São imensos os professores e explicadores de italiano mas, poderão esses professores dar aulas em qualquer lugar?

Ser professor de italiano é uma profissão que exige muito da pessoa em questão, além de ter de saber falar italiano, deve ter também um certificado que permita o ensino em instituições de ensino ou, caso não o tenha, deve estudar e aprender qual a melhor forma de ajudar os seus alunos a aprender italiano de forma tão eficiente que não voltem a sentir necessidade de utilizar um tradutor portugues italiano.

Os melhores professores de Italiano disponíveis
1ª aula grátis!
Irene
5
5 (11 avaliações)
Irene
13€
/h
1ª aula grátis!
Gloria
5
5 (9 avaliações)
Gloria
15€
/h
1ª aula grátis!
Altea
5
5 (10 avaliações)
Altea
12€
/h
1ª aula grátis!
Plínio
5
5 (13 avaliações)
Plínio
12€
/h
1ª aula grátis!
Eleonora
4,9
4,9 (8 avaliações)
Eleonora
12€
/h
1ª aula grátis!
Antonella
5
5 (6 avaliações)
Antonella
15€
/h
1ª aula grátis!
Romain
5
5 (8 avaliações)
Romain
15€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (7 avaliações)
Deborah
18€
/h
1ª aula grátis!
Irene
5
5 (11 avaliações)
Irene
13€
/h
1ª aula grátis!
Gloria
5
5 (9 avaliações)
Gloria
15€
/h
1ª aula grátis!
Altea
5
5 (10 avaliações)
Altea
12€
/h
1ª aula grátis!
Plínio
5
5 (13 avaliações)
Plínio
12€
/h
1ª aula grátis!
Eleonora
4,9
4,9 (8 avaliações)
Eleonora
12€
/h
1ª aula grátis!
Antonella
5
5 (6 avaliações)
Antonella
15€
/h
1ª aula grátis!
Romain
5
5 (8 avaliações)
Romain
15€
/h
1ª aula grátis!
Deborah
5
5 (7 avaliações)
Deborah
18€
/h
1ª aula gratuita>

Estudar bastante e saber falar italiano

O caminho percorrido ao longo da vida de um professor de italiano pode ser bastante longo! Além do muito estudo árduo que este tem de fazer ao longo de vários anos para dominar na totalidade a língua italiana, deve também conseguir falar fluentemente a língua. Mesmo para ensinar alunos do início é necessário um domínio total da língua pois se um aluno fizer uma questão relativamente fácil que o professor não saiba explicar ou responder, isto pode colocar em causa a credibilidade e conhecimento do professor.

Não queremos com isto dizer que tem de saber tudo sobre tudo, calma! Haverão sempre coisas que não sabe e o professor tem de adoptar uma boa e humilde postura e admitir que não sabe mas que irá procurar saber. No entanto, sendo a questão algo básico como: Como se conjuga um verbo em italiano num determinado tempo verbal e o professor ficar sem resposta, pode tornar-se um pouco complicado os alunos terem confiança que estão a aprender italiano com um dos melhores.

Aprender italiano em Itália
Inscrever-se no programa Erasmus ou viajar para Itália irá aumentar o conhecimento de italiano e permitir que aprenda italiano mais rapidamente | Fonte: Pexels

Em quase todas as universidades portuguesas é possível aprender italiano, destacando a universidade do Porto, a de Coimbra e o curso de italiano Lisboa na Universidade Nova de Lisboa. No entanto, na universidade o conhecimento da língua dificilmente atingirá o seu nível máximo e por isso existe o programa Erasmus.

Ao inscrever-se no programa Erasmus, o futuro professor poderá passar um ou mais semestres a estudar numa universidade italiana e a viver em Itália e qual a melhor forma de aprender italiano do que em Itália? Vivendo em Itália, consegue entender a forma de pensar, a forma de viver, conhecer a cultura, as pequenas nuances da língua italiana e aí sim, poderá aprender italiano ao máximo e conseguir atingir um nível fluente na língua.

Mas, se não for possível aderir ao programa mencionado, pode sempre trabalhar em locais turísticos e ter o maior contacto possível com italianos de forma a melhorar cada vez mais o seu vocabulário e tornando-se conhecedor de cada vez mais palavras em italiano. Sempre que preciso pode e deve recorrer a um tradutor italiano portugues e ao dicionario italiano!

Dominar a língua é o primeiro passo do professor para poder dar aulas e um dia, um curso de italiano seu.

Ter um curso superior que permita lecionar um curso de italiano

Existem nas várias universidades portuguesas vários cursos específicos para formar professores profissionais de italiano e de outras línguas.

Em muitas instituições como Universidades, escolas e institutos de línguas o professor só poderá dar o curso de italiano apresentando o seu certificado, mesmo que consiga ensinar e falar fluentemente italiano.

O curso em questão é o Mestrado em Ensino de Inglês e de Língua Estrangeira – Italiano. A duração é de cerca de 3 anos e pode ser encontrado na Universidade do Porto, na Universidade Nova de Lisboa e na Universidade de Coimbra.

Assistiu a muitas aulas de italiano nos muitos anos de estudo e isso pode ser uma base para planear as suas mas, ao longo deste curso vai obter conhecimentos importantes e explicações acerca da ordem da matéria a ser ensinada e como deverá planear uma aula de italiano.

Ter um curso para dar aulas de italiano
Fazer o mestrado em ensino de línguas permite que esteja apto para ensinar e dar aulas de italiano em instituições de ensino | Fonte: Pexels

Ao longo do curso vai aprender a utilizar as mais diversas ferramentas e recursos para um curso de italiano diferente, lúdico e interessante assim como qual a ordem correta para ensinar a matéria pela ordem correta, por exemplo, antes de ensinar as horas deverá ensinar primeiro os números em italiano.

Como lidar com os alunos e fazer as avaliações assim como as corrigir para que os alunos atinjam o sucesso, será algo que também aprenderá neste curso.

Ter vocação para dar aulas de italiano que ajudem alunos a aprender italiano

Além do curso e toda a parte burocrática que deve seguir para poder estar apto para dar curso de italiano em universidades ou escolas, vamos ser honestos: se não souber ensinar, de nada vale todo o conhecimento, títulos e certificados. Esta é uma realidade pouco tida em conta, infelizmente.

Existem alunos que depois do curso de italiano na Universidade continuaram com muitas dúvidas e a recorrer frequentemente a um tradutor portugues italiano para conseguirem cumprir as suas funções profissionais assim como existem os alunos que sem terem frequentado um curso superior por terem optado por um professor de italiano particular, com outra metodologia de ensino tenham conseguido no mesmo tempo dominar a língua italiana e estejam aptos até para trabalhar numa embaixada italiana Lisboa (pelo menos a nível de conhecimento linguístico, não nos referimos aos restantes requisitos).

Comece aula de italiano Lisboa na Superprof!

O motivo para este tipo de situações acontecerem é só um, o professor é diferente e ensina de forma diferente.

ser professor de italiano é mais do que saber italiano
Um professor dedicado e atento cria alunos motivados que conseguem aprender italiano com mais facilidade | Fonte: Pexels

Iremos dar exemplos práticos. Imaginemos que o professor tem uma turma com 10 alunos, todos da mesma faixa etária e que antes de iniciar o curso de italiano nenhum deles sabia sequer dizer bom dia em italiano. Este curso já dura há 6 meses, no entanto, 4 dos alunos não estão a conseguir acompanhar o ritmo enquanto que os outros 6 conseguem conjugar todos os verbos em italiano e até já pouco recorrem ao dicionário italiano. O que deve o professor fazer numa situação destas? Desistir dos alunos e atribuir notas negativas indicando que devem estudar mais?

