Viseu é uma cidade portuguesa do distrito homónimo, com cerca de 100.000 habitantes e é uma das maiores cidades da região do Centro de Portugal. Não é conhecida por ter fortes manifestações no campo da música nacional, mas tem vindo a apostar numa forte renovação da sua oferta cultural. Aliás, um dos seus objetivos é puder vir a ser capital europeia da cultura no futuro, tal como já aconteceu ao Porto, uma cidade que também tem uma vasta oferta de escolas de música.

É uma cidade com uma importância histórica significativa para o país, com mais de 2.500 anos, e isso reflete-se nas ruas, nos momentos e na dinâmica da cidade.

É, ainda, uma cidade vinhateira conceituada e é denominada a cidade de Viriato, pois diz a lenda que este herói lusitano talvez tenha nascido nesta região e tem, a nível musical, o famoso Folclore. Aliás, em 2018, Viseu celebrou-se como a "Cidade Europeia do Folclore" através do Festival Europeade.

Atualmente, a região regista uma dinâmica notável de instituições culturais que se esforçam para preservar e revitalizar as manifestações culturais locais e regionais. Os ranchos folclóricos da região, bem como os grupos de cantares e de Zés-Pereiras, têm assumido a missão de pesquisar, inventariar e divulgar as danças, cantares e trajes das terras de Dão Lafões.

Uma estrutura da palavra Viseu com uma paisagem por trás
Viseu é uma das cidades com melhor qualidade de vida em Portugal e também uma das melhores para aprender música | Fonte: Pixabay

É certo que em Viseu não sente as tradições e as muitas atividades musicais que encontra em Coimbra, por exemplo, mas esta cidade tem vindo a diversificar o seu património cultural e apresenta outras vantagens.

Um estudo recente da “Escolha do Consumidor” considerou o Município de Viseu o melhor do país em sete de 30 categorias objeto de análise: melhor cidade para ser feliz; melhor cidade para ter qualidade de vida; melhor cidade para ser mais saudável; melhor cidade para sentir mais segurança; melhor cidade para comprar casa; melhor cidade em limpeza do espaço público; e melhor cidade para idosos.

E para aumentar ainda mais a sua qualidade de vida, que tal aprender a tocar um instrumento? A seguir vai perceber que nesta cidade também se encontram ótimas escolas de música.

 

Estudos avançados de guitarra: Universidades de Viseu

Para aprofundar conhecimentos em música e tornar-se docente ou um profissional inquestionável, ingressar numa Instituição de Ensino Superior é sempre boa escolha.

Em Portugal existem muitas opções de cursos de música em universidades, para diferentes graus – da licenciatura aos doutoramentos – em áreas diversificadas da música que podem passar até por âmbitos mais técnicos relacionados com a produção e as novas tecnologias.

Além disso, muitas dessas Instituições oferecem aulas de música livres, portanto informe-se!

No caso de Viseu, não podemos dizer que a oferta seja extensa, mas existe! Por exemplo no Funchal, não encontra cursos superiores ligados a música, mas tem ao seu dispor outras opções para aprender a tocar guitarra na Madeira.

Vamos então apresentar as principais Instituições que oferecem cursos relacionado com música em Viseu:

Instituto Piaget de Viseu – ISEIT

O Instituto Piaget de Viseu é constituído pela Escola Superior de Saúde Jean Piaget e pelo Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares (ISEIT), vocacionado para o ensino das ciências aplicadas e tecnológicas. O ISEIT foi criado em 1996 com o objetivo de alargar a oferta educativa do Campus Universitário de Viseu às Artes – em particular à Música – às Ciências Aplicadas e Tecnológicas e às Ciências Sociais e Humanas.

Assim, nesta faculdade é possível encontrar o Mestrado em Ensino de Música, que pretende formar “professores para o ensino vocacional de música para os grupos de docência em Instrumento e Música de Conjunto, Formação Musical e Análise e Técnicas de Composição, conforme a área de especialização escolhida”. Os alunos deste curso serão, entre outras, dotados de competências pedagógicas e técnicas no ensino artístico de instrumento.

Além desta oferta educativa, o Instituto Piaget em Viseu organiza seminários de música, com o objetivo de refletir e discutir sobre as mais variadas temáticas relacionadas com este âmbito.

Instituto Politécnico – Escola Superior de Educação de Viseu (ESEV)

A ESEV foi a primeira unidade orgânica de um Instituto Politécnico a entrar em funcionamento em Portugal, no ano de 1983. Os primeiros cursos de formação de professores iniciaram-se na antiga Escola do Magistério Primário e é ainda neste edifício emblemático da cidade de Viseu, que a ESEV funciona, integrando o conjunto das cinco unidades orgânicas que constituem o Instituto Politécnico de Viseu.

Entre a sua oferta formativa está o curso de Artes da Performance Cultural. Esta licenciatura afasta-se um pouco da aprendizagem de música em específico, mas abre portas para uma nova perspectiva e aplicação de dotes musicais e de uma vocação artística, comum a todos os músicos e instrumentistas. Este curso visa a formação de profissionais na área da arte performativa enquanto agentes de desenvolvimento cultural e artístico em variados contextos e junto de diferentes públicos.

