Sabia que quando aprende a tocar um instrumento musical, as partes do seu cérebro que controlam as suas capacidades motoras, a capacidade de audição, de guardar informação musical e a memória tornam-se cada vez melhores e mais ativas.

Alguns estudos também comprovaram que tocar um instrumento musical pode aumentar o QI em 7 pontos. Por isso, não é novidade que tocar um instrumento musical traz muitos benefícios, além de ser uma fonte de entretenimento e lazer. A música alegra as pessoas, emociona e desperta diferentes sentimentos.

A música também é uma válvula de escape para o stress do dia a dia. É um momento de prazer, que permite que se desligue do mundo por uns momentos e aprecie a beleza e pureza das notas musicais.

A música pode, inclusive, ser utlizada como terapia para melhorar as capacidades cognitivas, combater a depressão e ajudar na expressividade.

homem a tocar violino numa oficina
Está comprovado que a música pode ser utlizada como terapia e tratamento de várias condições cognitivas| Fonte: unsplash.com

Existem várias evidências de que o cérebro dos músicos funciona de forma diferente do cérebro das pessoas que não são músicas. Os músicos costumam ser pessoas mais práticas, com um sentido analítico aguçado e bom raciocínio lógico.

Outra vantagem importante de tocar instrumentos musicais é a melhoria da coordenação motora. A arte de tocar um instrumento musical requer um grande esforço de coordenação entre os olhos e as mãos. Enquanto lê as notas musicais o cérebro inconscientemente transforma-as em movimentos específicos, ou seja, o cérebro cria padrões motores.

São inúmeros os benefícios que pode ter por aprender violino. Se mora ou quer começar a morar em Lisboa e quer começar a ter aulas de violino o mais rápido possível, preparamos este artigo para ajudar a escolher as aulas perfeitas para si.

Quer ter aulas de violino e não mora em Lisboa? Veja as melhores aulas de violino nas cidades portuguesas.

Os melhores professores de Violino disponíveis
1ª aula grátis!
Esin
5
5 (14 avaliações)
Esin
20€
/h
1ª aula grátis!
Johann velislav
5
5 (5 avaliações)
Johann velislav
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (16 avaliações)
Mariana
25€
/h
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (6 avaliações)
Filipa
15€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (10 avaliações)
Ricardo
12€
/h
1ª aula grátis!
Tânia
Tânia
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (4 avaliações)
Mariana
8€
/h
1ª aula grátis!
Sara margarida
5
5 (11 avaliações)
Sara margarida
15€
/h
1ª aula grátis!
Esin
5
5 (14 avaliações)
Esin
20€
/h
1ª aula grátis!
Johann velislav
5
5 (5 avaliações)
Johann velislav
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (16 avaliações)
Mariana
25€
/h
1ª aula grátis!
Filipa
5
5 (6 avaliações)
Filipa
15€
/h
1ª aula grátis!
Ricardo
5
5 (10 avaliações)
Ricardo
12€
/h
1ª aula grátis!
Tânia
Tânia
20€
/h
1ª aula grátis!
Mariana
5
5 (4 avaliações)
Mariana
8€
/h
1ª aula grátis!
Sara margarida
5
5 (11 avaliações)
Sara margarida
15€
/h
1ª aula gratuita>

Conheça Antonio Stradivari

Provavelmente já ouviu falar dos famosos violinos Stradivarius, considerados os melhores e mais caros do mundo. Mas conhece a história por trás desses violinos?

Os violinos Stradivarius foram feitos à mão por Antonio Stradivari. Acredita-se que Stradivari nasceu na cidade de Cremona, Itália, em 1644. Embora não haja muitas informações sobre a sua infância ou juventude, e nem sobre como ele se tornou um luthier, sabe-se que Stradivari criou seu primeiro violino quando tinha apenas 22 anos.

Uma curiosidade interessante sobre Stradivari é que existe quem acredite que era aprendiz de Nicolo Amati, neto do fabricante de violinos, Andrea Amati (1511-1577). Outra curiosidade é que este era um carpinteiro de profissão, o que poderia explicar o seu talento manual na conceção e elaboração do instrumento.

A habilidade e o talento de Stradivari eram impressionantes! No início da sua carreira criou violinos com o estilo clássico dos violinos de Amati, posteriormente, a sua forma única de criar ganhou destaque.

Na década de 1680, Stradivari destingiu-se do estilo Amati, para poder criar os seus próprios modelos de violino. Fabricou os seus melhores instrumentos no período entre 1700 e 1725. Foi também nessa época que aperfeiçoou os seus violinos, criando assim os instrumentos que viriam a ser um padrão para os artesãos do futuro.

Alguns dos violinos mais famosos criados durante este período incluem o 1715 e o 1716 Lipinski Messias. Juntamente com os violinos, Stradivari também criou outros instrumentos de cordas, como violoncelos, bandolins, violões e harpas.

Hoje em dia, os seus instrumentos construídos há mais de 300 anos têm um som genuíno, muito apreciado por músicos, solistas e entusiastas.

Também pode ter aulas de violino em Coimbra!

Onde ter aulas de violino na capital

Como sabemos Lisboa é uma grande cidade com uma cultura rica e diversa. Assim sendo, não faltam opções para quem quer aprender a tocar violino na capital de Portugal!

livro de partitura aberto
Se quer aprender violino o que não falta são opções de sítios! Só tem que escolher o que for mais adequado para si| Fonte: pixabay.com

Conservatório Nacional

A Escola Artística de Música do Conservatório Nacional tem como missão "qualificar os alunos através de uma sólida formação nas suas múltiplas vertentes, humanística, científica, histórica, ética, ecológica, estética, artística e musical, capacitando-os para uma opção profissional como músicos".

Criado em 1835, o Conservatório tem opções de cursos integrados, articulados e supletivos, de iniciação ao secundário. O curso de iniciação é destinado a crianças dos 6 aos 9 anos de idade e pretende desenvolver as aptidões dos alunos na área da música, para que, se estes quiserem, possam ingressar nos cursos de música com a capacidade técnica e musical adequada.

O curso básico permite ao aluno aprofundar as suas capacidades musicais do instrumento e ficar apto a continuar a sua formação no nível secundário. O curso secundário, por sua vez, é de cariz profissionalizante e prepara os alunos para o ingresso no ensino superior de música.

Quer aprender violino no Funchal?

Academia de Música de Lisboa

Fundada em 2004, a Academia de Música de Lisboa considera que a aprendizagem da música é essencial para o desenvolvimento harmonioso do ser humano e, por esse motivo, tem uma opção formativa muito diversa.

Oferece cursos infantis, de iniciação musical, básicos, secundários e livres. Os valores vão de 45€ a 165€, dependendo do tipo de curso.

O curso secundário de música, por exemplo, conta com uma componente científica de história da cultura e das artes, formação musical e análise e técnicas de composição e uma componente técnica-artística de
instrumento/composição, acompanhamento e improvisação, classes de conjunto e oferta complementar.

De acordo com o plano de estudos:

  • "A carga letiva da disciplina de história da cultura e das artes está organizada de forma flexível, sendo a sua frequência semanal obrigatória de 90 minutos. A restante carga horária é gerida através de seminários subordinados aos conteúdos de tronco comum de cada módulo, a agendar pelo professor responsável;
  • A disciplina de instrumento/composição é lecionada individualmente. A carga horária é de 90
    minutos para os alunos em regime articulado e de 45 minutos para os alunos em regime
    supletivo;
  • Sob a designação de Classe de conjunto incluem-se as seguintes práticas de música em conjunto:
    classe de conjunto de instrumento (violino, violoncelo e guitarra), coro juvenil, música de
    câmara, orquestra e camarata;
  • A carga letiva da disciplina de classes de conjunto está organizada de forma flexível. sendo a sua frequência semanal obrigatória de 90 minutos, no mínimo. A restante carga horária é gerida através de atividades onde está a prevista a participação das classes de conjunto: concertos, recitais, ensaios, estágios, digressões ou
    workshops;
  • A oferta complementar consiste numa das classes de conjunto disponíveis: classe de conjunto
    de instrumento (violino, violoncelo e guitarra), coro juvenil, música de câmara, orquestra e
    camarata;
  • Como complemento ao plano de estudos, os alunos podem ainda frequentar outras disciplinas
    em regime livre."
cordas de violino
Se se quiser tornar um violinista de sucesso deve investir nas suas aulas| Fonte: pixabay.com