Todos conhecemos a expressão "Insanity is doing the same thing over and over again but expecting different results" (Loucura é fazer o mesmo repetidamente e esperar resultados diferentes), frequentemente atribuída a Einstein. Se já sabemos que esse método não resulta, porque não mudar?

O mais indicado aqui seria pegar nesses 4 alunos, fazer revisões e tentar identificar o que é que está a causar as suas dificuldades e tentar abordar os assuntos e a matéria do curso de italiano de outra forma. Depois de identificada a principal dificuldade dos alunos, trabalhar arduamente com eles e nunca desistir deles. Se necessário, mudar o local da aula de italiano e dar algumas aulas particulares a esses mesmos alunos.

Alunos que vejam as suas dificuldades tratadas com respeito e sensibilidade pelo professor tornam-se alunos trabalhadores e motivados que em menos de nada conseguirão voltar a acompanhar os seus outros colegas.

Ser um bom professor de italiano é isto, é conseguir ajudar os alunos a aprender italiano mas também estar presente e apoiar ajudando a ultrapassar todas as suas dificuldades. Mas, claro, se vir que não existe interesse, estudo ou empenho da parte do aluno, o professor não vai fazer milagres.  É um trabalho em conjunto.

Curso de italiano: Como ter alunos interessados nas suas aulas

Para dar aulas de italiano, é preciso que os alunos se inscrevam no seu curso e queiram aprender italiano consigo e para isso, é preciso primeiro que tenham conhecimento do seu curso! Como pode então fazer com que o seu curso seja conhecido pelos possíveis candidatos a futuros alunos de italiano?

Fazer anúncios ou distribuir publicidade pode ser uma opção mas, é uma opção que precisa de um investimento que pode não compensar. Falar com amigos e familiares é uma boa opção mas vamos ser honestos, qual é a probabilidade de falando com amigos e familiares conseguir criar uma turma com aluno suficientes? Mesmo que existem alguns alunos e esses queiram ter aulas particulares, serão muito poucos.

Ensinar italiano online
Criando um perfil de professor online, fará com que mais alunos tenham acesso a si e possam enviar mensagem com pedidos de aulas | Fonte: Pexels

Fora essas hipóteses, pode dar aulas de italiano em escolas e Universidades mas, para isso precisa de ter o curso que referimos há pouco. Não o tendo mas sendo detentor de um grande conhecimento da língua italiana, vontade e uma forte vocação para o ensino, crie o seu próprio curso de italiano e publique em plataformas online de ensino.

A Superprof é uma das melhores e aqui o perfil de professor de italiano pode ser visto por centenas de alunos diariamente e além disso, a inscrição é gratuita.

Para cativar os alunos, crie um perfil o mais completo possível, contendo toda a informação relevante para que os alunos que o vejam descubram que podem aprender italiano consigo.

No perfil devem constar então os dados que constam no seu currículo como onde estudou, qual a experiência profissional com o ensino do italiano e também que tipo de aulas tem, se online, presenciais, em grupo, individuais ou todas as opções.

O valor do curso também será um factor determinante de ter ou não inscrições, note que se o valor for muito superior à media praticada na mesma cidade, por muito bom professor que seja e mesmo que consiga que os alunos aprendam os verbos em italiano em duas semanas, a probabilidade de ter muita aderência é baixa. Defina um valor para o curso de italiano que seja adequado e justo para ambos.

Depois de tudo preparado, precisa apenas de aguardar os primeiros contactos e começar a ensinar italiano!

Precisa de um professor de Italiano ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Cláudia

Sou uma pessoa dedicada e empenhada a 100% a todos os projetos, quer sejam eles de carácter mais pessoal quer sejam a nível profissional. Sou licenciada em Assessoria e Tradução de todo o tipo de matérias e para além disso sou especializada na língua inglesa e alemã. Tenho uma grande paixão pela leitura e escrita. Sou muito curiosa e aberta ao conhecimento o que me faz querer saber, aprender e partilhar mais sobre, na verdade, tudo um pouco.