Uma certeza todos nós temos, alguns pais querem dar a seus filhos toda a ajuda possível para que estes tenham sucesso.

Contudo, às vezes esta ajuda se torna excessiva. Mas será que podemos julgá-los?

Caso tenha um filho que está a enfrentar dificuldades na escola, com muitas notas negativas e uma média baixa, pode já ter pensado em contratar um professor particular. 

Pois, um curso de apoio escolar personalizado pode ser a solução que o aluno necessita.

Quer seja um acompanhamento ao domicílio, em grupo de estudo ou através de aulas online, o curso de acompanhamento escolar tem apresentado um resultado eficaz quando o tema é o sucesso escolar.

Porém, há algo a ser considerado: o reforço escolar enquanto recurso pedagógico para melhorar o sucesso escolar pode ser mais ou menos eficaz dependendo da idade do aluno.

Sendo mito ou a verdade, provavelmente já ouviu falar que é preciso ter uma certa idade para ter aulas de tutoria ao domicílio. Esta informação tem a sua razão de ser, embora não seja a cem por cento verdade.

Juntos vamos desmistificar tudo o que é dito sobre a aula de reforço escolar ou explicações no texto que se segue. Continue a ler...

Para os alunos na escola primária: é essencial privilegiar o apoio escolar?

Está claro que, algumas vezes a família entra em pânico quando vê as crianças ainda na primária mostrarem maus resultados.

Menina com um lápis e um caderno, a estudar matemática.
Desde a primária, ao ensino secundário e até mesmo ao ensino superior ter reforço escolar é imperativo. | Fonte: VisualHunt

Acreditamos que é altamente compreensível...

Se for a sua situação, o medo que o seu filho "está em maus lençóis" na escola é motivo de aflição, comece por fazer uma consulta ao professor do aluno.

Normalmente, os professores  são capazes de identificar os problemas dos alunos que acompanham. Identificado o problema, irão lhe dizer se é necessário que o aluno obtenha um acompanhamento pedagógico suplementar, para além das aulas na escola.

Também, o professor também poderá ajudar a escolher o método de apoio escolar mais indicado para o seu filho... que pode ser a participação num dos programas de apoio pedagógico oferecido na própria escola, ou recursos online ou a aula particular ao domicílio.

Acredite que todos estes métodos são eficazes e podem ser uma solução interessante que, sem dúvida, irá promover o sucesso do seu filho, ajudando a melhorar a sua nota nas provas e exames ao longo do ano.

Por vezes, os próprios professores da escola propõem um acompanhamento mais próximo com o aluno ou o grupo de alunos que está a apresentar mais dificuldades. Seja a matemática ou noutras matérias, o professor irá assegurar que a lição de casa seja feita (corrigindo cada exercício com o aluno) e que o conteúdo seja bem assimilado.

Esta ajuda extra, pode ser útil mas é preciso ter cuidado para que não se torne algo sistemático. A criança ainda que seja muito nova, deve compreender que o sucesso escolar, depende da sua capacidade de desenvolver métodos de aprendizagem com total autonomia.

No ensino primário (e na vida escolar em geral), a criança vai aprender que cometer erros não é grave. Ter autonomia, portanto, é fundamental.

Então, quando a criança começa a apresentar as suas primeiras dificuldades e erros, é o momento certo para escolher um tutor?

Do nosso ponto de vista, o objetivo principal é que a criança entenda onde está a errar e aprenda a encontrar maneiras de superar os seus erros de forma autónoma.

O fracasso escolar ocorre quando o aluno começa a perder a motivação.

Dito isto, o apoio personalizado sob a forma de educação ao domicílio, enquanto a criança ainda está nos primeiros anos do ensino primário, é um tanto precoce.

Ensino Básico 2º e 3º ciclo: é o momento ideal para apostar no reforço escolar ou apoio ao estudo!

Enquanto na escola primária, as revisões e atividades que devem ser feitas em casa como trabalhos de casa, são bastante raras, na segunda parte do ensino básico (5º e 6º ano) a situação muda.

Uma etapa da vida escolar que responde diretamente à pergunta: "Porque devo fazer aulas de reforço escolar? "

Os diferentes ciclos de ensino
A chegada à preparatória e ao ensino secundário é sempre um processo difícil para os alunos. | Fonte: Unsplash

De facto, o nosso sistema de educação exige que os alunos do ensino básico assimilem uma grande quantidade de conteúdo. Entre os quais a matemática, química, física, línguas (o espanhol, o inglês), o português, é claro. Resumindo, um programa completo para um futuro profissional em formação.

Resultante desta prática, o seu filho, adolescente em breve, terá que aprender a trabalhar efetivamente para garantir que atinge o tão desejado sucesso académico.

Por isso, se observar que as notas e médias do seu filho começam a baixar, não perca tempo e procure o mais rapidamente possível, um método de reforço online que seja compatível com a necessidade dele. Veja e descubra os diferentes formatos de reforço escolar.

Idealmente, comece por analisar onde está o problema. Sabe como é: adolescentes possuem vários! Brincadeira à parte, verificar se a dificuldade do aluno está ligada somente a sala de aula, problemas para assimilar o conteúdo, bloqueio psicológico num determinado assunto, entre outros. Ou se a problemática resulta do seu crescimento, questões relacionais e familiares.

