"Para aperfeiçoar seu aprendizado, não negligencie nenhum estágio."
Serge Zeller

Uma reportagem publicada pela BBC Brasil apontou que o número de estudantes matriculados em insituições de ensino superior duplicou na última década. Para se ter um ideia, entre 2011 e 2012, segundo uma Pesquisa Nacional de Domicílio (Pnad) do IBGE, 867 mil brasileiros receberam um diploma. Ou seja, hoje em dia esse número deve ser bem maior se levarmos em conta a quantidade de novas faculdades abertas país afora desde então.

A questão é que tal aumento em formções não significa que o serviço prestado pelos recém-formados é suficientemente bom para as empresas em busca de novos talentos.  Ainda segundo a BBC Brasil, as empresas não estão satisfeitas com a oferta e a qualidade da mão-de-obra no país. Isso se deve, dentre outros, à demora que os índices de produtividade do trabalhador levam para aumentar.

Tal informação mostra que, mais do que nunca, efetuar um bom estágio enquanto ainda em fase de formação é essencial para o estudante sair da faculdade preparado para enfrentar o competitivo mercado de trabalho.

Muitos jovens em fase de formação ainda recorrem a curso de coaching ou curso de desenvolvimento pessoal e profissional para conseguirem direcionar melhor seus objetivos na hora de procurar por um estágio. "Quanto custa um curso de coach" é uma pergunta que se escuta muito. A resposta é que tal serviço varia de cidade para cidade e de profissional para profissional. A melhor solução é fazer uma busca na internet, em plataformas especializadas como a nossa do Superprof!

Mas como conseguir um bom estágio, mesmo depois de fazer cursos de coaching?

As ofertas são muitas, já que várias empresas vêem (erroneamente) o estagiário como uma mão-de-obra barata que irá fazer um trabalho em tempo integral por um salário bem menor. O estágio, no entanto, é um momento de aprendizado para o aluno adquirir boas ferramentas e noções da sua área de atuação antes de começar para valer sua atuação profissional.

Sendo assim, mesmo com muitas ofertas, encontrar um bom estágio, realmente formador e produtivo, pode acabar sendo um desafio para muitos estudantes do ensino superior. Se esse é o seu caso, não se preocupe, pois Superprof te dá algumas boas dicas para você conseguir encontrar o estágio dos seus sonhos!

Confira também nosso guia sobre como encontrar um bom estágio!

Tiago
Tiago
Professor de Matemática
10€/h
1ª aula grátis!
Laura
Laura
Professor de Massoterapia
20€/h
1ª aula grátis!
Anders
Anders
Professor de Viola
5.00 5.00 (1) 20€/h
1ª aula grátis!
Prof. André lamounier
Prof. André lamounier
Professor de Canto
5.00 5.00 (7) 15€/h
1ª aula grátis!
Alberto
Alberto
Professor de Português para estrangeiros
4.91 4.91 (30) 15€/h
1ª aula grátis!
Mariana
Mariana
Professor de Física
5.00 5.00 (2) 20€/h
1ª aula grátis!
Andrea
Andrea
Professor de Francês
5.00 5.00 (24) 17€/h
1ª aula grátis!
Feodor
Feodor
Professor de Viola
5.00 5.00 (5) 20€/h
1ª aula grátis!
Paul
Paul
Professor de Inglês
5.00 5.00 (26) 10€/h
1ª aula grátis!
Fábio
Fábio
Professor de Matemática
5.00 5.00 (6) 15€/h
1ª aula grátis!
Márcio
Márcio
Professor de Baixo
5.00 5.00 (3) 20€/h
1ª aula grátis!
Susana
Susana
Professor de Inglês
4.97 4.97 (29) 15€/h
1ª aula grátis!
Melissa
Melissa
Professor de Saúde pública
5.00 5.00 (4) 10€/h
1ª aula grátis!
Catarina
Catarina
Professor de Explicações
5.00 5.00 (5) 16€/h
1ª aula grátis!
Cristiana
Cristiana
Professor de Expressão escrita - Português
5.00 5.00 (32) 15€/h
1ª aula grátis!
Teresa
Teresa
Professor de Explicações
5.00 5.00 (14) 20€/h
1ª aula grátis!
Mariana
Mariana
Professor de Japonês
5.00 5.00 (6) 14€/h
1ª aula grátis!

Peça conselhos na sua escola

Um grande número de cursos superiores exige que os alunos façam um estágio em uma empresa. De uma semana a seis meses, a duração pode variar, mas o objetivo é o mesmo: apresentar os alunos ao mundo profissional.