Quer ter aulas particulares de violino em Viseu ou fazer um curso de música em Beja? Não se preocupe! O que não falta são opções, a parte difícil vai ser escolher uma.

Instituto de Música de Lisboa

O Instituto de Música de Lisboa tem como principal objetivo "desenvolver modalidades de ensino que se adequem ao perfil individual de cada um dos alunos. A teoria musical e a prática instrumental proporcionam ao estudante ferramentas básicas para a abordagem da linguagem musical e constituem os principais alicerces para um desenvolvimento artístico de longo prazo".

Nesta instituição o aluno pode escolher entre aulas particulares ao domicílio, aulas de instrumento individuais ou aulas de instrumento coletivas. Também existem packs de aulas disponíveis, para comodidade dos alunos.

Mora no Porto? Também existem opções para aulas de violino na invicta!

Aulas de violino particulares em Lisboa

Não há nada melhor para aprender a tocar violino do que ter aulas particulares com um professor competente e disponível. Tocar violino exige bastante dedicação e comprometimento e ter a ajuda de um professor pode fazer toda a diferença.

Mas nem sempre é fácil encontrar um professor que esteja disponível para se deslocar até casa do aluno e que atenda a todas as suas necessidades. Mas não deve improvisar na procura de professor de música particular. Existe uma grande diferença entre tocar bem e ensinar bem. Se o professor não for um bom educador provavelmente os conteúdos não serão transmitidos da maneira correta.

mulher com violino e partitura
Ter aulas particulares tem inúmeras vantagens| Fonte: unsplash.com

Com a ajuda de um professor vai poder ganhar conhecimentos de música, descobrir segredos do instrumento e conseguir finalmente tocar aqueles acordes. Ou seja, muito mais do que apenas praticar um instrumento.

Até porque normalmente treino não é sinónimo de prazer. Por isso, um bom professor particular vai manter o aluno focado na aprendizagem.

Um verdadeiro professor de violino precisa de ser um veículo de transmissão, compartilhando os seus conhecimentos e incentivando o aluno a seguir em frente.

Além disso, estudar com um professor particular tem inúmeras vantagens, a começar pela possibilidade de ter aulas totalmente personalizadas, que respondam às suas necessidades.

Isto é especialmente importante quando se é iniciante e não se conhece nada a respeito de prática e teoria musical. Na Superprof, pode encontrar os melhores professores de música.

Aqui encontra aulas de diferentes disciplinas, como de violino. As aulas particulares de violino são direcionadas a diferentes públicos: crianças, adolescentes ou adultos.

Outro aspeto positivo de ter aulas particulares é que os professores normalmente deslocam-se até casa do aluno, o que garante que estuda num ambiente de aprendizagem muito mais confortável e se sente mais à vontade.

Se já sabe tocar violino e quer aprofundar os seus conhecimentos os cursos particulares também são uma boa opção. As aulas particulares são especialmente recomendadas se precisa de passar numa audição ou tem um exame.

Encontrar um professor particular através da Superprof é muito simples. Basta registar-se como aluno e procurar  pela sua cidade. Assim, terá acesso a todos os professores de violino próximos si.

Ficou entusiasmado com as aulas de violino e mora em Faro? Também há várias opções para si!

Precisa de um professor de Violino ?

Gostou deste artigo?

5,00/5 - 1 voto(s)
Loading...

Catarina

Eterna otimista, com um bichinho por viajar. Apaixonada por literatura e ficção. Metro e meio de pessoa, vivo pelo lema "Though she be but little, she is fierce". Trabalho atualmente como tradutora e redatora freelancer.