A arte de falar com o estudante é um bom começo! Discutir com os professores sobre a metodologia ideal para lidar com o problema pode ajudar a encontrar a solução eficaz.  Os professores podem apresentar mais facilidade para identificar aquilo que está a bloquear o aluno e impedir que progrida efetivamente.

Depois de identificar o problema, pode começar a "mexer os cordelinhos" para encontrar um professor qualificado que se comprometa com a situação e ajude a melhorar o rendimento escolar do aluno.

Do Ensino básico ao Ensino Secundário : é um esforço para encontrar a melhor metodologia

Caso o desafio do ensino básico (do 5º ao 9º ano) é fazer com o que o aluno assimile todo o conteúdo do programa, ou , pelo menos, a maior parte deles, no ensino secundário é, sobretudo, a metodologia que que deve ser trabalhada.

Acabou-se a vida relaxada de trabalhos de casa demasiado fáceis! No ensino secundário, a pressão é grande e não há tempo. Quanto mais os testes e exames nacionais se aproximam, maior é a corrida por resultados!

O clima entre colegas de turma
Com as provas de aferição e exames nacionais os alunos são submetidos a uma enorme pressão | Fonte: Unsplash

Ter uma boa nota no exame nacional é o que irá permitir aos estudantes, ter acesso aos cursos mais concorridos e às melhores universidades. Este não é o momento de relaxar porque além de almejar uma boa nota nas provas de admissão para a faculdade, o estudante também precisa aprender a trabalhar a sua metodologia de aprendizagem de forma totalmente autónoma.

Escolher um professor particular com experiência em classes preparatórias pode fazer a diferença neste momento. O importante aqui é que o tutor ou professor ou explicador seja tão bom em metodologia e organização do tempo de estudo como no seu campo de atuação.

Por isso, nós recomendamos fortemente a aula particular em reforço escolar ou explicações para alunos do ensino secundário. Este método ajuda a promover o sucesso do aluno das classes finais.

Se acha que o sucesso surge por puro talento... não espere que o seu filho reprove no exame nacional para agir!

A metodologia face à faixa etária e o apoio ao estudo

Qualquer que seja a idade do aluno, o mais importante é escolher o método mais adaptado à necessidade dele

Todas as crianças possuem as suas dificuldades próprias quando o tema são os estudos. Desta forma, é importante discutir com o seu filho sobre os seus desejos e necessidades.

Eis um exemplo, se ele estiver com problemas para se concentrar, talvez seja necessário recorrer a um profissional, um especialista da área?

De qualquer maneira, independentemente da orientação que escolher, envolva o seu filho completamente no seu processo educativo. Tome ações que se enquadrem na aceitação da criança.

O velho truque de impor aula de apoio escolar a uma criança ou adolescente completamente desmotivado é inútil. Especialmente durante a adolescência, a inserção numa atividade indesejada será uma fonte de stress e de inquietação tanto para o estudante quanto para vocês, pais.

As responsabilidades de um jovem
Fazer algo por obrigação torna-se desmotivante... sobretudo para qualquer adolescente. | Fonte: Unsplash

Portanto, um acompanhamento de aula particular sem que haja motivação por parte do aluno não será eficaz. O mais recomendado é verificar a raiz do problema e tentar resolvê-lo o quanto antes. Realizar imposições, muitas vezes causa ainda mais problemas para o aluno e amplia o problema de base.

É um facto, uma criança que não quer estudar mostra um problema subjacente que não está necessariamente relacionado à aprendizagem do conteúdo escolar. É por isso que é importante envolver o seu filho em cada passo do processo que lhe corresponde, bem como o professor (ou todos os professores) envolvidos no processo educacional da criança.

Depois de identificado o problema e encontrar uma resolução, é hora de procurar um método que seja condizente com a disposição do aluno e que desperte a sua vontade de se relançar nos estudos!

Ter aulas suplementares de apoio pedagógico exige um esforço considerável. Reserve algum tempo para escolher o formato de aula que possua a pedagogia necessária para dar aquele "up"  ou motivação extra no quotidiano e nas notas do seu filho.

Tudo isto é possível, através de exercícios interativos e lúdicos que o farão ganhar um maior interesse pelo material que negligenciou até então. Ou, o apoio personalizado com professor particular ao domicílio com foco em metodologias que desenvolvam uma aprendizagem autónoma. Um grupo de estudos ou centro de explicações que proporcione um ambiente descontraído para melhor aprender...

Caso ainda tenha dúvidas quanto as melhores opções para encontrar o bom professor para o seu filho: convidamos a que consulte os anúncios online ou mesmo nos jornais. Existe hoje no mercado muitos sites dedicados às aulas com professores particulares. Da mesma forma, alguns centros educacionais e universidades oferecem suporte gratuito para alunos de vários ciclos, geralmente sob a tutoria de professores em formação.

Não perca tempo e encontre ainda hoje o suporte académico ou aulas de apoio que ajudará o seu filho rumo ao sucesso através da Superprof.pt!

Precisa de um professor de Explicações ?

Gostou deste artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Ricardo

Marketeer. Professor. Country Manager. Redator. Dedicação a 200% em tudo o que me comprometo ao longo da minha vida. Adoro as diferentes personalidades existentes em ambiente profissional e social. Em constante transformação. Escrevo para partilhar o meu conhecimento e entusiasmo aos leitores que queiram ver respondidas as suas questões ou aprofundar algum tema.