A partir do primeiro período, o aluno já pode ir atrás de uma oportunidade de desenvolvimento profissional associada aos estudos. Muitas vezes, os jovens descobrem um tipo de atuação diferente dentro de uma nova área de interesse relacionada ao que estudam. Tais experiências podem, ainda, levar a uma contratação do estagiário quando ele chega ao fim dos estudos. Sendo assim, o estágio é, muitas vezes, uma oportunidade para os aprendizes colocarem seus conhecimentos em prática e começarem a criar uma rede de contatos antes de embarcarem de vez no mercado de trabalho.

Seja qual for o propósito do estágio, ele pode ser tão excitante quanto estressante. Mesmo que a liberdade de escolher o local de treinamento seja um prazer para a maioria, tal busca também pode apresentar vários obstáculos.

Pergunte aos professores

A primeira coisa a fazer para encontrar o trabalho estudantil dos sonhos é, naturalmente, pedir conselhos na própria instituição de ensino. Tanto os professores quanto os outros profissionais que trabalham nos estabelecimentos de ensino superior possuem muitos contatos no ambiente profissional.

as empresas reclamam da oferta e qualidade da mão-de-obra no país como os índices de produtividade do trabalhador custam a aumentar.

Participe de eventos como feiras de estágios

Algumas instituições e professores podem relutar em fornecer informações quando o objetivo do curso é também incentivar a autonomia do aluno. Grandes universidades como a USP (Universidade de São Paulo) organizam feiras de estágios, onde empresas vão aos alunos com suas ofertas de trabalho estudantil. No entanto, cabe ao jovem ir atrás das opções que mais lhe interessam.

Consulte a comunidade de ex-alunos

Também é possível pedir ajuda e conselhos de ex-alunos. Estes tiveram que passar pelo mesmo processo de estágio e a maioria deles atua como profissional na mesma área de formação. Por esse motivo, essas pessoas podem ter algumas pistas interessantes para guiar o jovem estudante em sua busca. A maioria das instituições de ensino possui um diretório de ex-alunos. Tal departamento pode ser encontrado no site da universidade.

Descubra ainda algumas dicas para um relatório de estágio de sucesso!

Envie currículos a empresas, mesmo sem ofertas

Fazer um estágio em uma empresa é uma bela experiência. Fazer um estágio em uma empresa que gostamos particularmente é ainda melhor.

Ao longo do seu curso, você certamente evoluiu e pesquisou para encontrar o tipo de trabalho que gostaria de ter, ou seja, trabalho dos seus sonhos! Algumas empresas podem ter chamado a sua atenção a ponto de te fazerem pensar "oh, se eu pudesse trabalhar com eles...".

São exatamente essas empresas que você precisa ir primeiro e o mais rápido possível. Assim que você souber sobre os seus termos do estágio - como duração mínima exigida pela escola ou ainda o período que você terá que fazê-lo -, comece a tomar iniciativa: envie seu currículo e carta de apresentação às empresas que você gosta.

Na pior das hipóteses, eles não responderão. Na melhor das hipóteses, você poderá convencer a empresa aceitá-lo em um estágio depois de uma entrevista.

É preciso ser pro-ativo e ir atrás do estágio dos seus sonhos.

São muitas as pessoas que conseguem seus estágios graças a candidaturas espontâneas. A vantagem é que você tem pouca - ou nenhuma - concorrência, já que nenhum anúncio foi publicado. Além disso, as empresas podem acabar gostando do fato de você as ter escolhido para o seu estágio.

Na ausência de uma resposta, não hesite em relançar a candidatura (sem assediar muito, é claro). Você pode perguntar se o seu pedido foi recebido ou não pela empresa.

Se sua inscrição for aceita, tudo que você precisa fazer é resolver os detalhes administrativos, como o contrato de estágio.

Quer ficar craque em escrever uma carta de motivação? Então confira nossas dicas!

Seja para um estágio ou para responder a uma oferta de emprego, a carta de apresentação deve conter vários parágrafos, cada um deles dedicado a uma "função" diferente.

Vamos então aos primeiros passos de como uma boa carta de motivação deve ser estruturada?

Primeira parte: apresentação

Para começar sua carta de apresentação e conseguir atrair a atenção de uma empresa, é necessário começar formulando a solicitação. Em outras palavras, as primeiras frases devem especificar que você está procurando um estágio (com contrato de estágio específico ou não) e a duração do estágio que você deseja. Lembre-se também de colocar as datas exatas, se necessário.

Algumas pessoas podem ser flexíveis nas datas do estágio, e isso também deve ser indicado. O objetivo aqui é ser o mais claro possível sobre a sua abordagem, para que a empresa não seja surpreendida.

