Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Desporto Artes e Lazer
Partilhar

5 dicas para encontrar rapidamente alunos para as suas aulas de guitarra!

De Laura, publicado dia 30/10/2019 Blog > Música > Como procurar alunos para aulas de guitarra portuguesa?

Sabe tocar guitarra e tem uma vontade antiga de partilhar essa paixão com outras pessoas e ainda ganhar algum dinheiro com isso? Então podemos dizer que quer tornar-se professor particular de música! Existe algo melhor do que receber dinheiro para fazer aquilo que mais gosta? É o sonho de qualquer um!

Mas quando se toma a decisão de começar uma carreira de docente ou instrutor, muitas dúvidas e dificuldades surgem. Uma das principais é: “como e onde vou encontrar alunos para as minhas aulas particulares?”.

Qualquer pessoa com vontade de dar aulas particulares ou de apoio se depara com esse dilema no começo, seja menos ou mais experiente, estudante, profissional ou reformado. Aliás, esta é uma das principais dificuldades que vai encontrar e que vai acompanhar a sua trajetória de professor até se conseguir estabelecer. Mas é uma dificuldade que, uma vez superada, se vai tornar uma habilidade e que com o tempo vai, provavelmente, funcionar como uma rede.

Não desanime: neste artigo estão alguns métodos muito eficazes para encontrar alunos para as suas aulas de viola.

A lei da oferta e da procura também rege o mercado dos cursos particulares de música. Existem muitas pessoas com vontade de aprender música ou tocar um instrumento e que, para isso, procuram um professor particular. Esta situação é muito comum.

Alguns professores particulares em início de carreira tendem a pensar que basta ter o domínio do instrumento para atrair dezenas de alunos que vão bater-lhes diretamente à porta. Mas, a bem dizer, a realidade é um pouco mais complicada do que isso. O grande problema, na verdade, é que não é e dificilmente será o único a querer dar aulas de guitarra. Bem pelo contrário!

De certeza que conhece alguém que também sabe tocar bem guitarra ou até que tem alguns músicos na família ou no grupo de amigos com experiência e capacidade para dar aulas, se quisessem. Rapidamente poderia perceber que dentro do seu círculo de relacionamento podem existir pessoas com interesse em dar aulas particulares de guitarra. A viola é um instrumento comum e, por isso, é normal que exista uma grande oferta de professores. Até porque não existe uma regulamentação própria dos critérios para se dar aulas particulares de música. Por norma não é exigido nenhum diploma específico para lecionar música de forma independente. O convite estende-se, portanto, a todos e todas!

Por outro lado, a procura por aulas também é alargada, ainda assim, nem sempre é fácil chegar até eles e é normal que sinta dificuldade nesse processo. Não se preocupe, existem soluções e dicas que podem ajudá-lo a aprimorar e a qualificar a sua procura.

Encontrar alunos de viola com a ajuda do “boca-a-boca”

Saber tocar guitarra é ou, pelo menos, já foi um desejo de quase todos! Principalmente quando somos jovens, seja para impressionar os amigos, para ajudar nas conquistas amorosas, ou simplesmente porque se começa a desenvolver um real gosto pela música. Partindo desse princípio, é provável que já se esteja a lembrar de alguém no seu meio social que tenha interesse em ter aulas de viola.

Amigos conversam alegremente sobre novidades profissionais Comente com todos os seus amigos e familiares que vai começar a dar aulas particulares de guitarra e deixe que a novidade se espalhe | Fonte: Unplash

E quando falamos do seu meio social, falamos dos amigos, da família, mas também dos amigos dos amigos e dos amigos dos familiares. Um meio social bem amplo! Sabia que uma pessoa pode estar ligada a quase mil pessoas se aumentamos o grau de conhecimento para três, ou seja, amigos dos amigos dos amigos? Uma rede interessante, não é?

Pois bem, com essa rede de conhecimentos, pode começar a sua prospeção de alunos da seguinte forma:

  • Transmita a sua mensagem (e certifique-se de que esta seja transmitida) a todos os seus amigos, a todos os seus colegas de escola, colegas e ex-colegas de trabalho, membros da família. Pense também em falar com as pessoas com quem se cruza diariamente e com aqueles com quem já se dá bem, como vizinhos, o seu mecânico, cabeleireiro, etc.

 

  • Insista para que essas pessoas também passem a mensagem para a sua própria rede.

 

O único problema deste método – um dos mais eficazes, diga-se de passagem – é que o círculo das suas relações pode ser pequeno e os conhecidos mais distantes (segundo e terceiro grau) não são tão acessíveis. Até porque nem todos temos excelentes marketeers ou comerciais como amigos – ainda por cima voluntários!

Menina toca guitarra de brincar Lembre-se que os filhos dos seus amigos podem ser os seus novos alunos de guitarra! | Fonte: Pixabay

Se é possível encontrar um afinador online, também é possível encontrar alunos online!

Segunda possibilidade: as redes sociais! O desenvolvimento e o fortalecimento das relações online é uma carta na manga para si. Seria um grande erro não utilizar a internet! É o canal mais recente e o mais rápido para encontrar o que deseja. Que tal experimentar o Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e outros? São meios perfeitos para publicar o seu anúncio e encontrar alunos. Além disso, de certeza que há alguns destes alunos que adorariam ter aulas via webcam.

