Sabia que o violino é um dos instrumentos musicais mais agudos que existe? O seu timbre único e inconfundível torna-o uma parte fundamental de qualquer orquestra. Talvez seja por isso que muitos músicos lhe chamam o “rei dos instrumentos”.

A história do violino começa entre o fim do século XVI e o início do século XVII, mas as suas origens são bem mais antigas. É muito provável que instrumentos mais aintigos como o nefer egípcio, o ravanastron da India, o rebab árabe, o r’jenn sien dos chineses e até mesmo a antiga lira dos gregos, tenha dado origem ao violino, assim como a muitos outros instrumentos musicais.

Os primeiros violinos foram fabricados em Itália e durante muitos e muitos anos a sua fabricação estava restrita a três famílias de Cremona: Amati, Guarneri e Stradivari. Emboraa estrutura do instrumento tenha permanecido praticamente a mesma durante vários séculos, o violino sofreu algumas mudanças importantes em 1782, quando o seu arco, que tinha um formato côncavo, passou a ser convexo.

Sabia que tocar violino traz inúmeros benefícios como aumento da coordenação motora, desenvolvimento do raciocínio lógico e melhoria da perceção auditiva e musical?

Até mesmo nas ilhas, como é o caso do Funchal, existem diferentes opções para quem quer aprender a tocar este instrumento de timbre agudo e expressivo. Se mora fora de Portugal continental, não pense que vai ser mais difícil embarcar na jornada de aprendizagem do violino! Existem várias opções disponíveis e nós estamos aqui para ajudar. Neste artigo separamos algumas dicas para encontrar as aulas de violino ideais para si.

Quer ter aulas de violino e não mora no Funchal? Veja as melhores aulas de violino nas cidades portuguesas.

violino em cima de uma mesa
Sabia que aprender a tocar violino lhe pode trazer inúmeros benefícios, quer cognitivos como emocionais? De que está à espera para começar a aprender? Fonte: unsplash.com

Benefícios de aprender a tocar um instrumento

Tocar um instrumento musical traz muitos benefícios, além de ser uma ótima fonte de entretenimento e lazer. A música tem a capacidade de causar alegria, emocionar e despertar diferentes sentimentos nas pessoas. Além disso, a música também ajuda a escapar do stress do dia a dia e a descontrair.

Estudos indicam que ouvir música e tocar um instrumento musical estimula o cérebro e pode aumentar a capacidade de memorização. Está cientificamente comprovado que tocar um instrumento musical regularmente altera o formato e a potência do cérebro. Além disso, a música também pode ser usada como terapia para melhorar as capacidades cognitivas.

Existem várias evidências de que o cérebro dos músicos funciona de forma diferente do cérebro das pessoas que não são músicas. Se aprender a tocar um instrumento musical, as partes do cérebro que controlam as suas capacidades motoras, a capacidade de audição, de guardar informação musical e a memória tornam-se cada vez mais ativas.

Alguns estudam demonstram, por exemplo, que tocar um instrumento musical pode aumentar o seu QI em 7 pontos!

Outra vantagem importante de tocar instrumentos musicais é a melhoria da coordenação motora. A arte de tocar um instrumento musical requer um grande esforço de coordenação entre os olhos e as mãos. Ao ler as notas musicais numa pauta, o cérebro inconscientemente transforma as notas em movimentos específicos, ou seja, o cérebro cria padrões e adiciona ritmo aos movimentos.

Para quem têm dificuldades com matemática, a música pode melhorar as capacidades lógicas. Ler uma partitura requer que faça contas, entenda a matemática dos tempos, dos ritmos e isso pode ajudar a ter melhores resultados na sala de aula. Não queremos que dizer com isto que se aprender a tocar violino vai ficar um às em matemática (mas era bom, não era?). Mas podemos garantir que depois de algum tempo a contar ritmos vai sentir menos dificuldade nas contas de cabeça.

Também pode ter aulas de violino em Coimbra!

oculos e caneta em partitura
Sabia que ler partituras também pode ajudar na capacidade de raciocínio lógico e contas de matemática? |Fonte: pixabay.com

Quer aprender violino em Lisboa?

Aulas de violino no Conservatório

O Conservatório da Escola Profissional das Artes da Madeira, fundado em 1946, realiza regularmente audições escolares, concertos, espetáculos de dança e de teatro, cursos de aperfeiçoamento nos diversos instrumentos, workshops de jazz e de dança, motivando e refletindo o trabalho dos seus alunos no decorrer do ano letivo.

Devido à grande procura na ilha, o Conservatório tem uma vasta oferta formativa, com vários cursos de ensino vocacional como o curso profissional de instrumentista (sopros e percussão), curso profissional de instrumentista (cordas e tecla) ou ensino artístico especializado: iniciação à música.

Este último destinado ao mais pequenos, por exemplo, tem uma duração de 4 anos e uma mensalidade de 25€. É descrito pela escola como "uma modalidade de ensino destinada a crianças com idades compreendidas entre os 5/6 anos e os 9/10 anos, e não exige prova de admissão. A Iniciação à Música processa-se através de aulas teórico-práticas de grupo, das seguintes disciplinas obrigatórias: Iniciação à Formação Musical, Classe de Conjunto e Iniciação de Instrumento. Funciona ainda o Atelier Musical Infantil apenas nos níveis 1 e 2. O Atelier Musical Infantil é um projeto que visa apresentar e dar a conhecer os instrumentos que pertencem a uma Orquestra, com demonstrações aos alunos por parte de professores especializados, dando, assim, um conhecimento abrangente de todos os instrumentos que pertencem a uma Orquestra, e que se podem estudar no Conservatório. Nestas sessões, para além de se falar da história dos instrumentos, da sua evolução e de diversos compositores, existe ainda a parte da experimentação dos mesmos pelos alunos que frequentam a disciplina de Iniciação ao Instrumento, de modo a que possam, futuramente, escolher o seu instrumento."

Quer ter aulas particulares de violino em Viseu ou fazer um curso de música em Beja? Não se preocupe! O que não falta são opções, a parte difícil vai ser escolher uma.

concerto com varios violinos
Mesmo que esteja nas ilhas o que não falta são opções onde ter aulas de violino, só tem que saber onde procurar| Fonte: unsplash.com

Cursos de música na Escola de Arte

A GIG Escola de Artes abriu portas em 2013, como um projeto relacionado única e exclusivamente com música, cujo tipo de ensino, dado por formadores especializados, aliava o divertimento à aprendizagem.

A escola permite inscrições a partir dos 5 anos e sem limite de idade, em diversas áreas da música como guitarra elétrica, guitarra portuguesa, viola, bateria, piano, violino e canto.

Também tem opções menos comuns para os apaixonados por música, como artes circenses, ukelele ou bachata. Atualmente,  a Escola de Arte conta com 23 professores, todos músicos profissionais que orientam os seus alunos nestas diversas áreas musicais.

Mora no Porto? Também existem opções para aulas de violino na invicta!

Aulas particulares de violino no Funchal

Provavelmente já ouviu falar da plataforma de aulas online da Superprof! Trata-se de uma das mais conhecidas plataformas especializadas em aulas particulares. Aqui encontra aulas de diferentes disciplinas, inclusive de violino.

mae e crianca com computador
Pode encontrar o professor ideal para as suas aulas de violino na Superprof e ter aulas sem sequer ter que sair de casa| Fonte: pixabay.com

As aulas particulares de violino podem ser direcionadas a diferentes públicos: crianças, adolescentes ou adultos. Embora seja mais fácil de aprender se começar enquanto criança (quando mais cedo melhor!), não há idade limite para começar a estudar música. Aprender a tocar violino está ao alcance de toda a gente.

Mas, na verdade, quais são as vantagens de estudar ou ter aulas com um professor particular?

Os benefícios das aulas particulares são vários, especialmente quando o aluno em causa é iniciante. Quando começa a estudar uma coisa nova, é preferível ter aulas particulares do que fazer um curso onde tem que entrar diretamente numa turma. Isto porque um professor particular estará disponível inteiramente para o aluno, para ensinar todos os aspetos básicos da disciplina em questão. E fará, de certeza, tudo o que for possível para esclarecer as suas dúvidas.

Além disso, as aulas são pensadas, preparadas e estruturadas de acordo com as necessidades específicas do aluno. E existe ainda um outro ponto positivo de ter aulas particulares, a comodidade de poder estudar no conforto da sua própria casa.

Isto acontece porque, normalmente, os professores particulares deslocam-se até casa do aluno, o que garante um ambiente de aprendizagem muito mais agradável para quem está a começar.

Se já sabe tocar violino e só quer aprofundar os seus conhecimentos, ter aulas particulares também pode ser uma excelente opção para si.

As aulas particulares são especialmente recomendadas em caso de preparação para uma audição ou mesmo para uma prova prática de música ou exame para entrar no conservatório, por exemplo.

Aceda ao site da Superprof, para encontrar professores de violino em todo o país. O site oferece duas possibilidades para ter aulas: aulas de violino presenciais, em sua casa ou em casa do professor; e aulas de música online por webcam, que podem ser feitas em qualquer lugar, basta apenas que tenha uma boa conexão à internet!

Ficou entusiasmado com as aulas de violino e mora em Faro? Também há várias opções para si!

Precisa de um professor de Violino ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.