Conservatório Regional de Música de Viseu Dr. José de Azeredo Perdigão

Criado em 1985 por iniciativa da pianista e pedagoga viseense Hélia Abranches Soveral, o Conservatório de Música de Viseu é responsável pela formação de inúmeros músicos e professores da região, bem como pela promoção e participação em variadas e importantes iniciativas culturais.

Esta instituição de ensino artístico especializado da música ministra cursos de Formação Musical, Acordeão, Canto, Clarinete, Contrabaixo, Fagote, Flauta Transversal, Guitarra Clássica, Guitarra Portuguesa, Oboé, Órgão, Piano, Percussão, Saxofone, Trompa, Trombone, Trompete, Violino, Viola de Arco e Violoncelo desde o primeiro ciclo do Ensino Básico até ao nível Secundário nos graus de Iniciação, Básico e Complementar.

Também é possível frequentar Cursos Livres no Conservatório, instalado no Solar de Prime.

Atualmente o Conservatório de Música Dr. José de Azeredo Perdigão conta com mais de 500 alunos e 36 professores e com um reconhecimento notável da região, tanto pela população como pelos organismos públicos que têm contribuído para a continuidade e evolução da instituição.

As melhores escolas e academias de música em Viseu para aprender os melhores acordes guitarra

De acordo com o orçamento e o tempo que tem disponível, as escolas de música em Viseu são uma excelente opção para aprender a tocar guitarra. Música popular, erudita, blues, jazz, rock… Não importa qual é o seu estilo, temos a certeza que vai encontrar o espaço que procura!

Partitura musical com reflexo do sol
Em Viseu encontra muitas escolas e academias para aprender a tocar guitarra no estilo que preferir | Fonte: Unplash

Na cidade, há várias escolas e projetos que lhe podem oferecer esta aprendizagem, conheça algumas delas:

  • iNMusic:é um projeto recente e bastante dinâmico na área da música, localizado na Rua Alexandre Herculano, em Viseu. Na escola de música são lecionados vários instrumentos musicais, para crianças e adultos e as aulas são personalizadas, sendo o nível de aprendizagem gradual e adaptado ao progresso de cada aluno. A escola conta com 182 alunos e 6 professores e já organizou mais de 50 eventos. Mas a iNMusic também é uma loja que se dedica à venda de instrumentos musicais e de todo o tipo de consumíveis para música – som, luz e merchandising oficial de bandas – e dispões de um estúdio de gravação, produção musical e edição.

 

  • XóDó: esta escola, sob a Direção Artística de Fátima Costa, multi-instrumentista e workshop leader, oferece o ensino de vários instrumentos, entre os quais guitarra classica, guitarra baixo, guitarra eletrica, bandolim e cavaquinho. Também é possível tirar o curso de Formação Musical e Classe de Conjunto. O seu principal objetivo é despertar nos alunos a vontade do aprender e conhecer, fazendo da aprendizagem uma paixão e assim transmitir, além do método e da teoria, a emoção do som.

 

  • Gira Sol Azul:fundada em 2006, é uma associação sediada em Viseu que desenvolve atividades e promove a educação no âmbito cultural e artístico. Tem sido parceira em vários projetos de intervenção artística na região e a nível nacional: integra a programação anual da Casa da Música, no Porto; dirige a Orquestra (In)fusão que integra vários grupos musicais amadores da região de Viseu e músicos profissionais; organiza o “Que Jazz É Este?”, o festival de Jazz de Viseu e programa ainda ciclos mensais de concertos na área do jazz na cidade com parceiros locais. Ao nível da educação, oferece na sua escola uma formação eclética que aborda estilos e correntes musicais diversificadas sob a forma de cursos livres. Assim, pode escolher entre a aprendizagem de um Instrumento como Guitarra ou Baixo, a Oficina de Guitarra, a disciplina de Harmonia e Improvisação, aulas de Combo ou ainda as disciplinas de Produção Áudio e Teoria Musical Prática, entre muitas outras opções. O corpo docente é constituído por 10 professores e são, ao longo do ano, promovidas várias apresentações publicas dos alunos da escola. Se quiser experimentar, a primeira aula é gratuita!

 

  • Mozart – Escolas de Música:este projeto nasceu em 2004, com a abertura da primeira escola em Viseu. Desde então foram inaugurados mais espaços, mantendo o objetivo de proporcionar às pessoas de todas as idades a aprendizagem da arte da música, através de cursos programados com suporte de instrumentos e com a mais alta tecnologia, mas também de proporcionar momentos de convívio e encontro cultural. O corpo docente é constituído por professores motivados e com percursos experientes e de referência, que lecionam Piano, Guitarra, Bateria, Violino, Canto e Guitarra Baixo.