Recomendamos que publique o seu anúncio mais do que uma vez. Pelo Facebook, fica com uma ideia clara do grau de conhecimento de amigos, família e conhecidos e também já sabe que, à partida, o público desta rede social é um pouco mais velho e talvez mais adequando para aulas de nível avançado ou até em grupo. O Instagram, pelo contrário, é uma rede social jovem e muito ligada à criatividade, às artes no geral e a um lado estético. Tem sido uma rede social muito escolhida pelas empresas para investir e é ótima para si. Aproveite este espaço e abuse das hashtags; escolha bem suas palavras pois estas contribuem para que aumente o alcance das suas publicações.

No entanto, o método das redes sociais também tem contras. A principal dificuldade está justamente na velocidade de difusão de informações: muitas vezes o feed de notícias anda tão rápido que as publicações acabam por se perder no meio de tantas outras com maior popularidade. É, simultaneamente, a vantagem e o maior defeito das redes.

Faça publicidade dos seus acordes guitarra no comércio local

Espalhar folhetos e anúncios em papel é um método antigo, mas que ainda se pratica nos dias de hoje. Pode levar um pouco mais de tempo e exige algum trabalho, mas nada extremamente demorado: existem muitos softawares e plataformas online que o podem ajudar a construir um bom folheto, como o Photoshop, depois é só selecionar a informação que deve estar escrita no mesmo e imprimir algumas cópias. Lembre-se de colocar todos os elementos importantes no seu anúncio:

  • O que está a oferecer: aulas particulares de guitarra ou de viola (deixe bem claro os detalhes do seu serviço, como os níveis de ensino: iniciante, intermediário e/ou avançado; o local: ao domicílio, em local próprio ou via webcam; os tipos de instrumentos: guitarra elétrica, guitarra clássica, guitarra acústica, etc;

 

  • Um descritivo rápido da sua formação e da sua experiência: anos de prática, diplomas, etc. Seja honesto e valorize os seus atributos!

 

  • O seu nome;

 

  • Os seus contatos (telefone, e-mail, site, redes sociais).

 

Várias guitarras suspensas Destaque a sua experiência e formação nos anúncios e conquiste novos alunos de guitarra | Fonte: Unplash

Depois, dê uma volta pelas redondezas, visite lojas, mercearias, escolas. Converse com os responsáveis, explique os seus objetivos, procure por painéis de ofertas e serviços. Com simpatia e boa comunicação, será certamente bem recebido. Dê prioridade aos locais que já frequenta e, caso considere necessário, alargue o “campo de ação”, ainda por cima se também optar por dar aulas de guitarra online.

O problema deste método é que as pessoas prestam mais atenção aos anúncios digitais ou na televisão do que a uma comunicação mais simples e comum. Se puder investir em comunicação, vale a pena produzir os seus flyeres ou desdobráveis numa gráfica, por exemplo. O produto vai parecer muito mais profissional e poderá despertar mais atenções.

Publique um anúncio num portal de aulas particulares

Supermoderna, esta metodologia é cada vez mais utilizada por quem procura alunos para aulas particulares de diversos âmbitos ou de reforço escolar e é altamente recomendável! Antes de mais e como já foi dito acima, a internet é um canal de divulgação inevitável hoje em dia. E através da internet é possível todos nós acedermos, encontrarmos e criarmos canais que respondam ais nossos interesses individuais. Estes portais online são exemplo disso!

Há vários tipos de sites especializados: de sites exclusivos para anúncios simples, a grandes plataformas que fazem o papel de mediadores entre alunos e professores. Por isso, como em tudo na internet, é preciso fazer uma seleção do que é confiável e do que não é. Alguns sites não respondem às necessidades e outros exigem um pagamento logo no primeiro acesso.

Acredite que a Superprof é o portal ideal para anunciar as suas aulas particulares de guitarra. A sua utilização é gratuita para os professores e o número visitantes é altíssimo. Inscreva-se no nosso portal e vai encontrar rapidamente alunos que queiram aprender a tocar guitarra consigo!

Professor de guitarra tecla no seu computador portátil Inscreva-se na Superprof e encontre rapidamente alunos que querem aprender a tocar guitarra consigo! | Fonte: Unplash

Afinar o preço das suas aulas é tão importante como afinar guitarra

Para conseguir encontrar um número razoável de alunos, é preciso adequar o valor que cobra aos preços do mercado. Mais uma vez, a lei da oferta e da procura ganha peso aqui: se cobrar muito caro, os alunos vão procurar aulas mais baratas. Por isso, é importante ponderar vários fatores quando estabelecer o seu preço/hora.

Veja três critérios importantes que deve ter em conta para decidir um preço justo para as suas aulas de viola:

  • A zona geográfica: as aulas de guitarra em Lisboa são mais caras do que em cidades do Alentejo, por exemplo;

 

  • A sua experiência e a sua formação: quanto mais prática e habilidades

 

  • tiver, mais poderá cobrar à hora. É evidente que um curso de guitarra para iniciantes custa menos do que um curso para alunos que dominam o instrumento em níveis avançados.

 

  • A qualidade da sua aula deve corresponder ao nível das suas habilidades.

 

Pronto! Agora já sabe por onde começar a procurar! Estas orientações são fáceis de seguir e servem para todos os tipos de professores. Além disso, são rápidas: publicar um anúncio na Superprof, por exemplo, dura em média 10 minutos!

Por isso, anime-se com estas novas perspetivas. Tenha paciência e organize bem esta angariação. De certeza que vai encontrar os seus alunos em poucos dias. Boa sorte!

Partilhar

Os nossos leitores adoram este artigo
Este artigo contêm as informações que procura?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar