente, uma relação direta com uma lembrança de um professor de matemática que marcou o aluno de forma negativa.

Desconfiado, severo, pouco sorridente e frio são algumas das características que estão presentes no discurso de alguns alunos relativamente ao seu mentor desta disciplina o que, claro, irá fazer com que seja muito difícil para qualquer criança ter o à vontade necessário para expor as suas dúvidas e solicitar uma orientação mais detalhada.

Se é criado um mau clima entre aluno e professor, haverá a possibilidade de o estudante começar a criar atrito ao longo da sua aprendizagem o que irá, consequentemente, levar a criar um bloqueio com a matemática. Assim, como os podemos resolver?

Para tal é importante não deixar cristalizar um medo irracional ou um problema de relacionamento com o professor na mente dos alunos. De forma a obter a melhor solução possível, os pais também têm que desempenhar um papel fundamental para que os seus filhos tenham uma boa relação com a escola e, para isso, devem discutir sobre pedir ajuda a um professor particular ou, em casos extremos, levar a criança a um psicólogo caso esta desenvolva bloqueios que dificultem, ou que ponham em causa, a sua aprendizagem.

Como ajudar uma criança que tem medo de uma aula de matematica?

Às vezes as aulas de matemática com um professor de matemática particular não são a solução mágica para esse bloqueio mental e é preciso haver um acompanhamento mais especializado para lidar com este tipo de traumas.

Nestes casos, a criança também pode falar da sua angústia escolar com um psicólogo. Anne Siety, aliás, sugere uma tipologia de erros que dizem muito sobre a relação da criança com a matemática que podem ser pistas valiosas para decifrar as suas dificuldades:

  • Erro simbólico: diz respeito às questões e ao caráter da criança;
  • Erro de proximidade: o aluno poderá confundir conceitos semelhantes;
  • Erro de progresso: o estudante aprende uma nova regra mas esquece a anterior;
  • Erro poético: implica um erro de fonética associado à inversão das palavras e os seus significados.

O papel dos pais é muito importante para que a criança volte a ter confiança em si mesma e nas suas capacidades pois só assim é que esta será capaz de ultrapassar os seus obstáculos escolares.

Por isso, se o seu filho estiver com dificuldades a matemática, tente analisar se não haverá algum problema relacionado com a sua experiência em sala de aula.

Os pais devem sempre participar na educação dos seus filhos.
Os pais devem sempre participar na educação dos seus filhos. Se sente que o seu filho tem dificuldades à matemática, procure aulas de reforço escolar. | Fonte: Pixabay

Depois de ultrapassadas estas questões, até os alunos com maiores dificuldades conseguem começar a ver a matemática por outros olhos e podem mesmo seguir os seus estudos superiores na área das ciências ou até exercer uma profissão relacionada à matéria que tanto odiavam.

Veja aqui algumas das nossas dicas para ter um bom desempenho a esta disciplina:

  • Valorize sempre as suas conquistas;
  • Não deixe de tentar resolver um problema mesmo que ele lhe pareça impossível de decifrar à primeira vista;
  • Desenvolva uma metodologia de estudo consistente;
  • Aprenda matemática com jogos online para tornar as suas sessões de estudo mais interessantes e motivadoras. Existem muitos jogos de matematica disponíveis no mercado.

Para a questão "porque é que a matemática agrada uns e horroriza outros?", há múltiplas respostas. Para os que gostam desta disciplina, há talvez uma questão de afinidade natural, facilidade quanto à aprendizagem mecanizada ou ainda uma capacidade de concentração mais elevada relativamente à dos seus colegas.

Para os que odeiam, pode tudo ser explicado de forma fácil caso tenham vivenciado uma experiência menos positiva ao longo da sua formação com professores cujos métodos de ensino não eram adaptados ao funcionamento cognitivo da criança.

Em quaisquer dos casos, o mais importante é reconhecer quais as suas dificuldades específicas a matemática o mais rápido possível para propor soluções adaptadas às suas necessidades, um reforço pontual psicológico para superar o bloqueio mental encontrado e ainda, caso necessário, explorar um acompanhamento personalizado através de explicações de matemática com professores particulares dadas por um Superprof!

O papel dos professores de matemática e do seu método de ensino são muito importantes para gostar ou detestar a matéria, por isso, nada melhor que contratar um professor particular para o ajudar a ultrapassar todos os seus problemas quanto a esta disciplina, já que este será capaz de lhe dar uma orientação feita à sua medida.

Inicie já as suas explicações de matemática.

Explicações de matemática: explore as diferentes metodologias de ensino!

Se precisa de um acompanhamento extra para além das suas aulas de matematica na escola, saiba que atualmente existem diversas alternativas de ensino que poderá explorar de acordo com as suas necessidades, motivações, disponibilidade e preferência pessoal.

Por exemplo, se é um aluno com bastantes dificuldades nos exercicios de matematica e acha que é de primordial importância ter explicações matematica presenciais com o seu professor, poderá inscrever-se em centros de estudos na sua cidade ou procurar contratar um professor particular para lhe lecionar aulas de matemática ao domicílio.

Por outro lado, se procura um estilo de ensino mais independente e generalizado, pode optar por se inscrever em aulas em plataformas de ensino online ou ainda explorar diferentes ofertas de cursos intensivos e seminários da disciplina em questão.

Com a democratização da Internet será muito mais fácil encontrar uma oferta de ensino de qualidade que lhe seja aliciante independentemente da sua localização geográfica e terá ainda o benefício de conseguir ter explicações de matemática online a partir de casa caso seja essa a sua preferência.

A parte mais complicada será mesmo escolher a versão que lhe é mais proveitosa dentro de tantas opções! Irá ver que depois de ter tomado a sua decisão irá conseguir progredir de uma forma bastante produtiva e constante ao longo das suas sessões. Na Superprof encontra diversas opções para as suas explicações de matemática!

apoio de um professor de matemática particular
Com o apoio de um professor de matemática particular poderá resolver todos os exercicios de matematica de um modo simples e eficaz. | Fonte: Pixabay

Tire partido das plataformas digitais nas aulas de matemática!

Uma das alternativas de materiais pedagógicos mais interessantes de explorar e de que pode tirar partido ao longo das suas sessões de estudo de aulas de matematica será a Internet.

Atualmente, existem inúmeras plataformas de estudo em diferentes formatos - desde vídeos informativos, blogues, aulas e workshops online, aplicações didáticas, entre outras -  que podem ser realmente valiosas para a sua progressão e consolidação de conhecimentos enquanto aluno de matemática, disponíveis à distância de uma simples pesquisa.

Isto quer esteja a estudar matematica 7 ano, matematica 5 ano, matematica 6 ano, matematica 8 ano, matematica b, matematica 2 ano, matematica 4 ano, matematica 3 ano, matematica 1 ano ou de outros anos letivos.

Como já sabemos, uma das características que esta disciplina tem que a difere de todas as outras é o seu carácter imutável o que significa que será impossível decorar qualquer conceito, aplicando-o a qualquer problema de forma mecanizada, sendo assim necessário que o estudante desenvolva uma ginástica mental e raciocínio lógico através da prática e da resolução de diferentes exercicios de matematica sobre o mesmo assunto.

Apesar de poder parecer ser algo bastante maçador, esta é realmente a única maneira que fará com que se torne num matemático com uma formação bem consolidada nesta área.

Infelizmente, sabemos que as tarefas propostas nos seus livros da escola são bastante monótonas, por isso, porque não aproveitar o muito digital para tornar as suas revisões mais divertidas e os seus cálculos matemáticos mais imediatos?

A verdade é que o setor do ensino online tem vindo a melhorar ano após ano e atualmente já é bastante possível aprender algo de raiz como autodidata, explorando diferentes jogos e atividades lúdicas relacionadas com a matemática, ou através de um seguimento prestado por um professor em regime online.

Como escolher o professor de matemática particular mais adequado ao seu perfil?

Qualquer que seja a sua preferência pessoal quanto à tipologia das suas aulas de matemática, dificuldades na disciplina e motivações académicas para a continuar a estudar, escolher o professor particular ideal para o seu perfil de aluno irá ser a questão de maior importância para o seu curso.

Para que consiga tomar uma decisão da forma mais informada e prática possível, a Superprof oferece-lhe inúmeras alternativas que poderá avaliar se serão aquilo que procura, ou não, a partir de uma visita ao nosso website.

Ao pesquisar por “aulas de matemática superprof” no seu motor de busca irá encontrar resultados que o irão reencaminhar diretamente para a nossa plataforma e poderá dar início à sua procura pelo explicador matematica mais indicado.

Algo que o pode ajudar a decidir quanto à escolha mais correta tendo em conta os seus objetivos, será avaliar determinadas questões que o irão ajudar a priorizar as suas metas, tais como, por exemplo: qual a disponibilidade que irá ter para frequentar as suas sessões? Que metodologia de sessões pondera ser mais produtiva para si; aulas presenciais, online ou lecionadas ao domicílio? Qual o seu ano de escolaridade e experiência prévia com esta disciplina? Qual a aplicação que deseja dar à sua formação?

 poderá ter explicações de matemática online com a Superprof.
Hoje em dia, poderá ter explicações de matemática online com a Superprof. Só precisa de ter um computador ou um telemóvel e de um acesso à internet. | Fonte: Pixabay

Depois de ter uma resposta bem formulada para cada uma destas perguntas, verá que se tornará bastante mais fácil afunilar a sua escolha pelo professor matematica que melhor represente o que procura, ao pôr de lado aqueles que não apresentem as características que considerou serem mais benéficas para si.

Para facilitar ainda mais a sua decisão, alguns professores de matemática disponibilizam a sua primeira aula sem qualquer tipo de compromisso, para que sejam ambos capazes de conversar e avaliar a sua compatibilidade, definir objetivos e um plano curricular que o motive a atingi-los, sem qualquer prejuízo monetário.

Por último, mas não menos importante, avalie se o preço cobrado por cada aula de matematica respeita o seu orçamento. Para ter uma ideia do que esperar, a média dos valores praticados pelos nossos professores de matemática é de 7€ por hora, no entanto, é possível que este valor flutue de acordo com as suas necessidades específicas.

Então pelo que está à espera? Deixe de ter medo do mundo dos números e prepare-se para obter melhores resultados logo a partir da primeira aula de matematica com a Superprof!

 

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou deste artigo? Deixe a sua avaliação!

4,67 (3 note(s))
Loading...

Ricardo

Marketeer. Professor. Country Manager. Redator. Dedicação a 200% em tudo o que me comprometo ao longo da minha vida. Adoro as diferentes personalidades existentes em ambiente profissional e social. Em constante transformação. Escrevo para partilhar o meu conhecimento e entusiasmo aos leitores que queiram ver respondidas as suas questões ou aprofundar algum tema.