 

  • Orfeão de Viseu – Academia de Artes e Música:constituído em 1929, o Orfeão de Viseu é uma instituição cultural e recreativa com o objectivo de ocupar os tempos livres dos viseenses, através do cultivo da arte e da música. Desde que se constituiu, o Orfeão de Viseu tem percorrido o País de norte a sul, e conta com brilhantes actuações no estrangeiro,O Orfeão de Viseu ostenta no seu currículo a atribuição de diversos galardões, como sejam a Medalha de Reconhecimento dos Padrões da Grande Guerra, o título de Comendador da Ordem de Benemerência e o reconhecimento de Pessoa Colectiva de Utilidade Pública. Em 2004 foi agraciado pela Câmara de Viseu com a Medalha de Mérito Municipal, pela actividade desenvolvida ao longo de 75 anos ao serviço de Viseu e da região da Beiras. Recebeu ainda o prémio ANIM´ARTE, destinado à melhor instituição cultural do Distrito. Na Academia de Música e Artes do Orfeão de Viseu, instituição sem fins lucrativos ministram-se os cursos livres de guitarra clássica, guitarra portuguesa, bandolim, cavaquinho e outros instrumentos, bem como Canto, Formação Musical, Composição e Acústica.

 

Iniciativas públicas e sociais de música: Obras Sociais do Pessoal da CM e SM de Viseu

Em 1966 foi criada uma Obra Social designada “Obras Sociais do Pessoal da CM e SM de Viseu”, com o objetivo de servir as famílias, garantir a proteção da infância, juventude, terceira idade e deficientes, promover e proteger a saúde, educação e formação profissional dos associados. São membros institucionais das Obras Sociais a Câmara Municipal de Viseu, os Serviços Municipalizados de Viseu e ainda as entidades agregadas: Câmara Municipal de Mangualde, a Câmara Municipal de Sátão, a Câmara Municipal de Penalva do Castelo, a Câmara Municipal de Oliveira de Frades, as Juntas de Freguesia de Santa Maria, de Coração de Jesus e de São José, do Concelho de Viseu.

Escola de Música das Obras Sociais

Para garantir o cumprimento da sua missão, tem em funcionamento diversas respostas sociais, entre as quais uma Escola de Música para crianças, onde é possível ter aulas de Iniciação Instrumental de viola, órgão, cavaquinho e bandolim. Divertir, estimula a capacidade de memorização, o desenvolvimento cerebral, o trabalho em grupo e melhorar a capacidade de integração das crianças são os principais pilares que sustentam a promoção do ensino da música pelas Obras Sociais.

 

Aulas particulares de guitarra eletrica em Viseu

Depois de explorarmos instituições, é importante lembrar que também pode aprender guitarra sem sair de casa! Graças à possibilidade das aulas ao domicílio ou via webcam que os professores particulares proporcionam, é possível aprender a tocar um instrumento quando e onde bem entender.

Imagine, por exemplo, que vive em Viseu e que vai mudar de casa para Faro. Na região do Algarve existem escolas de música para aprender a tocar guitarra, mas se tiver um professor particular em Viseu, de quem goste e com quem já tenha criado uma relação, pode sempre sugerir continuarem as aulas online, via webcam, mesmo estando noutra cidade.

Para ter acesso a estas vantagens, basta encontrar um professor que corresponda às suas expectativas e necessidades, que saiba escutar e orientar a sua prática, claro, em função do estilo de música que escolher. Parece um sonho? Mas é possível!

Nas aulas guitarra o professor adapta o programa e a metodologia em função das características e habilidades pessoais de cada estudante: se for fã de rock, de blues, de jazz, de fado… Se prefere a guitarra classica, a guitarra eletrica, de sete cordas ou de cordas de aço: as aulas serão perfeitamente adequadas a si e ais seus objetivos! Com este ritmo de ensino, a sua aprendizagem será mais espontânea, divertida e dinâmica.

Guitarrista a estudar música e a ensaiar
Com aulas particulares via webcam, é possível aprender a tocar um instrumento quando e onde quiser! | Fonte: Unplash

E se enfrentar dificuldades com alguma técnica ou novos acordes, o professor estará mais atento a si – por não existir uma turma – para apoiar e corrigir quando necessário, facultando as dicas e truques para que efetivamente saiba o que está errado e aprenda.

Em Viseu encontra muitas opções de profissionais disponíveis para se deslocarem até si. Pesquise no portal Superprof, por exemplo, e vai de certeza encontrar um professor perto de si.

Em cidades como Lisboa a diversidade de professores e escolas de música é extensa, como se compreende por questões de dimensãoo e densidade populacional, mas no centro do país pode igualmente ficar bem servido neste campo.

Depois de todas estas dicas, agora é mergulhar com confiança no mundo da música!

Precisa de um professor de Viola ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Laura

Apaixonada por comunicação sob todas as suas formas, sempre soube que faria dela minha profissão. Sempre com as palavras e as pessoas no centro, tenho o privilégio de já ter sentido o poder transformador desta área nalgumas das suas múltiplas dimensões: no jornalismo, em marketing e em comunicação empresarial.