O primeiro parágrafo também pode ser usado para esclarecer seu currículo, a formação que você está fazendo e para apresentar sua escola. O nome da sua escola pode, às vezes, ter uma grande influência na atenção dada à sua inscrição. Embora isso possa parecer um mero detalhe para muitos, é bom ficar ciente desde já que toda informação é importante.

Esta primeira parte não deve ter mais de três ou quatro linhas. Ou seja, você precisa ser conciso e objetivo!

Preparado para descobrir a lista dos elementos que precisam estar presentes em uma carta de apresentação para um estágio?

Segunda parte: a empresa escolhida

Na segunda parte da carta de motivação, o estagiário deve explicar as razões pelas quais deseja fazer um estágio dentro desta empresa em particular. Tal esclarecimento pode ser feito de várias maneiras, como apresentando a natureza das atividades da empresa, sua influência internacional, o tamanho da instituição, etc.

Essa parte permite que a empresa verifique se você não copiou e colou as informações da sua cartas de apresentação de um modelo já pronto, o que acontece muito! É neste momento do texto que os recrutadores verão também se você gastou um mínimo de tempo pesquisando sobre como a empresa funciona.

Terceira parte: missões

Um novo parágrafo deve descrever o tipo de missões que você gostaria de fazer dentro da organização. Isso pode incluir:

  • Quais habilidades você deseja adquirir ou desenvolver,
  • Quais projetos você gostaria de receber,
  • Quais setores você gostaria de integrar,
  • Etc.

Você pode, então, aproveitar a oportunidade para listar seus pontos fortes e as razões pelas quais você acredita ser o estagiário ideal para essa empresa. É particularmente neste momento que você deve falar das suas qualidades profissionais sem se "gabar" muito. Não hesite em especificar o seu gosto pelo trabalho em equipe, sua autonomia e, acima de tudo, sua motivação.

Última parte: saudação

Finalmente, termine sua carta de motivação com uma frase de saudação, afirmando que você permanece disponível para informações adicionais ou para participar de uma entrevista.

Diversos exemplos de cartas de apresentação e modelos de CV circulam na internet. Através deles você poderá ver como a estrutura apresentada acima é colocada em prática.

carta de motivação para um estágio não se difere tanto de uma carta de apresentação para um trabalho. A principal diferença entre as duas é que a primeira deve deixar claro que o candidato ainda é um estudante. O estágio deve ser uma troca entre as habilidades que você tem e as habilidades que o seu tutor e seus futuros colegas podem lhe trazer.

Responda a anúncios de estágio

Ofertas de estágio, tanto no Brasil quanto no exterior, podem ser encontradas de várias maneiras. Muitos anúncios são publicados através de diversos meios, tais como:

  • sites especializados,
  • sites de empresas e
  • dentro das instituições de ensino.

A concorrência, no entanto, pode ser grande.  Ao anunciar oficialmente a busca por estagiários, as empresas atraem muitos perfis.

Uma boa opção para receber automaticamente tais ofertas por e-mail é ativar alertas em sites especializados em anúncios de estágio. Desta maneira, sempre que alguma empresa publicar uma vaga que contenha as palavras-chaves que você cadastrou (ligadas à sua área de interesse), você receberá uma mensagem na sua caixa de entrada com as coordenadas para enviar seu currículo.

Os anúncios de estágio especificam o perfil de estudante desejado para a vaga, o tipo de currículo a ser enviado, a gratificação, etc.

Seu interesse pela empresa, assim como seu currículo, sua carta de motivação e sua desenvoltura durante a entrevista podem convencer seus futuros empregadores a te contratar como estagiário.

A melhor maneira de chamar a atenção para o seu perfil é ressaltando seus pontos fortes, já que a grande maioria dos perfis serão parecidos com o seu. O conhecimento de várias línguas, experiências no exterior ou qualquer outra informação sobre habilidades que possam atrair a curiosidade dos recrutadores deve ser mencionado.

A vantagem de responder a uma oferta de estágio é que você já conhece as tarefas que executará, permitindo que você saiba o que esperar da sua futura experiência profissional.

Tiago
Tiago
Professor de Matemática
10€/h
1ª aula grátis!
Laura
Laura
Professor de Massoterapia
20€/h
1ª aula grátis!
Anders
Anders
Professor de Viola
5.00 5.00 (1) 20€/h
1ª aula grátis!
Prof. André lamounier
Prof. André lamounier
Professor de Canto
5.00 5.00 (7) 15€/h
1ª aula grátis!
Alberto
Alberto
Professor de Português para estrangeiros
4.91 4.91 (30) 15€/h
1ª aula grátis!
Mariana
Mariana
Professor de Física
5.00 5.00 (2) 20€/h
1ª aula grátis!
Andrea
Andrea
Professor de Francês
5.00 5.00 (24) 17€/h
1ª aula grátis!
Feodor
Feodor
Professor de Viola
5.00 5.00 (5) 20€/h
1ª aula grátis!
Paul
Paul
Professor de Inglês
5.00 5.00 (26) 10€/h
1ª aula grátis!
Fábio
Fábio
Professor de Matemática
5.00 5.00 (6) 15€/h
1ª aula grátis!
Márcio
Márcio
Professor de Baixo
5.00 5.00 (3) 20€/h
1ª aula grátis!
Susana
Susana
Professor de Inglês
4.97 4.97 (29) 15€/h
1ª aula grátis!
Melissa
Melissa
Professor de Saúde pública
5.00 5.00 (4) 10€/h
1ª aula grátis!
Catarina
Catarina
Professor de Explicações
5.00 5.00 (5) 16€/h
1ª aula grátis!
Cristiana
Cristiana
Professor de Expressão escrita - Português
5.00 5.00 (32) 15€/h
1ª aula grátis!
Teresa
Teresa
Professor de Explicações
5.00 5.00 (14) 20€/h
1ª aula grátis!
Mariana
Mariana
Professor de Japonês
5.00 5.00 (6) 14€/h
1ª aula grátis!

Use seus contatos

A pesquisa de estágio também passa por indicações de pessoas que são próximas a você. Afinal de contas, ter uma rede de contatos serve para isso, não é mesmo? Isso não significa que o seu tio ou vizinho vá te aceitar dentro da empresa ou te indicar para um estágio a qualquer custo. No entanto, ele pode te passar um contato ou falar com você sobre determinadas oportunidades dentro de empresas.

Cabe a você mostrar seu interesse na oferta e explicar seus pontos fortes para conseguir convencer seus futuros empregadores.

Comece explicando aos que estão ao seu redor o que você está procurando e em que área deseja fazer seu estágio. Talvez o boca-a-boca funcione e uma pessoa mais ou menos próxima a você possa lhe dar os contatos certos.

Tanto seus contatos quanto as redes sociais podem ser grandes aliados na hora de conseguir o estágio dos seus sonhos!

Preparamos também algumas dicas sobre como conseguir um Termo de Compromisso de Estágio.

Use as redes sociais

O uso das redes sociais tornou-se um meio tão eficaz quanto os meios "convencionais" na hora de encontrar um primeiro emprego, um trabalho de estudante ou um estágio voluntário tanto no Brasil quanto no exterior.

Grupos do Facebook, anúncios no Twitter, posts no Instagram... As empresas redobram a criatividade na hora de recrutar seus estagiários.

Mas como encontrar um estágio através das redes sociais?

Fazer parte de grupos e buscar por palavras-chave

Você pode começar pedindo para integrar grupos relacionados ao seu campo de atividade e à sua área de estudo. Também é possível fazer pesquisas personalizadas. Seja no Facebook, Twitter ou Instagram, a janela de busca permite que você pesquise por palavras-chave.

A palavra-chave "estágio", acompanhada por duas ou três outras palavras-chave relacionadas ao seu domínio de interesse deve ser suficiente para exibir respostas consistentes à sua pesquisa.

Integrar o LinkedIn

Outra rede social pode se revelar extremamente útil na busca por estágios é o Linkedin. De caráter profissional, ela permite que você crie um currículo online e entre diretamente em contato com empresas. Além disso, ela ainda permite que você tenha acesso e responda diretamente a anúncios. Essa rede é particularmente eficaz pelo fato de permitir que as empresas entrem em contato os perfis dos alunos que lhe interessam.

Por isso é muito importante disponibilizar o seu currículo online de maneira atraente e detalhada para que os recrutadores tenham uma ideia real das suas habilidades e ambições profissionais enquanto estagiário.

Por que solicitar um termo de compromisso de estágio?

Embora alguns possam afirmar que o TCE nem sempre é obrigatório, a legislação é clara: sem contrato, é impossível completar um estágio em uma empresa para descobrir o mundo profissional.

Seja um estágio obrigatório ou não para o seu curso, é essencial que este famoso acordo de estágio esteja dentro das regras.

O contrato de estágio é um documento que substitui o contrato de trabalho. Por conseguinte, fornece um quadro jurídico para os formandos que não podem ser considerados como empregados da empresa. Isso quer dizer que um estagiário não tem vínculo empregatício de qualquer natureza com empresa, já que seu contrato não é de trabalho, ou seja, não está diretamente ligado à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), desprovendo o estagiário de qualquer tipo de direito trabalhista.

Uma empresa pode ser acusada de fraude no estágio se não cumprir os pré-requisitos básicos para a contratação de um estagiário e a redação de uma convenção entre as partes é uma delas.

A convenção de estágio contém tudo o que foi acordado por todas as partes envolvidas no estágio.

Como é um Termo de Compromisso de Estágio?

A convenção de estágio é geralmente um documento de várias páginas que lista todas as características e informações legais do estágio. Vai desde a duração do estágio até às várias missões que o aprendiz irá realizar, e assim por diante. O TCE é assinado entre três partes:

  1. O estudante;
  2. A organização anfitriã que pode ser:
    - Pessoas jurídicas de direito privado (empresas, associações civis, etc.);
    - Órgãos de administração pública direta, autárquica e fundacional, de qualquer dos poderes da União;
    - Profissionais liberais de nível superior devidamente registrados em seus respectivos conselhos de fiscalização profissional;
  3. A instituição de ensino frequentada pelo estagiário.

O acordo de estágio protege tanto a empresa quanto a aprendiz em formação profissional. Nele devem ser inseridas informações como:

  • Horas de trabalho;
  • Tipos de tarefas a serem executadas durante a duração do estágio;
  • Gratificação recebida pelo estagiário;
  • Benefícios oferecidos ao estagiário (auxílio transporte, auxílio alimentação, etc);
  • Dentre outros acordos.

Ou seja, tudo o que for acordado entre as partes deve estar escrito no Termo de Compromisso de Estágio!

Não entre em pânico com o tanto de informações a serem inseridas nesse documento! Não cabe ao estagiário escrever tudo isso. Na maioria das vezes, a instituição de ensino à qual o estagiário está inscrito propõe modelos de convenções já prontas. Com isso, resta ao aluno modificar alguns detalhes, acrescentar informações específicas e pessoais, e depois fazer com que compromisso de estágio seja assinado por todas as partes.

Veja ainda dicas para você conseguir encontrar o estágio dos seus sonhos!

Obter um contrato de estágio durante uma formação

O Termo de Compromisso de Estágio deve ser assinado pelas três partes envolvidas.

A maneira mais comum e certamente mais fácil de obter um contrato de estágio é a de fazê-lo durante uma formação. A organização de treinamento (universidade, centro universitário, etc.) pode emitir um ou vários contratos de estágio durante os anos de estudo do aluno. No Brasil, um estagiário não pode passar mais de 2 anos no mesmo estágio, na mesma empresa. Este regulamento foi criado para que os estágios não se transformem em "empregados de baixo custo".

Depois de encontrar um estágio, você deve ir ao departamento responsável por esse tipo de assistência estudantil da sua escola. Algumas escolas são muito rigorosas quanto à relação direta das atividades a serem exercidas no estágio e os tópicos desenvolvidos durante a formação do aluno. Já outras, um pouco menos.

Ao comunicar à sua escola que você encontrou uma ocupação profissional estudantil, ela, então, te entregará a famosa convenção de estágio. Você deve enviá-la à parte concedente (responsável pela concessão do estágio), que deve assiná-la. Em seguida, é a sua vez de assinar o documento. Três cópias assinadas devem ser distribuídas às três partes envolvidas no processo de estágio. Todas essas etapas administrativas devem ser feitas antes do início do estágio.

A busca por um estágio deve começar o quanto antes, pois desta maneira você consegue garantir que o TCE seja finalizado dentro dos prazos. A coleta de informações básicas, como a missão do estágio e a sua duração, também é necessária para que o documento seja validado pela escola.

O Superprof preparou uma lista com os melhores sites para procura de emprego:

  • LinkedIn
  • Catho
  • InfoJobs
  • Empregos.com.br
  • SINE
  • Vagas.com.br
  • Indeed.com.br
  •  Trovit Brasil
  • CIEE

E então, pronto para ingressar o mundo profissional com muito sucesso?

Precisa de um professor de ?

Gostou deste artigo?

0 voto(s)
Loading...

Ricardo

Marketeer. Professor. Country Manager. Redator. Dedicação a 200% em tudo o que me comprometo ao longo da minha vida. Adoro as diferentes personalidades existentes em ambiente profissional e social. Em constante transformação. Escrevo para partilhar o meu conhecimento e entusiasmo aos leitores que queiram ver respondidas as suas questões ou aprofundar algum tema.